Cabo Agosto 2021

22/12


2015

Socialista, prefeita anfitriã é contra afastamento de Dilma

Anfitriã da agenda presidencial em solo pernambucano, a prefeita de Floresta, Rorró Maniçoba, embora filiada ao PSB, que deve formalizar apoio ao impeachment, afirmou, há pouco, ao blog, que é contra o impedimento da presidente Dilma. “Não enxergo nenhum crime que ela tenha cometido”, afirmou, adiantando que o impeachment pode levar o País a uma situação bem pior.

“Contrario a tese de Tiririca. Acho que fica pior”, disse Rorró, que vai ter direito a fala na solenidade de inauguração da segunda estação de bombeamento da Transposição, no meio da tarde, aqui em Floresta. Na sua fala, a prefeita vai pedir que o Governo assuma os custos dos projetos de irrigação em toda a extensão em que passará a Transposição no município. “Temos 20 mil km de terras férteis e precisamos das condições para irrigar”, afirmou.

Segundo a prefeita, pela estação de bombeamento que será entregue hoje pela presidente, a água poderá chegar a cinco grandes barragens no município e perenizar também o legendário Riacho do Navio, decantado por Luiz Gonzaga e imortalizado em uma das suas canções. Maniçoba vai entregar um documento a Dilma assinalando que a irrigação dessa área seria a grande saída econômica para Floresta.

“Se isso vier a se concretizar, Floresta pode ser uma nova Petrolina”, adianta a prefeita. A presidente Dilma chegará ao município por volta das 15 horas em companhia de três governadores, o anfitrião Paulo Câmara (PE), Ricardo Coutinho (PB) e Camilo Santana (CE). Chega no momento em que a seca esturricou todos os reservatórios, mas a cidade de Floresta tem águas nas torneiras graças a uma adutora construída na gestão do ex-governador Paulo Câmara.

Na contramão da prefeita anfitriã, o prefeito de Petrolândia, Lourival Simões, se posicionou favorável ao impeachment da presidente Dilma. “O País chegou a um estágio tão degradante de corrupção e indecência que não dá mais para conviver com uma presidente que não governa, que perdeu todas as condições e o respeito do povo brasileiro”, disse Simões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina Julho 2

Confira os últimos posts



28/08


2013

Empresa particular provocou apagão, diz Chesf



O apagão que atingiu o Nordeste do país na tarde desta quarta-feira (28) foi provocado por uma empresa particular de energia elétrica, afirmou o gerente da Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco) no Piauí, Airton Feitosa.

''A falta de energia não ocorreu no sistema da Chesf, mas por uma empresa particular durante o pico de alto intercâmbio de energia para o Nordeste'', afirmou.

Apagão gera transtornos por toda a região Nordeste

O gerente comparou o problema a uma ''freada brusca'' em um carro. ''É como você estar acelerando a 110 km/h e dar uma freada brusca. Duas linhas de transmissão de 500 kV apresentaram problemas'', afirmou.

Segundo ele, a energia já estava voltando em todos os bairros de Teresina por volta das 17h.

A direção da Eletrobras no Piauí divulgou nota se eximindo de responsabilidade pela interrupção do fornecimento de energia.

''A causa está sendo diagnosticada pela Chesf, que deverá se posicionar sobre essa falta de energia'', diz a nota da Eletrobras, que tem mais de um milhão de clientes no Piauí.

O apagão começou por volta das 15h e afetou os nove Estados do Nordeste.

Aos poucos estava sendo retomada também em Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE), João Pessoa (PB) Maceió (AL). Em Natal (RN), a luz voltou por volta das 16h50, mas dez minutos depois caiu de novo. Na capital da Paraíba, a Polícia Militar pede para as pessoas permanecerem em suas casas.

Segundo as distribuidoras de energia nos Estados, a luz está sendo reestabelecida aos poucos, para que a rede não fique sobrecarregada e ocorra um novo apagão nas cidades.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) informou que foi comunicada da falha, considerada internamente como de ''grandes proporções''.

A agência foi informada pelo ONS (Operador Nacional do Sistema) de que a transmissão de energia na região caiu de 10 mil megawatts para mil megawatts, ou seja 10% do nível normal.

O Ministério de Minas e Energia também está apurando as causas dos problemas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

André Rafael

A Chesf falou, falou e apenas enrolou. Cada um que tire o seu da reta agora. A Chesf foi a primeira. Vai terminar como nos outros apagões: a culpa foi do consumidor ou de São Pedro. Uma vergonha!!!!


Pousada da Paixão

28/08


2013

Caruaru ainda às escuras

Caruaru, a maior cidade do interior pernambucano, ainda está às escuras. Só 5% do sistema de energia voltou a funcionar. No Recife, ainda tem bairros enfrentando escuridão. Em Arcoverde, a energia voltou nesse instante.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Muro de Arrimo

28/08


2013

Operadoras de São Paulo sofrem prejuízo com o apagão

Os clientes da Telefônica Vivo e da TIM em São Paulo enfrentaram problemas para utilizar os serviços de voz e dados devido à falha no fornecimento de energia na região Nordeste.

Segundo a Vivo, os Estados afetados são Bahia, Sergipe, Pernambuco, Ceará, Piauí (em parte), Alagoas, Rio Grande do Norte e Paraíba.

 A TIM não informou que locais foram afetados e disse apenas que "alguns clientes da região poderão encontrar dificuldades para utilizar os serviços".

A Vivo informou, por meio de nota, que "mesmo com o acionamento de geradores de energia e baterias da operadora, os clientes podem ter problemas para fazer e receber ligações e acessar a internet", informou.

As duas empresas declararam que as equipes técnicas estão trabalhando para restabelecer os serviços nas áreas afetadas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/08


2013

Apagão ainda resiste em cidades do Interior

A energia foi restabelecida em todas as capitais do Nordeste do país, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O operador diz que ainda pode haver falta de energia, no entanto, nas cidades no interior. O ONS diz ainda não saber a extensão do problema nem a causa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru Novas Creches

28/08


2013

Causa do apagão pode ter ligação com a Eletronorte

EXCLUSIVO

A causa do apagão no Nordeste pode ter sido na linha de transmissão Presidente Dutra, da Eletronorte, que tem parceria com a Chesf, entre os municípios de Colinas, no Tocantins, e Ribeiro Gonçalves, no Piauí, segundo o blog apurou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

28/08


2013

Aeroporto de Salvador ficou às escuras

Do G1 BA

Saguão do aeroporto fica sme luz na tarde desta quarta em Salvador (Foto: Riad / Arquivo Pessoal)
 
Saguão do aeroporto fica sem luz na tarde desta
quarta em Salvador (Foto: Riad / Arquivo Pessoal)

Grande parte da Bahia ficou sem luz na tarde desta quarta-feira (28), segundo informações da Companhia Elétrica do Estado da Bahia (Coelba). A queda de energia aconteceu por volta das 15h.

Ainda segundo a Coelba, a empresa não tem como resolver o problema, já que a responsabilidade é Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf).

O superintendente de Operação da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), João Henrique Franklin, confirmou ao G1 a queda de energia no Nordeste. O problema foi observado por volta das 15h. O superintendente informou que está fazendo o diagnóstico do ocorrido.

No estado foi registrada a falta de energia em cidades da região sul, oeste, sudoeste, norte e sudeste. Na Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, os estudantes foram liberados.

Na capital baiana, as lojas dos dois maiores shoppings da cidade, o Iguatemi e o Salvador, fecharam as portas por algumas horas. Por volta das 16h40, os lojistas voltaram a funcionar normalmente. No Polo Petroquímico, localizado na região metropolitana de Salvador, algumas fábricas evacuaram as unidades por medida de segurança.

O Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães opera com gerador. Todos os semáforos da capital foram desligados e de acordo com informações da Transalvador, alguns locais da cidade estão congestionados.

Foi registrada falta de energia nos estados do Piauí, Alagoas, Ceará, Sergipe, Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

28/08


2013

Presidente da Chesf é convocado por Dilma

O presidente da Chesf, João Bosco de Almeida, acaba de embarcar para Brasília. Foi chamado às pressas pela presidente Dilma para dar explicações sobre o apagão, que atingiu o sistema Chesf, já que dos Estados nordestinos apenas o Maranhão, que não é servido pelo sistema Chesf, escapou do blecaute.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/08


2013

Nem o Operador Nacional sabe o que aconteceu

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) ainda não sabe a extensão do problema nem a causa. Segundo o superintendente de Operação da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), houve uma queda de energia no Nordeste.

Vale este queda de energia (Foto: Editoria de Arte/G1)

"Não sabemos o que está acontecendo, não tem informação nenhuma, ainda estamos apurando, estamos verificando tudo isso. Está havendo (o apagão) e está sendo restabelecido (o serviço)", disse Edson Afonso, assessor especial do Operador Nacional do Sistema (ONS).

Segundo o superintendente de operação da Chesf, João Henrique Franklin, houve queda de energia no Nordeste, e foi registrada falta de energia no Piauí, Paraíba, Alagoas, Ceará, Sergipe, Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

O problema foi observado por volta das 15h desta quarta-feira (28). O superintendente informou que está fazendo o diagnóstico do ocorrido na Central de Operações da Chesf, que fica no Recife.

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) apenas confirmou que falta energia em todo o estado, mas ainda não tem detalhes sobre o caso.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que o metrô está parado na Região Metropolitana do Recife. Pessoas relatam nas redes sociais que os semáforos da capital não funcionam.

A Infraero informou que o Aeroporto Internacional Gilberto Freyre/Guararapes, no Recife, está funcionando.

No ano passado

Em 2012, a região Nordeste enfrentou apagões em setembro e outubro. Em 22 de setembro, segundo o ONS, um problema nas interligações Sudeste/Norte e Sudeste/Nordeste, atingiu o fornecimento de energia elétrica em parte da região Nordeste do país.

Em outubro, outra ocorrência afetou os nove estados do Nordeste do país no final da noite do dia 25 e início da madrugada do dia 26.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/08


2013

Apagão chega ao fim, mas Governo ignora causas

Um apagão atingiu por uma hora todo o Nordeste no início da tarde desta quarta-feira (28). Faltou energia em Teresina, Salvador, Fortaleza, Recife, Maceió e Natal, entre outros municípios.

A energia faltou por volta das 15h15 e voltou há pouco. A Coelce (Companhia Energética do Ceará) diz ainda não ter informações sobre quantos municípios foram afetados pelo apagão e que está apurando as causas.

A Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia) confirmou a queda de energia no Estado, e informou que ainda apura a extensão da falha.

Um executivo da Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco) disse à Folha que o apagão atingiu várias cidades do Nordeste e que a companhia ainda está avaliando a extensão do problema.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) já foi comunicada da falha, mas informou que ainda não tem detalhes sobre o apagão.

O Ministério de Minas e Energia também está apurando as causas dos problemas.

No ano passado, as falhas no fornecimento de energia fizeram o ministro Edison Lobão (Minas e Energia) vir a público para tranquilizar a população.

Segundo ele, não haverá racionamento de energia elétrica no país "nem agora, nem nunca mais".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Zé mané

Ainda não voltou no interior.

Zé mané

Ainda não voltou no interior.



28/08


2013

Mais um apagão no Nordeste

O Nordeste está às escuras desde às 15 horas. O apagão atingiu praticamente todas as capitais nordestinas. No Recife, o blecaute é geral.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Diego da Silva Araújo

É um absurdo nos dias de hoje o metrô parar por falta de energia!

Adilson

Depois do apagão de FHC, blackout é fichinha. Esqueceram o racionamento, foi???



28/08


2013

Artigo especial

Tudo por dinheiro
*Heitor Scalambrini Costa

Em recente visita a microrregião de Itaparica, aos municípios de Floresta, Belém do São Francisco, Petrolândia e Itacuruba, pude constatar, a completa falta de informação das respectivas populações sobre a provável instalação de uma usina nuclear na região.

A visita, que contou com o apoio da Diocese de Floresta, através do Movimento Cultura de Paz, teve o objetivo de levar informações sobre a energia nuclear, a radioatividade, os efeitos da radiação, o que é uma usina nuclear e como funciona, os riscos de acidentes e a situação desta fonte energética no mundo e no Brasil.

Além de haver uma discussão sobre outras fontes de energia, em particular aquelas encontradas na natureza, que poderiam atender a demandas energética destas populações.

Foram realizadas rodas de diálogo nos quatro municípios com a presença de educadores, religiosos, políticos, representantes da sociedade civil organizada, movimentos de jovens, representantes de grupos quilombolas e indígenas. Amplo material de divulgação foi distribuído aos participantes, desde cartilha explicativa, cordéis, e-books com artigos sobre a questão nuclear e panfletos.

Como resultado das conversas, foram definidas, em cada cidade, ações que serão desenvolvidas no intuito de mais e mais pessoas se incorporarem ao debate sobre a instalação da usina nuclear, assunto de grande importância para o destino dos moradores das cidades e do campo daquele território.

O trabalho planejado durante estes reuniões se dará essencialmente na divulgação pelas redes sociais, em ações nas escolas estimuladas pelos educadores, na distribuição de material informativo aos membros das associações de moradores, associações de pescadores, comerciantes, nas aldeias indígenas e nas comunidades quilombolas.

O que se espera de toda esta movimentação é que as populações se envolvam neste debate, e, como resultado, formem opinião sobre a decisão unilateral tomada de se instalar a usina nuclear. Espera-se que sejam ouvidos e tomem em suas mãos a responsabilidade de aceitarem ou não esta instalação industrial para produzir energia elétrica.

O que não se pode mais aceitar e nem admitir são que decisões sejam tomadas à revelia, sem a participação dos principais interessados.

Por outro lado, nestas reuniões, o que era esperado aconteceu. Mesmo convidada, a classe política não esteve presente, e quando alguns de seus membros compareceram, foi de maneira não participativa nos debates. O que se percebe nesta atitude é que fogem da discussão pública. Evitam se comprometerem, e nem emitem suas opiniões publicamente. Todavia, à surdina, conspiram para a vinda da usina nuclear para a região, apoiando interesses pessoais em detrimento do interesse público, da coletividade, das comunidades.

Também nesta viagem, tornou mais claro o interesse econômico envolvido com a construção da usina nuclear no município de Itacuruba. A área pré-selecionada a beira do Rio São Francisco possui diversos proprietários em todo seu entorno. A maior propriedade em extensão pertence a parentes de um ex-prefeito.

Estivemos com um dos outros proprietários de terras na região (possui uma gleba de 130 ha), que nos informou já ter sido procurado pelo ex-prefeito interessado em comprar suas terras, como também de outros proprietários que teriam sido procurados para este fim.

Verifica-se nesta movimentação o interesse de tornar-se o único proprietário das terras e, assim, poderem ser negociadas e muito bem indenizadas pelo Governo Federal, caso a usina nuclear seja implantada na região. Também para valorizá-las, o ex-prefeito, na sua gestão, obteve recursos do Ministério da Integração Nacional/Codevasf para a implantação e pavimentação de uma rodovia vicinal até estas terras, chegando bem próximo a Fazenda Jatinã (local pré-selecionado para a implantação da usina nuclear).

Esta rodovia, um trecho da PE-422, atravessa terras da Aldeia Pankará e comunidades quilombolas. Por exigência da comunidade indígena, licenças para esta rodovia nunca foram apresentadas e as obras foram paradas. Os recursos públicos destinados para esta rodovia foram de R$ 13.488.205,55.

O discurso proferido por este político na defesa intransigente da usina nuclear, caminha no sentido que a usina trará impactos econômicos importantes para a região, e como consciência, o desenvolvimento e o progresso tão almejado pelos habitantes.

Este discurso, recorrente, já que utilizou os mesmos argumentos quando prometeu e não cumpriu o Observatório de Itacuruba, aponta na geração de emprego e renda para a população. Todavia, esconde de fato o mero interesse pessoal, em detrimento ao da coletividade, que sofrerá os impactos e o estigma que esta construção trará aos moradores do seu entorno.

Em verdade, o que tem movido a defesa desta obra na região, por alguns que exerce grande influencia junto às populações pelo fato ocuparem (ou já ocuparam) cargos públicos na política local, são os benefícios financeiros que receberão com a implantação desta obra.

Esta situação se verifica quando defensores do modelo predatório de desenvolvimento em curso no Estado, com obras como da instalação de uma indústria de petróleo e gás, termoelétricas a combustíveis fósseis, construção de estaleiros, de indústrias altamente poluentes no Complexo de Suape; locupletam-se financeiramente.  Afinal é tudo por dinheiro.

*Professor da Universidade Federal de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores