FMO janeiro 2020

16/09


2019

Eduardo republica vídeo com críticas à CPI da "Lava Toga"

Conteúdo diz que CPI "não fará uma limpa no Judiciário", pode "trancar a pauta da reforma da Previdência no Senado" e até "acabar com a Lava Jato".

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Da Veja - Por Conteúdo Estadão

 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) compartilhou em uma rede social um vídeo que compila críticas à chamada “CPI da Lava Toga“, que parte do Senado defende para investigar integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF), como o presidente Dias Toffoli.

“Muito tem se falado sobre a CPI da Lava Toga. Muitas dúvidas são respondidas neste vídeo”, publicou Eduardo no Twitter, recomendando aos seus seguidores que assistissem.

No vídeo, a youtuber conservadora Paula Marisa, que se define como “integrante da milícia virtual jacobina”, afirmou que a CPI da Lava Toga não fará uma “limpa no Judiciário”, pode “trancar a pauta da reforma da Previdência no Senado” e até “acabar com a Lava Jato”.

A autora criticou senadores favoráveis à CPI da Lava Toga, incluindo os integrantes do PSL Major Olimpio (SP) e a juíza Selma (MT), além de Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Reguffe (DF-Podemos).

A youtuber defendeu, como pauta mais eficiente do que a CPI da Lava Toga, o impeachment de ministros do Supremo e o fim da PEC da Bengala, que elevou de 70 para 75 anos a idade em que integrantes de tribunais superiores são compulsoriamente aposentados.

A postagem de Eduardo é a primeira manifestação pública dele após o irmão e senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) se tornar alvo críticas por se posicionar contra a abertura da CPI. Senadores do PSL disseram ter recebido de Flávio pedido para retirada das assinaturas para criação da comissão e demonstraram insatisfação.

Uma parte dos apoiadores bolsonaristas nas redes sociais cobrava que Flávio assinasse também o requerimento para abertura de CPI. Pressionado, Flávio explicou em entrevista ao Canal Terça Livre por que é contra. “Tenho a clara percepção que uma CPI com essa pauta toca fogo no País”, disse.

No vídeo compartilhado por Eduardo, a youtuber diz que “não vai passar o pano para o senador Flávio Bolsonaro”, e contestou o argumento usado pelo senador em uma entrevista, de que não poderia tomar certas medidas por ser filho do presidente.

“Me desculpa senador Flávio Bolsonaro, mas se você está impedido está de mãos amarradas para tomar medidas que são importantes para o País, pelo fato de ser filho do Bolsonaro, renuncie, porque a gente precisa de senadores lutando pelas nossas reivindicações”, disse.

Citado no vídeo da youtuber compartilhado por Eduardo, o senador Alessandro Vieira respondeu ao deputado no Twitter indicando que ele estaria “repassando fake news para tentar encobrir a covardia e o acordão”. “Falta de vergonha na cara. A real é que o sistema está usando o rabo preso da sua família para barrar o combate à corrupção. Quem quer mudar o Brasil apoia a CPI. Quem quer mamata em embaixada fica com mimimi”, disse o senador.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detra maio 2020 CRLV

Confira os últimos posts



06/06


2020

Carta aberta dos comerciantes a Paulo Câmara

Excelentíssimo governador, Paulo Câmara,

Todos nós, empreendedores, representantes de empresas de todos os segmentos e portes entendemos a gravidade da pandemia do coronavírus e os riscos para a saúde da população. Desde o início, acompanhamos atentos todas as notícias e nos colocamos como aliados nesse momento de dificuldade, com o intuito de ajudar as autoridades a minimizar os efeitos disso tudo.

Fomos parceiros de primeira hora, quando nos orientaram sobre a necessidade do fechamento do comércio para retardar a disseminação do vírus. Afinal, seria a única maneira de evitar o colapso do nosso fragilizado sistema de saúde. Focamos, todos, no objetivo de achatar a curva e evitar uma tragédia ainda maior em nosso Estado.

Mas agora precisamos de novas respostas para perguntas pertinentes, diante do cenário que se apresenta: seria coerente manter a mesma postura 75 dias depois do fechamento das portas de nossos empreendimentos?  Já não temos informações suficientes para entender que será preciso adotar medidas de convivência com o vírus até que uma vacina possa ser disponibilizada? Até quando vamos insistir em achatar a curva somente com o isolamento social?

Não somos inimigos da ciência, nem pessoas levianas indiferentes ao bem-estar de nossos colaboradores, clientes, familiares e amigos. Só queremos alertar para a necessidade de uma mudança de postura a fim de que outros problemas também não recaiam, mais uma vez, no sistema de saúde. Afinal, muita gente não tem mais recursos suficientes para pagar a mensalidade do plano de saúde, fazer exames ou comprar remédios de uso contínuo, por exemplo.

Por tudo isso, acreditamos que é preciso olhar para o lado, “para o quintal do vizinho”. Podemos citar estados como Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul... todos com baixos índices de letalidade por coronavírus. Até mesmo a Bahia e o Piauí têm números bem melhores que os de Pernambuco. Então, o que esses estados estão fazendo de diferente? 

Recentemente, quando fiz esse questionamento a um secretário de Estado ele prontamente respondeu: Minas está escondendo os números. Mas será que Minas conseguiria esconder a realidade se a taxa de ocupação dos hospitais não estivesse devidamente controlada? Não se tem notícias de unidades de saúde lotadas por lá. As poucas vezes que o Estado apareceu na imprensa foi, em sua maioria, de forma positiva, como unidade da federação que conseguiu controlar os números de contágio e de mortes.

Sendo assim, a nossa proposta é ir mais a fundo no entendimento das medidas adotadas por esses estados e corrigir os nossos rumos com humildade. Não podemos mais manter uma postura, inicialmente correta, às custas de desemprego e falência em massa de milhares de empresas e do sufocamento financeiro de tantas famílias que delas dependem.

Djalma Farias Cintra Junior 
Presidente da Federação das Associações Comerciais de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Maio

06/06


2020

Ministério da Saúde vai recontar mortos por covid-19

O Ministério da Saúde pretende recontar o número de mortos no Brasil vítimas da covid-19. De acordo com Carlos Wizard, que já atua na pasta e que vai assumir a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, os dados atuais seriam “fantasiosos ou manipulados”.

A informação está disponível na coluna de Bela Megale, do jornal O Globo. Ainda segundo Wizard, o número de mortos, que ontem chegou a 35.026 pessoas, conforme dados oficiais, estaria inflado.

Pesquisas, no entanto, já demonstraram que há um grande número de subnotificações, o que já foi reconhecido pelo próprio Ministério da Saúde anteriormente.

"Tinha muita gente morrendo por outras causas e os gestores públicos, puramente por interesse de ter um orçamento maior nos seus municípios, nos seus estados, colocavam todo mundo como covid. Estamos revendo esses óbitos", declarou Carlos Wizard.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura do Ipojuca

06/06


2020

"Maior parcela já não está com a doença", diz Bolsonaro

Houldine Nascimento, da equipe do blog

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou o Twitter, hoje, para explicar a inconstância no horário de divulgação de dados sobre o novo coronavírus. O chefe do Executivo tem sido alvo de críticas em razão do atraso do Ministério da Saúde ao repassar as atualizações diárias sobre a doença no Brasil.

Na tentativa de justificar as mudanças nos horários, Bolsonaro chegou a dizer que "a maior parcela [da população] já não está com a doença".

"Ao acumular dados, além de não indicar que a maior parcela já não está com a doença, não retratam o momento do país. Outras ações estão em curso para melhorar a notificação dos casos e confirmação diagnóstica. As rotinas e fluxos estão sendo adequados para garantir a melhor extração dos dados diários, o que implica em aguardar os relatórios estaduais e checagem de dados", escreveu o presidente, em uma série de mensagens.

Ontem, o Brasil registrou 1.005 mortes por Covid-19 e 30.830 novos casos da doença, segundo dados do Ministério da Saúde. Os números também revelaram mais 11.977 pessoas recuperadas.

Ao todo, são 646.006 infectados pelo novo coronavírus no país, com 35.047 mortes. Do total de casos, 288.652 foram curados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/06


2020

Witzel libera futebol, bares e shoppings no Rio

G1

Um decreto publicado no fim da noite desta sexta-feira (5), em edição extra do Diário Oficial, dá início à flexibilização do isolamento no estado do Rio de Janeiro devido ao novo coronavírus.

O texto, assinado pelo governador Wilson Witzel, libera a reabertura parcial de bares, restaurantes e shoppings centers, mas a prefeitura da capital do estado, por exemplo, a ainda não autorizou a reabertura.

A volta do futebol e outros esportes de alto rendimento, desde que sem público, também está autorizada pelo governo.

Em sua rede social, Witzel afirmou que com as medidas de isolamento adotadas até agora, milhares de vidas foram salvas. "Com as medidas restritivas que estabelecemos em 16 de março, e que começam a diminuir a partir deste sábado por decreto, salvamos mais de 46.000 vidas. Vamos seguir no enfrentamento ao Covid-19. E deixaremos hospitais de alta complexidade como legado para os próximos 5 anos", disse o governador.

As medidas foram anunciada no dia em que o RJ chegou a 6.473 mortes por Covid-19 e 63.066 casos confirmados. O estado diz, no entanto, que as decisões foram baseadas em dados que indicam a redução da pandemia no RJ (entenda abaixo).

A partir deste sábado (6), estão autorizados a funcionar pelo Governo do RJ (algumas medidas dependem também dos decretos das prefeituras):

  • Bares e restaurantes, com limite de 50% de sua capacidade (medida só seria permitida na fase 3 da prefeitura);
  • shopping centers e centros comerciais, das 12h às 20h, com limitação de 50% da capacidade, garantindo fornecimento de álcool em gel 70%. As praças de alimentação também podem reabrir, obedecendo ao limite de 50% da capacidade. Áreas de recreação, cinemas e afins, no entanto, permanecerão fechados (medida só seria permitida na fase 2 da prefeitura);
  • Equipamentos e pontos turísticos, como Cristo Redentor e Pão de Açúcar, também estão autorizados a abrir para o público, respeitando o limite de 50% de sua capacidade de lotação.
  • organizações religiosas podem funcionar, desde que seja observada a distância de 1 metro entre as pessoas;
  • parques, para a prática de esportes, desde que não haja aglomeração;
  • atividades esportivas individuais ao ar livre, inclusive em praias e lagoas, preferencialmente próximo à residência;
  • atividades esportivas de alto rendimento, como o futebol, desde que sem público e com os devidos protocolos de higienização (medida só seria permitida na fase 3 da prefeitura);
  • atividades culturais de qualquer natureza no modelo drive-in;
  • feiras livres de produtos de gênero alimentício, com restrições como distância de barracas de 1 metro e disponibilização de álcool 70%;
  • retorno gradual do transporte intermunicipal de passageiros.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

06/06


2020

Tia de Miguel detona Túlio Gadêlha

Na Telinha

Márcia Goldschmidt entrevistou a tia do pequeno Miguel, ontem, pela live da sua conta do Instagram e ela criticou um comentário de Túlio Gadêlha, namorado da apresentadora Fátima Bernardes. O desabafo ocorreu no mesmo dia em que a mãe do menino participou do Encontro pela manhã.

A tia da criança repudiou o posicionamento do deputado federal por Pernambuco. “Mandaram uma postagem pra mim do namorado ou noivo, não sei qual a posição dele relacionada a Fátima Bernardes. Essa postagem ele disse que ‘iludidos são aqueles que pensam que vai ter Justiça por uma família muito tradicional no estado de Pernambuco, que é a família Hacker e a família Corte Real’. Isso me indignou muito, fiquei muito furiosa e logo retornei pra ele”, disparou.

Ela afirmou que enviou uma mensagem para o político e deixou claro que sua família buscará justiça, independente da posição social dos ex-patrões da sua irmã. “Eu disse que iludido seria ele que, pela opinião que ele tem triste, insana de achar que poderíamos recuar ou ter medo pelo nome de um Hacker ou Corte Real, pode ser quem for, a gente não vai recuar. A gente não vai abaixar a cabeça. A gente não vai se calar de jeito nenhum. Pode vir presidente, prefeito”, completou.

Apesar da revolta da tia de Miguel, Túlio Gadêlha explicou que a família não terá facilidade na luta pelos seus direitos, mas não pediu para que eles deixassem de brigar pela punição.

“Se iludem os que acham que a #JustiçaPorMiguel será feita com facilidade. As famílias Corte Real e Hacker são famílias tradicionais da política pernambucana com muito poder e influencia nas instituições. Vocês verão que Pernambuco ainda vive sob o comando de oligarquias familiares”, afirmou o deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

06/06


2020

A pergunta que não quer calar

Não há dúvida de que a morte do garoto Miguel Otávio Santana da Silva poderia ter sido evitada pela primeira-dama de Tamandaré, Sarí Gaspar Côrte Real. A patroa da mãe e da avó do menino, de apenas 5 anos, foi negligente ao deixá-lo sozinho no elevador. Tudo isso enquanto os cachorros de Sarí estavam aos cuidados de Mirtes, mãe do pequeno.

