Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

23/11


2020

Homem-forte de Geraldo acusado de superfaturar Covid

EXCLUSIVO

Relatório oficial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), juntado nos autos do inquérito policial da Operação Antídoto da Polícia Federal, mostra que a gravidade das contratações sem licitação da Prefeitura do Recife (PCR) na covid-19 é muito maior do que já foi divulgado pela imprensa. Segundo a documentação oficial, as compras para a covid-19 autorizadas por Felipe Soares Bittencourt, diretor de Finanças da PCR, chegam a ter alegados superfaturamentos de 1100% (mil e cem por cento) em alguns dos itens nas compras emergenciais sem licitação. 

Felipe Soares Bittencourt está afastado da Prefeitura do Recife (PCR) por ordem da Justiça Federal, por suspeita de corrupção, em medida cautelar. O prefeito Geraldo Júlio (PSB), entretanto, não o exonerou do cargo em comissão que ocupa, apesar dos escândalos. Nos bastidores, Felipe Soares Bittencourt é apontado como homem-forte de Geraldo Júlio nas compras da saúde. 

Segundo o relatório do TCE da dispensa emergencial 123/2020, Felipe Soares Bittencourt comprou sem licitação o item 23 por R$ 42,89 da empresa Facimed Comércio. A Prefeitura de Catende, no mês de julho de 2020, comprou o mesmo item 23 por apenas R$ 3,86 com a mesma empresa Facimed Comércio. Ou seja, segundo o TCE, Felipe Soares Bittencourt teria autorizado uma compra sem licitação por um preço 11 vezes maior do que a mesma empresa fornecedora entregava, no meio da pandemia, para outras prefeituras do interior de Pernambuco. 

Segundo o relatório do TCE, o "pulo do gato" para esta compra supostamente superfaturada foram as pesquisas de preços que a gestão de Geraldo Júlio (PSB), através de Felipe, fazia antes das compras. As pesquisas eram deficientes e mal feitas, segundo os auditores do TCE. 

"A Secretária de Saúde de Recife alegou a escolha dos fornecedores por ter obtido a proposta mais vantajosa para o serviço público com a pesquisa de preços realizadas, no entanto, não realizou cotações em banco de dados de preços públicos, em que poderia ter observado preços mais razoáveis. Observa-se que alguns itens tiveram a cotação de apenas duas empresas", dizem os auditores do TCE. 

Em grande parte das compras emergenciais sem licitação, Felipe Soares Bittencourt está sendo acusado de suposto superfaturamento das compras. Em outros dos itens da dispensa emergencial 123/2020, os superfaturamentos variaram entre 103% e 348%, segundo o relatório do TCE. 

"Observou-se que Felipe Soares Bittencourt, Diretor Executivo de Administração e finanças, responsável pela assinatura do Relatório Descritivo da Dispensas 123/2020, com pesquisa de preços insuficientes e composta por propostas antieconômicas para a Administração, já que todas as propostas selecionadas encontravam-se com indicativo de sobrepreço, 103,39%, para os itens 02, 03 e 04; 87,02%, para os itens 06 e 07; 68,01%, para o item 10; 348,23% para o item 15; e 1.111,14% para o item 23, no âmbito da Dispensa 123/2020, quando deveriam identificar que os referidos itens foram contratados com indícios de valores superiores aos de mercado", demonstraram os auditores do TCE, no relatório oficial. 

Nesta dispensa emergencial 123/2020, também foi contratada a empresa Saúde Brasil, alvo da Operação Antídoto da Polícia Federal. A empresa recebeu R$ 81 milhões sem licitação, em compras com participação de Felipe Soares Bittencourt. Segundo reportagem do Jornal do Commercio, esta empresa Saúde Brasil tinha como sócia uma faxineira, ou seja, suposta "laranja" dos verdadeiros donos. 

Nos bastidores, se comenta como quase certa uma nova fase de operação da Polícia Federal sobre a Prefeitura do Recife (PCR), até a próxima sexta-feira (27), desta vez com prisões preventivas, pela gravidade de novas provas encontradas pela Polícia Federal. Já Felipe Soares Bittencourt segue afastado do cargo em comissão na PCR por decisão judicial e proibido de entrar no prédio da Prefeitura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

Confira os últimos posts



26/01


2021

Ala ideológica trabalha por Trump e Bolsonaro

Por Renato Riella

Fiquei ausente dos bate-bocas nos últimos meses por dois motivos:

1. Muito ocupado. Peguei trabalho demais.

2. Certeza de que tudo vai se resolver por si mesmo.

Aliás, o ministro da Economia, Paulo Guedes, também desapareceu por esses mesmos motivos. Ele volta na próxima semana, cheio de novidades boas para o Brasil.

Vi tanta burrice nos últimos dias, partindo da patrulha ideológica, que resolvi escrever. Na verdade, não me contenho. Vou apontar fatos futuros (não vale falar depois).

Vamos começar pelos Estados Unidos.

Nunca vi político mais burro do que esta quase velhinha Nancy Pelosi, presidente da Câmara – eminência parda da política nos últimos anos. Ela é responsável por elevar Trump a níveis de sustentação que vão infernizar o frágil Joe Biden.

Até a estátua da Liberdade, tomando sol e neve na cabeça, sabia que a tentativa de impeachment do Donald seria um fracasso. Mas a mulherzinha, sem ouvir ninguém, aprovou um simulacro de impeachment na Câmara – que será desmoralizado no Senado.

Trump vai fazer força para não ganhar logo este processo, que mantém o nome dele na boca dos direitistas por semanas – talvez meses. Dizem que Donald Trump é o culpado pela invasão do Capitólio, com cinco mortes. Mas quem entrará na história, como líder negligente do Congresso, que não se preveniu para as arruaças, será Dona Nancy.

Só por ódio e vaidade, ela gastou milhões de dólares dos EUA para simular um impeachment de araque. Devia ser condenada a indenizar a nação por erro tão primário.

Quanto a Trump, ajudado por esse tipo de erro, vai inviabilizar a vida de Biden, fazendo ressoar os muitos erros que o atual presidente cometerá (já está cometendo, levado por insanos ideológicos).

BRASIL

Mesma coisa no Brasil.

O mal-intencionado Rodrigo Maia, do DEM, está levando o MDB para o fundo do poço. O presidente deste imenso partido (Baleia Rossi) vai pagar por isso. Hoje posso dizer, sem medo de errar, que Artur Lira, do PP, vai ganhar a eleição da Câmara Federal. E Rodrigo Pacheco, do DEM, será o futuro presidente do Senado.

O MDB perde na Câmara com o próprio Baleia, que se uniu a defensores do MST, adeptos do aborto, inimigos da fé, sabotadores da agropecuária e outros níveis de liderança, que são a cada momento mais minoria no Brasil. De quebra, Bolsonaro vai se livrar do cara que sabotou seu governo durante 24 meses e que vai acabar sem nada: o Botafogo.

Incrível e lamentável é ver o MDB perdendo poder, mesmo com amplas bancadas nas duas casas e tendo eleito a maioria dos prefeitos. Rodrigo Maia é o Rogério Ceni da política. Como escala mal! Botafogo não absorveu a filosofia dos gênios, que é a seguinte: no futebol e na política, feio é perder.

Vejo seres ingênuos lamentando que Rodrigo Maia não tenha aberto processo de impeachment. Apesar de gordo e desonesto, ele sabe fazer conta. Ao contrário da gagá Nancy Pelosi, Botafogo viu que não haveria número suficiente, nem na Câmara nem no Senado, para derrubar Bolsonaro, que ganharia com o barulho. E esta contagem contra o impeachment está mais presente do que nunca.

Me assusta ver gente inteligente e bem intencionada organizando mini-marchas a favor do impeachment. Mas o objetivo frustrado é apenas um: tentar conseguir votos para Baleia Rossi. Quanto engano!

Para fechar, mostro que a imprensa está mais comprometida do que nunca. Vejam vocês que este Rossi não tem nome de Baleia. Trata-se de apelido que carrega há muitos anos. Se ele fosse do time do Bolsonaro, já estaria brindado com memes e charges fantasiado do peixe-mamífero.

O povo pensa até hoje que Baleia é nome de batismo. Será que um padre batizaria alguém com nome tão depreciativo? No mundo, muita gente pensa que o brasileiro bota nos filhos o nome de peixe...Piranha, talvez.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

26/01


2021

Live debaterá rumo dos Eventos e do Turismo em PE

A Associação Brasileira de Empresas de Eventos – Estadual Pernambuco promove, amanhã, às 19h, uma live com Fátima Facuri, presidente nacional da ABEOC. Será uma oportunidade para os produtores de eventos do Estado conversarem com a especialista sobre como a classe fica diante da pandemia que assola o país e as restrições de eventos em vários Estados. A mediação da live será feita pelas cerimonialistas Tatiana Marques e Gisela Latache. O bate papo será no Instagram da ABEOC-PE, o @ abeocpe.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/01


2021

Compromisso é por análise do impeachment, diz Baleia

Em entrevista exclusiva ao Frente a Frente, o candidato do MDB à presidência da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (SP), negou que os partidos de oposição, especialmente o PT, tenham colocado como condição básica para apoiá-lo o seu compromisso velado pela abertura do processo de impeachment do presidente Bolsonaro, caso seja eleito na disputa contra Arthur Lira (PP-AL), nome apoiado pelo Planalto, em eleição marcada para a próxima segunda-feira.

"Assumi o compromisso de analisar, não de abrir. Fiz uma conversa franca e republicana com os partidos que formam uma frente ampla em torno da nossa candidatura. O pilar básico da minha candidatura, deixado claro publicamente em um documento, é o compromisso com a independência do parlamento", afirmou. Sobre o encontro com o governador Paulo Câmara, realizado, há pouco, disse que sai com a certeza de que será majoritário na bancada federal.

A entrevista vai ao ar ao longo do programa, que começa às 18 horas pela Rede Nordeste de Rádio, formada por mais de 40 emissoras nos Estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Bahia. Se você deseja ouvir pela internet, clique no botão Rádio acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na play store.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/01


2021

Câmara diz que PSB de PE está com Baleia Rossi


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

26/01


2021

Butantan vai receber 5 mil litros de insumo da CoronaVac

O governo de São Paulo afirmou, hoje, que os 5,4 mil litros de insumo para produção da vacina CoronaVac devem chegar ao Instituto Butantan no dia 3 de fevereiro.

"Nós tivemos essa sinalização, de que a liberação desses lotes será feita de uma maneira muito rápida, começando por esses 5,4 mil litros que foram anunciados no dia de ontem [segunda-feira, 25] e chegarão aqui na próxima semana, com previsão do dia 3 de fevereiro", afirmou Dimas Covas, diretor do Instituto.

Segundo Dimas Covas, com a chegada da matéria-prima, o Butantan produzirá, em 20 dias, cerca de 8,6 milhões de doses do imunizante. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa nesta manhã, após uma conferência entre o governo paulista e o embaixador da China no Brasil, Yang Waning.

De acordo com Dimas Covas, outros 5,6 mil litros estão em processo "avançado de liberação" pelo governo chinês. A expectativa do Instituto Butantan é a de receber, até abril, o total de insumo para produção das 40 milhões de doses contratadas.

O acordo feito entre o Instituto e o laboratório chinês Sinovac prevê o recebimento total de 46 milhões de doses. Desse montante, 6 milhões foram importadas prontas da China.

"Na sequência, há um outro volume de 5,6 mil litros, que também foi anunciado pelo embaixador, que também está em processo de liberação. Com esses dois lotes, totalizando 11 mil litros, nós regularizaremos as nossas entregas ao Ministério [da Saúde] e o restante que deverá vir no que já está planejado até o final de abril, as 40 milhões de doses que temos contratadas até este momento", completou Dimas Covas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/01


2021

Baleia promete analisar pedidos de impeachment

Ao lado de lideranças representativas da esquerda, o candidato a Presidência da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (MDB), chegou ao Palácio das Princesas, onde se reunirá com o governador Paulo Câmara (PSB) e parlamentares pernambucanos. Em entrevista antes do encontro, ele adotou o tom de independência da Casa para tentar conquistar votos em sua nova passagem por Pernambuco. As informações são do Blog da Folha.

O parlamentar esteve acompanhado da deputada federal Jandhira Fergali (PCdoB) e do líder do PSB na Casa Baixa, Alessandro Molon. A legenda socialista está dividida e é alvo das investidas tanto de Baleia quanto do seu adversário Arthur Lira (PP). Não é à toa, portanto, que o Palácio das Princesas tenha se tornado um endereço constante da agenda dos postulantes.

Após nova reunião com o governador Paulo Câmara (PSB), Baleia Rossi defendeu que “o parlamento não pode ser submisso" e que o parlamentar “tem direito a exercer seu mandato com plenitude”, em uma indireta ao fato de Arthur Lira ter o apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em um gesto ainda mais claro em direção aos insatisfeitos com o Governo Federal na Casa, em especial, aos partidos de esquerda, Baleia Rossi se comprometeu a “analisar todos os pedidos” de impeachment contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, mas que a pauta não será bandeira da sua campanha.

“Eu tenho compromisso com a Constituição e, como presidente da Câmara, nosso compromisso é fazer análise de todos os pedidos, dentro do que diz a lei. Não é uma bandeira da nossa candidatura. O impeachment não pode ser bandeira de candidato a deputado, mas temos dever constitucional de fazer essa análise e se deus me der essa oportunidade eu farei”, garantiu.

Ao ser questionados sobre as dissidências em siglas que declararam, de início, apoio ao seu nome como PSB e PSL, Baleia Rossi disfarçou e garantiu que continuará trabalhando em busca de votos dos colegas. Segundo ele, entre 36 e 40 votos parlamentares confessaram que prometeram voto a Arthur Lira, mas que se identificam com suas bandeiras. Ele, contudo, não citou quais os nomes dos legisladores.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

kkkkkkkk Agora vai. Com uma promessa inadmissível e como apoio da esquerda vai ser igual as manifestações petralhas. Só existe com muita mortadela e tubaína. Sim ônibus gratuito. Aproveitando, o Lula ladrão foi eleito o maior corrupto do mundo. Aquele padrinho da perdedora Marília Arraes.


Jornao O Poder

26/01


2021

Patriota faz super maratona no Interior

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) reservou a agenda do último final de semana para visitar prefeitos e vereadores eleitos e reeleitos e anunciar emendas para ajudar no desenvolvimento dos municípios. O socialista passou por Bonito, Caruaru, Arcoverde, Sertânia, Itapetim, Brejinho, São José do Egito, Tabira, Solidão, Afogados da Ingazeira e Iguaracy.

Em Bonito, Patriota se reuniu com o prefeito Gustavo Adolfo, secretários e vereadores, para discutir a aplicação de emendas já alocadas pelo parlamentar para o município. Após, seguiu para Caruaru onde participou de uma reunião com representantes da EDUCATE, empresa especializada em cursos de qualificação profissional na área de trânsito, transporte e segurança pública.

Em seguida, partiu para Arcoverde, onde se colocou à disposição do prefeito Wellington Maciel para ajudar na sua administração. Em sua terra natal, Sertânia, Gonzaga Patriota, ao lado do prefeito Ângelo Ferreira, visitou as obras da reforma e construção da quadra da Escola Constância Rodrigues e conferiu os locais que irão receber ciclovia e pista de caminhada na cidade, com recursos de suas emendas.

Já em Itapetim, o socialista tratou com o prefeito Adelmo Moura a possibilidade de incluir o município no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), da CONAB, como fez em Araripina com a farinha e em Dormentes com a carne de Bode e Carneiro. Depois partiu para Brejinho e se encontrou com o ex-prefeito, seu velho amigo, José Vanderlei, a quem garantiu continuar contribuindo com emendas para o município. “Mesmo sem estarmos com a prefeitura, temos que continuar fazendo o nosso trabalho, por isso me coloco sempre à disposição para dar continuidade ao que a gente já tem feito na cidade de Brejinho”, disse Patriota.

Em Tabira, o deputado esteve com a secretária de saúde, Genedy Brito e com o vereador Waldemir Filho a quem afirmou que vai apresentar emendas para infraestrutura; equipamentos agrícolas, como tratores e um veículo para o TFD (Tratamento fora de domicílio), que o município não tem. Em seguida, esteve em Solidão com o prefeito Djalma da Padaria que solicitou recursos para construção de uma Secretaria de Saúde.” Me comprometi em alocar recursos na ordem de R$ 600 mil para atender esse pleito do prefeito, onde sou o deputado majoritário”, disse Gonzaga Patriota.

O parlamentar ainda passou por Afogados da Ingazeira onde visitou seu velho amigo telegrafista e pai deste blogueiro, Gastão Cerquinha, hoje com 98 anos de idade. Ainda se reuniu com seu compadre Totonho Valadares e outras lideranças políticas afogadenses, para se colocar à disposição da nova gestão municipal, com Sandrinho e Daniel Valadares.

Em Iguaracy, cidade que Gonzaga Patriota passou a ser também cidadão, como o é em todas essas outras por onde passou neste final de semana, se reuniu com o vereador Manoel Olímpio e se comprometeu em alocar recursos para ajudar na administração do prefeito Zeinha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/01


2021

Tabira sai da lista de inadimplentes do CAUC

Desde o ano de 2015, o município de Tabira estava inserido na lista de inadimplentes do CAUC (Sistema Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias) e, com isso, impedido de receber transferências voluntárias, especialmente para obras, e contratar operações de crédito. Algumas emendas parlamentares destinadas ao município, inclusive, não foram para frente devido ao seu estado de inadimplência.

Tabira foi inscrita no CAUC devido a atos de má-gestão do ex-prefeito Sebastião Dias, que não providenciou a continuidade do convênio de melhoramento do Curral do Gado, que previa mais 320 mil reais de investimento no local, com construção de calçamento, área de apoio, banheiros, posto policial e sala de tratamento veterinário. Com a não-renovação do convênio, o Tribunal de Contas de Pernambuco instaurou Tomadas de Contas para apurar o fato e, ao final, responsabilizou o ex-gestor pela perda do convênio e ainda aplicou uma multa de R$ 20.000,00.

A Procuradoria Jurídica do município da gestão da prefeita Nicinha Melo realizou pedido exitoso de reconsideração à gerência de governança da Caixa, apontando a responsabilidade exclusiva do ex-gestor, e na data de hoje foi oficializada a retirada do município da lista de inadimplentes. Com isso, o município volta a ser habilitado a receber emendas e investimentos federais para obras e outras transferências voluntárias depois de seis anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/01


2021

As eleições que se avizinham

Por Diana Câmara*

Passadas as eleições municipais, já é hora de nos prepararmos para outras eleições. Em todo o estado estão acontecendo as eleições para a presidência e diretoria dos Consórcios públicos de municípios. Alguns deles já tiveram a eleição que definiu a nova gestão para os próximos dois anos, outros estão se organizando para o pleito que ocorrerá nos próximos dias, como, por exemplo, a eleição do CONIAPE - Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras e a do COMSUL - Consórcio Público dos Municípios da Mata Sul Pernambucana, que ocorrerão no próximo dia 1º de fevereiro, e a do Consórcio dos Municípios Pernambucanos (Comupe), que tem a eleição do órgão marcada para a próxima sexta-feira, 29 de janeiro.

No mês de março, no dia 1º, terá a eleição da AMUPE, um importante ente representativo dos municípios pernambucanos, que por sua gestão exitosa, muito bem conduzida por mãos empreendedoras e visão coletiva de José Patriota, conseguiu um feito louvável: congregar todos os municípios do estado filiados e participando ativamente da instituição.  O que garante a esta entidade um forte poder representativo e, com isto, atrair e garantir vários ganhos para os municípios.

Já na esfera nacional, a eleição do momento, que está sacudindo Brasília, bem como os estados e partidos políticos, é a disputa pela Presidência da Câmara Federal. No Brasil, onde temos quase um parlamentarismo e a Câmara tem um grande poder e interferência nas decisões nacionais, a disputa está aquecida e deverá esquentar ainda mais até o próximo dia 1º de fevereiro quando os Deputados Federais irão, presencialmente, votar na nova Câmara Diretora.

A eleição do Senado também coincide com a eleição da Câmara e ocorrerá no mesmo dia. O Supremo Tribunal Federal proibiu reeleição para o comando das Casas, então haverá renovação total dos representantes máximos do poder legislativo nacional.

Estas eleições não têm o voto direto do povo, mas dos seus representantes. Todavia, nos exemplos acima, todos os pleitos têm reflexo na gestão das cidades e do país, por isso, devem sempre ser do interesse e acompanhados por todos.

*Advogada especialista em Direito Eleitoral e em Direito Público. Membro da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Nacional. Ex-Presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/PE. Ex-Presidente da Comissão de Direito Municipal da OAB/PE. Ex-Presidente do IDEPPE - Instituto de Direito Eleitoral e Público de Pernambuco. Membro fundadora da ABRADEP - Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/01


2021

MPF requer informações para controle de recursos

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco (PE) requereu informações a diferentes entidades sobre medidas para o aprimoramento do controle dos gastos públicos e a efetiva transparência dos recursos repassados pela União a estados e municípios.

Os requerimentos foram direcionados a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, ambas do Ministério da Economia, e a Câmara Técnica de Normas Contábeis e de Demonstrativos Fiscais da Federação (CTCONF), além das Secretarias de Fazenda e dos Ministérios Públicos junto aos Tribunais de Contas (MPCOs) nos estados. O documento é assinado pelos procuradores da República Silvia Regina Pontes Lopes e Cláudio Henrique Machado Dias, assim como o procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (MPTCU) Júlio Marcelo de Oliveira.

Foram solicitadas informações que indiquem avanços na viabilização da transparência necessária ao controle social dos gastos públicos, mediante o aperfeiçoamento de regulamentos e condições operacionais que garantam a órgãos e entidades federais competentes o monitoramento e a fiscalização da regularidade e eficiência na destinação dos recursos de natureza federal.

Com os requerimentos, a procuradora da República pretende apurar a evolução na adoção de medidas que integram recomendação sobre o tema, expedida por MPF e Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas da União (MPTCU), em agosto de 2020, e destinada ao Ministério da Economia. Desde esta data, diversas reuniões e troca de informações sobre o assunto foram promovidas pelo MPF com os órgãos envolvidos para se construir soluções efetivas.

A expedição da recomendação havia sido motivada por investigações que indicaram irregularidades na compra de ventiladores pulmonares pela Prefeitura do Recife, para enfrentamento da pandemia de covid-19. Foram identificados indícios de fraude nos processos de licitação para compra de 500 respiradores da microempresa Juvanete Barreto Freire. O valor total dos contratos foi de R$ 11,5 milhões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

URGENTE: Aras parte em defesa de Bolsonaro e ministros do STF ficam amedrontados...................... O STF entra em pânico após Augusto Aras, procurador-geral da República, partir em defesa do presidente Jair Bolsonaro, citando a possibilidade de decretação do estado de defesa. \"Aras divulgou uma nota oficial para informar que não se sente obrigado a avaliar ilícitos atribuídos a Jair Bolsonaro na gestão da pandemia. O PGR alertou que se houver o agravamento da pandemia, o presidente pode decretar o estado de defesa.\", diz Josias de Souza. Após isso, o ministro do STF Marco Aurélio Mello se pronunciou, manifestando todo o desespero da suprema corte, e taxou a nota de Aras como \"preocupante\". \"Não vejo com bons olhos esse movimento de quem precisa ser visto como fiscal maior da lei. Receio pelo Estado de Direito\", disse Marco Aurélio Mello à CNN. Aras sugere que o presidente possa decretar o ‘estado de defesa’, para preservar a \'estabilidade institucional\'. Dessa forma, o STF ficaria de mão atadas para prosseguir com um eventual impeachment de Bolsonaro. \"Neste momento difícil da vida pública nacional, verifica-se que as instituições estão funcionando regularmente em meio a uma pandemia que assombra a comunidade planetária, sendo necessária a manutenção da ordem jurídica a fim de preservar a estabilidade do Estado Democrático\", afirmou o PGR. Os membros da Suprema Corte entram em desespero com mais uma \"vitória\" de Bolsonaro. Amedrontado, Mello disse: \"Onde há fumaça há fogo. Crise de saúde, crise econômica, crise social e agora crise, aparentemente, política. [..] Que as instituições funcionem, em defesa da democracia do Estado de Direito\". Outro ministro, que temeu se identificar, classificou a nota de Aras como \"loucura\". Por que todo o desespero do STF em manter aberturas para o impeachment de Bolsonaro? Quais os Crimes do presidente?