Coluna desta segunda na Folha

Fenômeno Gleide ronda Recife

Na minha passagem por Brasília, o bastidor mais comentado na bancada diz respeito a uma pesquisa interna no Recife em que a deputada estadual Gleide Ângelo (PSB), delegada, aparece na liderança na corrida pela Prefeitura.

Deixou muita gente de cabelo em pé, até porque o nome da parlamentar, com uma avalanche de votos na eleição passada – 412,636 votos no total, sendo 157,181 no Recife, até então era visto como potencial candidata à prefeita de Jaboatão, onde obteve 66,7 mil votos, desbancando Manoel Ferreira, pai do prefeito Anderson, que teve 18 mil votos.

Na capital, ela bateu todos os pré-candidatos, como João Campos (70.864), Felipe Carreras (67.244), Marília Arraes (54.193), André Ferreira (46,409) e Daniel Coelho (39.972). Mesmo despontando com potencial de novo fenômeno no Recife, a delegada dificilmente conseguirá disputar a Prefeitura, porque o PSB já tem um candidato escolhido: João Campos.

Impedimento legal – A delegada Gleide Ângelo só poderia sair candidata à Prefeita do Recife se viesse a trocar o PSB por outra legenda, o que é impossível, a não ser que seja expulsa. A chamada janela eleitoral, pela qual o parlamentar pode trocar de partido sem risco da perda do mandato, só abre este ano para vereador, em abril do ano que vem. Seu destino deve ser mesmo a Prefeitura de Jaboatão.

Manifesto – Dezoito parlamentares de diversas siglas, entre eles Felipe Carreras (PSB) e Tábata Amaral (PDT-SP), mostraram que estão insatisfeitos com as suas direções partidárias ao assinarem o Manifesto pela renovação partidária. No texto, fortes críticas a práticas autocráticas por parte dos partidos, uma resistência das siglas à renovação de suas práticas.

Na terra – Depois de ser bombardeado pelo presidente Bolsonaro e virar notícia nacional por causa da polêmica sobre o desaparecimento do seu pai Fernando Santa Cruz, em 74, perseguido pelo regime de exceção, o presidente da OAB, Fernando Santa Cruz, pisa em solo recifense no próximo dia 28. Prestigia a aposição da placa do ex-presidente Ronnie Duarte, na OAB.

Dívida – O filme Bacurau, que teve pré-estreia no Recife sábado passado e entra no circuito comercial dia 28, de autoria do pernambucano Kléber Mendonça, tem que dar alto faturamento para ele pagar o papagaio de R$ 2,2 milhões à União pelo filme anterior “Um som ao redor”. É bronca!

Vergonhoso – A próxima mamata pública do Congresso será a aprovação do novo fundo eleitoral criado para compensar o fim das doações empresariais e o caixa dois. Terá um acréscimo de R$ 2 bilhões, saindo de R$ 1,7 bilhão para R$ 3,7 bilhões. Mais uma excrecência!

QUEM TEM RAZÃO? – O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (sem partido), desmente o ex-prefeito Júlio Lóssio (PSD), que acusou uma escola de passar três semanas sem aula porque uma professora adoeceu. Lóssio diz, no entanto, que colheu a informação nos blogs da cidade.

Perguntar não ofende: Como ficará a direção nacional do PSB se nenhum dos 10 deputados rebeldes vier a ser expulso?

Publicado em: 18/08/2019


Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so' - /opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/mcrypt.so: cannot open shared object file: No such file or directory in Unknown on line 0