PT de Arcoverde repudia ação de vereadores

Em nota encaminhada à imprensa, há pouco, o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Arcoverde manifestou repudio aos vereadores que fazem parte da bancada governista na cidade. Na última segunda-feira, os mesmos vereadores faltaram a sessão que abriria uma CPI contra a prefeita Madalena Britto. Confira a nota abaixo:

Nota de Repúdio

O Partido dos Trabalhadores de Arcoverde manifesta total repúdio ao ocorrido no último dia 10 de agosto na Câmara Municipal de Vereadores.

Uma denúncia sobre desvios de recursos financeiros da Secretaria de Assistência Social, no ano de 2019, estava para ser apurada através de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que precisava ser aprovada na Câmara de Vereadores.

Mas, devido a uma manobra dos vereadores governistas, a abertura da CPI não foi viabilizada. Os vereadores bancados pelo governo municipal deixaram de ir trabalhar para não votarem a referida CPI.

Sendo assim, fazemos algumas perguntas: Por que a Prefeita Madalena tem medo de uma CPI? Qual envolvimento dos vereadores que não cumpriram com sua função constitucional em não fiscalizar um ato da prefeitura?

Arcoverde não merece representantes que não cumprem seu papel constitucional.

Executiva do PT Arcoverde

12 de agosto de 2020.

Publicado em: 12/08/2020