Teste de gravidez e canalhice sem limites

Por Cláudio Soares* 

Bolsonaro foi perguntado hoje pela manhã: "O que teria ido fazer no hospital das Forças Armadas" e respondeu aos jornalistas: "Teste de gravidez". É um homem despreparado e sem postura, paranóico e acintoso.   

Os EUA, notadamente  Nova York, começam a enterrar centenas de vítimas do coronavirus em covas públicas.  O Japão e a Coréia do Sul, que relutavam ao isolamento, já não relutam mais e adotam em todo País.      

No Brasil, já passam de mil mortos e quase 20 mil infestados e o presidente da República continua debochando da situação. 

É preciso chegar a esse ponto para que se observe que vidas humanas não são  bilhetes de apostas do jogo político? 

Bolsonaro é o único 'chefe' de Nação contra a política de isolamento social, em detrimento a economia brasileira.  

*Advogado e jornalista.

Publicado em: 10/04/2020