14/01


2021

BB diz que não foi comunicado sobre demissão do presidente

O Banco do Brasil informou, hoje, que não recebeu nenhuma comunicação formal por parte do "acionista controlador", ou seja, o governo federal, sobre qualquer decisão a respeito da possível demissão do seu presidente, André Brandão. A informação foi divulgada por meio de "fato relevante" à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A possibilidade da saída de Brandão do comando do banco estaria relacionada a uma insatisfação do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o blog da Ana Flor, Bolsonaro se irritou com o anúncio, feito no início desta semana, do fechamento de mais de 200 agências e um programa de demissão voluntária com o objetivo enxugar 5 mil vagas.

Ainda de acordo com o blog, Bolsonaro passou a receber telefonemas e pedidos de audiência de políticos. Eles reclamam que suas cidades deixariam de ter agências do banco.

A principal irritação de Bolsonaro é motivada pelo anúncio das medidas antes da definição das presidências da Câmara e Senado – as eleições estão previstas para fevereiro.

Brandão assumiu a presidência do banco em setembro de 2020, levado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo presidente do Banco Central, Campos Neto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo 2021

Confira os últimos posts



02/03


2021

Flávio Bolsonaro compra mansão de R$ 5,97 milhões

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) comprou uma mansão por R$ 5,97 milhões em um bairro nobre de Brasília. A informação foi primeiro divulgada pelo site "O Antagonista". A TV Globo teve acesso à certidão de matrícula do imóvel.

A mansão fica no Setor de Mansões Dom Bosco, um dos mais valorizados da capital. O imóvel tem área total de 2,4 mil metros quadrados.

Na eleição de 2018, em que se elegeu senador, Flávio declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) patrimônio de R$ 1,74 milhão. Atualmente, o salário de um senador é R$ 33.763.

A certidão de matrícula informa que os compradores são Flávio e a mulher, a dentista Fernanda Figueira Bolsonaro.

Do valor total do imóvel, R$ 3,1 milhão foram financiados pelo Banco de Brasília (BRB). O pagamento do financiamento será feito em 360 parcelas, a uma taxa de juros efetivos de 4,85% ao ano e taxa de juros efetivos reduzida de 3,71% ao ano.

Em nota, a assessoria de Flávio Bolsonaro afirmou que a mansão foi comprada com recursos próprios do parlamentar, em parte originados da venda de um imóvel no Rio de Janeiro. O texto afirma ainda que mais da metade do valor da mansão será pago por meio de financiamento imobiliário.

"A casa adquirida pelo senador Flávio Bolsonaro em Brasília foi comprada com recursos próprios, em especial oriundos da venda seu imóvel no Rio de Janeiro. Mais da metade do valor da operação ocorreu por intermédio de financiamento imobiliário. Tudo registrado em escritura pública. Qualquer coisa além disso é pura especulação ou desinformação por parte de alguns veículos de comunicação.", afirmou a assessoria do senador.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Me Engano Que Eu Gosto.



02/03


2021

Morre ambulante que pediu fim de doações

Morreu, na madrugada de hoje, o vendedor ambulante Joaquim Antônio, conhecido como Barruada. De acordo com a família, o falecimento aconteceu após uma parada respiratória. No ano passado, Barruada ficou muito famoso por pedir o fim de doações que familiares e amigos reuniam para ele, que foi atingido pela crise financeira causada pela pandemia do novo coronavírus. 

Barruada trabalhava, há décadas, vendendo cachorro quente em frente ao colégio Salesiano, no bairro da Boa Vista, centro do Recife. A família anunciou que o sepultamento será realizado na manhã de hoje, no cemitério de Santo Amaro. Por causa da pandemia, o enterro deve ser feito sem aglomeração, mas haverá uma missa pela alma do ambulante. Ainda não se sabe horário nem local da cerimônia religiosa. 

Barruada deixou três filhos e cinco netos. "Meu pai era um exemplo de honestidade. Sempre foi muito sincero e guerreiro", disse Camila Maria da Silva, de 26 anos, uma das filhas de Barruada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner Jaboatao 2021

02/03


2021

Colapso da saúde pública

Blog do Tamanini

O ex-presidente da OAB de Sergipe por três vezes – todas pelo voto direto do advogado –, Henri Clay Andrade, denunciou, hoje, que a lentidão do processo de vacinação contra a Covid 19 em seu estado pode provocar em pouco espaço de tempo ” o colapso da saúde pública, com a ampliação do número de mortes em Sergipe”.

Henri Clay lembrou que, por meio de nota pública, o Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe lamentou a lentidão e a apatia da vacinação em nosso Estado. “Enquanto em todo o Brasil, com a chegada da nova remessa de vacina, desde sábado, as capitais e diversas cidades realizam a vacinação com estratégias de campanha, usando estádios de futebol, ginásios, drive-thru, escolas , unidades básicas de saúde , estacionamentos de shoppings e Universidades, aqui em Aracaju não houve, sequer, um ponto de vacinação”, lamentou com muita tristeza e preocupação o advogado nascido em Lagarto mas há vários anos residindo na capital do estado.

Sergipe recebeu 89 mil doses da coronavac, 44.500 para serem aplicadas de primeira dose, mais 35 mil da AstraZeneca todas podendo ser aplicadas de 1ª dose (2ª dose após 3 meses), somando Sergipe poderia ter vacinado até o momento 79.500 pessoas com a primeira dose, mas até o momento só vacinou 45773 pessoas. Aracaju, segundo ele, é a cidade que menos vacinou em Sergipe.

Hoje, a partir das 14 horas, Henri Clay estará debatendo a vacinação contra o Covid em Sergipe no programa Direito e Cidadania, da rádio Pantanal FM 104,9 de Pacatuba, cidade localizada no Baixo São Francisco, litoral norte sergipano. É conhecida por suas belezas naturais, sendo uma delas pertencente ao pantanal nordestino.

Figuras das mais conhecidas e participativas do estado de Sergipe, Henri Clay Andrade, 51 anos, advogado, além de presidente da Seccional, foi conselheiro federal da OAB por dois mandatos, ouvidor-geral da OAB Nacional e diretor-geral da Escola Nacional da Advocacia do CFOAB. Também foi diretor nacional de Assuntos Estratégicos da Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas – ABRAT.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/03


2021

Silvio parabeniza Patriota pela recondução na Amupe

O deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos), presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Novo Pacto Federativo, parabenizou o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, pela recondução ao cargo. Segundo Silvio, Patriota, que foi reeleito por 152 votos durante cerimônia virtual, ontem, tem compromisso e comprometimento com a causa municipalista e vem realizando um belo trabalho à frente da Amupe. 

“Patriota tem trabalhado, ao lado da Confederação Nacional de Municípios, dos prefeitos do Estado e de toda bancada de Pernambuco, em busca de ações e investimentos que fortaleçam a agenda municipalista. Quero poder, ao lado dele e de todos os prefeitos do Estado, trabalhar para, cada vez mais, trazer investimentos e ações que possam melhorar a qualidade de vida da população nas cidades de Pernambuco”, destacou o deputado federal Silvio Costa Filho.

Silvio tem dialogado permanentemente com as entidades municipalistas e prefeitos do Estado para garantir recursos para as cidades pernambucanas, como os obtidos através da aprovação da Lei Kandir e 1% do FPM, que vão possibilitar investimentos em áreas como educação, saúde, segurança social e infraestrutura. “Eu digo sempre que sou um municipalista convicto e entendo que o futuro do Brasil não está apenas em Brasília, mas sobretudo nos municípios. Por isso, temos focado o nosso mandato em defesa do municipalismo, ou seja, menos Brasília e mais Brasil”, frisou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina 2021

02/03


2021

Bolsonaro zera impostos federais de gás e diesel

O presidente Bolsonaro editou um decreto e uma medida provisória zerando alíquotas de impostos incidentes sobre a comercialização e a importação do óleo diesel e do gás liquefeito de petróleo (GLP) de uso residencial. As informações são do Blog do Riella.

As medidas abrangem o Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS), e a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins)

Em relação ao diesel, a diminuição terá validade durante os meses de março e abril. Quanto ao gás de cozinha, a medida é permanente. A redução do gás somente se aplica ao GLP destinado ao uso doméstico e embalado em recipientes de até 13 quilos.

Para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, como forma de compensação tributária, também foi editada medida provisória aumentando a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das instituições financeiras, alterando as regras de Imposto sobre os Produtos Industrializados (IPI) para a compra de veículos por pessoas com deficiência e encerrando o Regime Especial da Indústria Química (Reiq).

As novas regras do IPI entram em vigor imediatamente. O aumento da CSLL e o final do Reiq entrarão em vigor em 1º de julho


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

02/03


2021

Sertanejo pede votos para o Oscar da Gastronomia

Depois da emoção de escrever, ontem, sobre Roberta Mascena, a garota de 25 anos que exibiu na colação de grau em Pedagogia, em Santos, a roupa de faxineira de sua mãe Marlene Cordeiro, sertaneja de Afogados da Ingazeira, acordei, hoje, com uma mensagem de outro conterrâneo do Pajeú que me tocou bastante. É o chef de cozinha Alexandre José, que concorre ao prêmio Dolmã, o Oscar da Gastronomia, pelo Estado de Tocantins, onde ganhou pedigree na área para conquistar o mundo, estando hoje morando em Luxemburgo, na Alemanha.

Ele herdou a vocação do pai, o conhecido Zil da Codorna, bar da boemia que frequentei na adolescência em Afogados da Ingazeira. Ficava em frente aos estúdios e transmissores da Rádio Pajeú, no bairro São Francisco. Sem dúvida, a melhor codorna, os melhores pratos regionais. Tinha até preá. Reduto de todas as classes e tribos da boa mesa e do prazer de jogar conversa fora.

O chef Alexandre José tem 46 anos. Está concorrendo pelo Tocantins porque morou por lá de 1994 a 2000, migrando em seguida para Europa com a intenção e o projeto de estudar Gastronomia. Regressou ao Tocantins em 2016 e no ano passado fez a travessia do Atlântico de novo, desta feita aterrissando em Luxemburgo. 

Graduado em Gastronomia pela UNIP de Goiás, sempre esteve envolvido em festivais gastronômicos, dando sequência à sua carreira internacional em uma rede francesa de restaurantes na Europa. Ele pede para postar o link no qual você, leitor, de qualquer parte do País, pode votar nele e ajudá-lo a conquistar o prêmio.

"Essa premiação vai me ajudar mais ainda a levar o nome da gastronomia regional tocantinense e brasileira para todo o mundo. Me ajudará em passar a conhecer novas técnicas e novas culturas, pois me proporcionará o título de Embaixador da Gastronomia no Tocantins", diz ele.

Sobre o fato de ter escolhido o Tocantins para concorrer, explica por estar há muitos por lá e ser reconhecido como o chef que sempre defendeu a cultura tradicional tocantinense, mantendo vivo os ingredientes e especiarias da região. "Sou afogadense, sertanejo com muito orgulho, mas também sou tocantinense de coração, Estado que me acolheu muito bem e sempre valorizou meu trabalho profissional", assinala.

Para votar, basta clicar neste link (https://pt.surveymonkey.com/r/premiodolmavotacaodosinternautas), preencher com as suas informações pessoais e escolher o nome do chef Alexandre José na categoria Tocantins. Desejamos boa sorte ao chef!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

01/03


2021

Paulo defende unidade de prefeitos para um PE melhor

O governador Paulo Câmara participou, hoje, da posse da nova mesa diretora da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) para o biênio 2021-2023. A cerimônia, realizada na sede da entidade, no bairro de Jardim São Paulo, no Recife, reconduziu José Patriota ao cargo de presidente da Amupe. O governador fez uma apresentação sobre o atual cenário de Pernambuco em relação à pandemia da Covid-19 e os investimentos que serão feitos em áreas estratégicas para beneficiar todo o Estado. Também anunciou a liberação de R$ 11 milhões para os municípios, por meio do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (FEM).

“Estamos vivendo um momento muito difícil. Para superá-lo, é muito importante que tenhamos unidade e, acima de tudo, a conjunção de esforços de cada prefeito e de cada prefeita. Nesse sentido, a Amupe é fundamental, pois tem buscado as parcerias, vem fazendo um amplo debate e nos ajudando no repasse de informações que são fundamentais para enfrentar os desafios. Vamos buscar o equilíbrio sanitário, sem fechamento total das atividades econômicas e evitando uma medida mais drástica, mas pedindo à população que continue com todos os cuidados”, afirmou Paulo Câmara, anunciando que, este ano, dos R$ 11 milhões do FEM, R$ 6 milhões serão pagos ainda em março e a outra parte em abril.

O presidente reeleito, José Patriota, reforçou a importância da união entre os municípios e frisou que o maior desafio para este mandato será a saúde e a preservação da vida do povo pernambucano. “Tenho certeza de que 100% dos municípios estarão integrados e participando da luta municipalista. Estamos abordando o que é importante para Pernambuco e exercitando as boas práticas. Para nós, a luta é uma só: unir forças para enfrentar as adversidades na saúde e em todas as outras esferas”, disse Patriota.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

01/03


2021

Tribuna do leitor: A lei deve ser para todos!

No início de 2021, a população de Arcoverde, portal do Sertão pernambucano, localizada à 254 Km da capital Recife, foi surpreendida com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) que determinou, por unanimidade, incríveis 7X0, afastar o prefeito eleito de Arcoverde, Wellington da LW (MDB), e o seu vice, Israel Rubis (PP). Com essa decisão, a ex-prefeita Madalena Britto, que também é ré no processo, fica na companhia de seus liderados – todos inelegíveis por oito anos.

Ainda que o prefeito eleito tivesse tomado posse amparado por uma liminar, na terra do Cardeal, pouquíssimas pessoas acreditavam numa decisão tão enfática, onde a unanimidade dos desembargadores além de referendar a decisão do juiz de primeiro grau, esclareceu inúmeras irregularidades que caracterizaram abuso de poder econômico e político.

Sabe-se que lei é para ser cumprida, uma vez sancionada deve tornar-se referência para todos! Mas, em Pernambuco, uma dúvida toma os quatro cantos, do Porto de Petrolina ao Porto do Recife pergunta-se: Irregularidades que caracterizaram abuso de poder econômico e político ocorreram só em Arcoverde?

A nossa querida capital Recife comuna líder em desigualdades, por exemplo, assistimos dois palácios “tecendo tapetes” para a “passagem do Príncipe”. À Justiça foi levada, entre outras denúncias, as irregularidades de coação com servidores e terceirizados para trabalhar em sua campanha palaciana, num claro abuso de poder político e econômico, agredindo a nossa democracia.

Em Arcoverde, a justiça se fez presente. Ainda que o prefeito afastado tenha imprimido um intenso ritmo de trabalho nas primeiras semanas, o egrégio Superior Tribunal Eleitoral deverá julgará os fatos ocorridos em 2020, em plena campanha eleitoral. A considerar pela unanimidade do TER-PE, o governo “ainda verde”, com menos de 60 dias, já caiu.

A sociedade pernambucana espera que outros municípios tenham os seus processos julgados como o mesmo empenho e celeridade. Afinal, a lei é para todos! Seguindo o princípio constitucional, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza.

*O leitor que enviou o artigo preferiu não se identificar


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

01/03


2021

Presidente da Unimed Caruaru internado por Covid

Após ser reeleito pela terceira vez presidente da Unimed Caruaru, no dia 25 de fevereiro, o Dr. Pedro Melo foi internado, agora a tarde, na UTI do Hospital Unimed Caruaru para tratamento do Covid 19.

No momento, passa bem, não está entubado e as medidas tomadas estão obtendo resultado satisfatório.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/03


2021

Duque e Vaccari são condenados em ação da Lava Jato

Do G1

O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) João Vaccari Neto, foram condenados em uma ação penal da operação Lava Jato que apura direcionamento de propina com pagamentos a uma editora de São Paulo.

Os dois foram condenados por lavagem de dinheiro. Vaccari foi condenado a seis anos e seis meses de prisão, e Duque teve condenação de três anos e sete meses de prisão em regime aberto.

A sentença foi assinada pelo juiz Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, na sexta-feira (26), e divulgada pela Justiça Federal, hoje.

Pagamentos investigados

A ação penal se baseia em informações do depoimento do executivo Augusto Mendonça, do grupo Setal Óleo e Gás, que firmou acordo de delação premiada. Ele apontou informações sobre o esquema de corrupção, desvio e lavagem de dinheiro na Petrobras e outros órgãos públicos.

Augusto Mendonça também se tornou réu, mas teve a ação penal suspensa e, portanto, não teve sentença determinada neste caso. De acordo com a denúncia, a empreiteira SOG/SETAL, a pedido de João Vaccari Neto, direcionou R$ 2,3 milhões em propina à Editora Gráfica Atitude.

O dinheiro, conforme denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF), representava parte de propina acertada em um esquema criminoso envolvendo contratos da Petrobrás.

Na tentativa de dar a aparência de legalidade à movimentação, empresas do grupo Setal, Setec e SOG assinaram dois contratos falsos com a editora.

Os contratos previam que a empresa veiculasse "conteúdo noticioso e opinativo sobre temas relacionados com o desenvolvimento e proteção da indústria nacional no Brasil, no tocante à área de extração de petróleo e na conversão em seus derivados".

No entanto, segundo a ação, não houve prestação de serviços, e foram emitidas notas frias. "Em síntese, os valores obtidos nos contratos mediante cartel e ajuste fraudulento de licitações teriam sido objeto de condutas de ocultação e dissimulação para posterior pagamento das propinas aos agentes da Petrobrás", citou a denúncia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha