Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

23/09


2012

Briga política em casa: irmãos não se falam há 6 anos

DO DIARIO DE PERNAMBUCO
 
 
Na família do ex-vereador Moacir André Gomes, os irmãos Vicente e Renata não se falam há seis anos. O motivo central do desentendimento é a briga política. Vicente André Gomes (PSB) está no sexto mandato de vereador do Recife e tenta renová-lo. Já Renata Gomes (PR) assegura que entrou na disputa por discordar do irmão para se manter no poder. Os dois têm como base central o bairro de Casa Amarela.

Renata conta que desde 2004 tenta ingressar na política, mas as questões familiaraes sempre impediam. “Vicente não vem honrando o legado do meu pai. Politicamente não concordo com a maneira dele fazer política. Respeito ele, mas acho que agora é a minha vez”, ressaltou. O vereador, por sua vez, alega que a candidatura da irmã surgiu sem entendimento familiar, mas que a renovação do seu mandato não se trata de uma capitania hereditária.

“Tenho o apoio de meu pai. Ele deixa claro no guia eleitoral que o candidato da família sou eu. A vontade popular é que vai definir”, enfatizou. Renata rebate o irmão, ressaltando que seu pai se encontrou com ela, em Casa Amarela, e disse que, se pudesse, pediria voto para os dois. “Sou filha de Moacir André Gomes e ele faz questão de dizer isso”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jose Valter

Além desse caso, há outros tantos casos de nepotismo familiar na política, com certeza a maioria absoluta deveria continuar em casa com sua familia, esperamos que o eleitor não caiam nessa, todos prá casa.

DIOGENES HOVSEPIAN

Briga de quadrilha!!!!!!!! um 38 na mão de cada um....

Pedro Araújo

Isso chama-se sede de poder. Essa família deve ter esquecido de combinar com o eleitor. No Brasil é assim, na política é de pai pra filho como disse a Renata. Ter uma profissão é sempre bom, a dessa família a profissão é: MANDATO = Salário fácil.

roberto lima

Caberia a ele (Vicente) mostrar o seu trabalho. Certamente é o que os eleitores dele esperam.Prestação de contas!!!


O Jornal do Poder

Confira os últimos posts



19/01


2021

Alepe debate regras para grávidas e lactantes em concursos

Mães de crianças com até 6 meses de idade terão direito a amamentá-las durante provas de concurso público realizadas pela administração estadual, caso o Projeto de Lei nº 1678/2020, de iniciativa do deputado Gustavo Gouveia (DEM), seja aprovado.

A proposta, que é tema de enquete no site da Alepe, também proíbe a eliminação de gestantes em avaliações físicas unicamente por motivo de gravidez.

O texto propõe alterações na Lei Estadual nº 14.538/2011 a fim de estabelecer essas e outras regras de proteção às candidatas gestantes e lactantes. Ficaria expressamente proibido, assim, o tratamento discriminatório nessas seleções públicas.

Para o autor, “a medida coaduna-se com os preceitos consagrados na Constituição Federal, notadamente com o direito à isonomia e a proteção à maternidade”, conforme a justificativa apresentada.

O intervalo para amamentar deverá ser solicitado previamente aos responsáveis pela organização do concurso público. Se o pedido for aceito, a candidata deverá indicar um acompanhante, que terá acesso ao local das provas e ficará com o recém-nascido em uma sala reservada para essa finalidade.

A amamentação poderá ocorrer sempre que necessário, por períodos de 30 minutos, e o tempo despendido pela lactante será compensado durante a realização da prova. Segundo Gouveia, a proposta busca “resguardar o bem-estar da criança e a tranquilidade da própria mãe”.

Já as gestantes poderão, se desejarem, remarcar provas de avaliação física, desde que comprovem o estado de gravidez por meio de atestado ou declaração médica. Nesse caso, o teste deve ocorrer, pelo menos, 120 dias após o parto, não superando o prazo máximo de 1 ano a contar dessa data. O projeto de lei ainda prevê penalidades em caso de falsidade ao atestar gravidez.

A enquete oferece três opções de resposta aos internautas. A consulta estará disponível no site da Alepe (www.alepe.pe.gov.br) até o fim de fevereiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

19/01


2021

Floresta recebe seu lote de vacinas contra a Covid-19

Na manhã de hoje, o município de Floresta recebeu o seu lote de vacinas contra a COVID-19. A prefeita, Rorró Maniçoba, que se encontra em Recife, em reunião no Palácio das Princesas, designou a missão à secretária de Saúde, Juliana Araújo, que se desloucou até Serra Talhada, onde recebeu as vacinas da IX GERES e retornou com as doses que irão imunizar a população.

A primeira pessoa a ser vacinada já foi escolhida, o enfermeiro Carlão preenche os requisitos, por ser da área da saúde, pela idade e por ter comorbidade. O ato acontecerá ainda hoje, no hospital Álvaro Ferraz.

“Esse dia tão esperado, finalmente, chegou! Floresta está pronta para receber as vacinas e, de imediato, iniciar a imunização da população. A vacinação seguirá, rigorosamente, o esquema determinado pelo Ministério da Saúde, sem privilégios”, ressaltou Rorró.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/01


2021

Matricó amanhã no Janeiro de Grandes Espetáculos

Dentro da programação do Janeiro de Grandes Espetáculos, o sertanejo Paulo Matricó irá apresentar o “Pajeú das Flores” e sua poesia no espetáculo “Pajeú de Cantoria e Contações”. A apresentação será amanhã, dia 20/01, às 20h, no Teatro de Santa Isabel. Matricó apresenta o show acompanhado por Greg Marinho.

Para adquirir o ingresso do “Pajeú de Cantoria e Contações” basta clicar neste link: http://www.janeirodegrandesespetaculos.com/2021/eventos/pajeu-de-cantoria-e-contacoes-paulo-matrico/


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/01


2021

Arcoverde recebe primeiro lote de vacinas contra a Covid

Na manhã de hoje, o prefeito de Arcoverde, Wellington Maciel, acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, Dr. Álvaro Neves, esteve na sede da VI GERES (Gerência Regional de Saúde), onde participou da entrega do primeiro lote de vacinas pelo Governo do Estado, para início da primeira dosagem contra a Covid-19 no município.

O Programa de Vacinação, que ainda vai começar em Arcoverde, promove a aplicação em profissionais da saúde no município e posteriormente será disponibilizado para os outros grupos prioritários (profissionais da Educação, pessoas idosas e pessoas com comorbidades), de acordo com os critérios do Plano de Ação Estadual de Imunização contra a Covid-19.

“Este é um momento de grande importância na luta contra o novo Coronavírus em Arcoverde. Fico muito feliz em testemunhar o início e por verificar todo o empenho das equipes de saúde do nosso município”, ressaltou o gestor municipal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

19/01


2021

Técnica de enfermagem é 1ª pessoa vacinada em Caruaru

A primeira pessoa vacinada em Caruaru foi a técnica de enfermagem Manuella Auxiliadora Vasconcelos. Ela tem 34 anos e trabalha na UTI do Hospital Municipal Manoel Afonso. Há 7 anos, atua na rede municipal de saúde e há 1 ano e 6 meses no HMMA. As informações são do Blog Cenário.

As doses chegaram ainda na madrugada de hoje, na sede da IV Geres, de onde estão sendo distribuídas para os 32 municípios que fazem parte dessa Gerência Regional em Saúde. Cerca de seis mil doses foram disponibilizadas neste primeiro momento, o que resultará em 2.964 pessoas vacinadas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/01


2021

PE inicia vacinação no Hospital de Referência em Boa Viagem

Unidade com maior número de leitos exclusivos para casos do novo coronavírus, o Hospital de Referência à Covid-19 Unidade Boa Viagem (antigo Hospital Alfa) começou, hoje, a vacinar seus profissionais. O Hospital conta atualmente com 1.309 funcionários, sendo 1.225 aqueles que atuam na assistência direta nas enfermarias e UTIs. Prestigiando o ato, o governador Paulo Câmara agradeceu a todos os profissionais de saúde que estão na linha de frente na unidade desde o início da pandemia, se dedicando a salvar vidas.

“Temos ainda uma longa trajetória, mas estamos muito felizes por tudo que conseguimos avançar até este momento, onde iniciamos uma nova fase com a vacinação. Pernambuco está pronto para cumprir todas as etapas com o planejamento que já fizemos e, ao mesmo tempo, com toda determinação que temos para cuidar das pessoas como estamos fazendo desde o início dessa pandemia”, disse Paulo Câmara.

A vacina chegou ao Recife na noite da segunda-feira e a campanha foi iniciada logo em seguida. “A distribuição das vacinas está ocorrendo e, até às 14h de hoje, todas as Gerências Regionais de Saúde já terão recebido a vacina. Esse processo começou, mas não podemos descuidar em nenhum momento. Vamos usar máscara, manter o distanciamento social e a população pode ter certeza de que não vamos descansar enquanto não cumprirmos as etapas do Plano Nacional de Imunização”, concluiu o governador.

Funcionando hoje com 100% de sua capacidade, o antigo Hospital Alfa tem 270 leitos ativos, sendo 150 de enfermaria e 120 de UTI. O equipamento foi requisitado administrativamente pelo Governo de Pernambuco em março e, em tempo recorde, a estrutura passou por ampla reestruturação e abriu as portas no dia 15 de abril, atuando de forma dedicada à atenção aos pacientes com a Covid-19. Pela unidade passaram, de abril até agora, 4.018 pacientes, dos quais 2.650 já tiveram alta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

19/01


2021

De olho no julgamento das Prestações de Contas

Por Diana Câmara*

As eleições municipais passaram, mas a responsabilidade de quem disputou a eleição ainda não acabou. Ainda falta acompanhar o julgamento da prestação de contas pela Justiça Eleitoral que pode aprovar, aprovar com ressalvas ou reprovar as contas do candidato. Nas duas últimas hipóteses pode haver decisão pela devolução de algum recurso gasto ou recebido de forma indevida. Lembrando que prestar contas não é um privilégio dos eleitos, mas obrigação de todos que disputaram o pleito como candidatos.

Esta foi a primeira eleição municipal em que circulou dinheiro público oriundo de fontes públicas de financiamento de campanhas, os fundos eleitoral e partidário.

Um fato, no mínimo interessante, é que cerca de R$ 1,7 milhão foi repassado a candidatos a prefeito que concorriam sozinhos em 2020 e que, portanto, só precisavam de um voto válido para se eleger. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, a eleição municipal de 2020 contou com 106 candidaturas desse tipo, das quais 68 foram agraciadas com recursos públicos, um deles é prefeito reeleito de município do sertão de Pernambuco. Todavia, independente de ter tido concorrente ou não, as contas de campanha de todos os candidatos serão julgadas pela Justiça Eleitoral.

Por oportuno, voltando para a regra geral, caso a JE encontre gastos indevidos, como, por exemplo, extrapolamento do limite de gastos ou o recebimento de fonte vedada, o candidato será compelido a ressarcir os cofres públicos no mesmo montante irregular. Vale lembrar que as sanções também podem incidir para quem quis ajudar fazendo doação e doou acima do limite de 10% do que foi declarado no Imposto de Renda do ano anterior. Neste caso, o doador responderá um processo judicial e poderá ser condenado a pagar multa no valor doado acima do permitido, ou seja, no montante do que extrapolou. É, como prevê um famoso dito popular, “quem gasta errado, gasta dobrado”.

Para os eleitos, a análise e julgamento das contas dos eleitos devem ser concluídas nos próximos dias em face do prazo estipulado na legislação (12 de fevereiro).

*Advogada especialista em Direito Eleitoral e em Direito Público. Membro da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Nacional. Ex-Presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/PE. Ex-Presidente da Comissão de Direito Municipal da OAB/PE. Ex-Presidente do IDEPPE - Instituto de Direito Eleitoral e Público de Pernambuco. Membro fundadora da ABRADEP - Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/01


2021

1º lote de vacinas da covid-19 chega a Petrolina hoje

Petrolina está prestes a iniciar a vacinação contra o coronavírus. Após se reunir com o comitê de enfrentamento ao coronavírus, o prefeito Miguel Coelho anunciou que o primeiro lote de vacinas chega hoje à Petrolina. As doses serão transportadas, na madrugada, pelo Governo de Pernambuco para distribuição aos municípios da região do Vale do São Francisco.

O total de vacinas repassado para Petrolina só será divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado nesta terça. Mas, segundo o prefeito, assim que o material estiver em Petrolina, será iniciada, imediatamente, a vacinação com prioridade para os profissionais de saúde e pessoas atendidas por abrigos de idosos.

A estrutura de abastecimento, conservação e as equipes de saúde já estão prontas para o início da campanha de imunização em Petrolina. "Independente de quantas doses chegarem, vamos começar a vacinação imediatamente. Começaremos pelos profissionais de saúde e idosos das casas de acolhimento. É uma boa notícia que renova nossa esperança e mostra que o planejamento de Petrolina está no rumo certo para que possamos vencer juntos esse vírus", disse o prefeito após a reunião.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/01


2021

Técnica de Enfermagem é a 1º pessoa vacinada em PE

Um momento histórico, que reacende a esperança dos pernambucanos. A técnica de Enfermagem Perpétua do Socorro Barbosa dos Santos, de 52 anos, foi a primeira pernambucana vacinada contra a Covid-19 no Estado. O ato aconteceu ontem, no auditório da faculdade de Ciências Médicas do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), em Santo Amaro, no Recife. As 270 mil doses da CoronaVac – Instituto Butantan chegaram à capital às 19h40, vindas de São Paulo, e seguiram para a sede do Programa Estadual de Vacinação, no bairro de Casa Amarela, onde foram separadas para serem enviadas às 12 Gerências Regionais de Saúde do Estado nas próximas 24 horas.

“É um momento histórico, que vai ficar marcado nas nossas mentes. É fruto de um trabalho de articulação que, hoje, se torna realidade no Brasil e em Pernambuco. Mas sabemos que ainda precisamos de definições sobre os próximos lotes de vacina a serem enviadas aos Estados e municípios brasileiros. Isso faz parte do Plano Nacional de Imunização e temos que ter esse plano na sua completude, com prazos e datas, para que a gente possa vacinar todos”, afirmou Paulo Câmara, após o ato de imunização.

O governador também agradeceu às pessoas que, desde o início, ainda em março de 2020, têm se dedicado a salvar vidas, sobretudo os profissionais de saúde, e reforçou que, embora esse momento seja fundamental, é importante que a população continue mantendo os cuidados necessários. “Ainda precisamos usar máscaras, manter o distanciamento social e sempre higienizar as mãos”, disse, complementando que é preciso ter um pouco mais de paciência até que todos sejam vacinados. “Precisamos ter respeito à vida do outro até vacinarmos todos os pernambucanos e, assim, continuar incansavelmente salvando vidas”.

Há 30 anos trabalhando no HUOC, Perpétua dos Santos sempre quis atuar na área da saúde para “ajudar as pessoas a diminuírem seus sofrimentos”. Ela, que sempre lidou com pacientes com tétano, leptospirose e HIV, contou que viveu “dias de guerra” nos últimos meses, devido à pandemia da Covid-19, e que o medo de pegar a doença bateu por diversas vezes enquanto trabalhava para salvar vidas. “Não tínhamos tempo para pensar em nada. Eu arrisquei a minha vida para salvar a de milhares de pessoas”, afirmou a profissional, ao lembrar do tratamento com os inúmeros pacientes. Após receber a primeira dose do imunizante, Perpétua se disse esperançosa com um novo tempo que se inicia a partir da vacinação. “Estou animada, ansiosa e feliz. Para mim, é uma vitória. Vitória dos pernambucanos e dos brasileiros”, concluiu.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, reforçou o dia histórico marcado pela chegada da vacina e o início da imunização dos pernambucanos. “Este dia deverá ser um divisor de águas para o enfrentamento da pandemia em nosso Estado, e certamente mudará o curso da doença em Pernambuco”, previu Longo, destacando que a chegada da CoronaVac – Instituto Butantan simboliza a importância do papel da ciência e da tecnologia no País. “Sempre apostamos na ciência e no acompanhamento do processo com muita disposição e força por parte de toda a equipe liderada pelo governador Paulo Câmara. Então, este momento nos deixa emocionados”, comentou.

Além de Perpétua dos Santos, também foram vacinados a auxiliar de farmácia Wanessa Correia, o técnico de laboratório Marcos Alexandre Correia, a enfermeira de UTI Joyce Mendes, o nutricionista Rodrigo Silveira, a fisioterapeuta Thatiana Vasconcelos, a enfermeira de saúde indígena Penha Atikum – da etnia Atikum – e o médico da UTI pediátrica José Carneiro Leão Filho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/01


2021

Economia chinesa: Fatos e reflexões

Por Rodrigo Moses A. Plácido*

O desempenho da economia chinesa nas últimas décadas, independente da bagagem ideológica daquele que a analisa, é notável – isso é fato. Afinal, basta uma breve comparação da evolução do PIB chinês com o de países semelhantes – como os outros membros do BRICS – para perceber a discrepância.

Entretanto, atribuir o bom desempenho da economia chinesa à direção do Partido Comunista Chinês, supondo uma economia centralmente planejada, não condiz com a realidade dos fatos.

Quando Mao-Tse Tung estava no poder, o Partido Comunista Chinês (PCCh) implementou o “Grande Salto para Frente” O plano pretendia transformar a República Popular da China, de uma nação atrasada, em uma economia avançada e socialista, acelerando a coletivização do campo, através de uma Reforma Agrária forçada, e a industrialização urbana.

De campos de trabalho forçado, com objetivo de intensificar a produção agrária, à repressão, por qualquer quantidade estocada de grãos, a consequente ineficiência alocativa de produtos alimentícios resultou na morte de aproximadamente 20 milhões de chineses.

Com a morte de Mao Tsé Tung, em setembro de 1976, a elite funcional – ala mais moderada do PCCh – ascendeu ao poder, o que possibilitou a implementação das reformas de abertura econômica, viabilizando a ascensão da China à Organização Mundial do Comércio (OMC) três décadas depois.

Em 1978 foi aprovado o “Programa de Quatro Modernizações”, dando início ao processo de liberalização econômica chinesa. A China, antes um país completamente isolado economicamente, se apresenta como uma economia integrada, globalizada e com características singulares.

Contudo, apesar dos avanços em termos econômicos, análise econômica isolada ignora fatores cruciais de origem sociológica e política, que se traduzem como custos ao crescimento extraordinário e aparentemente sustentado da estrutura econômica chinesa.

A reorientação econômica iniciada em 1978, que introduziu mecanismos de mercado, não foi acompanhada – na mesma intensidade – por uma abertura política, com preceitos de inclusão social e liberdade política.

Como exemplo, a China está nas últimas posições nos rankings de liberdade de imprensa e não o é incomum relatos de desaparecimento ou morte, em circunstâncias estranhas, de pessoas que denunciaram os excessos cometidos em nome do Estado.

*Estudante de Economia da UNB


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha