Limites de velocidade

Eduardo Campos retornou ao Palácio do Campo das Princesas, aparentemente, em ritmo mais moderado. Pelo menos é o que se pode deduzir da agenda divulgada pela assessoria do governador, onde consta um único compromisso para esta sexta-feira: despachos internos.

Será que é um indício de que em 2008 ele passará a administrar sem correr tanto, obedecendo os limites de velocidade ? E assim ficará bem atento às placas indicativas da estrada política, cheia de curvas perigosas, ultrapassagens proibidas, declives, trechos sem acostamentos, observando os motoristas que andam por perto, alguns inclusive na contramão?

Se for isso mesmo, é uma boa notícia. Afinal, se no primeiro ano de governo Eduardo Campos conseguiu trabalhar aceleradamente, quase sem descanso, passando uma imagem de administrador eficiente e político bem articulado, neste segundo ano terá que reduzir a marcha, ou, a continuar na correria de sempre, vai terminar caindo em algum buraco. E ainda por cima perderá a oportunidade de observar de perto e com mais calma o que ainda precisa ser feito e também consertado no seu governo. ( Do site de Divane Carvalho)

Publicado em: 08/02/2008