11/06


2021

São João Solidário do Plenus conta com drive thru

Sanfona, zabumba e triângulo deram o tom da animação, hoje, em Petrolina, durante a realização de dois ‘drive-thrus’ para arrecadação de cestas básicas que serão doadas aos artistas atingidos pela pandemia da Covid-19, através do São João Solidário do Plenus Colégio e Curso.

O movimento começou às 7h, com a chegada dos pais dos alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental na frente da unidade Orla e do Ensino Médio na Unidade da Barão do Rio Branco. Vestindo o colorido dos figurinos juninos e incorporando personagens a exemplo de Lampião e Maria Bonita, os matutinhos e matutinhas arriscaram até um arrasta-pé com muito forró.

Durante a tarde, o arraiá continuou nas duas sedes com as turmas ampliando o número de cestas doadas e reforçando o convite para a grande live solidária que vai acontecer no próximo dia 18, reunindo atrações como Targino Gondim, Nilton Freitas, Fabiana Santiago, Elisson Castro, Ivan Greg e Jonathan Araújo.

De acordo com a diretora Pedagógica da escola, Sílvia Santos, a live será transmitida a partir das 19h pelo canal oficial da escola no YouTube 'plenuspetrolinaoficial'. “O São João é uma das festas mais bonitas do nosso calendário de eventos, e o Plenus sempre faz um grande arraiá com forró, coreografias, figurinos temáticos e boas comidas. Agora, em função da pandemia, nós nos reinventamos para oferecer aos familiares, alunos, amigos e corpo docente uma programação à distância, mas com muita animação e segurança. Um São João que vai aquecer os corações e ajudar aos artistas da nossa região que sempre nos alegraram com a poesia, a música, o teatro e a dança”, concluiu.

O São João Solidário do Plenus vem arrecadando as cestas básicas desde o dia 1º deste mês através de gincanas e competições entre as turmas.  A entrega das cestas será feita no dia próximo dia 23 às associações dos artistas de acordo com as indicações do Movimento Transforma Petrolina.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jaboatão Habitacional Suassuna

11/06


2021

Podcast discute caso Caboclo e assédios contra mulheres

O caso de assédio envolvendo o presidente afastado da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, expôs, mais uma vez, como são maléficas as relações trabalhistas e de gêneros em muitas empresas do país. Na denúncia, uma ex-secretária acusa o dirigente da CBF de importunação sexual. Em áudios divulgados pela TV Globo, o presidente da entidade máxima do futebol brasileiro chega a perguntar se a mulher “se masturba”.

Para analisar os assédios contra as mulheres no ambiente de trabalho, o podcast Rádio FAP, da Fundação Astrojildo Pereira, conversa com a advogada Thais Riedel, mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo de São Paulo (PUC-SP) e doutoranda pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP). A falta de posicionamento de atores importantes da sociedade nesse tipo de discussão, os avanços da legislação trabalhista e a desigualdade de oportunidades entre gêneros no mercado profissional também estão entre os temas do podcast. O episódio conta com áudios do Fantástico, CBF TV, programa Na Moral, TV Brasil e CNN.

O Rádio FAP é publicado semanalmente, às sextas-feiras, em diversas plataformas de streaming como Spotify, Youtube, Google Podcasts, Ancora, RadioPublic e Pocket Casts. O programa tem a produção e apresentação do jornalista João Rodrigues. A edição-executiva é de Renato Ferraz.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

11/06


2021

Medidas para amortizar a curva de infestação da Covid

Por Dirac Cordeiro*

Estamos há mais de 14 meses adotando várias medidas de restrição para combater a pandemia, as quais vão desde o “lockdown” até as limitações de horários de funcionamento das atividades comerciais nos dias úteis e nos finais de semana. Apesar disso, a função que explica tanto o número de casos infectados como o de óbitos continua fora de controle. Isto, mesmo diante do cenário de muitos que foram infectados nos anos de 2020 e 2021, após tomar as duas doses de vacinas.

O comportamento da série temporal de notificações do Covid-19 está se apresentando com uma componente de uma tendência preponderante e componente de nível mediano. Todas as séries epidemiológicas têm comportamentos singulares – como o caso da série das notificações da dengue –, nas quais a componente sazonal tem importância relevante nos modelos paramétricos de previsão.

