Jaboatão - Nova UBS PET

02/08


2021

Depoimento na PF

Da coluna de João Alberto

Muitos oficiais do alto escalão do Exército não escondem a decepção com o depoimento de Eduardo Pazuello na Polícia Federal. Foi a primeira vez que isto aconteceu com um general da ativa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

Confira os últimos posts



27/09


2021

Guilherme Coelho celebra isenção do imposto do milho

Para conhecer melhor as atividades conectadas com o agronegócio em Pernambuco, Guilherme Coelho visitou cinco municípios do estado. Na última semana, ele conversou com representantes de associações e produtores de segmentos da avicultura, pecuária e agricultura de Salgueiro, Arcoverde, Buíque, Tupanatinga e Caruaru. O objetivo da escuta foi identificar os principais gargalos enfrentados e sugerir soluções para o enfretamento dos problemas e, assim, fortalecer agro no estado.

De acordo com Guilherme Coelho, a principal necessidade do segmento é organizacional. “Fiquei impressionado com o potencial desses municípios, a união entre os produtores será a chave do sucesso. Um dos caminhos para esse crescimento, seria a criação de cooperativas para ajudá-los nas negociações e conseguirem melhores preços de venda. Estou à disposição para contribuir com articulação política e com meu conhecimento sobre agronegócio”, afirmou.

Em Caruaru, Guilherme Coelho conheceu uma granja que produz cerca de 650 mil ovos diariamente e investe em tecnologia para modernizar o setor. Ele também almoçou com representantes da avicultura do município e, na ocasião, o grupo celebrou a publicação em Diário Oficial da isenção do PIS/Cofins do milho importado.

“Esse foi um pleito antigo que estava correndo no Ministério da Agricultura desde agosto do ano passado. Além da nossa associação, muitas pessoas e entidades ajudaram para que fosse atendido, como o Guilherme Coelho, que esteve em Brasília e reforçou o pedido. A isenção desse imposto representa uma queda importante no custo da saca do milho”, constatou o presidente da Associação Avícola de Pernambuco, Giulliano Malta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina setembro 2

27/09


2021

Abandono da antiga sede do Diário repercute

Após a publicação da matéria sobre o abandono do prédio da antiga sede do Diário de Pernambuco, localizada na Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, vários leitores e personalidades enviaram relatos ao blog repercutindo o caso.

O primeiro a se manifestar foi o cantor e compositor Alcymar Monteiro, que se mostrou indignado com a situação e sugeriu que o prédio fosse transformado no museu da imprensa. “Infelizmente, esse governador que está aí é insensível com a arte, com a cultura e com a comunicação”, desabafou o artista.

O bancário aposentado e leitor assíduo do blog Antônio Ramos também enviou o seu desabafo ao blog e lamentou que o prédio tenha chegado a essa situação.

“Um dos principais cartões postais de Pernambuco. No seu interior, foi escrita e noticiada a história local, nacional e mundial, por séculos. Tive algumas oportunidades de adentrar nas suas dependências, fiquei fascinado com tudo aquilo. Este monumento deveria se transformar num equipamento público, com diversas atividades e até um museu. Infelizmente, vivemos tempos sombrios, parece que ninguém quer compromisso com a história, uma pena!”, disse o leitor.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

27/09


2021

Marília ainda é PT?

Quem via a propaganda de Marília Arraes na eleição para a Prefeitura do Recife, ano passado, não sabia qual o partido dela. O vermelho e a estrela do PT nunca apareciam. Só com muita pressão interna, os símbolos petistas deram as caras. Com um jeito meio envergonhado, é verdade.

A campanha terminou e só os ingênuos acreditam que a deputada é PT desde criancinha. Marília voltou a ser Marília. Fez hoje uma postagem no Instagram sem nenhuma referência ao PT.

Que coisa feia! Até parece que o mandato é dela e não do partido.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/09


2021

Busca ativa com identidade

Por Teresa Leitão*

Desde o início da pandemia da Covid-19 e a necessária suspensão das aulas presenciais, uma questão tem me preocupado bastante: as condições de retorno depois de um ano e meio longe das escolas.

A alternativa das aulas remotas foi a forma encontrada pelas gestões educacionais para suprir o distanciamento sanitário. Com grande compromisso e até uma carga de sacrifício dos professores, elas foram implantadas em meio a muitas dificuldades. O acesso precário à internet, a falta de equipamento condizente, a adaptação metodológica para educadores e alunos foram alguns dos problemas enfrentados. Muitas lições devem ter ficado desse período pedagogicamente atípico, vivenciado em meio às perdas, ao luto e às consequências socioeconômicas do coronavírus, aprofundadas pelo tratamento irresponsável do governo federal.

Certamente a escola, os trabalhadores em educação, os estudantes e os gestores educacionais aprenderam algumas lições.

Para mim, as aulas remotas cumpriram a finalidade principal de manter o vínculo do estudante com a escola, para alguns, único equipamento cultural disponível na comunidade. Mas infelizmente, isso não foi suficiente na disputa da vida real dos alunos da rede pública: muitos abandonaram a escola e não voltaram com o reinício das aulas presenciais.

Vem daí a minha preocupação externada no início do texto. A escola vai precisar organizar duas ações básicas neste período. Uma delas, creio que já em curso, uma rigorosa reorganização curricular que considere o tempo das aulas remotas e as aprendizagens advindas do período mais duro da pandemia. A outra, tão urgente e estratégica, trazer nossos estudantes de volta à escola. Onde eles estão? Por que abandonaram? Como vamos estimular o seu retorno?

Neste sentido, aplaudo com satisfação o Projeto de Lei nº 2.663/2021, do governo estadual, que cria o Programa Monitoria PE, em tramitação na Assembleia Legislativa.

Os objetivos do projeto se voltam ao resgate desses estudantes e ao enfrentamento do abandono escolar, através do instrumento da busca ativa. São questões óbvias para todo governo comprometido com a população, mas ganham um significado identitário importante que pode servir de estímulo ao programa.

A novidade que quero destacar é que a busca ativa, nesse caso, será realizada pelos próprios estudantes matriculados nas escolas da rede estadual, mediante a concessão de bolsa no valor total de R$ 800,00 (oitocentos reais) para monitores de busca ativa, por um período de três meses.

Além do estímulo financeiro, o projeto é carregado de uma identidade importante que pode facilitar o seu êxito. Jovens convencendo outros jovens a voltar para a escola; jovens que vivem na mesma comunidade dialogando sobre a importância de voltar a estudar; jovens discutindo entre si as dificuldades e os desafios de concluir estudos.

Proponho que essa carga de identidade seja o procedimento estratégico adotado pela Secretaria de Educação na regulamentação da lei.

No ano do centenário de Paulo Freire, essa proposta aparentemente tão simples pode ser uma bela homenagem à construção coletiva de saberes, competências, inclusão e pertencimento.

E isso é muito bom para a Educação!

*Professora e deputada estadual pelo PT/PE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Microempreendedores

27/09


2021

Renan insiste no depoimento de Luciano Hang na CPI

Apesar da resistência de seus colegas, o relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), disse ao blog do Valdo Cruz que vai insistir no depoimento do empresário Luciano Hang, nesta semana, na comissão. A presença do empresário está prevista para quarta-feira (29).

“Sei que alguns dos meus colegas são contra a vinda do Luciano Hang pelo risco de ele tumultuar a sessão, mas o seu depoimento é muito importante para esclarecer principalmente o papel dele no financiamento e disseminação de notícias falsas sobre a pandemia do coronavírus”, disse Renan Calheiros.

O senador disse que entende os argumentos de outros senadores que são contra a convocação do empresário bolsonarista, mas que resolveu insistir na ida de Luciano Hang à comissão. O tema será tratado em reunião, hoje à noite, na casa do presidente da CPI, Omar Aziz.

Na semana passada, o empresário foi um dos motivos do bate-boca entre Renan Calheiros e o senador governista Jorginho Mello (PL-SC), aliado de Luciano Hang.

O empresário é investigado em inquérito que tramita no STF pela suspeita de ter financiado a disseminação de "fake news" sobre a pandemia do coronavírus.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru volta as aulas 2021

27/09


2021

Uma justa homenagem a uma guerreira

A Câmara de Tabira, a 400 km do Recife, vota, hoje, em segundo turno, o projeto denominando Espaço Professora Nevinha Pires, uma área expandida da praça Gonçalo Gomes, principal logradouro público do município. A iniciativa, justíssima, aprovada por unanimidade em primeira votação, partiu do vereador Valdemir Filho (MDB).

Mãe do doutor Pedro Pires, referências em saúde no Estado, dona Nevinha, que Deus levou já bem longeva, tem uma trajetória de vida que se confunde com Tabira, com destaque na área cultural.

Filha de Pedro Pires Ferreira e Albertina Xavier Pires Ferreira, Maria das Neves Pires da Silva fez parte de uma família de doze irmãos, sendo sete filhos do primeiro matrimônio de Pedro Pires com Albertina Xavier e cinco filhos do segundo matrimonio de Pedro Pires com Maria de Lourdes Pires Liberal.

Professora em Tabira por 40 anos, lecionou inicialmente na Escola Professora Carlota Breckenfeld em 1955. Foi professora, diretora, vice-diretora e supervisora na Escola Arnaldo Alves Cavalcanti. Como professora teve várias alegrias e recebeu muitas homenagens, inclusive uma medalha estadual do mérito educacional do então secretário da educação José Jorge de Vasconcelos no governo de Moura Cavalcanti (1975-1979)

Mesmo aposentada, nunca deixou de ser chamada de "professora”, título que se orgulhava. Foi muito feliz nessa função pois tinha vocação para ensinar. Muito querida e respeitada por seus ex-alunos, sempre demonstrou muito carinho por eles. Maria das Neves ires da Silva via nos seus ex-alunos uma continuidade dos seus ensinamentos.

Após sua aposentadoria escreveu seis livros: Tabira e sua Gente (1985), Considerações de um Centenário (1995), Tabira história e estórias (1997), Fragmentos do Pajeú (1997), Histórico do Poder Legislativo de Tabira (1999) e Caminhos (2002). Todos catalogados na Biblioteca Pública de Estado de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

27/09


2021

Dudu da Fonte entrega ambulâncias em Santa Cruz do Capibaribe

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP) cumpriu agenda, no fim de semana, em cidades do Agreste de Pernambuco, destinando investimentos, participando de eventos, realizando visitas e se reunindo com a população e lideranças políticas da região. Ontem, o parlamentar destinou duas ambulâncias UTI para o município de Santa Cruz do Capibaribe. A entrega foi feita durante a tradicional Festa do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel 2021, na presença do prefeito Fábio Aragão, do vice, Helinho Aragão, do deputado estadual Diogo Morais e vereadores.

“Eu fico muito feliz em poder contribuir para o desenvolvimento de Santa Cruz do Capibaribe. Ao lado de Fábio e toda a equipe, iremos continuar anunciando grandes investimentos, ações que vão beneficiar a educação, infraestrutura e saúde do município”, registrou Eduardo da Fonte.

Ainda no domingo, o parlamentar se reuniu em Garanhuns com agricultores e produtores de grãos do município. Em seguida, se encontrou com Jair Monteiro, liderança política de Jupi. Em São Bento do Una, ao lado de Débora Almeida, Zé Almeida, Henrique Queiroz, presidente do ITERPE, e vereadores, Eduardo participou da entrega de títulos de posse para os moradores do Assentamento Basílio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

27/09


2021

Vacinação deve ser aprovada

Da coluna de João Alberto

O deputado João Paulo, deve apresentar, hoje, como relator do projeto, seu parecer favorável ao projeto de lei do governo do estadual, que torna obrigatória a vacinação contra a Covid-19 dos funcionários do estado, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia legislativa. Votação no plenário será quinta-feira e a aprovação é certa. A propósito: seria certo um servidor se recusar a se vacinar, colocando em risco a saúde dos colegas?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC Agosto 2021

27/09


2021

Paulo Câmara é oficiado para não cumprir resolução do TCE

O Blog tinha revelado a controvérsia em primeira mão. Segundo fontes sob reserva no Governo, o TCE-PE, para agradar ao PSB, tinha expedido resolução autorizando o gasto de recursos dos 25% da educação para pagar aposentados e pensionistas o que é proibido pela Constituição Federal. Agora, o MPF entra em ação e manda ofício direto para o governador Paulo Câmara (PSB), para que ele pare com a inconstitucionalidade autorizada pelos conselheiros do TCE-PE. Caso não acatem a recomendação, segundo o MPF, todos poderão responder pelo suposto crime do artigo 359-D do Código Penal.

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco (PE) expediu recomendação ao Governo do Estado para que os recursos da área de Educação, inclusive do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), não sejam usados no pagamento de aposentados e pensionistas. O documento foi direcionado ao governador de Pernambuco e às Secretarias de Educação e da Fazenda. O caso está sob responsabilidade dos procuradores da República Cláudio Henrique Dias, Rodrigo Tenório e Silvia Regina Pontes Lopes.

A recomendação considerou o que determina a Constituição Federal, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito do tema. Segundo as normas e a jusrisprudência do tribunal, é vedado o uso de recursos destinados à manutenção e desenvolvimento do ensino para pagamento de aposentadorias e pensões. A verba deve ser empregada na melhoria da educação, sob pena de prejuízos ao sistema educacional em Pernambuco.

Embora o Tribunal de Contas do Estado de PE (TCE-PE) tenha estabelecido, na Resolução 134/2021, prazo de três anos, a partir de 2021, para que o Estado exclua do limite mínimo constitucional de 25% de gastos destinados à educação a parcela referente ao pagamento de despesas previdenciárias, o MPF entende que tal medida é contrária ao exigido pela Emenda Constitucional 108/2020, bem como à consolidada jurisprudência do Supremo Tribunal Federal.

Tal emenda veda, desde janeiro deste ano, o uso de recursos para manutenção e desenvolvimento do ensino no pagamento de aposentadorias e pensões. Conforme consta na recomendação, o TCE-PE não tem competência constitucional, ou jurisdição, para postergar os efeitos financeiros de uma emenda constitucional promulgada pelo Congresso Nacional.

No início de setembro, o STF declarou – em ação ajuizada pela Procuradoria-Geral da República - a inconstitucionalidade Lei Complementar estadual 147/2018, de Goiás, que incluiu o pagamento de pessoal inativo nas despesas com manutenção e desenvolvimento do ensino. O entendimento foi de que a norma invade competência privativa da união para legislar sobre diretrizes e bases da educação nacional.

Na recomendação, o MPF requer também que o governo de PE não contabilize, no cálculo para aferição do cumprimento do gasto de 25% da receita resultante de impostos na manutenção e desenvolvimento do ensino, os valores usados no pagamento de pessoal inativo, inclusive os constantes de Dotações Orçamentárias Específicas. Em até 30 dias, deverá ser disponibilizada, no portal de transparência do Estado de Pernambuco, a identificação dos componentes detalhados das despesas realizadas com recursos do Fundeb para pagamento de pessoal. Esses dados de transparência deverão ser atualizados mensalmente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Agosto 2021

27/09


2021

As muralhas da fé e do relax

Há muito, frequento Fazenda Nova, em Brejo da Madre de Deus, onde a inquietude, a coragem e o talento do jornalista Plinio Pacheco resultaram na construção de um teatro em pedras que lembram as muralhas da China. Diferente das muralhas da China, erguidas para se proteger dos inimigos da guerra, as de Plinio são as muralhas da fé.

São uma réplica da cidade de Jerusalém. Nelas, ocorrem as encenações da Paixão de Cristo desde 1968. Plínio chegou a Fazenda Nova em 1956, mas o plano só veio a se concretizar em 68, quando foi realizado o primeiro espetáculo na cidade teatro de Nova Jerusalém. Desde então, até 2019, última etapa em função da pandemia, foram 53 anos de apresentações ininterruptas dentro das muralhas, atraindo espectadores de todo o Brasil e do mundo. O maior teatro ao ar livre do mundo é uma cidade teatro com 100 mil metros quadrados, o que equivale a um terço da área murada da Jerusalém original, onde Jesus viveu seus últimos dias.

É cercada por uma muralha de pedras de quatro metros de altura com 70 torres de sete metros cada uma. No seu interior, nove palcos-plateias reproduzem cenários naturais, arruados e palácios, além do Templo de Jerusalém, constituindo obras monumentais, concebidas por vários arquitetos e cenógrafos nordestinos e pelo gênio do seu fundador Plínio Pacheco.

Originalmente, a peça foi criada por Epaminondas Mendonça, velho líder político da região, no ano de 1951, com base na Paixão celebrada todos os anos durante a Semana Santa em Brejo da Madre de Deus. A peça é encenada tradicionalmente ao ar livre reproduzindo os últimos passos de Jesus na Terra, e já foi vista por mais de mais de cinco milhões de pessoas.

O HOTEL

O espetáculo foi suspenso desde 2020 por causa da pandemia, mas Robson e Nena Pacheco, herdeiros de Plinio e tocadores da sua obra, já estão captando patrocínios para a retomada no próximo ano. "Nós vamos apoiar", garante o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, um dos entusiastas e admiradores de Robson Pacheco. Robinho (foto), como é tratado carinhosamente, teve um enorme prejuízo com a paralisação da peça por dois anos. Ele cuida do teatro como se fosse um filho tamanha sua dedicação e preocupação em perpetuar o sonho do pai que virou uma sólida realidade.

O que pouca gente sabe é que em torno das muralhas da fé existe um belo hotel temático. Passei o fim de semana por lá, depois de um périplo pelo Agreste, e sai encantado. Ambiente muito agradável, funcionários atenciosos e educados, comida farta e deliciosa em todas as três refeições. Apartamentos limpos e higienizados. No sábado, a ceia foi servida no Palácio de Herodes com direito a conhecer um balé judaico apreciando ao mesmo tempo a lua cheia por trás de outro castelo.

Aos que ficaram com aquela vontade irresistível de desfrutar do hotel, Robinho preparou um Pacote Especial de Verão, sucesso na estação mais quente do ano, com direito as três refeições, mergulho na piscina e jantar temático.

Na @pousadadapaixão há apartamentos Casal l Duplo a partir de R$ 800 reais – de sexta a domingo, com todas as refeições inclusas. O parcelamento pode ser feito em até 10 vezes no cartão, exclusivamente pelo site da pousada.

Reservas e mais informações:

Telefone: (81) 3732-1574 // (81) 9.9673- 0805

www.pousadadapaixao.com.br

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros