Liderança indígena promete processo contra Bolsonaro

A líder indígena Sônia Guajajara anunciou pelo Twitter que a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Abip) vai entrar na Justiça contra o presidente Jair Bolsonaro por crime de racismo por conta da fala de que “cada vez mais, o índio é um ser humano igual a nós”.

O anúncio foi feito na noite de quinta-feira, 23, após ir ao ar um vídeo gravado pelo presidente. “Nós, povos indígenas originários desta terra, exigimos respeito. Bolsonaro mais uma vez rasga a Constituição ao negar nossa existência enquanto seres humanos”, disse Sônia. “É preciso dar um basta a esse perverso”, completou.

Publicado em: 24/01/2020