Talvez por ser uma epidemia sem histórico no passado, os fatores sazonais são mais difíceis de  serem observados e, dessa maneira, os seus resultados apresentam dificuldades para os cálculos dos respectivos fatores sazonais. Por isso, ao longo do tempo, toda a abordagem feita pelos diversos jornais para apresentar o comportamento da série dos óbitos é com base num filtro linear estável denominado de média móvel, cujo período é de 7 dias. Deve-se lembrar da existência de médias móveis mais robustas, cujos resultados da componente de tendência são inferidos a partir da taxa de crescimento ou decrescimento.  

No nosso contexto atual, ações coercitivas são necessárias para amortecer drasticamente a   forte componente tendência, bem como a busca da redução da componente de nível, a qual vem se mantendo invariante. Para isso, é preciso sugerir (1) o uso de todas as vacinas disponíveis para a imunização dos usuários que circulam nos terminais de integração dos ônibus e do metrô, pois essas áreas são inexoravelmente as potenciais das infestações do vírus; (2) o uso do identificador de localização dos usuários infectados que chegam aos hospitais ou postos de atendimento. Após essa identificação, poder-se-ia se passar a utilizar modelos matemáticos de otimização para definir as métricas das zonas de influência onde se situam os usuários infectados.

No ano de 1998, vários estados lideraram o número de ocorrência das notificações da Dengue, sendo o Rio de Janeiro o que apresentava o maior número de casos e de óbitos. Em alguns estados da federação, o número de doentes em 2001 representou uma média de 32% do total de registrados em 1998 (o ano da grande epidemia). O percentual médio de infestação em cada estado chegou a atingir cerca de 1,5% da população das capitais acrescida às dos municípios que formam as suas regiões metropolitanas. Vale ressaltar que a Região Metropolitana do Recife (RMR) possui uma alta densidade populacional – a segunda do Brasil –; e, além disso, 50% dos domicílios não têm rede de esgoto e um grande percentual não dispõe de água encanada, fazendo uso de reservatórios e pequenos recipientes no seu dia-a-dia.

Elaboramos em 2002 um artigo para explicar o comportamento das notificações de Dengue (Communication in Statistics – Simulation and Computation 36(3)) no Brasil. A conclusão que tiramos foi com base na resposta do modelo; ou seja, “seria nula a probabilidade de erradicar a dengue na próxima década, principalmente pela forte influência da componente sazonal, que é “strongly correlated” pela desordem sanitária.

O legado deixado pela Dengue, Zica e Chikungunya foi muito ruim e ficou marcado na mente da população brasileira. Embora a Covid-19 e a Dengue sejam doenças díspares e não similares em óbitos, o grau de desordem sanitária interfere em ambas. Pelos relatos médicos, iremos conviver com a Covid-19 por longos anos, estabelecendo um ciclo de vacinas ao longo do tempo. Faz-se necessário buscar uma resposta para um processo estacionário com poucas oscilações; resposta está balizada pelos resultados da média móvel, cujos valores das notificações tendem para uma estabilidade em nível semelhante aos processos epidemiológicos ocorridos nos últimos 100 anos. Caso isso não ocorra, convergiremos a longo prazo para uma epidemia com altos e baixos sem controle.

*Doutor em Engenharia de Transporte


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/06


2021

Daqui a pouco tem Alcymar no Sextou do Frente a Frente

O "Sextou" de hoje, espaço aberto no Frente a Frente aos artistas brasileiros em razão da pandemia, traz o artista Alcymar Monteiro, o rei do forró. Ele fala da sua trajetória, das dificuldades de vencer em São Paulo, da força que Reginaldo Rossi deu a das posturas firmes e corajosas em defesa da sua classe.

Transmitido pela Rede Nordeste de Rádio, hoje presente com mais de 40 emissoras em Pernambuco, Alagoas e Bahia, o Frente a Frente vai ao ar às 18 horas, tendo como cabeça de rede a Canaã 91.3 FM, no Recife. Se você deseja ouvir pela internet, clique no botão Rádio acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na play store.

Imperdível!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/06


2021

Inacreditável

Da coluna de João Alberto

O ministro Marcelo Queiroga confirma um absurdo inacreditável: o Ministério da Saúde não tem nos seus quadros nenhum médico infectologista. E mantém vários militares, sem especialidade em saúde, levados pelo general Pazuello.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

11/06


2021

Variante de Manaus é detectada em Vitória de Santo Antão

Ontem, o Governo do Estado divulgou o resultado do sequenciamento genético de amostras positivas para o Coronavírus, colhidas em Vitória de Santo Antão e foi identificada a presença da variante P.1 (conhecida popularmente como variante de Manaus) no município. O dado foi anunciado para a população vitoriense, hoje, em uma transmissão ao vivo nas redes sociais da prefeitura com a participação do prefeito Paulo Roberto, do secretário de Saúde, Eudes Lorena, e do coordenador da Vigilância Epidemiológica, Ewerton Thiago.

A variante, que foi identificada inicialmente em Manaus (AM), é a linhagem que predomina atualmente em Pernambuco, de acordo com as análises feitas pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/ Fiocruz PE) e pelo Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (LIKA/UFPE). A ‘P.1’ pode ter impactos no cenário epidemiológico de Vitória, como aponta o secretário de Saúde do município, Eudes Lorena. “Acreditamos que essa variante também é um dos fatores responsáveis pelo aumento do número de casos na nossa cidade”, explicou Lorena.

A pessoa que foi detectada com a variante em Vitória não vai ter a identidade revelada. Ela apresentou os sintomas da Covid-19 em fevereiro, quando realizou o teste, recebendo o diagnóstico nos primeiros dias de março. O exame foi analisado pelo Laboratório Central de Pernambuco (LACEN/PE), responsável por encaminhar a amostra para sequenciamento na qual divulgou o resultado para o município ontem.

De acordo com estudo publicado na revista Science do dia 14 de abril deste ano, a variante de Manaus (P.1) do Coronavírus é de 1,7 a 2,4 vezes mais transmissível do que as outras linhagens do vírus. A presença da P.1 é motivo de preocupação para os gestores públicos, pois, do ponto de vista epidemiológico, parece desestabilizar o sistema de saúde principalmente em relação à estrutura de superlotação dos hospitais e muito embora não se tenha evidências de que a cepa seja mais letal.

A prefeitura, através da Secretaria de Saúde, vem reforçando as medidas de combate ao Coronavírus, com ações como ampliação de barreiras sanitárias, a criação de uma central de monitoramento de casos, aumento da frequência de sanitização e endurecimento de medidas restritivas. “Como gestão, vamos continuar trabalhando para combater a proliferação da Covid-19, e contamos com a colaboração de todos para vencermos essa luta. Por isso, pedimos aos cidadãos que não se aglomerem, usem máscaras e álcool 70%”, coloca o prefeito Paulo Roberto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

11/06


2021

“Fomos tratados como animais”, diz médico sanitarista à CPI

O médico sanitarista Claudio Maierovitch, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ao comentar a tese da imunidade de rebanho na CPI da Covid, afirmou que essa palavra se 'aplica animais' e que assim foi tratada a população brasileira durante a pandemia.

A imunidade de rebanho pressupõe que o país supere a pandemia por meio de um alto número de infectados, o que, em tese, deixaria grande parcela da população imunizada. Só que essa estratégia, de acordo com especialistas, não funciona para a Covid. Muitas pessoas morreriam no processo e, além disso, quem já teve a doença pode ser reinfectado.

A CPI investiga se um "gabinete paralelo" de aconselhamento ao presidente Jair Bolsonaro contribuiu para o que o presidente adotasse ideias contrárias à ciência durante a pandemia e se a imunidade de rebanho foi uma delas.

"Rebanho se aplica a animais, e fomos tratados dessa forma. Acredito que a população brasileira tem sido tratada dessa forma ao se tentar produzir imunidade de rebanho às custas de vidas humanas. Infelizmente, o governo brasileiro se manteve na posição de produzir imunidade de rebanho, com esta conotação toda para nossa população, ao invés de adotar as medidas reconhecidas pela ciência para enfrentar essa crise", afirmou o especialista.

Maierovitch apontou ainda que a estratégia da imunidade de rebanho implica na morte das pessoas mais frágeis. Ele criticou que a economia fosse colocada antes da defesa da vida.

"Morreriam, provavelmente, os mais frágeis, desonerando a previdência, desonerando os serviços de saúde. Ou seja, do ponto de vista econométrico poderia ter-se até um acontecimento positivo, então, aquilo que foi chamado de produção de imunidade de rebanho", continuou o sanitarista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru Campanha São João

11/06


2021

Vitória amplia vacinação contra Covid-19

A partir de hoje, a Secretaria de Saúde de Vitória de Santo Antão inicia a vacinação das pessoas com 48 anos ou mais. O anúncio a população foi feito pelo prefeito Paulo Roberto e o secretário de Saúde, Eudes Lorena, numa transmissão ao vivo. "Esta semana baixamos para 53 e hoje já conseguimos chegar a população em geral a partir de 48 anos. E é importante destacar que nós não estamos avançando aleatoriamente. Nós estamos trabalhando dentro do PNI atendendo as pessoas por faixa etária", destacou o prefeito.

Para se vacinar, é necessário realizar o cadastro através do site www.vacina.prefeituradavitoria.pe.gov.br ou presencialmente no Colégio 03 de Agosto ou no Vitória Park Shopping. No momento do cadastro, é preciso informar o número do CPF, anexar documento com foto e comprovante de residência. Depois realizar a inscrição, é preciso aguardar a checagem dos documentos enviados e possível aprovação para, então, realizar o agendamento.

Já podem ser vacinados também vários outros grupos. Dentre eles idosos, trabalhadores da educação, da saúde, da limpeza urbana, da indústria, do transporte coletivo, dos CRAS, CREAS, Centro POP, conselho tutelar, além dos caminhoneiros e da população em situação de rua. Esse público pode se vacinar no Colégio 03 de Agosto, no Vitória Park Shopping, no Samu ou no Pátio de Eventos Otoni Rodrigues.

Também estão sendo vacinadas as grávidas e mulheres com até 45 dias de pós-parto. Elas devem fazer o cadastro e a imunização no Centro de Saúde da Mulher (CESMU), na Avenida Silva Jardim, na Matriz.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

11/06


2021

Bolsonaro é recebido com aglomeração e rebate opositores

O presidente Jair Bolsonaro entrou de surpresa em um avião comercial, no aeroporto de Vitória, no Espírito Santo, na manhã de hoje. Antes de entrar no avião, o chefe do Poder Executivo foi recebido por apoiadores como mostra o vídeo. Bolsonaro cumprimentou e tirou foto com parte dos passageiros e da tripulação, e ouviu palavras de apoio e de crítica. O presidente estava usando máscara na maior parte do tempo.

O vídeo do episódio foi publicado pelo canal do Youtube Foco do Brasil. Na parte da frente do avião, Bolsonaro acenou para os passageiros e tirou algumas fotos. Diversos dos presentes gritaram palavras de apoio. Um outro vídeo, publicado em rede social e filmado do meio do avião, mostra parte dos passageiros criticaram o presidente.

Aos que o criticaram, o presidente disse que deveriam utilizar um jegue como meio de transporte. A interação durou menos de dois minutos.

“Quem fala "Fora Bolsonaro" deveria estar de jegue viajando. (Quem fala) "Fora Bolsonaro" devia estar viajando de jegue, não de avião. Para ser solidário com o candidato deles”, disse.

Bolsonaro foi ao Espírito Santo para realizar entrega de um conjunto habitacional em São Mateus. No lado de fora do aeroporto de Vitória, o presidente causou aglomeração e interagiu com apoiadores, dessa vez sem máscara.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Só se o jegue fosse ele!


Bandeirantes Junho 2021

11/06


2021

Deputado pede recuperação de asfalto em Camaragibe

O deputado estadual Álvaro Porto (PTB) encaminhou, hoje, um pedido ao Governo do Estado, para que seja viabilizada, com a maior brevidade possível, a reabertura da rótula do sentido Camaragibe/Aldeia, na interseção da PE-05 e PE-027/Trevo de Camaragibe. Porto solicitou também, com igual ênfase de celeridade, a reposição asfáltica em trechos da PE 05 e PE 027 naquele município.

De acordo com o deputado, a urgente reabertura da rótula é necessária, uma vez que atende ao pleito de mais de 39 mil moradores, que ao se deslocarem para o Recife, são obrigados a percorrer dois quilômetros a mais de um trajeto que tem trânsito pesado e que fica ainda mais congestionado nos horários de grande movimento.

“Solicitamos, com a maior agilidade possível, uma avaliação sobre esse pedido de reabertura juntamente com prefeitura do município. Uma solução para esta questão é fundamental para as famílias, trabalhadores, estudantes, enfim, para quem precisa se deslocar diariamente para Recife”, salienta.

Já no que diz respeito à reposição asfáltica de trechos da PE 05 e PE 027, Porto diz é medida imprescindível para interromper a série de acidentes que estão sendo registrados nas rodovias e também para solucionar os imensos congestionamentos decorrentes das falhas nas pistas.

“Em alguns trechos pode-se verificar uma grande quantidade de carros que são obrigados a recorrer a desvios da faixa de rolamento, que, acaba se tornando uma única faixa”, diz. “Nos trechos da PE 05, que conta com faixa do BRT no sentido Recife, observa-se uma grande quantidade de buracos, que, somados ao amplos espaço ocupados pelas estações do BRT, faz que com que sobre apenas uma faixa de rolamento para escoar o trânsito de Camaragibe e São Lourenço”, completa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021