Faculdade de Medicina de Olinda 2

06/05


2014

Vereador pede ao MP para investigar entidade fantasma

Caro Magno,

No dia 29.01.2014, usei a Tribuna da Câmara Municipal do Cabo para denunciar a destinação de Emendas Parlamentares Individuais, feitas pelo deputado estadual Betinho Gomes, a Entidade CEACOM, que sempre foi ligada a ele e a seu pai, o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes.

Na mesma data, este conceituado blog publicou a matéria e, ato contínuo, a resposta do Deputado Betinho Gomes de que não mais seria executada a emenda que destinava R$ 270 mil para a CEACOM.

De logo, me fiz os seguintes questionamentos:

1- Por que o deputado destinou emendas para as Prefeituras de Jaboatão e Bom Jardim e, para o Cabo de Santo Agostinho destinou para a entidade e, não para a Prefeitura?

2- Se a entidade é séria, como afirma o deputado, por que desistir de executar a emenda?

O estranho é que na sexta-feira, dia 02.05.2014, recebi em nosso gabinete, acompanhado de seus correligionários e ele trêmulo e nervoso, exigia uma retratação de minha parte, senão iria ingressar uma ação na justiça contra este edil.

É lamentável que, embora seja deputado no exercício do terceiro mandato, Betinho Gomes desconheça a imunidade parlamentar, garantia constitucional para o exercício pleno do mandato.

Não me intimidei e decidi pesquisar os fatos mais profundamente e descobri que no ano anterior o deputado Betinho Gomes também destinara R$ 300 mil para a mesma entidade.

Devido a esses fatos e em defesa do dinheiro público protocolei nesta manhã, petição pedindo investigação por parte do Ministério Público de Pernambuco para que seja a entidade compelida a apresentar as prestações de contas dos quatro últimos anos e, uma vez comprovadas as suspeitas, que sejam tomadas as providências legais cabíveis.

Cabo de Santo Agostinho, 05 de maio de 2014.

Mário Anderson da Silva Barreto


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detran

06/05


2014

OCDE reduz previsão de crescimento do PIB do Brasil
























G1.


A Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) reduziu a projeção de crescimento da economia brasileira neste ano para 1,8%, ante estimativa de 2,2%, calculada em novembro do ano passado, segundo relatório divulgado nesta terça-feira (6). De acordo com o levantamento, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve crescer cerca de 2,2% no ano que vem, também abaixo da previsão feita há seis meses, de 2,5%.

O relatório destaca que a inflação no Brasil segue bastante acima do centro da meta do Banco Central (BC), que é de 4,5% – a expectativa de inflação do mercado financeiro para este ano, por exemplo, continuou estável em 6,5%, no limite da meta de inflação, de acordo com o mais recente boletim Focus, publicado na segunda-feira (5).

"Uma política monetária mais apertada, uma demanda externa menos intensa e incertezas políticas por conta das eleições presidenciais de outubro devem pesar na atividade econômica", aponta a OCDE.

A projeção da organização é a mesma feita pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), que no início de abril disse, por meio do relatório World Economic Outlook, que a economia brasileira está perdendo fôlego e deve crescer 1,8% em 2014, menos que no ano passado, quando teve alta de 2,3%.

A estimativa dos economistas do mercado financeiro para o PIB de 2014 é mais conservadora e recuou de 1,65% para 1,63% na última semana. O crescimento do PIB do Brasil estimado no orçamento federal é de 2,5%. O Banco Central, por sua vez, divulgou previsão de alta de 2% em abril.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

RENAN

QUER VER JÁ JÁ APARECER OS MARAVILHOSOS E IMPORTANTES COMENTÁRIOS DE ADILSON, R. SOARES, WELLINGTON ANTUNES E MAIS UMA CORJINHA DE BAJULADORES PAGOS PELO PT NOJENTO? VÃO QUERER DESQUALIFICAR ESSA ORGANIZAÇÃO, DIZER QUE ISSO NÃO EXISTE, QUE NÃO É REAL, ETC... QUANTOS BABACAS APERRIADOS (KKKKK)!


13° Bolsa Familia

06/05


2014

CPI da Petrobras: Congresso só decide instalação amanhã

O presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu convocar uma sessão extraordinária do Congresso Nacional, amanhã, para decidir sobre a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras. A oposição defende um colegiado misto, com participação de senadores e deputados. Já o PT insiste em comissão exclusiva do Senado.

Diante de uma série de denúncias contra a estatal do petróleo, a oposição havia protocolado dois pedidos de CPI no Legislativo. Uma mista e outra só no Senado. Originalmente, Renan havia marcado para esta terça uma reunião com líderes de partidos para definir qual das duas CPIs seria instalada.

No entanto, segundo informou sua assessoria, o presidente do Congresso cancelou a reunião que faria nesta terça e decidiu convocar a sessão do Congresso. Com isso, ele sinaliza sua intenção de instalar uma comissão ampla, com presença também de deputados.

Na sessão conjunta entre Câmara e Senado, Renan Calheiros vai pedir formalmente aos líderes partidários a indicação dos integrantes da CPMI, de acordo com nota divulgada pela assessoria. A indicação dos nomes é passo necessário para o andamento do colegiado.

Ainda conforme assessoria, Renan vai responder questionamentos contra a instalação da CPI feitos durante a última sessão do Congresso. Ele deverá estender a decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber, à comissão mista, segundo informou o líder do PMDB, senador Eunício Oliveira.

A ministra determinou que a CPI do Senado deverá ter como alvo apenas a Petrobras e não poderá ser ampliada a fim de investigar denúncias em São Paulo e em Pernambuco, estados governados por adversários da presidente Dilma Rousseff, como desejava o governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

kalderon torres rafael da silva

Confirmado a corrupção na Petrobras! O que acontecerá? SErá necessário que vasos sanitarios sejam jogados, muitos sejam esquartejados e outros tantos legisladores lixado para que mudem a maneira de punir os infratores neste Brasil.


Prefeitura de Limoeiro

06/05


2014

Jarbas Vasconcelos: "Dilma perdeu a compostura"














O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) foi hoje (6) à tribuna questionar o pronunciamento que a presidente Dilma Rousseff (PT) fez na última quarta-feira (30), em função das comemorações do Dia do Trabalhador. “Em queda contínua e acentuada nas pesquisas de intenção de voto e de avaliação do governo, a presidente perdeu completamente a compostura. A oposição está correta em recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, pois um pronunciamento da Presidência da República não deve ser vulgarizado e não pode ser usado como parte da propaganda eleitoral de um determinado partido”, disse Jarbas.

O peemedebista, no entanto, não acredita em punição por parte do TSE. “Não tenho muitas esperanças de que o TSE tome alguma providência contra Dilma Rousseff, pois o seu antecessor, o ex-presidente Lula (PT), usou e abusou desses e de outros recursos ilegais – impunemente – para manipular a opinião pública a seu favor”.

De acordo com o peemedebista, ninguém em sã consciência é contra o aumento do valor do Bolsa Família e da correção da tabela do Imposto de Renda. “A presidente Dilma Rousseff não está fazendo favor a ninguém, pois a inflação que ela implantou no país nos últimos anos vem corroendo assustadoramente o poder de compra dos trabalhadores brasileiras”, argumentou Jarbas.

Segundo ele, chega a ser um “acinte à classe trabalhadora que paga imposto” um reajuste de apenas 4,5% na tabela do Imposto de Renda, bem aquém da inflação de 6,5% projetada pelo próprio governo para o ano de 2014. “O mesmo raciocínio se aplica ao Bolsa Família. O reajuste de 10% anunciado pela presidente não repõe as perdas causadas pela inflação, especialmente a inflação dos alimentos, que atinge os brasileiros mais pobres de uma forma devastadora”.

Jarbas disse que não existe ganho real para os beneficiários do programa, pois a inflação acumulada entre o último reajuste, em 2011, e a última medição realizada em maio de 2014, chegou a 19,5%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor. “O eleitor brasileiro não é bobo. Ele não vai se iludir com essas medidas populistas, que visam apenas tentar barrar a derrocada da popularidade do governo petista”.

“O governo deveria era propor regras claras e definitivas para a correção do Bolsa Família e da tabela do Imposto de Renda. Dilma não o faz porque pretende continuar usando esses reajustes para politicagem, como se os recursos não fossem públicos, mas viessem da sua conta corrente”, acrescentou.

Aposentados - Jarbas Vasconcelos também questionou o a omissão da presidente, que ignorou os aposentados na sua fala. “Essa classe de trabalhadores, tão esquecida pelo governo do Partido dos Trabalhadores e que tanto contribuiu para o desenvolvimento desta nação, amarga ano a ano o achatamento de seus salários justo na época da vida em que mais precisam deles, quando os remédios são mais numerosos e caros, quando os planos de saúde, em decorrência da péssima qualidade do serviço público de saúde, tornam-se mais onerosos”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

nilton andrade de miranda

Esculhambou com o mito Dr. Arraes, o Eduardo Campos e até com Dona Ana Arraes, agora está no colo de Dudu, está esculhambando com Lula e Dilma e depois vai deitar no colo deles, esse derrotado não elegeu nem o filhote para vereador do recife e agora quer se eleger deputado federal, agora fresca Jarb

suricato

falta de compustura é elogio senador , passadena é uma gota d''agua no oceano .corrupção na petrobrás é um grande mar de lama e, como disse paulinho da força dilma tem que estar na papuda.

José Mario Chaves Peixoto

Acho que certas pessoas que falam mau de um político da qualidade do Vereador, Prefeito, Dep.Estadual, Dep. Federal, Governador e Senador da República Jarbas Vasconcelos, é não saber o que esta comentando, ao talvez esteja servindo de massa de manobra de alguém que tenha inveja de sua história.

o povo da de olho

DIGO: REPUGNANTE

o povo da de olho

MEU DEUS A QUE PONTO CHEGA UM SER HUMANO? É NAUSEANTE, REPULGUINANTE E IMORAL.



06/05


2014

Padilha vai buscar apoio de partidos da base do PSDB



























Estadão Conteúdo.

O pré-candidato do Partido dos Trabalhadores ao Governo de São Paulo, Alexandre Padilha, afirmou hoje (6) que irá buscar o apoio de várias legendas na corrida ao Palácio dos Bandeirantes para formar um grande arco de alianças, inclusive de siglas que tradicionalmente apoiam o a gestão do seu adversário, o governador Geraldo Alckmin (PSDB). O ex-ministro defendeu, por exemplo, a aliança com o PP de Paulo Maluf, alegando que a legenda tem um papel fundamental na execução do “Minha Casa, Minha Vida”.

Além de afirmar que irá buscar um grande arco de alianças neste pleito, Padilha elogiou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), dizendo que ele superou a era do engavetamento dos processos, numa crítica indireta à gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

O ex-ministro falou sobre o caso dos haitianos e isentou a gestão federal de responsabilidade, contudo, disse que houve erros nas gestões estaduais do Acre e de São Paulo.

Entre as propostas que apresentou, o petista disse que, caso seja eleito, irá investir mais no metrô e levar esse transporte para os municípios da Grande São Paulo. Ele defendeu também investimentos na navegação do Rio Tietê para incluir a hidrovia como uma das soluções para o transporte no estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

06/05


2014

Newton Gibson recebe Medalha Agamenon Magalhães
















O vice-presidente da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Nordeste (Fetracan), Newton Gibson, recebeu ontem (5), em Serra Talhada, a comenda Agamenon Magalhães. Considerada a maior honraria da cidade, a medalha, instituída pelo poder público municipal, também foi entregue a outras nove personalidades importantes para a história e o desenvolvimento do município, a exemplo da filha de Agamenon Magalhães, Maria do Carmo, do desembargador Francisco Cavalcante e do presidente da Fecomércio, Josias Albuquerque.

Durante uma concorrida solenidade, que contou com as presenças de várias lideranças políticas, dentre elas o senador Armando Monteiro Neto (PTB) e representantes dos mais significativos segmentos produtivos da região, o prefeito anfitrião, Luciano Duque (PT), destacou os serviços realizados por Newton Gibson.

“Além de todos os esforços para a criação do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Sertão de Pernambuco, Newton Gibson vai implantar em Serra Talhada uma unidade do Sest/Senat. Uma obra fundamental para a consolidação do nosso município enquanto polo regional de logística e transporte”, disse o gestor.

Ao agradecer a homenagem, Newton Gibson, que também é presidente da Associação Brasileira de Logística e Transporte de Cargas (ABTC),  lembrou os crescentes avanços do município nos últimos anos, enfatizando a força e a bravura dos homens e mulheres de Serra Talhada para o desenvolvimento sustentável. “É na junção destas energias e forças que transformamos desafios em oportunidades e construímos hoje um futuro de largos horizontes para as gerações vindouras”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

06/05


2014

Equipe de Eduardo censura crítica ao gestor no Facebook












A equipe de comunicação do ex-governador e agora pré-candidato do PSB ao Palácio do Planalto, Eduardo Campos, passou a selecionar os comentários postados por internautas nos perfis mantidos pelo presidenciável nas redes sociais. A informação é do arquiteto recifense Marcelo Nogueira, que teve sua crítica à gestão socialista apagada e sua atividade na fanpage do Facebook bloqueada após questionar os investimentos realizados pelo ex-gestor no setor educacional.

Marcelo relata ter questionado as políticas implantadas pelo governo Eduardo Campos ao longo de quase oito anos de mandato e afirma ter confrontado os índices propagados pelo pré-candidato à Presidência da República com dados publicados pela imprensa.

“Fiz uns comentários na página do Eduardo Campos sobre alguns fatos em relação à precária educação no nosso estado, sobre a desvalorização do professor, postei alguns links e etc. Hoje, quando fui olhar, vi que fui bloqueado na página e não posso fazer mais comentário algum”, escreveu o arquiteto em seu perfil na mesma rede social.

O eleitor, então, passa a se questionar se na ideia de democracia propagada pelo marketing do PSB cabe apenas elogios, ficando as críticas de fora da tão falada “nova política”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

italo

Caro Magno. Eu também fui bloqueado em comentar, discordar, concordar e interrogar na página da ilustre novidade na política Brasileira; o senhor Eduardo Campos! Não faz falta a minha pessoa está atitude! Porém, apenas comprova que a ditadura ainda não acabou. Ela segue sendo aprimorada por político

Pinto Junior

Me digam as escolas municipais construidas na gestão PT.

Pinto Junior

Eduardo Campos fez muito para Pernambuco e fará o mesmo para o Brasil, quem reclama muito são o pessoal do PT, que passaram muito tempo e não resolveram as coisas erradas. exemplo em Recife que passaram 12 anos e não melhoraram a Educação em Recife. Casas de acolhidas sem o menor investimento.

macarrao

A imprensa de PE sabe bem como é.

José Egnaldo Pereira

Eduardo Campos não é chegado a um contraditório. Esse homem é um perigo para democracia!



06/05


2014

Mercadante é nomeado conselheiro da Itaipu Binacional
























Agência Estado.

O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante (PT), foi nomeado conselheiro da Itaipu Binacional. De acordo com um decreto publicado ontem (5) no Diário Oficial da União, Mercadante permanece no cargo até 16 de maio de 2016.

O decreto confirma ainda a nomeação de Orlando Moisés Fischer Pessuti como conselheiro da entidade, que, assim como o ministro, possui mandato até maio de 2016.

A edição desta terça-feira (6) do Diário Oficial da Uni traz ainda a nomeação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, como membro do Conselho de Administração do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

ISSO É QUE É GANHAR MUITO, NÃO TRABALHAR NADA E AS VEZES AINDA TRAZER PREJUÍZOS, COMO O PIPOCO NA REFINARIA AMERICANA DA PETROBRAS. FOI UM CONSELHO DESSES QUE APROVOU AQUELA ABERRAÇÃO COMERCIAL, TAMBÉM CONHECIDA COMO FALCATRUA DE QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ROUBAR DINHEIRO PÚBLICO.

andre regidwitz

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ Um indivíduo desses bem que poderia acabar seus dias sem essa

JORGE GUERREIRO

Só uma nova REVOLUÇÃO pra acabar com essa pouca VERGONHA. Fora PTralhas!!!

LUIZ MAIA

"Essa fragilização da democracia traz de volta um desejo de autoritarismo na base do "tem de botar para quebrar!". Já vi muito chofer de táxi com saudades da ditadura." (Arnaldo Jabor)

LUIZ MAIA

"Nunca ouvi tanta gente dizer que gostaria de morar fora e sair do Brasil. Outro sintoma claro é que as instituições democráticas estão sem força, se desmoralizando, já que o próprio governo as desrespeita."