Vazamento: juristas e advogados blindam jornalista

Os advogados e juristas que estiveram numa reunião com o jornalista Glenn Greenwald, na semana passada, estão criando um Comitê pela Liberdade de Imprensa.

Profissionais como Antonio Claudio Mariz de Oliveira, Alberto Toron, Juarez Tavares e Gustavo Badaró devem integrar o colegiado.

A ideia é acompanhar de perto eventuais atos de força contra o jornalista. A ABI (Associação Brasileira de Imprensa) indicou um observador. (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)

Os advogados e juristas que estiveram numa reunião com o jornalista Glenn Greenwald, na semana passada, estão criando um Comitê pela Liberdade de Imprensa.

Profissionais como Antonio Claudio Mariz de Oliveira, Alberto Toron, Juarez Tavares e Gustavo Badaró devem integrar o colegiado.

A ideia é acompanhar de perto eventuais atos de força contra o jornalista. A ABI (Associação Brasileira de Imprensa) indicou um observador. (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)

Publicado em: 15/07/2019