Jungmann denuncia descaso com os canais do Recife


















O vereador Raul Jungmann (PPS) revelou estar bastante preocupado com a manutenção e a limpeza dos canais existentes no Recife, que são os principais sistemas de macrodrenagem nesse período de chuvas intensas que se aproxima. Na audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira (9), no plenário da Câmara Municipal, o parlamentar mostrou trabalho que realizou - no qual parte dos 67 canais da cidade foi visitada - e denunciou o descaso da prefeitura.

“Em 2011, a Prefeitura do Recife divulgou um plano de requalificação de revestimento dos canais, no valor de R$ 95 milhões. Isso não vem sendo tocado. Em parte, está até paralisado. Isso é motivo de muita preocupação”, declarou. “Vários estão sujos e assoreados, o que representa risco para as comunidades ribeirinhas. É o caso, por exemplo, do Canal do Cavouco (Engenho do Meio), do Arruda e de Guarulhos (Jardim São Paulo)”, denunciou.

Jungmann ainda apresentou o resultado dessa fiscalização também em alguns pontos de encosta. “Verificamos que existem vários pontos de risco e alto risco que não possuem a cobertura sequer das lonas, uma vez que elas se desfizeram ao longo do tempo. Existem promessas de colocar geomantas nos morros, mas ainda não foram instaladas. Espero que venha a acontecer o mais rápido possível”, comentou o pós-comunista, que ressaltou a importância da discussão sobre o planejamento para o inverno.

“De março ao final de julho, temos o maior volume de chuvas na cidade, onde aproximadamente meio milhão de pessoas vive em áreas de risco ou de alto risco. O plano de contingência é fundamental para garantir a sobrevivência desses cidadãos e a preservação dos seus bens”, argumentou o vereador.

Participaram da audiência sobre o plano de contingência para os efeitos do inverno os tenentes-coronéis Adalberto Freitas, secretário-executivo de Defesa Civil, e Caio Hecílio, chefe do Centro de Respostas de Desastres do Corpo de Bombeiros, além do engenheiro Antônio Valdo, assessor técnico da presidência da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb).

Publicado em: 09/04/2014