Câmara arquiva processo contra deputado

O processo contra o deputado Paulo Roberto (PTB-RS) será arquivado sem conclusão pelo Conselho de Ética da Câmara. Acusado inicialmente de envolvimento no esquema conhecido como "farra das passagens", o deputado também foi investigado por ficar com parte do salário de seus funcionários. Ele nega as acusações.

De acordo com a Folha Online, o caso vai ser arquivado; pois, mais uma vez, o Conselho não conseguiu reunir seus integrantes para analisar o relatório feito pelo deputado Chico Alencar (PSOL-RJ).

No documento, Alencar diz que há evidências suficientes que comprovam que Paulo Roberto mantinha funcionários em seu gabinete que nunca chegaram a comparecer ao trabalho.

Publicado em: 15/12/2010