PE refor├ža seguran├ža com 506 novos policiais militares

Com o objetivo de fortalecer as ações do Pacto Pela Vida, o governador Paulo Câmara comandou, hoje, mais uma formatura de praças da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). Os 506 novos profissionais começam a atuar já na próxima semana, e ainda neste primeiro semestre serão distribuídos de acordo com a necessidade de cada região do Estado. Durante a solenidade, o governador destacou que, apesar dos desafios enfrentados nos últimos anos, todos os setores de segurança têm conseguido alcançar suas metas e diminuir a violência em Pernambuco.

“São 25 meses de redução no número de homicídios e 28 meses de redução consecutiva no número de roubos e furtos. Agora, com o acréscimo desses novos praças, vamos ter condições de avançar ainda mais. Vamos continuar trabalhando por um Pernambuco cada vez mais seguro, onde as pessoas sintam orgulho de morar”, disse Paulo Câmara, aproveitando para dar boas-vindas aos novos praças. “É importante os senhores saberem a responsabilidade de honrar a farda que vestem. Façam o trabalho que vocês foram treinados para fazer. Vocês estão prontos para salvar vidas, para trazer cidadania e para garantir a paz no nosso Estado”, finalizou.

Com duração de sete meses, o curso teve início em julho do ano passado e, além das aulas práticas, os alunos também foram capacitados em temas como conhecimentos jurídicos, direitos humanos, controle social, gerenciamento de crise, gestão integrada e comunitária. Também puderam conhecer o funcionamento das diversas unidades que compõem a Polícia Militar de Pernambuco, incluindo as especializadas, como BOPE, BPChoque, Rocam e CIPCães.

“Essa nova turma é mais um reforço para a segurança de Pernambuco. Faz parte da renovação dos quadros da Polícia Militar. Ao longo desses cinco anos, foram mais de quatro mil novos policiais militares na corporação. Se a gente contabilizar todos os servidores da área de segurança, são mais de sete mil novos servidores, a exemplo da semana passada, quando foram contratados mais de 60 novos oficiais”, explicou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.

Publicado em: 20/01/2020