Lavareda

25/10


2020

Há 45 anos era assassinado Herzog

Por Irineu Tamanini*

No dia de hoje (25), há 45 anos, era torturado e morto nas dependências do DOI-CODI, em São Paulo, o jornalista, professor e dramaturgo Vladimir Herzog, nascido na cidade de Osijek, na então Iugoslávia, em 1937, filho de um casal de origem judaica.

Durante a Segunda Guerra Mundial, para escapar do antissemitismo praticado pelo estado fantoche da Croácia, então controlado pela Alemanha Nazista, a família fugiu primeiramente para a Itália, onde viveu clandestinamente até imigrar para o Brasil. Herzog se formou em Filosofia pela Universidade de São Paulo, em 1959.

Naturalizado brasileiro, Vladimir também tinha paixão pela fotografia, atividade que exercia por conta de seus projetos com o cinema, passou a assinar “Vladimir” por considerar que seu nome soasse exótico para os brasileiros. Na década de 1970, assumiu a direção do departamento de telejornalismo da TV Cultura e também foi professor de jornalismo na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP).

Em 24 de outubro de 1975 — época em que Herzog já era diretor de jornalismo da TV Cultura, após campanha contra a sua gestão, levada a cabo na Assembleia Legislativa de São Paulo pelos deputados Wadih Helu e José Maria Marin, pertencentes ao partido de sustentação do regime militar, a ARENA, agentes do II Exército convocaram Vladimir para prestar depoimento sobre as ligações que ele mantinha com o Partido Comunista Brasileiro, partido que atuava na ilegalidade durante o regime militar.

O Serviço Nacional de Informações recebeu uma mensagem em Brasília de que naquele dia 25 de outubro: “cerca de 15h, o jornalista Vladimir Herzog suicidou-se no DOI/CODI/II Exército”. Conforme o Laudo de Encontro de Cadáver expedido pela Polícia Técnica de São Paulo, Herzog se enforcara com uma tira de pano – a “cinta do macacão que o preso usava” – amarrada a uma grade a 1,63 metro de altura. Ocorre que o macacão dos prisioneiros do DOI-CODI não tinha cinto, o qual era retirado, juntamente com os cordões dos sapatos, segundo a praxe naquele órgão. No laudo, foram anexadas fotos que mostravam os pés do prisioneiro tocando o chão, com os joelhos fletidos – posição em que o enforcamento era impossível. Foi também constatada a existência de duas marcas no pescoço, típicas de estrangulamento.

O nome de Vladimir tornou-se central no movimento pela restauração da democracia no país após 1964. Militante do Partido Comunista Brasileiro, foi torturado e assassinado pelo regime militar brasileiro após ter se apresentado voluntariamente ao órgão para “prestar esclarecimentos” sobre suas ligações com o Partido Comunista Brasileiro (PCB). través do jornalista Paulo Markun, Herzog chegou a ser informado que seria preso, mas não fugiu.

Anos depois, em outubro de 1978, o juiz federal Márcio Moraes, em sentença histórica, responsabilizou o governo federal pela morte de Herzog e pediu a apuração da sua autoria e das condições em que ocorrera. Entretanto nada foi feito. Em 24 de setembro de 2012, o registro de óbito de Vladimir Herzog foi retificado, passando a constar que a “morte decorreu de lesões e maus-tratos sofridos em dependência do II Exército – SP (Doi-Codi)”, conforme havia sido solicitado pela Comissão Nacional da Verdade. Em 2018, a Corte Interamericana de Direitos Humanos condenou o Brasil por negligência na investigação do assassinato do jornalista.

*Jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

Confira os últimos posts



29/11


2020

Polícia dispersa militância em escola do Recife

Por Houldine Nascimento, da equipe do blog

A Polícia Militar dispersou, há pouco, militantes das duas candidaturas que disputam a Prefeitura do Recife. Apoiadores do postulante do PSB, João Campos, e da prefeiturável do PT, Marília Arraes, chegaram a se cruzar e ficaram durante pouco mais de um minuto em frente à Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães (ETEPAM), na Encruzilhada, Zona Norte da capital pernambucana.

Este é o local de votação do vice de Marília, João Arnaldo (PSOL). Por isso, já havia militância da coligação Recife cidade da gente na área. A ação policial, contudo, foi rápida.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

29/11


2020

Votação sem filas em escolas da Zona Oeste

Por Houldine Nascimento, da equipe do blog 

A movimentação em alguns locais de votação do Recife segue tranquila após a chuva que caiu pela manhã na capital pernambucana. Na Escola de Referência em Ensino Médio Juarez Távora, na Madalena, Zona Oeste da cidade, os eleitores não tiveram dificuldade para registrar o voto.

O motorista Jorge Davino, 52, relatou que não enfrentou filas. "Sempre voto aqui e foi muito tranquilo. Não tinha fila na sessão", contou.

A empreendedora Carla Teles, 49, também informou que a votação foi rápida e falou sobre a importância do ato. "É um ato de cidadania. Temos que votar no que acreditamos que tem maior capacidade de melhorar nossa cidade", avaliou.

No Colégio Ideia, que fica ao lado da escola, na Rua Real da Torre, o fluxo também se mantém sem tumulto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

29/11


2020

João Campos vota no Recife na manhã de hoje

Por Edson Mota - especial para o Blog

Ao lado de representantes políticos, como o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Julio, o candidato João Campos (PSB) votou, no fim da manhã de hoje, no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife.

O socialista afirmou que chega à reta final da campanha eleitoral com o sentimento de dever cumprido. "Chegamos até aqui com o sentimento de dever cumprido e vou me dedicar integralmente à cidade. Aqui é só gratidão", afirmou.

Além dos principais gestores, o deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos) e o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Eriberto Medeiros (PP), estiveram acompanhando o prefeiturável na Escola Professor Cândido Duarte.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/11


2020

Eleitores são detidos em Paulista por boca de urna

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da promotora Eleitoral Christiana Ramalho Leite, informou que foi realizada, na 146ª Zona Eleitoral, detenção de eleitores na Escola Gil Peres, no bairro de Pau Amarelo, pela realização de crime de boca de urna.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

29/11


2020

André Ferreira: Marília é o melhor para Recife

Por Houldine Nascimento da equipe do blog

Outra liderança a acompanhar a candidata a prefeita do Recife Marília Arraes (PT) neste dia de votação foi o deputado federal André Ferreira (PSC), que preside a legenda em Pernambuco. O parlamentar falou sobre a relação de amizade com a prefeiturável e disse que ela representa "o melhor para o Recife".

"É uma alegria estar aqui com vocês hoje. Tive a oportunidade de ser vereador ao lado de Marília, com três mandatos, e agora como deputado. Tenho certeza de que o melhor para o Recife é você. Como Anderson já falou, começar o dia louvando a Deus é um ato de respeito. Lá para a noite, vamos ter a primeira prefeita eleita do Recife. A verdadeira mudança se chama Marília", declarou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/11


2020

Nilvan Ferreira: “Fizemos campanha limpa, sem fake news”

O candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira (MDB), votou por volta das 10h20 deste domingo (29), na Escola Municipal Seráfico da Nóbrega, na rua Ubirajara Targino Botto, nº 36, no bairro de Tambaú, em João Pessoa.
Nilvan chegou ao local acompanhado do senador José Maranhão, e seu candidato a vice-prefeito, Eduardo Milanez.
"Fizemos uma campanha limpa, sem fake news, uma campanha que falou a verdade para a população", afirmou Nilvan.  A cidade só muda se tiver um gestor diferente. João Pessoa não precisa de um gestor requentado, do passado, acusado de corrupção", disse.

Clickpb


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/11


2020

Cícero Lucena: " Fundamental que o governo esteja ao nosso lado"

O candidato a prefeito de Joçao Pessoa, Cícero Lucena (PP) votou por volta das 11h, no colégio Meta, em frente ao canal do Bessa. O candidato estava acompanhado de seu vice-prefeito, Leo Bezerra, pelo governador João Azevêdo e a senadora Daniella Ribeiro. 

"Temos a alegria de ter a companhia do governador João Azevêdo, preparando João Pessoa para um milhão de habitantes. É fundamental que o governo esteja ao nosso lado", disse. 

Clickpb


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/11


2020

"Recife precisa de mudança", diz Anderson Ferreira

Por Houldine Nascimento, da equipe do blog

O prefeito reeleito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL), foi uma das lideranças evangélicas que se reuniram mais cedo com a candidata do PT à Prefeitura do Recife, Marília Arraes. Na ocasião, o gestor falou sobre o apoio dado à prefeiturável. 

"Marília é uma amiga que conhecemos, e não é de hoje. A convivência demonstrou para todos nós e para a população que o Recife precisava de uma verdadeira mudança, que representasse o futuro da cidade. E hoje nós estamos iniciando um dia importante para a cidade. Estivemos ontem numa carreata e a emoção já tomava conta da nossa prefeita. Eu a admiro pela iniciativa que teve em começar esse dia tão importante agradecendo a Deus", disse Anderson.

"Marília foi uma pessoa que sofreu tantos ataques, foi tão perseguida, mas os humilhados serão exaltados", completou o prefeito de Jaboatão, que falou ainda sobre necessidade de mais parcerias com o Recife.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/11


2020

Bolsonaro, Paes e Crivella votam no Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou por volta das 10h40 na escola municipal Rosa Da Fonseca, que fica na Vila Militar, em Deodoro, na zona oeste do Rio de Janeiro, para votar. Ele deve retornar a Brasília no início da tarde. Acompanhado por seguranças, na chegada o presidente não deu entrevistas a jornalistas e falou rapidamente com alguns apoiadores. Cerca de 30 pessoas o aguardavam no local. Usando máscara, Bolsonaro chegou a pegar uma criança no colo antes de entrar na escola para votar. 

Os candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos) e Eduardo Paes (DEM), votaram na manhã deste domingo, no Rio. 

Crivella foi o primeiro. O atual prefeito do Rio chegou para votar às 10h na Escola Municipal Sérgio Buarque de Holanda, na Barra da Tijuca, zona oeste. Cerca de trinta minutos depois, Paes votou no Gávea Golf Club, em São Conrado, na zona sul. 

 Com informações do UOL e Estadão

     


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Filho 04, aquele que o bozo falou que era o pegador do condomínio, agora é consultor federal da Secretaria Especial de Cultura da União, com um salário de 37.000,00 Reais. É essa a meritocracia que eles falam? Bolsomínion, tu és um OTÁRIO!

Wellington Antunes

Voto perdido no Crivella



29/11


2020

Movimento nos locais de votação é considerado fraco

Por Edson Mota – especial para o Blog

A chuva que caiu no Recife, na manhã de hoje, parece ter inibido os eleitores da capital pernambucana a irem votar. A reportagem visitou alguns locais de votação e o movimento nas primeiras horas do dia foi considerado mais fraco que o primeiro turno.

Na Escola Estadual Barbosa Lima, na área central do Recife, os eleitores que foram ao local relataram que, ao contrário do primeiro turno, o movimento foi inexistente.

O sentimento dos eleitores na Escola Municipal Paulo Freire, na Madalena, Zona Oeste do Recife, é de que o fluxo de pessoas está menor. "Passei de três a quatro minutos na escola e não tive nenhum problema", revela o eleitor Fernando Andrade, que foi votar ao lado da sua esposa, Lucielma Andrade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha