Salgueiro: prefeito culpa vereadores pela derrota

Em resposta à nota dos vereadores de Salgueiro, que culpam a arrogância do prefeito Marcones Libório Sá (PSB) e sua falta de diálogo com o Legislativo, o socialista enviou ao blog mais uma nota sobre a derrota que sofreu, quando a Câmara rejeitou o orçamento de 2012. Veja abaixo:

"O município de salgueiro vive um dos melhores momentos de sua história. Com uma administração responsável, sobretudo respeito e participação popular, conseguimos chegar à posição que hoje ocupamos, com o orgulho dos salgueirenses de firmar esta terra como Rota do Desenvolvimento.

Ao longo desta semana, os vereadores de oposição Alvinho Patriota(PV), Paulo Afonso, Gualberto Muniz e Antonio Pires, ambos do DEM, votaram contra a Lei do Orçamento de 2012, numa atitude que denuncia o desrespeito a cada cidadão salgueirense, pois o orçamento é lei que autoriza a ação administrativa.

Salgueiro torna-se, desta forma, o único município de Pernambuco sem orçamento no próximo ano. Diante desta atitude dos vereadores, é fato que trabalhadores serão prejudicados, serviços comprometidos, calçamento de ruas, aumento de servidor público, PCCR da saúde, concursos, demandas que não são aspirações apenas deste governo, mas da própria população.

Respeitando a autonomia dos poderes, no entanto, a conotação que busca criar com esta manobra, é contraditória, pois os mesmos vereadores, aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

É lamentável que o cargo público que ocupam, sirva para comprometer o desenvolvimento de nosso município e aspirações eleitorais antecipadas, levem ao desespero de cometer tais atitudes. Não é este tipo ação que salgueiro merece neste momento.

 À população, vale-nos fazer o esclarecimento de que a não aprovação do orçamento nos coloca limitações, mas não compromete a nossa vontade e competência política administrativa. Compreendemos que a disputa eleitoral ainda não se dá neste momento e nem com o prejuízo das pessoas. Assim, repudiamos a atitude destes vereadores para com Salgueiro.

Quando todos estão unidos pelo desenvolvimento, um grupo de vereadores se propõe a comprometer este momento de nossa história.E vão para os veículos de comunicação tentar reverter tal situação assinalada por este grupo que age dessa maneira com o objetivo para desestabilizar o governo municipal.

Registramos o orgulho dos salgueirenses que apóia uma gestão democrática com o compromisso público de continuar trabalhando em todos os setores para firmar, continuadamente, Salgueiro como Rota do Desenvolvimento.

Salgueiro, 8 de dezembro de 2011.

Marcones Libório de Sá

Publicado em: 08/12/2011