Detran conscientiza motociclistas sobre perigo do cerol

Dando continuidade na Operação Prevenção “Segundos que salvam vidas”, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, em parceria com a Secretaria de Saúde e a Moto Cruz, realizaram uma ação, hoje, na Av. Agamenon Magalhães, em baixo do viaduto da Av. Norte, que teve como objetivo chamar atenção dos motociclistas sobre os perigo e cuidados que os condutores de moto deverão ter em relação as linhas com cerol e chilena.

A Lei nº 11.931/PE, que proíbe o uso do Cerol (mistura de cola e pedaços de vidro) nas linhas de pipas, foi sancionada em janeiro de 2001, há 18 anos. Já completou maior idade e continuam provocando acidentes, principalmente atingindo motociclistas e ciclistas. Enquanto o cerol é fabricado com uma mistura que pode ser feita com cola e pó de vidro ou cola e pó de ferro, a linha chilena é feita industrialmente e seu poder de corte é grande, pois à linha original são adicionados pó de quartzo e óxido de alumínio.

Segundo o diretor presidente do Detran, Roberto Fontelles, a ação teve como foco conscientizar os motociclistas a respeito dos riscos das linhas cortantes. “Estamos atuando de forma preventiva para evitar que os acidentes ocorram”, destacou. 

Na oportunidade, os instrutores do Detran deram dicas de segurança, lembrando que a diversão não deve virar tragédia. Foram distribuídos panfletos com dicas de segurança e representantes da Moto Cruz fizeram instalação de Antena Corta Pipa, gratuitamente. Além disso, durante a Operação Prevenção “Segundos que salvam vidas”, os condutores de motos puderam consultar, no Detran Itinerante, pontos na Carteira Nacional de Habilitação – CNH, nada consta e fazer agendamentos de serviços.

Publicado em: 16/08/2019