ALEPE

Confira os últimos posts



27/11


2020

Secretário da PCR orienta servidores em campanha para João

O secretário de Administração e Gestão de Pessoas da Prefeitura do Recife, Marconi Muzzio, foi visto orientando uma equipe de campanha do candidato da situação a prefeito, João Campos (PSB). Vários vídeos mostram o titular da pasta dando várias orientações a um grupo de apoiadores do candidato, no qual estariam diversos servidores da administração municipal.

"Não vamos aqui falar palavras fáceis: é uma eleição duríssima. O resultado do primeiro turno e a reversão da primeira pesquisa e da segunda mostram uma realidade duríssima para a gente enfrentar. A chance que a gente tem de reverter esse quadro é fazendo o que a gente vem fazendo nesses seis dias, sete dias: não tem mais feriado, não tem mais descanso. É todo dia, todo mundo", fala Muzzio.

Em dado momento, ele menciona a presença de outros membros do primeiro escalão da Prefeitura, a exemplo de Ana Rita Suassuna, titular da pasta de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos.

Essa prática flagrada em vídeo é vedada pelo Tribunal Superior Eleitoral e pela própria Constituição Federal. O TSE é bastante claro ao caracterizar como abuso de poder político: "O abuso de poder político ocorre nas situações em que o detentor do poder vale-se de sua posição para agir de modo a influenciar o eleitor, em detrimento da liberdade de voto. Caracteriza-se, dessa forma, como ato de autoridade exercido em detrimento do voto."

Ainda de acordo com o Tribunal, esta atitude pode levar à inelegibilidade do candidato beneficiado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

26/11


2020

Diretoria de sindicato pressiona por voto em João

Um áudio obtido pelo blog, hoje, evidencia que a diretoria do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Estado de Pernambuco (Sindacs PE) tem pressionado trabalhadores a votarem no candidato a prefeito do Recife pelo PSB, João Campos. Uma mensagem de quase quatro minutos é atribuída à secretária de Comunicação do Sindacs, Fábia Andrade, que foi flagrada fazendo campanha ostensiva para o prefeiturável socialista, coagindo profissionais que atuam na atual gestão.

"O pessoal que está nos cargos, agentes de saúde e agentes de combate a endemias, pensa que o PT vai deixar vocês nos cargos? Quem tiver cargo, minha gente, vamos brigar", diz a representante do Sindacs em um grupo de WhatsApp. "A gente tem um cargo na gestão (de Geraldo Julio)", fala mais adiante. 

Um dos trechos comprova que trata-se de uma diretora do Sindacs. "A gente enquanto direção do sindicato sabe da realidade do que a gente passou na gestão do PT", comenta. Em dado momento, volta a pressionar membros do grupo de WhatsApp: "A gente tem que ir arregaçar as mangas e ir à luta. Não é só tá aí, vendo o grupo, e (ficar) caladinho não. Não pensem que eles vão passar a mão... Está na hora da gente correr atrás do voto. É um a um. Eles estão aí por todo o lugar. Hoje mesmo, eu estava na feira do UR-1, corpo a corpo com a comunidade, mas a gente tem que reverter esse voto."

Presidente do Sindacs é ligado a vereador do PSB no Recife

Hoje, o Sindacs é presidido por Graciliano Gama, nome ligado ao vereador reeleito do Recife Luiz Eustáquio (PSB). Na última semana, houve um flagrante de distribuição de material apócrifo com conteúdo falso contra a candidata a prefeita do Recife Marília Arraes (PT) nas proximidades de uma igreja evangélica no bairro da Torre, Zona Norte da cidade. De acordo com a coligação Recife Cidade da Gente, liderada pela candidata petista, o carro utilizado para distribuir os panfletos teria sido alugado pelo parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

26/11


2020

Com quem está a delegada?

Nesta acirrada eleição no Recife, um personagem destacado como fenômeno eleitoral das urnas em 2018, a delegada Gleide Ângelo (PSB), que rompeu a casa dos 400 mil votos, conseguiu a façanha de outro fenômeno: falar de todos os assuntos, até do sexo dos anjos, nas redes sociais, menos de política. Quem adivinhar de que lado está ou conseguir uma fala dela sobre a disputa eleitoral, ganha um doce.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/11


2020

Governo de PE cede secretários para campanha de João

Além da presença de cargos comissionados da Prefeitura do Recife na campanha de João Campos (PSB), há a participação de integrantes do Governo de Pernambuco, inclusive do primeiro escalão. O secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Bruno Schwambach, é um dos que têm se envolvido diretamente pedindo votos para o candidato socialista a prefeito. Nas próprias redes sociais, não faz qualquer cerimônia ao se mostrar na militância de Campos.

Outro nome flagrado nas ruas do Recife, apelando pelo prefeiturável do PSB, é o secretário executivo de Pessoal e Relações Institucionais de Pernambuco, Adailton Feitosa Filho, que também é auditor do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

26/11


2020

Deputado sai em defesa de instituições de segurança

Durante a reunião plenária de hoje, o deputado estadual Fabrizio Ferraz, presidente da Comissão de Segurança e Defesa Social da Alepe, relembrou o caso do policial militar alagoano, Jhonson Bulhões, vítima de latrocínio, em Porto de Galinhas, no último dia 20. Bulhões estava em Pernambuco a passeio com a família, quando reagiu às investidas dos criminosos e foi morto a tiros. Ferraz lamentou a morte do policial e exaltou a atuação das forças policiais no caso.

“O suspeito de atirar no policial foi preso em flagrante, passou por audiência de custódia e teve a prisão preventiva decretada. Outro suspeito de envolvimento, que possivelmente pilotava a moto usada no dia do crime, também foi preso e liberado em virtude da autoridade competente não ter vislumbrado materialidade suficiente para promover a autuação do mesmo, que segue sob investigação. O trabalho policial foi executado com maestria”, afirmou ferraz.

Ainda em pronunciamento, Fabrizio Ferraz rebateu as críticas do deputado estadual de Alagoas Cabo Bebeto, que na última terça-feira, se posicionou, durante a sessão ordinária da Casa Legislativa do estado vizinho criticando as instituições de segurança de Pernambuco.

“Fomos surpreendidos por um infeliz pronunciamento do deputado Cabo Bebeto, criticando de maneira descompensada a Polícia Militar de Pernambuco, o comando da PM e a Secretaria de Defesa Social do nosso Estado. Nós repudiamos com veemência a forma descabida e desrespeitosa que o parlamentar se referiu às nossas instituições”, disse.

O deputado Fabrizio Ferraz afirmou ainda que, desde o ocorrido, comando da Polícia Militar de Pernambuco trocou informações e manteve contato com o comando da Polícia Militar de Alagoas. “O comando de Pernambuco autorizou, inclusive, que membros da inteligência da polícia alagoana e guarnições policiais acompanhassem o andamento da ocorrência”, ressaltou.

“É uma lástima que o deputado Cabo Bebeto, claramente desinformado sobre a competência e o brilhantismo das nossas instituições de segurança, tenha posto em dúvida o trabalho que nossas forças desempenham. Não sei exatamente o que o nobre parlamentar quis sugerir, mas aqui em Pernambuco nós não praticamos justiça com as próprias mãos. Fazer justiça fica a cargo do Poder Judiciário”, finalizou


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

O grande problema da segurança são nossas leis. Leis que existem para defender bandidos. A famosa Constituição Cidadã de 88 e as demais leis legislada pelos excelentíssimos políticos.



26/11


2020

Datafolha no Recife: Marília 43% e João 40%

Do G1/PE

O Datafolha divulgou, hoje, o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife. O levantamento foi realizado entre os dias 24 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

  • Marília Arraes (PT): 43%
  • João Campos (PSB): 40%
  • Em branco/nulo: 13%
  • Não sabe/não respondeu: 4%

Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 19 de novembro:

  • Marília Arraes (PT): tinha 41% e subiu para 43%
  • João Campos (PSB): tinha 34% e subiu para 40%
  • Em branco/nulo: diminuiu de 21% para 13%
  • Não sabe/não respondeu: saiu de 3% para 4%

Votos válidos

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

  • Marília Arraes (PT): 52%
  • João Campos (PSB): 48%

Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 19 de novembro:

  • Marília Arraes (PT): saiu de 55% para 52%
  • João Campos (PSB): saiu de 45% para 48%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Destaques por segmentos

De acordo com o Datafolha, Marília Arraes leva vantagem entre os homens (46% a 36%) e entre as mulheres ela fica no mesmo patamar de seu adversário, porém numericamente atrás (41% a 43%). Entre os mais jovens, de 16 a 24 anos, ela abre distância (47% a 33%). Na faixa seguinte, de 25 a 34 anos, a petista tem 43%, ante 41% do candidato do PSB.

No eleitorado de 35 a 44 anos, Campos fica numericamente à frente (45% a 37%), e entre quem tem de 45 a 59 anos as posições se invertem, com a deputada do PT abrindo vantagem (48% a 34%). No grupo de eleitores mais velhos, com 60 anos ou mais, o candidato do PSB tem 44% e Marília, 43%.

Na parcela com escolaridade fundamental, Campos tem 48%, ante 42% da adversária. Entre eleitores com escolaridade média, Marília Arraes obtém 42%, ante 39% do deputado do PSB, e entre os mais escolarizados a candidata do PT lidera (47% a 32%). No segmento com renda familiar de até dois salários, que contempla 58% dos eleitores, Campos tem 44% das intenções de voto, ante 40% de Marília. Na faixa de renda de dois a cinco salários, a petista passa à frente (52% a 31%), e entre os mais ricos ela mantém a dianteira com menor margem (47% a 34%).

A comparação com o levantamento anterior mostra crescimento mais intenso da candidatura de João Campos entre eleitores de 25 a 34 anos (de 30% para 41%), na faixa de 35 a 44 anos (de 30% para 45%) e entre evangélicos (de 38% para 51%). A deputada Marília Arraes, por outro lado, avançou mais no eleitorado de 45 a 59 anos (de 38% para 48%) e entre eleitores com renda de dois a cinco salários (de 40% para 52%).

É de 87% o índice de eleitores totalmente decididos sobre seu voto para prefeito no domingo (29), no mesmo patamar para aqueles que declaram voto na candidata do PT (88%) e no deputado do PSB (87%). No eleitorado que ainda pode votar em branco ou nulo, 88% estão convictos dessa opção, e 12% ainda podem mudar de ideia.

Entre os que ainda podem mudar seu voto até o dia da eleição, metade (49%) migraria para voto branco ou nulo, e os demais se dividiram entre Campos (28%) e Marília (15%), com 7% de indecisos.

Propostas e partido

Na hora de escolher um candidato a prefeito, 14% dos eleitores do Recife colocam o partido ao qual ele pertence como aspecto mais importante e 77% valorizam mais as propostas apresentadas pelo candidato do que sua sigla.

Há 4% que veem partido e propostas igualmente relevantes, na hora de decidir o voto, 2% não consideram nenhum desses elementos importantes, e os demais têm opiniões diversas (2%) ou não responderam (2%).

O partido é menos valorizado entre os mais jovens (6%), e elemento mais importante de decisão para parcelas iguais de eleitores de Marília Arraes (14%) e João Campos (15%). A deputada federal leva vantagem nesse aspecto pelo fato de 28% dos eleitores da capital apontarem o PT como sua sigla preferida, ante 4% que têm no PSB seu partido de preferência.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Entrevistados: 1.036 eleitores do Recife

Quando a pesquisa foi feita: entre 24 a 25 de novembro

Registro no TRE: PE-06935/2020

Nível de confiança: 95%

Contratantes da pesquisa: TV Globo e jornal "Folha de S.Paulo"

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Sim, em relação a pesquisa anterior. João Campos subiu 6 pontos e a Marília apenas 2. O bicho tá pegando para quem acredita em pesquisa.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

A Barrigada de 53 X 48 falhou. Agora com 43 X 40 o número de indecisos aumentou consideravelmente deixando mais preocupado ainda os petralhas. Bate com o IBOPE quando levamos em conta a margem de erro. Dia 29 está chegando para termos o resultado real.



26/11


2020

Fernando Bezerra se reúne com prefeitos eleitos

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) se reuniu, hoje, no Recife, com prefeitos eleitos nos municípios de Pernambuco. Além da avaliação do resultado eleitoral e do cenário político atual, os gestores apresentaram ao líder do governo no Senado demandas de ações e projetos a serem desenvolvidos em suas cidades em parceria com o governo federal.

Na visita ao senador, a prefeita reeleita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), agradeceu a parceria durante o primeiro mandato e renovou o pedido de apoio na segunda gestão. “Caruaru precisa continuar avançando, e a prefeita Raquel Lyra nos apresentou novos pleitos para a cidade, com ações destinadas às áreas de saúde e infraestrutura viária, assim como o apoio da Codevasf”, explicou Fernando Bezerra.

Já no encontro com o prefeito eleito de Tacaratu, Washington de Araújo (MDB), FBC registrou a expressiva vitória obtida pelo emedebista na cidade e recebeu os primeiros pleitos do seu futuro mandato, como a retomada das obras do Sistema de Abastecimento de Água Petrolândia/Tacaratu, que levará água a 12 comunidades da região, bem como recursos federais para obras de recapeamento, construção e ampliação de creches, escolas e quadras poliesportivas.

Na mesma direção seguiu a reunião com o prefeito eleito de Petrolândia, Fabiano Marques (PTB). Acompanhado do vice-prefeito eleito Rogério Novaes (PSD) e do vereador Dedé, o gestor solicitou o apoio do senador para liberar recursos investimentos nas áreas de infraestrutura, água e educação. Reeleito no município de Condado, o prefeito Antonio Cassiano informou ao senador que irá a Brasília para discutir projetos em andamento e para agilizar ações junto ao FNDE e ao Ministério da Saúde.

O senador Fernando Bezerra Coelho também teve encontros com a prefeita Maria José (DEM), de Pesqueira, e os prefeitos de Ferreiros, Bruno Japhet (MDB), e de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo (PSD).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/11


2020

Datafolha no Recife: Marília 52% e João 48%

Embora os números oficiais ainda não tenham sido divulgados, o jornalista Ricardo Noblat antecipou, no seu Twitter, que a pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Datafolha trará os seguintes percentuais na disputa no Recife: Marília Arraes (PT) 52% e João Campos (PSB) 48%. Mais informações em instantes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Chora bozolóide, o choro é livre. Ou entao aceita que dói menos. Hoje vai ter bozolóide cortando os pulsos.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Agora, com a pesquisa favorável a Marília, está tudo certo.KKKKKKKKKKKKKK



26/11


2020

Raimundo Pimentel, o carrasco do PSB

Reeleito em Araripina, a capital do gesso e do Araripe, a 680 km do Recife, o prefeito Raimundo Pimentel (PSL) derrotou pela segunda vez o grupo do ex-prefeito Alexandre Arraes e por isso ganhou o apelido de “carrasco” do PSB.

Ele é um dos convidados do Frente a Frente de hoje, para falar da derrota imposta ao PSB e dos seus planos para o segundo mandato. Em Araripina, o Frente a Frente é transmitido pela Araripina FM. Se você quer ouvir pela internet, clique no botão Rádio acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio pelo play store.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/11


2020

Carlos Lapa é Marília

Ex-deputado estadual, ex-líder do Governo Arraes na Assembleia Legislativa, Carlos Lapa, que ontem deu entrada com sintomas de Covid-19 no Hospital Português, fez de lá uma carta à candidata do PT à Prefeitura do Recife, Marília Arraes, manifestando solidariedade e acusando diretamente a viúva Renata Campos como principal responsável por todos os ataques que Marília passou a sofrer, tão logo apareceu liderando as pesquisas, na propaganda eleitoral no rádio e na TV. Veja abaixo:

Cara Marília,

Falei com Marcos, seu pai, e ele me passou teu número, mas fui hospitalizado no hospital Português com suspeita de Covid. Não pude falar o que queria, mas mesmo assim continuarei ligando para meus parentes e amigos que votam em Recife. Você tem sido muito ética, mas lembre-se que há uma quadrilha chefiada por Renata Campos, ambiciosa, fria, dissimulada, e capaz de tudo para te destruir.

Ela que pratica boa parte dos atos de corrupção no Governo, na Assembleia e na Prefeitura do Recife. Exerce forte influência no Ministério Público e no judiciário. Se defenda de todos os ataques, principalmente dos que te acusam de improbidade. Justifique-se, ao mesmo tempo levante o rombo na Prefeitura e na Casa de Farinha, onde a delegada ia pedir a prisão preventiva da mãe do candidato e por esta razão foi exonerada.

Tudo isso objeto de matéria jornalística de amplitude nacional. Aborde com insistência e veemência os números de empregos destinados aos familiares dela, mais de 100, entrando no serviço público sem concurso, inclusive o próprio emprego dela, a Renata. Há muita sujeira para você dessa gente canalha que te agride.

A compra de respiradores de porcos, por exemplo, um dos maiores escândalos patrocinados pelo prefeito Geraldo Júlio, uma falta de respeito para com o povo recifense, às custas de muitas vidas ceifadas. Esse prefeito já era para estar na cadeia. No seu plano de Governo, ouça as mulheres, restaure os hospitais antigos deteriorados e desumanos, com profissionais mal remunerados e que estão sem receber seus vencimentos em dia.

Estimule a cultura pernambucana, não permitindo que artistas locais passem meses sem receber seus cachês, como acontece hoje nessa gestão medíocre e incompetente do senhor Geraldo Júlio. Estenda suas mãos a todos do bem, que independente de siglas partidárias, querem te ajudar a tirar o Recife das mãos de uma quadrilha. Dê um basta à roubalheira escancarada.

O bebê da Renata, mãe ambiciosa, não tem competência nem o mínimo preparo de governar uma cidade do porte de Recife. Falo com propriedade quando me refiro a essa gente sem compromisso com a cidade. Fui líder do Governo de Arraes, seu avô, na Assembleia Legislativa, fui da executiva estadual do PSB e também da nacional. Posso de assegurar, em tom de advertência, que conheço de perto o mal que esse povo pode te fazer e que já fizeram a Recife e ao Estado. O que mais me preocupa é você ficar atenta ao jogo sujo de Renata, a mulher cruel, como definiu o veterano jornalista Ricardo Carvalho. Tome cuidado! Ela é ambiciosa, muito perigosa. Te desejo muita sorte e espero que saia das urnas, no próximo domingo, como a primeira mulher prefeita do Recife.

Atenciosamente,

Carlos Lapa


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Esse comentário abaixo não é meu, marcos de Camaragibe.

marcos

Parabéns Carlos Lapa, também acho que o Menino que foi criado na MAMADEIRA DA ODEBRECHT, não tem condições de Governar Recife. Isso é coisa da Rainha Renata.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Quantos votos ele vai conseguir para Marília?


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores