Os bastidores do poder e da
política em primeira mão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Jaboatão orientação
26.03.2022 00:00

Coluna do sabadão

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Erradicação da pobreza

O ministro Paulo Guedes (Economia) confirmou que o Governo criará um fundo de erradicação de pobreza que poderá aprofundar os programas sociais criados no governo de Jair Bolsonaro (PL). “Não faz sentido um governo trilionário – R$ 1 trilhão em ativos imobiliários, R$ 1 trilhão em ativos de ações de empresas, mais R$ 2 trilhões de recebíveis – e um povo pobre. Não faz sentido. Nós vamos criar um fundo de erradicação de pobreza, presidente, e vamos aprofundar o programa social que o senhor começou”, afirmou.

“Cada vez que a gente vender uma propriedade nós vamos reconstruir a capacidade de investimento do setor público brasileiro por um lado – o senhor vai fazer a hidrelétrica que o senhor quer em Roraima, o Tarcísio vai fazer a ponte ou a rodovia que precisa em algum lugar do país. Mas, ao mesmo tempo, outra parte vai alimentar o fundo de erradicação de pobreza", acrescentou.

Guedes falou sobre o assunto em um evento no Palácio do Planalto, com a participação do presidente Bolsonaro. Na cerimônia, a União e o Governo do Distrito Federal anunciaram um acordo que viabiliza a regularização fundiária e a adoção de políticas de desenvolvimento urbano em Vicente Pires, região administrativa do Distrito Federal.

Segundo o ministro, este é só o início de um programa de regularização fundiária. Ele falou que, além de Vicente Pires, haverá um programa piloto na Favela da Maré (RJ) e Paranaguá (PR). Também citou os terrenos da Marinha, dizendo que “o governo possui de 15% a 17% dos imóveis das pessoas que vivem na praia”.

Mais frágeis – O ministro da Economia já havia falado em outras ocasiões em criar um fundo de erradicação da pobreza com os recursos arrecadados com privatizações e vendas de ativos da União, mas também com as ações que a União detém de empresas como a Petrobras. Para ele, o fundo ajudaria a transferir esses recursos para os mais frágeis. A proposta de um fundo de erradicação de pobreza veio à tona na época em que o governo buscava uma forma de tirar o Auxílio Brasil do papel, como uma forma de turbinar os programas sociais do governo. Contudo, ainda não saiu do papel.

Traído pelo PT – O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), diz que se sentiu traído pelo PT (Partido dos Trabalhadores). “Política é a arte do compromisso. Se não se honra o acordado, vamos cuidar da nossa vida em outro lugar”, afirmou em entrevista ao Valor Econômico.  O político foi chamado de “traidor” por petistas por romper aliança de 14 anos com o partido. Em 9 de março, Leão expôs sua insatisfação com o senador petista Jaques Wagner (BA), que anunciou que o governador Rui Costa (PT) deve cumprir o mandato até o fim.

Candidato pelo PSDB? – O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), vai deixar o cargo na próxima segunda-feira, 28, mas deve permanecer nas fileiras tucanas. Leite prepara o ‘Dia do Fico’ no PSDB em uma estratégia que prevê a possibilidade de um acordo com o MDB e o União Brasil para o lançamento de uma candidatura única à Presidência da República. O impasse para o acerto político ainda é o governador de São Paulo, João Doria, que teve o nome aprovado em prévias do PSDB, em novembro, como candidato do partido à sucessão do presidente Jair Bolsonaro.

Sem apoio do PSol – O presidente nacional do Psol, Juliano Medeiros, acha improvável que a legenda apoie a candidatura ao Governo do Estado da deputada federal Marília Arraes, agora filiada ao Solidariedade. Em 2020, quando a deputada concorreu a Prefeitura do Recife, o seu candidato a vice foi o advogado João Arnaldo - que, hoje, é o nome escolhido pelo Psol para disputar o Palácio do Campo das Princesas em 2022. 

Aposta em Lula – O ato de filiação ao Solidariedade de Marília Arraes, ontem, tanto ela quanto o presidente nacional do partido, Paulinho da Força, apostaram no apoio de Lula. Em seus discursos, os dois parlamentares reforçaram várias vezes que o ex-presidente vai compor o palanque do Solidariedade em Pernambuco. “Só tem um jeito de derrotar o bolsonarismo e é o presidente Lula”, destacou Paulinho da Força. “Esse Lula não é propriedade de um partido”, acrescentou. 

CURTAS

NORONHA 1 – A Advocacia-Geral da União (AGU) iniciou, no Supremo Tribunal Federal (STF), uma disputa jurídica com Pernambuco envolvendo a propriedade de Fernando de Noronha: o governo federal entende que o arquipélago é federal, enquanto o Governo de Pernambuco defende que o local é estadual.

NORONHA 2 – Em uma ação apresentada quinta-feira passada, o Governo Federal sustenta que Pernambuco adota uma interpretação equivocada da Constituição, ao considerar que o arquipélago teve sua propriedade transferida ao âmbito local pela União. Para a AGU, no entanto, o domínio sobre Noronha é federal, já que, pelo texto constitucional, as ilhas oceânicas e terrenos de marinha são bens da União.

Perguntar não ofende: Pernambuco vai permitir a perda de Noronha?

compartilhamentos

Últimos posts

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Petrolina - São João
Brasil 25.06.2022 16:15

Ministro do STF é tachado de mentiroso em evento no Reino Unido

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso afirmou, hoje, que o Brasil se tornou um “país de ofensas” após ser interrompido em um evento no Reino Unido, quando defendia o processo eleitoral brasileiro. As informações são da CNN Brasil.

Barroso dizia que, quando presidiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entre 2020 e 2022, precisou “oferecer resistência aos ataques contra a democracia e impedir esse abominável retrocesso que seria a volta do voto impresso com contagem pública manual, que sempre foi o caminho da fraude no Brasil”.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Ipojuca - Maio 2022
Brasil 25.06.2022 16:00

Estratégia de reeleição de Bolsonaro se impõe e estados já sabem que vão perder receitas de ICMS até no STF

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A sabedoria popular ensina que contra fatos não há argumentos. E a política é a arte de transformar fatos em narrativas. Vale para o Governo como para quem está na oposição. As informações são do colunista Fernando Castilho, do Jornal do Commercio.

Os estados sabem agora que a decisão de confrontar o governo na questão do ICMS - quando ainda poderiam articular uma negociação assim que os preços do barril do petróleo explodiram e começaram a turbinar as receitas dos estados - foi um equívoco, embora sempre seja muito difícil fechar acordos com Jair Bolsonaro.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Caruaru - Junho 2022
Pernambuco 25.06.2022 15:30

Rodrigo garante coordenar e estar à frente da campanha de Raquel em Caruaru

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Ele tem 40 anos e menos de três meses como gestor de uma das maiores cidades do interior pernambucano. Formado em administração/marketing, o prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro (PSDB), vem mostrando garras de leonino. Nos festejos juninos, recebeu em seu camarote, no Pátio de Eventos, todos os pré-candidatos ao Governo de Pernambuco. Os adversários elogiaram a acolhida e observaram a inquietação do jovem. As informações são da Folha de Pernambuco.

A aliada e ex-prefeita, também pré-candidata ao Governo, Raquel Lyra, chegou a se irritar e achar estar perdendo espaço. Nos bastidores, todos desconfiam que, solteiro e sem filhos, o prefeito esteja aproveitando para consolidar seu projeto político e construir sem amarras um caminho para reeleição, em 2024. Com o mesmo prazer de praticar exercícios, comer massas e reunir amigos (alguns que guarda da infância), garante coordenar e estar à frente da campanha de Raquel. Tem gente pagando para ver.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Cabo - Unidade de Saúde da Família
Brasil 25.06.2022 15:10

Casal de idosos é morto a facadas num prédio de luxo no Rio

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Um casal de idosos foi morto a facadas na madrugada de hoje em um condomínio no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio. De acordo com as primeiras informações da Divisão de Homicídios, que investiga o caso, suspeito do crime, que é oficial da Marinha, seria namorado do filho do casal e teria atacado as vítimas supostamente motivado por ciúmes. As informações são do G1/RJ.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o pedido de socorro foi feito pouco depois da meia noite e atendido pelo Quartel do Humaitá. Ao chegarem no local, um apartamento na Rua Pio Corrêa, os bombeiros encontraram os idosos já mortos e um homem inconsciente, apontado pela polícia como suspeito do crime.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Arcoverde - São João 2022
Brasil 25.06.2022 15:00

Impeachment, a dúvida da oposição se vale a pena ou não nesse momento

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O escândalo da gravação que joga responsabilidade para cima de Jair Bolsonaro, no caso do ex-ministro Milton Ribeiro (Educação), não foi celebrado com salva de fogos pela oposição. Não na devida dimensão do episódio. Hoje, com as redes sociais, é fácil medir o alcance de um fato e sua repercussão. As informações são do Blog do Noblat.

Em outros tempos, o PT, por exemplo, já estava na rua com a campanha “Fora, Bolsonaro” mais ruidosa do que nunca. Por muito menos, o partido fez isso com Fernando Henrique Cardoso (FHC). Os tucanos não esquecem jamais do “Fora, FHC”.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Toritama
Brasil 25.06.2022 14:30

Minha história com Gonzaguinha

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

*Por Irineu Tamanini

O então presidente Fernando Collor visitou no dia 3 de abril de 1991 a cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará. Valter Lima, da Rádio Nacional viajou dois dias antes no escalão precursor da Presidência da República para transmitir, direto da terra de Padre Cícero, o programa “Revista Nacional”.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Serra Talhada 2021
Brasil 25.06.2022 14:00

PF alegou falta de recursos para transferir Milton Ribeiro, mas dispõe de três jatos

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A Polícia Federal tem três jatos da Embraer, mas alegou que não tinha recursos para transportar o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, na quarta-feira passada, data de sua prisão. Apesar de haver uma ordem judicial para que Ribeiro fosse transferido de Santos (SP), onde reside, até Brasília, a PF manteve o ex-ministro em São Paulo. As informações são do Estadão.

O descumprimento da ordem judicial foi citado pelo delegado Bruno Calandrini, que preside o inquérito sobre a existência de um gabinete paralelo no Ministério da Educação operado por Ribeiro e dois pastores, como indicação de interferência na investigação.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Belo Jardim 2 - Abril
Brasil 25.06.2022 13:00

A lei da lasquinha

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

* Por Marcelo Tognozzi

Logo depois de proclamar a Independência, o Brasil foi obrigado a pagar uma indenização de 2 milhões de libras esterlinas à Coroa Portuguesa. Num tratado intermediado pelos ingleses, o Brasil pagaria pelo reconhecimento de que éramos uma nação livre, melhor: um reino livre.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Bandeirantes Maio 2022