Crime abala País, menos a mídia impressa de PE

Assassinado, ontem, na porta de entrada de um dos condomínios mais luxuosos de Pernambuco, cujo acesso o pagamento de pedágio é obrigatório, o advogado Levi Borges de Lima, 72 anos, foi destaque no noticiário nacional pela mídia tradicional, com exceção do Estado em que ocorreu a tragédia. 

Um caso desse era manchete em todos os jornais, não só pelo requinte da crueldade, mas por um detalhe que chama atenção: não se trata de um advogado qualquer. Levi, extremamente respeitado na vizinha Paraíba, era casado com uma juíza, pai de uma juíza e promotor público em seu Estado. Realmente, algo muito estranho.

Publicado em: 10/04/2020