Nas reuniões, Maia não consegue desgrudar do celular

Rodrigo Maia abaixa a cabeça e irrita interlocutores.

29/06/2017 | Dida Sampaio / Estadão

O Globo - Coluna de Lauro Jardim 
Por Gabriel Mascarenhas 


Rodrigo Maia, sempre que pode, marca as reuniões mais importantes na sua residência oficial, longe dos gabinetes da Câmara. Nada contra as dependências do prédio projetado por Oscar Niemeyer. A razão é personalíssima: em casa, Maia não precisa usar terno e gravata, acessório que ele detesta.

Mas é um outro hábito de Maia que costuma irritar deputados e empresários: a enorme dificuldade para desgrudar os olhos do celular enquanto conversa. O grau de atenção à tela varia, obviamente, de acordo com a importância de quem está à sua frente.

Publicado em: 25/08/2019