Aumento de salário terá impacto de R$ 1,8 bilhão

O reajuste de 61,8% no salário de deputados, senadores, ministros e presidente e vice-presidente da República, foi aprovado pelo Senado, e vai provocar um impacto de R$ 1,8 bilhão nas contas dos municípios na próxima legisatura, segundo informações da Confederação Nacional dos Municípios. A remuneração sobe de R$ 16,5 mil para R$ 26,7 mil. O valor, é o teto do funcionalismo público.

A senadora Marina Silva (PV) manifestou posição contrária ao aumento, lembrando a baixa média salarial do país e a necessidade de corte de gastos públicos. Os senadores Alvaro Dias (PSDB) e José Nery (PSOL) também criticaram o aumento. Alvaro Dias disse que o aumento só seria plausível se conjugado com os cortes de verbas de gabinete, segundo a Folhaonline.

Publicado em: 15/12/2010