Nos últimos dias, imagens do circuito interno do prédio estão circulando no Brasil inteiro, neste caso de grande comoção. Há uma pergunta que martela até agora na cabeça de muita gente: Por que Sarí não apertou o botão do térreo no elevador, já que a mãe passeava com os cachorros lá?

No vídeo, é possível ver que Sarí Gaspar aperta o botão da cobertura. É um absurdo dentro de tantos absurdos deste triste caso que resultou na morte de Miguel.

Sarí assumiu o risco da tragédia, especialmente se levarmos em conta a lei recifense nº 18.076, em vigor desde 2014, que proíbe crianças menores de 10 anos desacompanhadas em elevador. Tudo isso para que ficasse "em paz" ao fazer as unhas num período de isolamento social em razão da pandemia.

Sarí e o marido, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB), não liberaram Mirtes e a avó de Miguel do trabalho. Pior: contraíram a Covid-19 e, mesmo assim, mantiveram as duas trabalhando.

A sucessão de erros da dupla Sarí e Sérgio não cessa por aqui. Mirtes constava na folha de pagamento da Prefeitura de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, como se fosse servidora da cidade.

Outro fato sem sentido é Sérgio Hacker se dar ao luxo de viver no Recife, a duas horas de distância da cidade de que deveria cuidar. Para isso é que foi eleito.

Indiciada pela Polícia Civil por homicídio culposo, Sarí pagou fiança no valor de R$ 20 mil e responde ao processo em liberdade. Se fosse o contrário, Mirtes não teria recursos para pagar a mesma quantia e permaneceria presa.

Ela também não teria a identidade preservada, como a Polícia fez ao tratar do caso, omitindo o nome de Sarí, mesmo em um momento em que as redes sociais são extremamente ágeis e tudo é descoberto.

Diante disso tudo, ficará Sarí impune? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

06/06


2020

Live em clima de São João

Em um esquenta para o São João, os músicos Dudu do Acordeon, Roberto Cruz e Andrezza Formiga se reúnem, hoje, às 16h, em uma apresentação pela internet. Neste vídeo, Roberto faz o convite para o "Forró Live Show", que será transmitido em seu canal no YouTube.

O endereço é: https://www.youtube.com/robertocruzoficial


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

06/06


2020

Tia de Miguel revela que Sarí foi ao velório

No protesto realizado pela memória de Miguel, ontem, no Recife, a tia do menino, Francicleide Souza, revelou que Sarí Gaspar Côrte Real chegou a ir ao enterro. "Teve cara de pau e foi ao velório", declarou.

Sarí foi autuada em flagrante por homicídio culposo, mas foi liberada após pagar uma fiança de R$ 20 mil e responde ao processo em liberdade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/06


2020

Manifestantes pedem justiça por Miguel

Em ato promovido na tarde de ontem, no centro do Recife, manifestantes pediram justiça para a morte do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos. O protesto teve como destino a frente do prédio de onde o menino caiu.


Durante a ação, o grupo gritou diversas palavras de ordem e fez cobranças para que Sarí Gaspar, que responde em liberdade pela morte do garoto, seja indiciada por homicídio doloso. Assista ao vídeo.
 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

O grito da indignação em forma de poesia

Da beira do Rio Pajeú, que este ano estancou a seca e a água faz o milagre da renascença da caatinga, pelas chuvas abundantes, a poetisa e advogada Mariana Teles, filha do repentista e cantador Valdir Teles, bradou em versos e em alto som a indignação da sociedade brasileira com a trágica morte do garoto Miguel Otávio, de apenas cinco anos, que despencou do novo andar de um prédio luxuoso no Recife.

Uma morte não Severina do canto onde Mariana finca os pés e brota fácil versos do reino encantado, a Grécia nordestina, mas fruto do descaso e do racismo. Da branca que jogou o filho da preta num elevador e o abandonou. E que, para escapar da prisão, meteu a mão no bolso e dele retirou sem sacrifício os R$ 20 mil da fiança. O resto Mariana solta na prosa do protesto e da indignação. Confira!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

PE antecipa pontos do Plano de Convivência com a Covid-19

O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19, apresentado na última segunda-feira, passará por ajustes para as próximas semanas. Parte dos 32 setores que voltarão a operar ao longo das 11 etapas previstas teve o cronograma antecipado ou sofreram alterações nas regras de funcionamento, para contemplar as especificidades de cada segmento. A partir de segunda-feira, além da reabertura do comércio atacadista, a construção civil voltará a funcionar com 50% de seu efetivo em horário livre, e não mais das 9h às 18h, como planejado anteriormente. Shopping centers também poderão oferecer o serviço de coleta por drive thru nos estacionamentos uma semana antes do previsto.

Clínicas e consultórios médicos, odontológicos e veterinários, óticas, clínicas de fisioterapia e de psicologia, que retornarão às suas atividades no próximo dia 10. Antes, as atividades não possuíam data definida. Todas as orientações sobre os protocolos gerais e específicos a serem cumpridos pelas empresas, de forma a evitar a propagação da coronavírus, podem ser acessadas no site oficial www.pecontracoronavirus.pe.gov.br.

A reabertura gradual do varejo para lojas de até 200 metros quadrados funcionará ao mesmo tempo para todo o comércio do Estado, no Centro e nos bairros. Esses estabelecimentos estão autorizados a reabrir a partir do dia 15 de junho. Serviços de venda, locação e vistoria de veículos, que seriam retomados a partir da fase 4.4, também voltarão a funcionar na mesma data.

Salões de beleza e serviços de estética, cujo atendimento estava previsto para começar a partir do dia 15, continuam sem alterações. Esses estabelecimentos precisarão atender um cliente por vez, por agendamento, sem fila de espera e com higienização entre um cliente e outro, além de obedecer ao distanciamento de, pelo menos, 1,5 metro entre clientes. A partir da mesma data também poderão ocorrer os treinos de futebol profissional.

As mudanças são fruto de um diálogo constante com as representações empresariais e estão de acordo com as normas de segurança no ambiente de trabalho, acertadas seguindo orientações do Comitê Socioeconômico de Enfrentamento ao Coronavírus do Governo de Pernambuco. O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19 considera, prioritariamente, a relevância socioeconômica dos setores e os riscos que o retorno de cada atividade pode representar para a saúde da população.

A primeira etapa foi iniciada na última segunda-feira (01.06), com a liberação da operação de lojas físicas de material de construção, seguindo novos protocolos de atendimento, e com funcionamento exclusivamente por delivery do comércio não essencial, que esteve restrito nos 15 dias de intensificação da quarentena.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, há um esforço do Comitê Socioeconômico em ouvir permanentemente as lideranças setoriais para que o plano avance sem ampliar os riscos à população. O restabelecimento escalonado das atividades econômicas e a circulação de pessoas estarão sob avaliação, e o cumprimento do cronograma depende do comportamento das curvas de contaminação e de mortes provocadas pelo novo coronavírus.

Atualmente, um grupo formado por agentes da Secretaria de Saúde de Pernambuco, em parceria com o Laboratório de Imunopatologia Keiso Asami (Lika), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), além do Porto Digital, mantém atualizado o mapa do impacto da pandemia em todo o Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

Detran realiza ação de fluidez no trânsito

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, por meio da Operação Trânsito Seguro, vem realizando ações de fluidez no trânsito nos corredores da Região Metropolitana do Recife. Equipes de agentes de trânsito estão de plantão diariamente nos arredores dos hospitais de referência do Covid-19 e também nos de campanha, com foco de evitar que veículos utilizem os estacionamentos destinados as ambulâncias e demais veículos emergenciais.

Segundo o diretor de Engenharia e Fiscalização do Detran, Sérgio Lins, os batedores do Órgão de trânsito, treinados em fluidez de emergência no deslocamento de ambulâncias, tem como objetivo auxiliar no percurso de socorro. Além disso, agentes da Operação Prevenção “Segundo que salvam vidas” vêm dando apoio as barreiras sanitárias que estão sendo realizadas pelas prefeituras dos municípios de Pernambuco, como também da realização de escolta de veículos que transportam pacientes carentes que fazem hemodiálise. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

Protesto pede justiça por Miguel

Do G1

Manifestantes realizaram um ato público, hoje, no Centro do Recife, para pedir justiça para a morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos. Ele caiu do 9º andar de um prédio na capital, na terça (2), depois que a mãe dele, a doméstica Mirtes Renata, o deixou aos cuidados da patroa, Sari Mariana Côrte Real, enquanto passeava com o cachorro da família. A empregadora foi presa por homicídio culposo, pagou fiança de R$ 20 mil e está respondendo em liberdade.

O ato teve início por volta das 14h, no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), no bairro de Santo Antônio, no Centro. Esse prédio fica na frente do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do estado. As vias da região foram interditadas pela polícia.

Usando máscaras por causa da pandemia do novo coronavírus, alguns manifestantes levavam faixas e cartazes com frases em alusão ao racismo.

Negro, Miguel Otávio estava passando o dia com a mãe, enquanto ela trabalhava na casa do patrão, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker. O município fica distante cerca de 110 quilômetros do Recife, no Litoral Sul do estado.

“Vidas Negras importam”, “Crime burguesia branca” e “Cinco unhas valem mais do que cinco anos de um preto” estampavam os cartazes.

Essa última frase é uma alusão ao fato de que Sari Côrte Real estava com uma manicure, fazendo as unhas, no apartamento, quando deixou Miguel entrar no elevador e apertou o botão do último andar, para que o menino fosse procurar a mãe.

"Vidas negras importam" é uma frase usada por movimentos em vários países, sobretudo, após o assassinato de George Floyd, em Mineápolis, nos Estados Unidos. Esse crime provocou uma série de atos e confrontos com a polícia naquele país.

Os manifestantes seguiram pela Rua do Imperador Dom Pedro II e foram em direção ao Condomínio Píer Maurício de Nassau, que fica cerca de um quilômetro distante do ponto inicial do ato.

Foi lá nesse conjunto, conhecido como "Torres Gêmeas" que Miguel caiu de uma altura de 35 metros, segundo a perícia feita na terça-feira.

Por volta das 14h, já havia pessoas na frente do edifício segurando rosas para serem colocadas no local do acidente. Um carro de vigilância privada também estava estacionado.

As "Torres Gêmeas" ficam na frente do 16 º batalhão da Polícia Militar de Pernambuco. Faixas prestas foram colocadas na fachada do prédio, simbolizando luto pela morte de Miguel Otávio.

Os manifestantes se ajoelharam em frente às "Torres Gêmeas" e gritaram, novamente, que “não foi um acidente”. Eles disseram que se ajoelharam em frente ao local onde ocorreu “um assassinato”.

O pai de Miguel, Paulo Silva, disse não conseguir sequer conceber o tamanho da dor de perder o filho. “Miguel era tudo na nossa vida. Eu espero nada mais que justiça. Sequer cheguei a conhecer a mulher que é responsável por tirar a vida do meu filho”, disse.

A avó de Miguel, a também empregada doméstica Marta Alves, se emocionou ao ver a presença de centenas de pessoas pedindo justiça pelo neto, em frente ao antigo local de trabalho.

“Eu creio que a justiça vai ser feita. Eu clamo por justiça. Eu fiquei muito emocionada ao chegar aqui e ver tanta gente. Ela vai ter que explicar por que Miguel foi para o elevador”, declarou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

Feitosa abre na segunda lives sobre Recife

Paralela às lives nacionais, que acontecem às terças e quintas, o blog inicia, na próxima segunda-feira, as entrevistas com os pré-candidatos a prefeito do Recife. Por ordem de sorteio, coube a Alberto Feitosa, do PSC, dá o start. Na pauta, os principais problemas que a cidade enfrenta e as propostas que os postulantes vão apresentar em seus programas de Governo. Será às 19 horas pelo Instagram do blog. Se você ainda não segue, anote o endereço: @blogdomagno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2020

Um luto a cada minuto

Por Heron Cid

A capa da Folha de São Paulo desta sexta foi uma peça jornalística a ser guardada nos arquivos da história e da imprensa brasileira.

O periódico exibiu ao centro de sua primeira página um texto sobre último boletim oficial do coronavírus do Brasil cuja leitura é de 60 segundos, tempo médio de cada morte nas últimas 24 horas no Brasil.

Foram 1.473 mortos pela nova doença. Uma tragédia em todos os pontos de vista.

Brumadinho teve 254 vítimas. O rompimento de Mariana matou 19. E comoveram o Brasil.

Quanto mais agora que temos 34 mil enterrados na pandemia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores