Aleluia:"Candidatura de Lula está ameaçada"

 Os últimos acontecimentos envolvendo o presidente Lula, o governo e o PT deixam clara a impossibilidade de o petista manter a candidatura à reeleição, por absoluta ausência de condições morais. O alerta é do líder da Oposição, José Carlos Aleluia (PFL-BA).

Na última quinta-feira, lembrou o líder, respondendo a uma indagação do empresário Eugenio Staub, sobre como pretendia fazer as reformas que julga necessárias, o presidente Lula respondeu:

"Staub, não acorde o demônio que tem em mim, porque a vontade que dá é de fechar esse Congresso e fazer o que é preciso". Segundo Lula, o próximo Congresso será pior do que "esse que está aí", pois virá com Paulo Maluf e Clodovil.

No dia seguinte, discursou na Paraíba pedindo votos para o senador-sanguessuga Ney Suassuna. Para o presidente petista, o senador é "leal" e "decente".Em sequência ao espetáculo de sandices, Lula, cercado de mensaleiros e sanguessugas, declarou que o seu palanque é uma “aula de pós-graduação em sociologia política”.

Aleluia criticou o equívoco de Lula.“O presidente confunde sociologia com promiscuidade. Ao juntar-se com mensaleiros, sanguessugas e vampiros, enfim com a escória política, onde se destacam velhas figuras viciadas como Orestes Quércia, Severino Cavalcanti, Newton Cardozo, Paulo Maluf, todos da base de sustentação petista, Lula enterra definitivamente qualquer possibilidade de sair do mar de corrupção que ele construiu ao chegar ao Poder”, declarou.

Publicado em: 19/09/2006