Lavareda

22/10


2020

“Há empresas com mesma capacidade da Huawey”, diz Faria

Por Hylda Cavalcanti

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, surpreendeu setores diversos do mercado de telecomunicações ao afirmar hoje (22), em sentido contrário ao que tem sido noticiado, que o leilão para a implantação da tecnologia 5 G no Brasil envolve três empresas concorrentes e que a chinesa Huawey, tida como detentora dos principais equipamentos para a tecnologia, estaria em situação comparável à de outras empresas.

A declaração do ministro foi feita durante entrevista concedida em live para o Blog do Magno. Especialistas em tecnologia têm afirmado que caso a Huawey seja banida do leilão, o Brasil pode vir a ter um atraso de dois a até cinco anos na implantação do sistema 5G.

Uma reação negativa do Governo Federal para com a Huawey vem acontecendo em função dos pedidos do governo dos Estados Unidos para que o Brasil não aceite a empresa no país, como consequência da “guerra fria” que o presidente norte-americano Donald Trump trava com a China.Fábio Faria, entretanto, disse que o leilão de 5G está previsto para se realizar entre maio e junho de 2021 e que não tem visto problemas no caso. “Quem pode dar mais informações sobre isso é a Anatel, que está realizando estudos, mas posso afirmar que tudo será investigado e que, na hora certa, o presidente Bolsonaro tomará a melhor decisão sobre o leilão”, destacou.

Ao ser questionado, ainda, sobre a polêmica em torno das vacinas observada hoje no país – que tem como pano de fundo o mesmo motivo de rejeição, por parte de Jair Bolsonaro, a uma vacina desenvolvida por um laboratório chinês – o ministro desconversou. Ele contestou informações veiculadas hoje na mídia nacional de que o presidente não quer de forma alguma a versão chinesa da vacina, que está sendo elaborada em parceria com o Instituto Butantan, do governo de São Paulo.

“A questão toda se baseia no fato de que ninguém pode comprar nada que não tenha ainda uma comprovação. Quando a Anvisa autorizar, o presidente comprará a primeira vacina a ser autorizada. Fora isso, o que existe é barulho por parte da oposição”, argumentou.

Em relação ao setor de telecomunicações, Faria afirmou que considera relevante o serviço prestado hoje no país. “Tivemos um aumento significativo de serviços durante a pandemia, com as pessoas mais tempo em casa, e as teles suportaram bem esse aumento da demanda, conseguiram oferecer bem o serviço”, ressaltou.

Conforme acrescentou o ministro, apesar disso, 20% da população brasileira, ou 40 milhões de habitantes, ainda não possuem internet. “Suprir estas áreas não é um trabalho rápido, mas é o que tentaremos fazer. Temos avançado porque agora queremos chegar a localidades muito distantes da Região Norte, onde há dificuldade para implantar os cabos, mas estamos atuando bem nisso. Em seguida vamos focar o desenvolvimento do mesmo trabalho na região Nordeste e, depois, no Centro Oeste”.

Faria explicou que, dentro desse plano de expansão, a prioridade tem sido os municípios do interior dos estados que só possuem hoje tecnologia 3G, o que tem sido observado em cidades mais afastadas do Norte e, também, de várias localizadas nos estados nordestinos da Paraíba e do Rio Grande do Norte, por exemplo.

Segundo ele, a pasta que comanda fornecerá, também, em breve, um chip de smartfone para que as pessoas tenham rádio FM dentro do celular sem precisar pagar por um pacote de dados. “Queremos levar a internet para dentro das emissoras de rádio porque sabemos da importância desse sistema. Esse projeto está sendo desenvolvido em conjunto com a secretaria de Indústria e Comércio do Ministério da Economia”, informou.

O ministro não perdeu uma única oportunidade de, em meio à entrevista, tecer elogios ao seu chefe máximo. “Bolsonaro é o presidente mais comunicativo que já tivemos. Assiste os programas de rádio às 5h e já começa a demandar os ministros a partir do que ele ouve”, afirmou, para depois acrescentar mais informações sobre o presidente da República.

“Falam muito, mas não faltou dinheiro por parte do governo para o combate à covid nos estados. Este é um governo honesto, sem casos de corrupção. Tanto é assim, que o presidente não criou nada, está tocando obras e projetos iniciados nos governos anteriores com o maior empenho. E tem pedido muito aos ministros foco nos programas desenvolvidos no Nordeste. Em todas as reuniões o presidente joga duro e as pessoas estão percebendo que este é um governo diferente”.

No tocante ao relacionamento que possui com o Congresso, Fábio Faria fez questão de negar que seja uma espécie de apaziguador de confrontos entre o Legislativo e o Planalto, conforme tem sido divulgado entre parlamentares. E destacou que o bom relacionamento é fruto dos amigos que fez ao longo de três mandatos como deputado federal.

“É claro, isso ajuda na convivência com os parlamentares, mas não sou o articulador político do governo nem tenho essa missão. Quero dizer aqui que o governo tem hoje uma boa equipe de articulação e líderes empenhados e bem preparados para esse trabalho”, frisou.

 Sobre as medidas para desburocratizar o setor de outorgas de emissoras de rádio e TV ele jogou a bola para o Congresso, mesmo sendo o titular do Ministério das Comunicações.

“Quem dá as licenças é o Congresso e quem regula tudo é a Anatel. O que podemos fazer é trabalhar no Congresso para dar maior celeridade a esses processos e é isso que estou tentando fazer. Há algumas questões em que não temos como atuar muito, porque não podemos mudar a lei e essa é uma delas”, disse.

A privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) foi outro tema tratado na live. De acordo com o ministro, o projeto já saiu do ministério, está sendo avaliada pela secretaria de assuntos jurídicos da presidência da República e em breve seguirá para o Congresso Nacional.

“Teremos o ano que vem para apreciar a proposta nas duas casas legislativas. O governo quer privatizar os Correios para melhorar os serviços, fazer uma meritocracia com os funcionários e oferecer um atendimento que seja referência na América Latina, porque as pessoas hoje reclamam muito dos Correios”.

Ele criticou a greve dos servidores da estatal, encerrada recentemente. Afirmou que no período da paralisação “muita gente precisava receber vários produtos em casa durante a pandemia”. “Fatos como esse não podem acontecer. A greve não ajudou em nada a estatal e nem foi vista como um papel correto dos servidores, já que se trata de uma empresa pública”, acrescentou. Faria ainda confirmou que a pasta que comanda também realiza estudos para a privatização da Telebras, que ainda é objeto de uma consultoria.

Segundo contou, ele não tem interesse em ser governador do Rio Grande do Norte, seu estado. “Não estou pensando em ser candidato à reeleição nem mesmo como deputado federal. São 16 anos que tenho de atuação no Congresso, acho que já é um período mais do que suficiente. Pode ser que eu continue na política, mas minha motivação hoje é continuar onde estou”, enfatizou.

Ao ser questionado sobre o sogro, Sílvio Santos, Faria negou que tenha sido convidado para o cargo por conta da influência do empresário. “Ele (Sílvio) soube que eu seria ministro às 23h30 do dia do anúncio, não teve qualquer interferência nisso, nem ele nem meus pais. Só contei depois que saiu a notícia”.

O ministro admitiu que embora não peça diretamente conselhos ao empresário, sempre tem se aconselhado a partir das conversas que tem com Sílvio. “Não é que eu peça conselhos a ele, mas aprendo muito com sua sabedoria. Estou sempre aprendendo, é uma pessoa impressionante e poder desfrutar de sua sabedoria em conversas é sempre um privilégio. Trata-se do maior comunicador do país, um homem de 89 anos e 65 anos de televisão, sem falar que é um grande torcedor do Brasil”, destacou.

Perguntado também sobre a concessão da TV Globo, Fábio Faria afirmou que o assunto será tratado de forma técnica, dentro da lei. “Se estiver tudo correto a concessão vai ser renovada sim, porque o caso não consiste em um ato político”.

Já sobre as constantes brigas entre o presidente e a emissora, ele tentou sair pela tangente. “Acho que cada um age de acordo com o que acredita. A Globo cumpre o papel que acha que deve cumprir e o presidente também. O que falta na mídia é notícia positiva sobre o Brasil. Precisamos de alegria e de esperança no noticiário. Quanto às críticas do presidente Bolsonaro à emissora, sabemos que nosso presidente joga duro mesmo. Ele ganhou a eleição assim, está cumprindo o que disse na campanha".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

Confira os últimos posts



01/12


2020

Editorial analisa desafios do prefeito eleito de Paulista

No Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, o meu editorial foi sobre resultado das eleições no segundo turno e os desafios que o prefeito eleito de Paulista, Yves Ribeiro, terá que enfrentar em 2021. Vale a pena conferir!

O Frente a Frente tem como cabeça de rede a Rádio Hits 103,1 FM, em Jaboatão dos Guararapes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

01/12


2020

Iran Costa, o secretário dos sonhos de João

Diante da herança mais maldita de Geraldo Júlio, a pasta de Saúde, objeto de seguidas operações da Polícia Federal em apuração de recursos desviados da pandemia do coronavírus, o prefeito eleito do Recife, João Campos (PSB), não pode correr nenhum risco na escolha do secretário para suceder Jailson Correia, que por pouco não chegou a ser preso.

Por isso, o nome da sua preferência é o do ex-secretário estadual de Saúde, Iran Costa, que trabalhou em sua campanha dando uma espécie de consultoria na área. Ex-titular da pasta no Governo Paulo Câmara, Iran está atuando na iniciativa privada. É, hoje, consultor de hospitais do eixo Rio e São Paulo.

Desde que deixou a Secretaria estadual de Saúde, há dois anos, alegando problemas de natureza pessoal, Iran, um dos mais competentes e famosos médico oncologista do Estado, se dedica a atender demandas de consultoria de grandes redes de saúde privada e não estaria inclinado a voltar ao serviço público.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

01/12


2020

Após eleições, políticos contraem Covid-19

Passado o período eleitoral, dois políticos pernambucanos contraíram Covid-19. O secretário de Saúde da Prefeitura do Recife, Jailson Correia, testou positivo hoje. Jailson, que também é médico, está com sintomas leves e em isolamento, cumprindo quarentena, conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde. Além dele, o deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos) também comunicou em suas redes sociais que contraiu o novo coronavírus.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2020

Quem pagou?

Com essa pergunta instigante, o jornal “O PODER” levanta, na edição das 19 horas,  um assunto que, até agora, vinha passando batido pela mídia nacional.

A presença de última hora de militantes e bandeiras vermelhas do Movimento dos Sem Terras (MST) nas ruas das capitais, onde candidatos de esquerda disputavam o 2º turno das eleições municipais, assustou o eleitorado da classe média. E mudou o rumo das eleições.

Se não foram convidados, por que vieram? Quem pagou pela mobilização? As despesas estão contabilizadas? As pessoas pertencem realmente ao MST ou foram recrutadas nas periferias das cidades?

Leia mais clicando no link abaixo.

www.jornalopoder.com.br/edicoes


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Liane Souza Souto Maior

Acho que fui eu. Kkkk

joao carlos da silva

Que ativismo vergonhoso Magno. So falta tu dizer que quem trouxe o MST foi João Campos. Perdesse, te conforma e voltas a fazer um jornalismo mais profissional.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Magno continua informando errado. Despesas contabilizadas onde? O MST é clandestino. Não é pessoa jurídica e, acredito, que você deva saber disto. Portanto, divulgar inverdades, pega muito mal.


Banco de Alimentos

01/12


2020

Dias Toffoli é eleito presidente da Primeira Turma do STF

O ministro Dias Toffoli foi eleito, hoje, o próximo presidente da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) e deve passar a presidir o colegiado durante o ano que vem. Toffoli substituirá a ministra Rosa Weber, que conduziu os trabalhos por um ano.

As trocas de presidente nas Turmas seguem o regimento interno do STF, segundo o qual assume o membro mais antigo que ainda não tenha desempenhado a função.

“A mim é uma honra voltar a presidir essa Primeira Turma, ainda tendo na sua composição o ministro Marco Aurélio, com quem muito aprendi e aprendo. Espero poder corresponder à confiança dos eminentes colegas e poder conseguir manter esse padrão de atividade, de atuação”, afirmou Toffoli.

O STF tem duas turmas, cada uma formada por cinco diferentes ministros – apenas o presidente do Supremo não integra esses colegiados durante o mandato. As turmas julgam recursos e habeas corpus, e cabe ao presidente definir as datas de julgamento e conduzir as sessões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2020

Gustavo Matos avalia participação nas eleições 2020

O presidente do MDB em Camaragibe e ex-candidato a prefeito no município, Gustavo Matos, avaliou a participação dele nas eleições 2020, em entrevista concedida ao repórter Jonas Silva. Na avaliação do emedebista, a candidatura dele trouxe “propostas para Camaragibe” e não “politicagem”.

“Fizemos uma campanha limpa e honesta. Dialogando com o povo e conhecendo os problemas da nossa cidade. Mesmo sem estrutura, levei nossa campanha até o fim. Só perde quem não tem objetivo, conquistamos maturidade e experiência. Acredito que o povo da nossa cidade, continua clamando por mudanças e nós não podemos desistir de Camaragibe. Aproveitar o momento só para agradecer aos amigos conquistados e ao nosso grupo pela coragem”, afirmou Gustavo Matos, em entrevista à Rádio Camará.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2020

Genival Lacerda é internado em UTI com Covid-19

O cantor e compositor paraibano Genival Lacerda, de 89 anos, está internado no Hospital Unimed I, na Ilha do Leite, na área central do Recife. Segundo o filho dele, o cantor João Lacerda, o artista está com a Covid-19, em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As informações são do G1/PE.

Por telefone, na tarde de hoje, João Lacerda informou que o pai deu entrada no centro de saúde, ontem, sendo levado para a UTI. “Fez exame e deu positivo para Covid-19. Ele está respirando com a ajuda de aparelhos”, declarou João Lacerda.

A assessoria de comunicação da Unimed I informou, também por telefone, que Genival Lacerda deu entrada em uma de suas unidades, no Recife. No entanto, a rede afirmou que não repassaria informações nem boletins de saúde sobre o paciente. “Apenas para a família”, disse a assessoria.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2020

Advogado coordena equipe de transição de Yves

Em entrevista gravada, há pouco, para o Frente a Frente, que vai ao ar a partir das 18 horas pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Hits 103,1 FM, no Grande Recife, o prefeito eleito de Paulista, Yves Ribeiro (MDB), anunciou, em primeira mão, que já criou a equipe de transição sob a coordenação do advogado Paulo Pinto, atual procurador da Assembleia Legislativa. Yves disse, também, que abrirá uma ampla auditoria para investigar a herança maldita que receberá do prefeito Júnior Matuto (PSB).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2020

Furo nacional

O jornal “O PODER”, o primeiro no País elaborado para leitura em smartphone e distribuído via WhatsApp, traz, hoje, na edição das 19h, uma pergunta sobre as eleições que ainda não foi feita na mídia nacional.

A matéria levantada em primeira mão faz conexões inéditas é explica a súbita mudança de parte do eleitorado conservador para candidaturas no campo da centro-direita.

A manobra prejudicou candidaturas progressistas ou mais à esquerda do espectro político como em Porto Alegre, São Paulo, Maceió, Recife e Fortaleza. Nessa última capital, por exemplo, o candidato do PDT, que na véspera aparecia nas pesquisas numa distância a perder de vista, conseguiu ganhar, mas por uma margem ínfima.

Nas outras capitais, as tendências foram invertidas, sempre favorecendo as candidaturas com perfil de centro-direita.

Quer saber por quê? Leia e assine grátis “O PODER”. Basta clicar no link: www.jornalopoder.com.br


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2020

Um recorde de acessos na eleição

Entre sábado e domingo passados, véspera e dia da eleição municipal de segundo turno em 57 cidades brasileiras, o blog bateu um novo recorde de acessos, confirmando a sua liderança no Nordeste, com forte inserção nacional: cerca de 230 mil acessos. "Para um veículo de conteúdo específico não deixa de ser uma marca sensacional", diz Felipe Silva, da Faros Web, empresa especializada em hospedagem de sites.

Para garantir esse sucesso, investi numa equipe da melhor qualidade. Coordenada pela editora Ítala Alves, foram mobilizados os repórteres Houldine Nascimento, Rafael Cabral e Edson Mota, as redes sociais foram gerenciadas por Rayanne Senna, auxiliaram na edição as jornalistas Eloíse Veiga e Denise Martins e o setor administrativo foi chefiado pela minha secretária, Geisa Souza.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores