Os bastidores do poder e da
política em primeira mão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Jaboatão - Cão Terapia
28.01.2022 18:00

Santos Cruz diz que Bolsonaro sempre foi um covarde

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Revista IstoÉ

Um dos primeiros a deixar o governo Bolsonaro, o ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, prepara-se para entrar de vez na política. Depois de se filiar ao Podemos, mesmo partido do ex-juiz Sergio Moro, o general estuda uma forma de impedir que Lula ou Bolsonaro vençam as eleições de outubro. Uma das alternativas seria a eventual candidatura ao Senado, algo que ele ainda não definiu. Em entrevista à ISTOÉ, o militar disse que seu maior propósito é romper “com o fanatismo que adoece o Brasil e sempre termina em violência”. Ao longo de quase uma hora de conversa em seu apartamento em Brasília, ele atacou as atitudes tomadas por Bolsonaro, em especial quando expôs os nomes dos funcionários da Anvisa, responsáveis pela liberação da vacinação de crianças contra a Covid. “Expor os servidores foi criminoso. Isso é de uma covardia infinita. E Bolsonaro sempre foi covarde”, disparou o ex-ministro, que também chamou o capitão de traidor. “Muita gente que votou em Bolsonaro acreditava no discurso dele. Mas ele é um traidor de carteirinha. Seu governo destruiu a direita e o conservadorismo”.

Qual será o clima das eleições presidenciais deste ano?

Estamos vivendo em um País doente, onde a corrupção está enraizada e há muita gente viciada em dinheiro público. Outro problema é o fanatismo, que já existiu em boa dose na época do PT. Agora, com o governo Bolsonaro, ele virou uma plataforma de governo, fruto de uma ambição pessoal do presidente.

O que Bolsonaro inseriu de novo nesse aspecto?

Um componente muito forte foi a milícia digital. É muito ativa. Uma verdadeira gangue virtual, composta também por pessoas extremistas, que gostam desse tipo de populismo barato que Bolsonaro faz. Gente que aceita o presidente passeando por aí usando dinheiro público. Ou que aceita barbaridades como essa a que assistimos, expondo os funcionários da Anvisa.

O que achou desse episódio na Anvisa?

Uma barbaridade e uma canalhice total. Órgãos técnicos como a Anvisa existem exatamente para fazer com que a sociedade não fique à mercê apenas de decisões políticas. Expor os servidores é uma coisa criminosa. Ao mesmo tempo, Bolsonaro também incentiva ações contrárias a esses servidores. Isso é de uma covardia infinita. Porque o covarde nunca vai junto. Ele estimula sempre alguém a fazer. Vide o que aconteceu na greve dos caminhoneiros. Bolsonaro incentivou a paralisação. E tem gente detida até hoje.

Bolsonaro se acovardou?

Bolsonaro sempre foi covarde. É uma característica dele. Um momento em que isso ficou perceptível foi no Sete de Setembro, quando o presidente fez um chamamento popular, uma bravata absurda na Avenida Paulista. Pouco tempo depois, chamou outra pessoa para escrever meia página para se desculpar. O episódio com a Anvisa também revelou essa parte do perfil dele. Se Bolsonaro não concordava com um parecer técnico, tinha que dizer que discordava, assinar embaixo e se responsabilizar pela decisão. E não fazer o que fez.

Quem tem mais culpa pela crise econômica: Bolsonaro ou a pandemia?

A pandemia afetou todos os países. Mas, aqui no Brasil, não houve liderança nesse processo. Quando há um problema sério assim, a autoridade máxima tinha que assumir as responsabilidades. Tinha que se unir aos governadores para cruzar esse período, apesar das divergências políticas. Um líder faria isso. Mas não. Faltou coragem a Bolsonaro para assumir essa responsabilidade. Faltou capacidade de coordenação. A partir daí, veio uma série de outros absurdos, como a propaganda que Bolsonaro fez de medicamentos ineficazes contra a Covid, como a cloroquina. Isso tudo espanta o investidor, que não quer conviver em um ambiente de insegurança. Isso faltou e ainda está faltando.

Como o País tem enfrentado a crise econômica?

A parte do auxílio aos mais pobres tinha que ser feita. Todos os países fizeram. Só que precisaria ter sido feita com mais critério. As medidas econômicas nesse governo não são bem discutidas, porque Bolsonaro não apresenta nenhum plano de redução dos gastos públicos. Quer aumentar os gastos com auxílio emergencial? Então o governo não pode simplesmente perdoar dívidas de R$ 2 bilhões das igrejas evangélicas, não pode enfiar R$ 16 bilhões em emendas de relator.

Qual a sua opinião sobre o orçamento secreto?

É compra de apoio político, um mensalão de última geração.

Não se trata da tal corrupção que Bolsonaro prometia combater?

Muita gente que votou em Bolsonaro, como eu, acreditava no discurso dele. Bolsonaro é um traidor de carteirinha. Traiu o eleitor, traiu o País inteiro. Quando você é eleito, você é presidente de todo mundo, e não só dos seus eleitores. Bolsonaro não cumpre o que fala, a começar pelo mais simples, como é o caso da reeleição. Ele dizia ser contra.

Como o senhor explica a impopularidade do governo?

As pessoas estão se conscientizando do despreparo de Bolsonaro para a função, marcado pelo populismo e pela vigarice política, que promete uma coisa e depois não sustenta aquilo que prometeu. Outro fator é que Bolsonaro só está fazendo o que sabe: campanha política. Nenhum país aguenta ficar quatro anos desse jeito. Existe um cansaço da população. Mesmo com os problemas financeiros em razão da Covid, você vê farta distribuição de dinheiro para as emendas parlamentares. A pandemia afetou a economia, mas não afetou os R$ 4,9 bilhões para o fundo eleitoral. Não afetou os R$ 36 bilhões de emendas parlamentares. Como é que a pandemia está castigando os mais pobres e para o Congresso continua tudo ótimo?

Bolsonaro se filiou ao PL, que é do Centrão, grupo fisiológico que ele prometeu combater. Seria mais uma contradição?

Isso também se enquadra na traição. Não sou eu quem vai julgar o presidente do PL. Todos os partidos têm pessoas bem intencionadas e pessoas com as quais se discorda. Mas o Centrão tinha sido taxado como criminoso. Tanto que rendeu até musiquinha do general Heleno. Você não pode dizer que não vai ter toma lá dá cá, que a política de conchavos é criminosa, e depois fazer o contrário do que falou. Afinal, que nova política é essa? Bolsonaro abraçou aqueles que criticava de maneira contundente. Isso é traição pura ao eleitorado, aos que acreditaram na sua conversa fiada de fazer política de uma nova maneira.

Como general, o que o senhor acha de Bolsonaro enaltecer sua origem militar?

Bolsonaro não tem nenhuma característica militar. Tanto que foi uma medida acertada na vida dele sair da caserna, porque não tinha característica para estar lá. De equilíbrio, de educação ou de planejamento.

Bolsonaro prejudica a imagem das Forças Armadas?

Sem dúvida. Bolsonaro tenta se apropriar da imagem das Forças Armadas. Ele não tem nenhuma noção de valorização institucional. O Brasil está passando por um período muito ruim nesse aspecto. Em todas as áreas em que o presidente teve maior atuação, as instituições foram desmoralizadas. Na PF, por exemplo, onde houve várias trocas de delegados e de superintendentes, foi muito negativo. Tirou a estabilidade da corporação. O Ministério da Saúde foi estraçalhado. A Anvisa está sofrendo um desgaste bárbaro. As Forças Armadas entram nesse pacote de desrespeito institucional. Convidar militares para o governo não é um problema. O número excessivo deles é dá a percepção de que as Forças Armadas estão institucionalmente engajadas com Bolsonaro. E não estão. Transmitir essa imagem é proposital.

A ideia é tentar usar os militares para intimidar?

Exatamente. Esse governo tem três fases distintas. A primeira foi marcada pela influência muito forte dos extremistas nos primeiros oito meses de governo. Na segunda fase, Bolsonaro tentou abertamente usar as Forças Armadas como ferramenta de pressão política. Não deu certo, porque os militares têm uma cultura muito forte e não vão admitir esse tipo de populismo. E, quando não tinha mais nada, Bolsonaro abraçou o Centrão, que é a terceira fase do governo. Aí vieram as manobras orçamentárias. Só assim ele vem conseguindo sobreviver.

O presidente envergonha as Forças Armadas?

Não vejo que um aventureiro qualquer como Bolsonaro tenha capacidade de quebrar a cultura das Forças Armadas. Elas não têm que se envergonhar de nada. Quem tem que ficar envergonhado é quem tenta desgastá-las. A população pode ter absoluta certeza de que as Forças Armadas não serão usadas no Brasil para golpe nenhum.

Os militares que ocupam cargos no governo vestiram demais a camisa do governo?

Essas pessoas não representam as Forças Armadas. Nem eu quando estava no governo representei. O pessoal da reserva não representa as Forças Armadas. O Heleno não está lá exercendo a função de general, mas a de um ministro qualquer. A expectativa da sociedade é que, por ele ser um general, ele deveria se comportar como tal. E não como um político, como está fazendo. Não foi o Exército que mandou ele para o governo. Foi um convite pessoal do presidente.

Como o senhor classifica o governo Bolsonaro?

É o governo que destruiu a direita e o conservadorismo. O PT destruiu a esquerda. Agora, é a vez de Bolsonaro fazer o mesmo com o outro polo do espectro político. Essa turma que está no Poder não tem nada de direita. O que temos é um show de ignorância. Conservadorismo de quê? Só se for de privilégios. Estão destruindo tudo em nome de interesses particulares.

O senhor já definiu sua candidatura ao Senado?

Ainda não decidi. Meu objetivo é que nosso próximo presidente não seja Lula, nem Bolsonaro. Hoje, meu interesse político é de que nenhum dos dois vença. Lula já teve a oportunidade dele. Não é o caso de voltar. E acho que Bolsonaro, em três anos, conseguiu mostrar que não está preparado para o cargo. É isso o que me motivou a entrar para a política. Algumas outras coisas influenciaram também. Como quando vi o fanatismo tomando conta da sociedade. O fanatismo sempre termina em violência. Passei cinco anos vivendo em ambientes assim, na África e na América Central. Vi muita gente morrer por briga causada por isso.

compartilhamentos

Últimos posts

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Petrolina - São João
Coluna 21.05.2022 00:00

Coluna do sabadão

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Chance real jogada pela janela

Antes mesmo de largarem as prefeituras para entrarem na disputa ao Governo do Estado, Raquel Lyra (PSDB) e Miguel Coelho (UB), respectivamente gestores de Caruaru e Petrolina, já vinham conversando sobre a necessidade de a oposição enfrentar o poderio do PSB, há 16 anos no poder, unida num único palanque.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Ipojuca - Maio 2022
Pernambuco 20.05.2022 22:30

Paulinho de Devá é reeleito na Câmara de Bonito

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A Câmara estava lotada e os discursos foram inflamados na reunião que elegeu a nova Mesa Diretora da Câmara de Bonito. A votação realizada na noite da última terça-feira, enredo de novela que teve até confinamento, coação e ameaças veladas ou não, terminou com Paulinho de Devá reeleito presidente junto a Adones Lagartão como vice. João Diniz será o primeiro secretário e Maroja o segundo. O resultado foi unânime e os vencedores tomarão posse em janeiro de 2023.

Na fala de Lagartão, ele contou que, apesar de diversas tentativas de corrupção, ele não cedeu. "Estou aqui para ajudar, mas o Legislativo tem o direito de escolher em quem votar. Alguém disse que eu era um jovem e quando mostrasse em cima de uma mesa muito dinheiro eu não iria aguentar. Dinheiro eu já vi e vejo todos os dias, mas minha dignidade ninguém compra. Eu tenho valor e não preço, acredito que tem um Deus acima, dono do ouro e da prata, ele tem mais para me dar”, desabafou. O vereador ainda relatou que todo projeto a favor do povo será votado e que é necessário respeitar os 13 parlamentares.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Caruaru - Aniversário
Pernambuco 20.05.2022 21:00

Assessoria Jurídica de João Mendonça via tomar medidas judiciais contra Hélio e ex-esposa

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Após a repercussão, hoje, da reconciliação entre o ex-prefeito de Belo Jardim Hélio dos Terrenos e sua até então ex-esposa, Aline do Bola, depois de toda uma exposição da briga de ambos na mídia e da mesma ter relatado que foi influenciada a denunciar o ex-marido, a assessoria jurídica do ex-prefeito João Mendonça informou que vai tomar as medidas judiciais cabíveis em resposta às falsas acusações do casal. Confira abaixo a nota na íntegra:

Nota à população belo-jardinense

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Cabo - Unidade de Saúde da Família
Pernambuco 20.05.2022 20:30

Moro confirma que irá colaborar com plano de governo de Luciano Bivar

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O ex-juiz Sergio Moro confirmou, à CNN, hoje, que aceitou o convite do pré-candidato à Presidência pelo União Brasil, Luciano Bivar, para colaborar com seu plano de governo.

Ex-ministro da Justiça e Segurança Pública do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL), Moro deverá contribuir com temas como segurança pública e combate à corrupção.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Arcoverde - abril 2022
Pernambuco 20.05.2022 20:15

“O PSB é fim de festa”, diz prefeito de Petrolina sobre as eleições

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O prefeito de Petrolina, no Sertão pernambucano, Simão Durando (UB), afirmou considerar o governo do PSB como “fim de festa” e que o povo pernambucano deseja mudança de gestão a partir de 2023. Em entrevista ao programa Cidade em Foco, da Rede Pernambuco de Rádios, o gestor ainda falou sobre a pré-candidatura de Miguel Coelho (UB) para o Governo do Estado.

Com a saída de Miguel Coelho para disputar as eleições deste ano, Simão Durando assumiu o cargo de prefeito de Petrolina. Indagado sobre a possibilidade de união entre a ex-prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB) e Miguel, Simão respondeu: “Meu sentimento, enquanto pernambucano, é que Pernambuco pode mais do que está acontecendo hoje. O PSB é fim de festa. A população já sentiu isso e existe um cheiro muito forte de mudança”, declarou o gestor sertanejo.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Camaragibe - Maio 2022
Pernambuco 20.05.2022 20:00

Jaboatão atrai novos empreendimentos imobiliários

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O município do Jaboatão dos Guararapes continua atraindo empreendimentos imobiliários, principalmente, para quem tem acesso ao Programa Casa Verde Amarela. É a forma de reduzir o déficit habitacional e gerar emprego no setor da construção civil. Durante reunião com o prefeito Mano Medeiros, representantes da construtora MRV anunciaram novos habitacionais no município, com a oferta de mais de 700 unidades.

Dois lançamentos já estão definidos para este ano. O Recanto da Lagoa terá com 500 unidades e investimento de R$ 48 milhões, incluindo urbanização, sistema viário, praças e equipamentos públicos. E o Candeias Garden, que será a primeira torre na categoria popular, com 16 andares, num investimento de R$ 29,2 milhões, com as mesmas benfeitorias. A expectativa da empresa é que novos empreendimentos que estão sendo planejados também possam ser anunciados ainda neste ano, a exemplo da Villa Laranjeiras e Villa Engenho, ampliando ainda mais a oferta de moradias no Jaboatão.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Serra Talhada 2021
Pernambuco 20.05.2022 19:30

Romero e Andreza lançam pré-candidatura e reafirmam apoio a Miguel Coelho

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O deputado estadual Romero Albuquerque e a vereadora Andreza Romero lançaram suas pré-candidaturas a deputado estadual e federal, respectivamente, ontem. Principais nomes da defesa dos direitos dos animais em Pernambuco, o casal comprovou que será a força política de Miguel Coelho no Recife. O ex-prefeito de Petrolina e pré-candidato ao Governo do Estado também esteve no evento, que aconteceu no Villa Ponte D’Uchoa.

Os anfitriões ainda receberam o senador Fernando Bezerra Coelho e o presidente do Podemos, deputado federal Ricardo Teobaldo. Em seus discursos, Romero e Andreza criticaram a gestão de Paulo Câmara e ressaltaram os bons números do governo de Miguel na capital do Sertão. De acordo com o deputado estadual, R$ 10 milhões das suas emendas parlamentares que foram destinadas para ações e políticas públicas para a causa animal não foram utilizados.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Belo Jardim 2 - Abril
Pernambuco 20.05.2022 19:15

Simão Durando reforça ações de fortalecimento da economia na abertura do 1° Salão do Turismo

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Petrolina está sediando o 1º Salão de Turismo do Vale do São Francisco. O evento, que iniciou ontem, busca apresentar as culturas e riquezas, além de fortalecer a economia da região. Na abertura, o prefeito Simão Durando destacou o potencial turístico da capital do agronegócio, além de reforçar a importância do retorno das feiras para o fortalecimento do turismo de negócios.

Em seu discurso, o gestor reforçou as ações da prefeitura para auxiliar no retorno da economia e destacou a abertura da licitação para a reforma e ampliação do Centro de Convenções, um importante equipamento para o setor, que irá alavancar ainda mais o turismo de negócios na cidade. 

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE São Lourenço da Mata
Pernambuco 20.05.2022 19:00

Ouça agora o Sextou com Gilliard

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Se o leitor não conseguiu acompanhar a reprise da entrevista com o cantor e compositor Gilliard, um dos maiores astros do romantismo nos anos 80, ao quadro “Sextou”, do programa Frente a Frente, ancorado por este blogueiro e exibido pela Rede Nordeste de Rádio, não se preocupe. Clique no link disponível e confira. Está incrível!

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Bandeirantes Maio 2022
Pernambuco 20.05.2022 18:45

Direto do túnel do tempo

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

A foto é do arquivo do meu amigo Rogerio Mota, o embaixador de Triunfo. Segundo ele, trata de uma confraternização natalina dos funcionários do Diário de Pernambuco. Na foto, o seu pai, o jornalista Zito Mota, e a mãe Mary Lima Mota, com os seus três irmãos. Rogério é o que está em pé, junto com a mamãe. O ano é 1957 e o mês dezembro. No fundo, o detalhe da publicidade da então famosa laranjada Cliper, na placa do estande. Se você tem uma foto histórica no seu baú e deseja vê-la postada neste quadro, envie agora pelo WhatsApp (81) 9.8222-4888.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Nord Hotels
Pernambuco 20.05.2022 18:30

Mourão diz achar difícil que pedido de investigação de Bolsonaro contra Moraes prospere

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou, hoje, achar "difícil" que o pedido de investigação apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes "prospere".

Na terça, Bolsonaro pediu ao STF que Moraes fosse investigado por suposto abuso de autoridade em decisões tomadas no chamado inquérito das fake news. O ministro Dias Toffoli, relator do pedido, rejeitou a ação. O presidente, então, acionou a Procuradoria Geral da República (PGR) com pedido de mesmo teor.

...



compartilhamentos
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE SESC - Férias de Janeiro
Pernambuco 20.05.2022 18:00

Paulo Câmara anuncia melhorias para Arcoverde e região

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

O governador Paulo Câmara comandou, na manhã de hoje, a abertura do Fórum Estadual de Gestoras dos Organismos Municipais de Políticas para Mulheres, no município de Arcoverde, no Sertão do Moxotó. O evento, realizado pela Secretaria Estadual da Mulher, em parceria com a prefeitura, discutiu os avanços e desafios da implementação de ações públicas de gênero em Pernambuco ao longo dos 15 anos de existência desta pasta.

“Mais do que nunca, é momento de enaltecer a força feminina na sociedade e consolidar esse movimento também aqui no interior do Estado. Hoje é uma oportunidade valiosa para reafirmar que essa luta é de todos e todas, homens e mulheres, governo e sociedade civil, em todos os municípios e em todos os Estados do Brasil”, afirmou Paulo Câmara.

...



compartilhamentos
Pernambuco 20.05.2022 17:30

De volta ao beijo na baraúna

Por Magno Martins, edição de Ítala Alves compartilhamentos

Em Afogados da Ingazeira, a 386 km do Recife, apenas para rever minha baraúna, meu centenário pai Gastão Cerquinha. Há 20 dias, a filharada – cinco homens e quatro mulheres – fez uma festinha para ele em comemoração aos 100 anos, uma dádiva divina.

...



compartilhamentos