Lavareda

13/07


2020

Kátia diverge de Ciro e condena impeachment

A senadora Kátia Abreu (PP-TO) disse na live do Blog, retransmitida pela Rede Nordeste de Rádio, há pouco, que não acompanha o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), de quem foi vice na eleição passada, em relação a um eventual pedido de impeachment do presidente Bolsonaro. “Sou contra impeachment. Não vejo motivos e não quero ser incoerente. O presidente tem agido incorretamente em algumas situações, com comportamento pessoal não adequado diante da Covid, mas isso não é motivo. Só voto se tiver cometido crime de responsabilidade", afirmou.

Relatora do Pronampe, programa de socorro financeiro aos micro e pequenos empresários recentemente aprovado pelo Congresso, a senadora reconhece que o Governo tem destinado recursos em grande quantidade também aos Estados e municípios, mas ressalta que o grande erro na gestão da pandemia foi não se comportar como estadista, fazendo a interligação com os Estados, os municípios e os demais poderes constituídos. “Não vamos dizer que o Governo não está liberando recursos. Sou oposição, mas tenho colaborado em tudo. Sou da base do bom senso e temos que ajudar o Brasil. A falha foi não ter um comando e um protocolo nacional nas regras gerais com suas peculiaridades para as regiões. O Supremo reagiu porque Bolsonaro queria abrir tudo e acho que a Justiça e os governadores se desesperaram. Aprovamos o uso de máscara por força de lei em todo lugar. Por que ele não mandou uma PEC com diretrizes nacionais?”, questionou.

Abreu condenou também o Governo do Tocantins. “Aqui, os prefeitos batem cabeça porque não têm orientação do Governo. Falta coordenação de cima para baixo, há um comando autoritário. O povo não é adversário”, defendeu.

Sobre a crise na economia, disse que o Brasil não tem a cultura de emprestar para os pobres e isso tem afetado muitas empresas nessa pandemia quando enfrentam muita burocracia para conseguir dinheiro. “A Caixa e o Banco do Nordeste têm feito um trabalho interessante e agora também o Banco do Brasil e Itaú, mas eles temem a inadimplência. O banco fica criando caso. É a dose de maldade. No Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte foi criado um fundo garantidor. Vamos além para contemplar ainda as cooperativas de crédito”, explicou.

Quanto às denúncias de desvio de dinheiro destinado à pandemia, Kátia Abreu acredita que “quem roubou vai ser preso, e muito rápido”. “O dinheiro para Covid é muito difícil de ser desviado. Não é isso que impede ladrão de roubar, mas a fiscalização está amarrada e vai pegar logo esses bandidos. Sou muito religiosa e não sei como se dorme roubando dinheiro da Covid, da merenda escolar, dos uniformes, dos livros. O castigo tá vindo por e-mail porque o céu tá todo informatizado. Os órgãos de controle estão agindo com rigor”, emendou.

A respeito da compra dos respiradores para porcos e desvio de dinheiro resumiu como uma aberração. Em contrapartida, elogiou alguns governos, sem citar o de Pernambuco. “Um descaso com a coisa pública, mas temos muitos gestores sérios, como Wellington Dias (MA) Camilo Santana (CE), Rui Costa (BA), Fátima Bezerra (RN) que estão fazendo uma excelente gestão”, afirmou.

A senadora, que foi ministra da Agricultura de Dilma, disse que está em quarentena em Palmas (TO) e não vê a hora dessa pandemia acabar para que o Brasil retome seu rumo. Reconheceu que o agronegócio nos últimos 40 anos tem salvado o País. “Produzimos muito e desde a redemocratização nós é que salvamos a economia nacional. Nosso superávit de R$ 12 bi é graças às vendas para a China e Ásia. Brigar com eles é brigar com a lógica. São grandes parceiros do Brasil”, resumiu.

Se a palavra é briga não poupou o presidente. “A coisa tava ficando feia. Ele brigou até com o papa. Parece que gosta de dividir o Brasil. Se eu fosse presidente dormiria todas as noites sorrindo. Queria ser amada, trazendo uma união nacional. Temos que governar para todos e pacificar o país”, afirmou. A íntegra da sua live está nas postagens do Instagram do blog no endereço @blogdomagno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

Confira os últimos posts



29/11


2020

Bolsonaro, Paes e Crivella votam no Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou por volta das 10h40 na escola municipal Rosa Da Fonseca, que fica na Vila Militar, em Deodoro, na zona oeste do Rio de Janeiro, para votar. Ele deve retornar a Brasília no início da tarde. Acompanhado por seguranças, na chegada o presidente não deu entrevistas a jornalistas e falou rapidamente com alguns apoiadores. Cerca de 30 pessoas o aguardavam no local. Usando máscara, Bolsonaro chegou a pegar uma criança no colo antes de entrar na escola para votar. 

Os candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos) e Eduardo Paes (DEM), votaram na manhã deste domingo, no Rio. 

Crivella foi o primeiro. O atual prefeito do Rio chegou para votar às 10h na Escola Municipal Sérgio Buarque de Holanda, na Barra da Tijuca, zona oeste. Cerca de trinta minutos depois, Paes votou no Gávea Golf Club, em São Conrado, na zona sul. 

 Com informações do UOL e Estadão

     


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

29/11


2020

Movimento nos locais de votação é considerado fraco

Por Edson Mota – especial para o Blog

A chuva que caiu no Recife, na manhã de hoje, parece ter inibido os eleitores da capital pernambucana a irem votar. A reportagem visitou alguns locais de votação e o movimento nas primeiras horas do dia foi considerado mais fraco que o primeiro turno.

Na Escola Estadual Barbosa Lima, na área central do Recife, os eleitores que foram ao local relataram que, ao contrário do primeiro turno, o movimento foi inexistente.

O sentimento dos eleitores na Escola Municipal Paulo Freire, na Madalena, Zona Oeste do Recife, é de que o fluxo de pessoas está menor. "Passei de três a quatro minutos na escola e não tive nenhum problema", revela o eleitor Fernando Andrade, que foi votar ao lado da sua esposa, Lucielma Andrade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

29/11


2020

TSE substitui 194 urnas eletrônicas

Nas primeiras duas horas e meia do segundo turno, a Justiça Eleitoral substituiu 194 urnas eletrônicas. Este número corresponde a 0,13% do total de 97 mil equipamentos distribuídos pelo país. Segundo balanço divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a maior parte dos equipamentos, 65, foram trocados no estado de São Paulo, principal colégio eleitoral do país.

Em seguida há registros de 56 urnas substituídas no Rio de Janeiro e 15 no Ceará. O boletim do TSE foi divulgado às 10h deste domingo com dados compilados até as 9h27. Não foram informados crimes eleitorais. De acordo com o balanço do tribunal, outros 12 estados registraram troca de urnas. São eles: Bahia (2), Espírito Santo (8), Goiás (6), Maranhão (1), Minas Gerais (6), Pará (3), Pernambuco (1), Rondônia (2), Roraima (3), Rio Grande do Sul (11), Santa Catarina (1) e Sergipe (14).

UOL


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/11


2020

Até tendas com distribuição de bebida

Na Avenida Hideldrando Vasconcelos, no bairro de Dois Unidos, Zona Norte da cidade, leitores do blog encontraram e denunciaram um verdadeiro comitê de João, uma tenda amarela, com distribuição de bebidas aos eleitores que se aproximam das suas sessões para votar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

29/11


2020

O jogo é sujo

Nas proximidades das sessões eleitorais do Recife, o PSB, de João Campos, se encarregou de fazer todo tipo de contrapropaganda para atingir Marília Arraes. Vale até terrorismo, como esse cartaz achado pela reportagem na zona norte da cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sergio Murilo Pereira Araujo

Já passou da hora do Recife tirar esses canalhas do PSB do poder. É Marília!



29/11


2020

Candidato a prefeito Yves Ribeiro vota em Paulista

O candidato do MDB à Prefeitura de Paulista, Yves Ribeiro, votou, na manhã de hoje, na Escola Municipal João Fonseca de Albuquerque, em Nossa Senhora do Ó. Ele chegou ao local acompanhado do candidato a vice em sua chapa, Dido Vieira (MDB). No primeiro turno, o emedebista, de 72 anos, conseguiu 51.351 votos (34,98%).

"Faz 48 anos que iniciei minha vida política, em 1976. A primeira eleição para prefeito foi em 1982. Fiz uma campanha organizada, cumprimos todas as regras. Sou um homem preparado para governar a cidade com muita experiência, muito conhecimento. Nós estamos muito tranquilos para uma grande vitória, para tirar Paulista das páginas policiais e fazer a cidade voltar a crescer", disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Em Nossa Senhora do Ó? Não é em Paulista??



29/11


2020

Cenário indefinido em, pelo menos, três capitais

Cerca de 38 milhões de eleitores estão aptos a participar neste domingo (29) do segundo turno das eleições municipais em 57 cidades, entre as quais 18 capitais. Os eleitos, dentre 114 candidatos, tomarão posse em 1º de janeiro de 2021.Com o objetivo de evitar aglomerações, o TSE decidiu ampliar em uma hora o período de votação neste domingo.

Os eleitores podem votar das 7h às 17h. O período entre 7h e 10h é preferencial para eleitores com mais de 60 anos.

O cenário está imprevisível em três capitais: Porto Alegre, Recife e Vitória têm os concorrentes muito próximos entre si, ou mesmo numericamente empatados na disputa do segundo turno. Em outras capitais, como Rio de Janeiro, Fortaleza e Goiânia,  a disputa parece estar mais definida. 

Em Porto Alegre, o Ibope deste sábado (28) mostrou Manuela D'Ávila (PCdoB) liderando numericamente o páreo, com 51% dos votos válidos. Sebastião Melo (MDB) apareceu com 49%. Como a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, há um empate técnico entre os dois.

No Recife tanto a pesquisa do Ibope quanto a do Datafolha, ambas divulgadas neste sábado (28), apontam para um empate numérico entre João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT). Com 50% dos votos válidos, cada, os dois candidatos devem disputar a eleição voto a voto.

Em Vitória, a última pesquisa Ibope, divulgada no sábado (28), mostrou um empate numérico entre os dois candidatos que disputam o pleito. Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT) têm 50% dos votos válidos cada.

Gazeta do Povo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Quando vc se sentir triste e perdido, lembre-se dos bozoloides jumentóides nessa data de hoje.

Wellington Antunes

OS SETE GOLS CONTRA DO BOZO: \"No primeiro tempo, os preferidos de Bolsonaro naufragaram em cinco municípios: São Paulo (Celso Russomanno), Belo Horizonte (Bruno Engler), Manaus (Coronel Menezes), Santos (Ivan Sartori), Recife (Delegada Patrícia). Neste segundo turno, o presidente deve amargar as duas derrotas que faltavam para que o seu desaproveitamento fosse de 100%. No Rio de Janeiro, Bolsonaro afunda abraçado a Marcelo Crivella (Republicanos). Em Fortaleza, naufraga junto com o Capitão Wagner (Pros).\" Assim o bozo fecha os sete gols contra



29/11


2020

Marília diz que clima é de mudança no Recife

EXCLUSIVO 

Houldine Nascimento, da equipe do blog

Após um um café da manhã  com lideranças evangélicas no prédio onde mora, no bairro de Apipucos, Zona Norte do Recife, a candidata do PT à Prefeitura, Marília Arraes, atendeu a reportagem blog. Ela demonstrou confiança ao dizer que o clima na cidade é de mudança.

No encontro, também estiveram o prefeito reeleito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PL), o deputado federal André Ferreira (PSC) e o ex-prefeito de Petrolina Odacy Amorim (PT), entre outros.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Quando vc se sentir triste e perdido, lembre-se dos bozoloides jumentóides nessa data de hoje.



29/11


2020

João Campos não descarta aliança com o PT em caso de vitória

Por Edson Mota - especial para o Blog

Apesar de uma campanha ferrenha com acusações de ambos os lados, o candidato do PSB, João Campos, não descartou uma eventual aliança com o PT em caso de vitória no segundo turno das eleições deste domingo (29).

O socialista afirmou que a conversa com quem pensa diferente é uma parte importante no processo democrático. "O diálogo é uma premissa da minha vida. Principalmente com quem pensa diferente da gente. Sempre tive firmeza das convicções, mas ela não pode ser um impeditivo de dialogar", garantiu.

A expectativa é de que João vote ainda na manhã de domingo no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Quando vc se sentir triste e perdido, lembre-se dos bozoloides jumentóides nessa data de hoje.



29/11


2020

"O sentimento é de que vamos ganhar as eleições", diz João Campos

Por Edson Mota - especial para o Blog

Ao lado da candidata a vice, Isabella de Roldão, o candidato João Campos (PSB) anunciou, na manhã de hoje, que está confiante na vitória no segundo turno.

"Estou pronto para, nos próximos quatro anos, me dedicar ao Recife para construirmos aquela cidade que foi tão discutida com os recifenses. O sentimento é de que vamos vencer", contou o socialista.

Ele afirmou, ainda, que "trilhou o caminho certo" durante a campanha. "Chegamos com a sensação de dever cumprido e agora queria pedir a confiança da população", finalizou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha