Jaboatão - Nova UBS PET

11/01


2020

Carnaval 2020: Prefeitura do Ipojuca anuncia tema e homenageado

Prefeitura do Ipojuca, por meio da Secretaria Especial de Cultura, anuncia o tema do Carnaval 2020 do município. A festa deste ano terá como tema “Do campo ao litoral: La Ursa no Carnaval”. A ideia da gestão é homenagear os grupos de La Ursa do Ipojuca que possuem muita tradição na cidade, principalmente em localidades como Rurópolis, Nossa Senhora do Ó e a Zona Rural. Também foi definido o homenageado do Carnaval ipojucano 2020: será o presidente do bloco de La Ursa Madeira do Rosarinho, Amaro Marcos da Silva.

O homenageado é conhecido na cidade como Amaro Tomé e tem 73 anos. Ele é morador do Engenho Sá, ex-canavieiro e mantém a tradição de colocar o grupo nas ruas do município há mais de 50 anos. Geralmente, a troça do seu Amaro sai no domingo, na segunda e na terça de momo em diferentes pontos da cidade animando foliões, entre moradores e turistas.

“Queremos homenagear esses grupos de La Ursa que são tão característicos do nosso Carnaval e possuem uma grande representatividade nas festas. É uma manifestação que garante diversão de todos”, destacou o secretário especial de Cultura do Ipojuca, Jorge Henrique Soares. Em 2019, Banda Santa Cecília, criada em 1933, foi a grande homenageada do Carnaval do Ipojuca.  

Outro anúncio foi a data em que acontecerá do já tradicional Baile Municipal do Ipojuca, que está em sua 13ª edição e já se tornou referência para a região do Litoral Sul de Pernambuco. A festa, que acontece no Clube Municipal do município, será no dia 20 de fevereiro. Os ingressos do evento serão trocados por dois quilos de alimentos não perecível na sede das paróquias do município. As atrações do Baile serão divulgadas em breve.

Blocos carnavalescos

Os mais de 100 blocos e agremiações que devem desfilar pelas ruas do Ipojuca, precisarão seguir as orientações gerais sobre a organização e prazos neste Carnaval 2020. Uma delas é que o dia 24 de janeiro será o prazo final para que os representantes dos blocos entreguem à Secretaria Especial de Cultura o ofício com as informações sobre o dia do evento, horário de concentração e, principalmente, sobre o desfile do bloco, expectativa de público e as atrações para animar a festa. A entrega destes documentos contendo essas informações deve ser feita na Secretaria Especial de Cultura, que funciona no Centro do Ipojuca, das 8h às 14h. A resposta das solicitações que houver será dada pela Secretaria até o dia 10 de fevereiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

Confira os últimos posts



24/10


2013

Senado pode votar reforma do ICMS em novembro

















O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), comprometeu-se em submeter à votação do plenário, na segunda semana de novembro, as três propostas em tramitação na Casa relativas ao pacto federativo.

São elas: resolução que reduz as alíquotas do ICMS em operações interestaduais; o projeto de lei complementar que estabelece um fundo de compensação aos estados pelas perdas de arrecadação com o fim da guerra fiscal e outro fundo de desenvolvimento regional; e o projeto que muda o indexador da dívida de estados e municípios com a União.

O calendário foi proposto pelo presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ), durante sessão temática realizada no plenário para discutir o assunto.

"Vamos colocar projeto da dívida na CAE. Na segunda semana de novembro, votar o projeto de resolução do ICMS e o projeto que está sendo relatado por Armando Monteiro (PTB), dos fundos. É um recado que estamos passando ao Confaz e ao ministro da Fazenda [Guido Mantega]: vamos votar! Aqui, o que está faltando é a boa política. Temos que ter coragem de deliberar", afirmou Lindbergh.

A resolução do ICMS já foi aprovada pela CAE, mas ainda esbarra em resistências de estados. O projeto dos fundos está na comissão e deve ser votado na próxima terça-feira (29). A proposta que trata das dívidas foi aprovada na Câmara dos Deputados na quarta-feira (22) e encaminhada ao Senado.

"Este Senado quer deliberar. Não se pode mais adiar a solução dessa questão. A insegurança jurídica está prejudicando os investimentos. Nessa guerra fiscal todo mundo perdendo. O que um dá, o outro dá também. Tem estado que está perdendo 56% de suas receitas. Dois municípios do Estado de Goiás ganharam [na Justiça] suas cotas partes no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Na terça-feira, o Confaz bate o martelo", disse Lindbergh.

Valor.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

TU ES UM TRAIDOR, PIOR DO TU É QUM VOTR E TU T R A I R A


Petrolina setembro 2

24/10


2013

Governo vai agir contra abusos de preços na Copa de 2014

O Governo Federal não quer que os turistas que virão ao Brasil no ano que vem para a Copa do Mundo sejam explorados e, por isso, já está fazendo levantamento dos custos de passagens aéreas e hotéis para que, no início de novembro, tenha condições de saber como os preços vão se comportar, com base na demanda que estiver ocorrendo.

A informação foi dada pela ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, após reunião nesta quinta-feira (24), no Palácio do Planalto, com representantes de setores do governo que têm atuação nas questões do evento, como os ministérios do Esporte, Turismo e Justiça.
Segundo Gleisi, os três ministérios estão trabalhando no assunto.

Para evitar abusos nos preços de hotéis e passagens aéreas, como a imprensa apontou recentemente, a ministra disse que haverá reuniões com vários setores envolvidos com o evento, entre eles, a Fifa e a operadora da entidade. “Queremos ter um concertação nacional para que a Copa do Mundo tenha uma boa receptividade e seja receptiva a todos que venham ao Brasil e que o preço seja justo. Queremos isso, esta é a nossa meta”, disse Gleisi.

Ela admitiu, no entanto, que um levantamento feito pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça, constatou “tendência de aumento dos preços, não só em razão da Copa do Mundo, mas sempre que ocorrem eventos maiores nas cidades, em momentos de maior movimentação de pessoas”.

Questionada sobre a possibilidade de ampliar a malha aérea para melhorar a oferta de voos no país, Gleisi informou que o assunto “está sendo analisado e conversado. A Secretaria de Aviação Civil está coordenando isso junto com a Anac [Agência Nacional de Aviação Civil], em um trabalho de preparação dos aeroportos”.

“Teremos um quadro mais detalhado” [sobre passagens aéreas e hotéis] depois do sorteio dos ingressos, pois será possível saber o fluxo de pessoas e demanda pela rede hoteleira. Queremos a certeza de que os preços cobrados serão justos. Queremos entrar em acordo com as empresas, oferecer preços justos, mas, se tivermos abuso de preços, o governo brasileiro vai atuar, sim”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

24/10


2013

"Minha Casa, Minha Vida" chega à zona rural de Gravatá



















A Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Animal, em parceria com a Procuradoria-Geral do Município, firma, nos próximos dias, contrato com a Caixa Econômica Federal para construção de cinquenta casas populares na zona rural da cidade. As comunidades a serem contempladas com a entrega das residências são: Russinhas, Sítio Boa Vista, Maravilha, Limeira e Retiro Saudoso.

''O prefeito Bruno Martiniano (PTB) não hesitou em firmar este convênio, que visa beneficiar o homem do campo. Trata-se de uma ação inédita que marcará a história de Gravatá. Como secretário de Desenvolvimento Rural e Animal e como homem do campo, me sinto honrado em presenciar essa novidade'', declarou Gustavo Gomes.

''Com a assinatura das declarações exigidas pela Caixa Econômica Federal inicia-se um novo marco na história de Gravatá, ou seja, o atendimento e a melhoria de vida à população da zona rural, que merece uma moradia digna. Essa ação política está sendo desenvolvida em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Rural e é a prova de que o governo está atento ao desenvolvimento da cidade e da população'', completou o procurador-geral do município, Humberto Interaminense.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/10


2013

Vereadora de Olinda esclarece inauguração de campos de futebol

 
















Tauan Saturnino
Da equipe do blog


A vereadora de Olinda, Mônica Ribeiro (PDT), esclareceu ao blog que os campos de futebol inaugurados em Olinda com o apoio do goleiro Magrão (PSB), do Sport Club Recife, foram os do Ajax e Tulimar, no bairro de Rio Doce, e o Arranca Toco 2, em Amaro Branco. Ela disse também que não foi inaugurado nenhum campo no bairro de Peixinhos, contrariando a informação enviada por sua própria assessoria, mas que está conversando com a comunidade local para reativar o Campo do Nascedouro.

Mônica Ribeiro afirmou que a homenagem proposta por ela ao jogador de futebol não tem relação com o fato dele ter se filiado ao PSB recentemente e ser cotado para disputar um mandato parlamentar em 2014. "Ele procura ser o mais discreto possível. Quando comecei a falar com ele sobre os campos eu não era sequer vereadora e quando fiz o requerimento para conceder o título de cidadão olindense, Magrão não era filiado ao PSB", declarou.

Após noticiar a concessão do título de cidadão olindense ao atleta, a equipe do blog recebeu um e-mail de um de nossos leitores dizendo que não houve reinauguração de nenhum campo de futebol. O texto dizia literalmente: "Os três campos que existiam na 2ª etapa de Rio Doce, foram desativados desde 2009, com a promessa da construção de um estádio e de um campo de futebol society. A obra para construção do estádio encontra-se literalmente parada, e o que já fizeram no campo de futebol society encontra-se em total abandono, ou seja, não ocorreu nenhuma reativação dos referidos campos até o momento".

A vereadora falou que não tem nenhuma relação com as obras para a construção do estádio descrito pelo leitor. "Tanto eu quanto Magrão não temos relação com essa obra, pois na época em que a prefeitura começou a construção do estádio eu sequer era vereadora", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Microempreendedores

24/10


2013

Presidente da Câmara de Caruaru critica instalação de CPI

 
















Tauan Saturnino
Da equipe do blog

O presidente da Câmara de Caruaru, Leonardo Chaves (PSD), revelou ao blog, nesta quinta-feira (24), que ainda não recebeu nenhuma citação para iniciar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra o prefeito José Queiroz (PDT). Segundo o vereador, a comissão se caracteriza como um movimento político da oposição e não traz reais benefícios para a cidade.

Leonardo Chaves informou que, assim que receber a citação reunirá um grupo de cinco vereadores para que estes escolham o presidente e o relator da CPI. Segundo ele, o vereador Evandro Silva (PMDB), autor da proposta, estará obrigatoriamente no grupo.

“Eu escolho os cinco vereadores e eles decidem quem será o presidente e o relator. Eu uso o critério de proporcionalidade dos partidos, mas estaria sendo hipócrita se dissesse que colocarei muitos vereadores da situação”, afirmou.

De acordo com o presidente, a CPI não trará mais provas que as já analisadas por outros órgãos. “De forma geral, vejo isso mais como um movimento político que qualquer outra coisa. Acredito que a Câmara de Caruaru não terá muito o que acrescentar nesse caso”, opinou.

A CPI analisará uma série de denúncias feitas pela Controladoria-Geral da União (CGU), em 2011, acerca do mau uso do dinheiro público. Leonardo Chaves considera que o excesso de regulamentação prejudica uma avaliação correta por conta da CGU e dá como exemplo uma despesa que teria sido iniciada durante a gestão do ex-prefeito Tony Gel (PMDB).

“Uma das contas julgadas diz respeito a uma verba de R$ 800 mil cedida pela Caixa Econômica à prefeitura para a construção de casas. A empresa contratada faliu e não chegou a concluir a obra. Tony Gel não devolveu o montante e José Queiroz teve que devolver o dinheiro já com a correção monetária, o que resultou em quase R$ 2 milhões”, comentou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru volta as aulas 2021

24/10


2013

Petrolina: River Shopping continua na mira do MPT
















Após descumprimento de notificação expedida para as empresas do ramo de restaurantes e lanchonetes localizadas no River Shopping, em Petrolina, o Ministério Público do Trabalho (MPT) de Pernambuco realizou audiência pública para discutir as medidas cabíveis. Na notificação, o órgão apontou irregularidades no ambiente de trabalho dessas empresas, que não possuem assentos para os funcionários - esses eram obrigados a trabalhar em pé durante todo o expediente.

Sessenta dias foram dados para a adequação dos estabelecimentos à norma de saúde e segurança do trabalho, mas o prazo não foi cumprido. Diante disto, as empresas foram intimadas a comparecer à audiência, realizada na terça-feira (22) e presidida pela procuradora do Trabalho, Vanessa Patriota. Na negociação, ficou acertado que mais sessenta dias seriam dados para a compra dos assentos, e, se esse acordo fosse novamente descumprido, seria ajuizada ação civil pública contra as empresas.

Domingos – Outra notificação recomendatória foi expedida para as mesmas empresas do River Shopping, tratando sobre o descanso aos domingos. Nela, o Ministério Público do Trabalho indicou que havia irregularidades quanto ao período de descanso dos empregados.

Segundo a lei, empresas de comércio geral devem permitir aos funcionários uma folga semanal (totalizando seis dias trabalhados por semana) e uma folga no domingo, no período máximo de três semanas.

Por descumprir a legislação, as empresas foram notificadas e tinham trinta dias para fazer os ajustes. Durante a audiência, houve a solicitação para prorrogar o prazo até 1º de janeiro de 2014, o que foi concedido pelo MPT.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

24/10


2013

Estado acelera entrega de obras para mobilidade da RMR
















O governador Eduardo Campos (PSB) vistoriou, na manhã desta quinta-feira (24), obras que pretendem trazer melhorias para a mobilidade na Região Metropolitana do Recife. A primeira delas foi a construção do túnel localizado em frente ao Museu da Abolição, na Torre. Na ocasião, o governador garantiu que o equipamento, que faz parte das obras do corredor exclusivo Leste-Oeste, será entregue em fevereiro do ano que vem.

''O objetivo da visita é encurtar a entrega dessa obra, pois é uma intervenção que causa transtornos à população. O túnel vai trazer um grande benefício quando estiver pronto'', disse Eduardo, lembrando que a obra seria entregue apenas em abril.

O túnel, que teve sua obra iniciada em março deste ano, vai dobrar a capacidade do fluxo, de quatro para oito mil veículos por hora. Para a implementação do projeto, o Governo do Estado investiu R$ 16 milhões. ''Esse túnel vai melhorar a vida dos que utilizam o ônibus no corredor da Caxangá e também dos que usam o transporte individual que vão ter menos um ponto de retração'', garantiu o governador.

De acordo com a assessoria do governo estadual, até o momento, 430 estacas já foram cravadas, das 900 necessárias. O túnel terá uma extensão de 287 metros, começando em frente à Escola Joaquim Távora e terminando na Rua João Ivo da Silva. O corredor Leste-Oeste, por sua vez, terá 12,5 quilômetros de extensão, contará com 21 estações e vai atender aos terminais da terceira e da quarta perimetral, ambos em construção.

A obra é um dos compromissos do Governo de Pernambuco para a Copa do Mundo de 2014 e tem um custo total de R$ 145 milhões, com recursos do PAC da Copa e Tesouro Estadual. ''Tudo que foi planejado para a Copa será entregue dentro do cronograma'', garantiu Eduardo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

24/10


2013

Alepe instala Comissão de Abastecimento de Água

















O deputado estadual Sérgio Leite (PT) foi eleito nesta quinta-feira (24) presidente da Comissão de Abastecimento de Água da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A eleição foi realizada no final da manhã de hoje durante reunião de instalação da comissão. O deputado José Maurício (PP) foi eleito vice-presidente e o deputado Ricardo Costa (PMDB), relator.

A criação da comissão atende ao requerimento de autoria do deputado Sérgio Leite, que tem por objetivo buscar soluções para o abastecimento d’água nos municípios da Região Norte do Estado. Os parlamentares esperam, agora, apontar soluções para cidades como Paulista e Igarassu, que precisam aumentar o fornecimento de água devido à chegada de várias indústrias e unidades habitacionais.

Representantes da Compesa, Secretaria de Recursos Hídricos e Banco Mundial deverão ser convidados para participar das discussões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC Agosto 2021

24/10


2013

Caruaru sedia Encontro Regional de Ações Integradas do CRAS

A cidade de Caruaru, no Agreste do Estado, sedia, nesta quinta-feira (24), o Encontro Regional Ações Integradas do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Pernambuco.

De acordo com a secretária de Políticas Sociais de Caruaru, Martha Melo, “é uma satisfação para o município receber o encontro que pretende potencializar os benefícios da assistência social nas cidades. Recepcioná-los com o nosso projeto da Orquestra de Sopros demonstra o quanto acreditamos na inclusão social através da arte”, enfatizou.

Hoje, serão formados grupos de trabalho com os participantes de acordo com a proximidade entre os municípios. O Panorama Regional do Acompanhamento das Metas do CRAS e o Modelo de Plano de Providência foram os temas escolhidos para abordagem no último dia do evento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Agosto 2021

24/10


2013

Eduardo da Fonte comemora decisão do MPPE contra Celpe


















O deputado federal Eduardo da Fonte (PP) comemorou, na tarde de ontem (23), a decisão do Ministério Público de ajuizar ação contra a Celpe, requerendo pagamento de R$ 5 milhões por danos morais em função das mortes ocorridas por choque elétrico no Estado de Pernambuco.

“Não podemos admitir a omissão da Celpe em relação à manutenção nos postes que pertencem a ela. A Celpe ganha ao alugar os postes a empresas de telefonia e tevê a cabo, mas não quer se responsabilizar pela fiscalização. Além de prestar um péssimo serviço, a empresa ainda não cumpre a legislação no quesito segurança. Comemoramos a decisão do MPPE e vamos ficar atentos ao cumprimento. Falta, agora, apurar a responsabilidade civil e criminal pelas mortes”, afirmou o parlamentar.

Eduardo da Fonte pediu, em agosto deste ano, ao Ministério Público Federal, ao Ministério Público Estadual e à Procuradoria-Geral da União a responsabilidade civil e criminal da Celpe, além de multa por dano moral coletivo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha