Ipojuca 2021 IPTU

09/04


2021

Príncipe Philip morre aos 99 anos

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, do Reino Unido, morreu aos 99 anos, disse hoje o Palácio de Buckingham. Ele iria completar 100 anos em junho deste ano.

A causa da morte ainda não foi revelada. Em fevereiro, ele passou mal e foi internado como "medida de precaução". No entanto, o príncipe precisou ser submetido a uma cirurgia cardíaca. Ele recebeu alta depois de um mês.

"É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anuncia a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo", disse o palácio em um comunicado.

O príncipe "faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor", diz a nota. "Novos anúncios serão feitos no devido tempo. A Família Real se une às pessoas ao redor do mundo em luto por sua perda."

Seu nome oficial era de Duque de Edimburgo. Ele esteve ao lado do reinado de sua mulher, o mais longo da história do Reino Unido, durante 69 anos. Nesse período, ele construiu uma reputação de ser sério, mas propenso a cometer gafes.

Ele se casou com Elizabeth em 1947 e teve um papel fundamental na modernização da monarquia no período pós-Segunda Guerra Mundial. Por trás das paredes do Palácio de Buckingham, era a única figura chave a quem a rainha podia recorrer e em quem confiar.

Em um discurso que marcou seu 50º aniversário de casamento em 1997, Elizabeth fez uma rara homenagem pessoal a Philip: "Ele tem, simplesmente, sido minha força e permanência todos esses anos".

Apesar do protocolo, que o obrigou a estar sempre atrás da rainha e só cumprimentar as pessoas depois dela, em privado ele era considerado o chefe da família.

Philip não acompanhava sempre Elizabeth II – ele fez mais de 22 mil eventos só. Em agosto de 2017, ele se retirou da vida pública, apesar de, eventualmente, ainda aparecer em compromissos oficiais.

A última aparição foi em julho do ano passado, em uma cerimônia militar no castelo de Windsor, o palácio onde ele e a rainha decidiram permanecer durante o período de Covid-19.

O casal teve quatro filhos, o príncipe Charles, a princesa Anne, e os príncipes Andrew e Edward.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

09/04


2021

Armando se diz contra a vacinação privada

O ex-senador Armando Monteiro Neto (PSDB) manifestou, por suas redes sociais, ser contra o que chamou de “ação paralela de compra e aplicação de vacinas por parte das empresas privadas”. Para Armando, a cobertura vacinal deve ser acelerada prestigiando-se o Plano Nacional de Imunização (PNI) e o Sistema Único de Saúde (SUS). Confira o depoimento:

“Sou contra uma ação paralela de compra e aplicação de vacinas por parte das empresas privadas. O que devemos é acelerar o processo de vacinação prestigiando o Plano Nacional de Imunização (PNI) e o Sistema Único de Saúde (SUS), com a rigorosa observância dos grupos prioritários.

O Brasil não pode permitir que alguns setores acessem a vacina por um caminho mais curto. Isto é inaceitável, sobretudo num País em que mais da metade da força de trabalho está na informalidade. O setor privado pode dar uma imensa contribuição no esforço de imunização atuando ao lado dos órgãos de saúde pública na logística e distribuição das vacinas e outros insumos”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

09/04


2021

Prefeitura da Vitória faz balanço dos cem primeiros dias

O prefeito da Vitória de Santo Antão, Paulo Roberto, fez um balanço dos 100 primeiros dias de sua gestão à frente do Palácio José Joaquim da Silva Filho, em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, na tarde de ontem. Na ocasião, o gestor destacou as principais ações realizadas no primeiro trimestre de governo, pontuando os esforços empenhados por ele, pelo vice prefeito, Edmo Neves, e pelo secretariado.

Paulo Roberto enfatizou primeiramente o trabalho coletivo do seu governo, sobretudo no que diz respeito às articulações com os mais diversos setores da sociedade e com o legislativo, a fim de atender às expectativas da população. 

“Nós estamos desenvolvendo um trabalho constante nesses primeiros dias. Recebemos uma casa e fomos trabalhar para limpar e organizar essa casa”, pontuou Paulo Roberto, se referindo ao seu modo de administrar a prefeitura. 

Ao assumir, durante uma pandemia sem precedentes, um dos pontos primordiais do início do governo, segundo o gestor, foi o trabalho para salvar vidas e gerar empregos. Ele destacou também, a implantação do programa “Saúde até mais tarde”, onde os atendimentos dos postos de saúde foram prolongados até as 21h no Distrito de Pirituba e no bairro da Bela Vista, com consultas clínicas gerais e odontológicas. 

Outro ponto importante citado pelo prefeito foi a estrutura montada para campanha de vacinação contra o novo Coronavírus, com postos de imunização em três locais diferentes da cidade, além de testagem para a doença, fiscalização no comércio, nas feiras e praças e também campanhas educativas.

O vice-prefeito, Edmo Neves, lembrou a boa articulação feita com o Governo do Estado, o que permitiu ao município receber mais dez leitos de UTI’s para ajudar no combate à Covid-19. Além disso, ele relatou o interesse da indústria em se instalar em Vitória. “E importante a gente ressaltar os grandes desafios desses cem dias. Além do combate à pandemia, outra ação a ser destacada foi a de devolver ao município a capacidade de investimento, e a interlocução com o terceiro setor, que há tempos não existia”, sintetizou Edmo.  

Edmo também falou da importância do papel exercido pela Secretaria de Habitação, que se articula para a implantação do programa Moradia Legal. “Graças a esse programa, todas as casas que não possuem escritura, terão seu registro imobiliário garantido. A gente conseguiu devolver à segurança e a confiança de uma gestão que pode fazer por Vitória de Santo Antão sempre o melhor”, finalizou o vice.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

09/04


2021

Coluna da sexta-feira

A resiliente Folha

Em meio às profundas mutações que o jornalismo impresso vem sofrendo no mundo, decorrência do avanço das plataformas digitais, a Folha de Pernambuco completou, sábado passado, seu 23º aniversário num cenário ímpar, no qual o seu principal concorrente, o Jornal do Commercio, virou 100% digital, deixando de chegar em papel aos assinantes, suspendendo, consequentemente, a venda avulsa nas bancas.

A vitalidade da Folha e a forte resistência se dão, naturalmente, à visão empreendedora e ao dinamismo do empresário Eduardo Monteiro, seu presidente. Corajoso e obstinado, Eduardo abriu o jornal depois de uma experiência bem-sucedida à frente do Diário de Pernambuco. Com isso, criou a terceira via impressa no Estado e logo na largada o periódico virou fenômeno de venda avulsa, caindo na graça do povo.

“A Folha de Pernambuco é um jornal que enfrentou e enfrenta todos os tipos de adversidades. Mas é resiliente. Não se dobra. Adapta-se às mudanças. Foi assim quando a criamos, enfrentando um mercado onde existiam dois jornais em circulação no Estado, um secular e outro em vias de ser centenário. Nascemos. Criamos nosso espaço. Nos consolidamos em meio às inúmeras crises econômicas e políticas. Fomos resilientes”, diz Eduardo.

E acrescenta: “Chegamos à maturidade. Mudamos a direção das velas. Modificamos radicalmente nossa linha editorial. Podemos ter perdido alguma fatia de mercado, mas ganhamos outras. Não nos abalamos. Seguimos resilientes. Fizemos o mesmo ao mudar nosso formato de standard para berliner”. Em editorial na primeira página da edição comemorativa, Eduardo Monteiro foi mais além.

“Economia no custo do papel que compramos em dólar? Sim! Mais uma prova do quanto podemos ser resilientes. O digital, que já vinha se avizinhando, chegou como prova, diria, cabal. E mais uma vez fomos testados. E mais uma vez não nos apequenamos. Evoluímos. Se há algo que essa pandemia nos ensinou foi a sermos fortes. A sermos resilientes. A Folha de Pernambuco se manterá nas bancas e em todos os canais digitais”, disse.

Disse, ainda: “Joãos, Josés e Marias vão encontrá-la no jornal impresso, que é rodado na gráfica da nossa sede, no Bairro do Recife, há exatos 23 anos. Mas a nossa presença também é forte em outras plataformas. A Folha está no portal, nas redes sociais, no rádio. Onde você estiver, a Folha está. Basta acessar o seu smartphone. E todo esse conteúdo diário que vocês encontram nos vários meios de difusão da notícia é feito com esforço, por pessoas resilientes. Dos que manejam as máquinas, dos que buscam informações e as compartilham, dos que fotografam os fatos, dos que se ocupam em comercializar seus espaços publicitários, dos que a dirigem”.

E completou: “São muitas mãos, muitas histórias de resiliência. Na contramão de outros jornais, neste Domingo de Páscoa reafirmamos nossa força. Nossa crença em dias melhores. Nossa certeza de que estaremos aqui, no Bairro do Recife, rodando nosso jornal impresso dia após dia e atualizando nosso portal e redes sociais minuto a minuto, porque o nosso maior compromisso é com você, o nosso leitor. E a você, desejamos resiliência e uma Páscoa de fé e esperança em melhores dias!”

Na berlinda – Apesar de ter sido prestigiado por Jair Bolsonaro na última quarta-feira em jantar com empresários, o ministro da Economia, Paulo Guedes, permanece sob fogo cerrado do Centrão. Os deputados e senadores do Centrão (grupo de partidos sem coloração ideológica clara que adere aos mais variados governos) e de partidos adjacentes pró-Bolsonaro afirmam que o Orçamento, com alguns ajustes propostos (corte de R$ 13,5 bilhões), fica 100% legal e não fura o teto de gastos nem a Lei de Responsabilidade Fiscal. Guedes disse ao presidente que o corte deve ser na casa de R$ 30 bilhões. Bolsonaro terá de arbitrar.

Ciro ignorado – Ninguém no PT levou a sério as declarações do presidenciável Ciro Gomes, do PDT, de sugerir o ex-presidente Lula a seguir o exemplo da ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, que abriu mão da disputa e entrou na chapa como vice do presidente Alberto Fernández. Ao se espelhar nesse exemplo, Ciro insinuou, na verdade, em ter Lula como seu vice. “Ciro não merece mais resposta”, disse o deputado Alencar Santana (PT-SP). “Se ele for democrata, apoiará o Lula em um eventual 2º turno”, declarou.

PDT aplaude – Já o deputado pedetista cearense Eduardo Bismarck disse acha, por outro lado, que Ciro Gomes joga para as esquerdas não permitirem, com a divisão, a reeleição do presidente Bolsonaro. “Se o Lula insistir na candidatura dele, e o PT insistir, estarão dando novamente a eleição do Bolsonaro, agora a reeleição. Se o Lula não tivesse insistido na candidatura do Haddad na eleição passada o Bolsonaro não era presidente”, afirmou. “O PT vive da rejeição do Bolsonaro e o Bolsonaro da rejeição do PT”, disse, por sua vez, o deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS).

Lula cresce – Desde a decisão de Fachin, Lula conquistou 739 mil novos seguidores nos seus perfis oficiais no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube. A média de novos seguidores por dia é de 24.549, contra 5.131 aliados digitais da média anterior (1º de janeiro de 2019 a 7 de março deste ano). Já o ex-ministro Ciro Gomes ganhou 2.570 seguidores a cada 24 horas no mesmo intervalo. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ganhou 1.987 e o ex-ministro Sergio Moro ficou com 306 por dia. Nomes fora da polarização, como o governador João Doria e o ex-ministro Sergio Moro, têm dificuldade de chamar atenção da opinião pública digital.

O PSB é assim – Alvo da Polícia Federal na operação Apneia, o ex-secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, vai atuar na Secretaria Estadual de Saúde. Sua nomeação no gabinete de André Longo, titular da SES-PE, foi publicada no Diário Oficial de Pernambuco, hoje. De acordo com portaria que traz a assinatura da secretária executiva de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde de Pernambuco, Fernanda Tavares Costa de Sousa, a nomeação é retroativa a 1º de fevereiro. Correia atuou como titular da Secretaria de Saúde da Prefeitura do Recife entre 2013 e 2020, durante a gestão do prefeito Geraldo Júlio (PSB).

CURTAS

O CASO – No ano passado, a PF investigou o então secretário por irregularidades na compra de 500 respiradores, que não tinham a aprovação da Anvisa, ao custo de R$ 11,5 milhões. A contratação à época foi feita com a MEI Juvanete Freire, que trabalhava no segmento veterinário. O Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) também fez denúncias a respeito do manejo dos recursos destinados pelo Governo Federal no combate à Covid-19.

ADIADA – Em ofício elaborado em conjunto hoje, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado (SJDH) e o Procon Pernambuco suspenderam as eleições da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), prevista para ocorrer na próxima segunda-feira (12), no Hotel Canarius D'Gaibu, no Cabo. O documento é assinado pelo secretário de Justiça, Pedro Eurico (SJDH), pelo gerente geral do Procon, Helder Rômulo, e pela gerente de fiscalização Maria Danyelle Sena.

Perguntar não ofende: Na conferência entre as cúpulas do PSB e PT, anteontem, foi reatado o casamento para 22?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

DOUTOR JAIRINHO DEIXA A LIÇÃO. nunca deixe uma criança sozinha com um cidadão de bem!

marcos

Esse verme bolsonaro vai ser Exterminado junto com sua família e os seus apoiadores. Nehemias Fernandes o Nazista do Cabo de Santo Agostinho 05/04/21.

Fernandes

Esse Hitler é aquele NaziSta que igual a Bolsonaro e marcos de camaragibe gosta de Exterminar pessoas?

marcos

Esse Hitler é aquele NaziSta que igual a Nehemias Fernandes gosta de Exterminar pessoas?

Fernandes

Boa Noite, sobreviventes do desgoverno bolsonarista. Manter a esperança na retomada da democracia é um ato de resistência. Esquerda Segue Esquerda.



08/04


2021

Mourão chama Argentina de eterno mendigo

O vice-presidente Hamilton Mourão chamou, hoje, a Argentina de "eterno mendigo" ao dizer que o Brasil deve ter responsabilidade fiscal. Mourão deu as declarações ao participar de um encontro virtual com empresários. Na reunião, abordou a polêmica sobre o Orçamento da União de 2021, que tem gerado divergências entre o Congresso Nacional e o governo.

"A mensagem que eu deixo é esta: nós não podemos fugir da âncora fiscal, porque, senão, o país quebra. E, se o país quebrar, nós vamos ficar igual ao nosso vizinho do Sul, igual à Argentina, eterno mendigo”, afirmou o vice-presidente.

A Argentina é o principal parceiro comercial do Brasil na América do Sul e um dos principais parceiros econômicos no mundo.

A relação entre os dois países, no entanto, tem registrado atritos desde que o presidente Jair Bolsonaro decidiu apoiar publicamente a reeleição de Mauricio Macri, derrotado por Alberto Fernández nas eleições. Fernández é aliado político do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Situação semelhante aconteceu com os Estados Unidos. Isso porque Bolsonaro apoiou publicamente a reeleição de Donald Trump, derrotado por Joe Biden.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

08/04


2021

PE recebe novo lote com 187.400 doses de vacinas

Pernambuco recebeu, na tarde de hoje, mais 187.400 doses de vacinas contra a Covid-19. As 102.000 doses da Astrazeneca/Fiocruz e 85.400 da Coronavac/Butantan, que chegaram ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre às 15h55, possibilitarão avançar na aplicação da primeira dose nos idosos entre 65 e 69 anos de idade e nos trabalhadores das forças de segurança e salvamento, além da segunda dose para idosos de 70 a 74 anos e a partir dos 85 anos de idade.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, afirmou que os municípios pernambucanos já conseguiram aplicar mais de 85% das vacinas destinadas à primeira dose, e estão mobilizados para ofertar a segunda em tempo oportuno, de acordo com o tipo do imunizante aplicado. “Tivemos um aumento das entregas do insumo desde a segunda quinzena de março e esperamos que as remessas continuem chegando em boa quantidade, semanalmente, para que possamos finalizar os grupos que já estão sendo atendidos e, com isso, avançar nas outras populações prioritárias", reforçou Longo.

Até o momento, estão sendo vacinados idosos a partir dos 65 anos de idade, pessoas com deficiência abrigadas em instituições, trabalhadores de saúde, povos indígenas aldeados, povos e comunidades quilombolas tradicionais e trabalhadores das forças de segurança e salvamento. Com a nova remessa, sobe para 1.639.960 o número de doses da Coronavac/Butantan e para 380.970 as da Astrazeneca/Fiocruz recebidas por Pernambuco, totalizando 2.020.930 de unidades dos imunizantes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

08/04


2021

Barroso determina que Senado instale CPI da Pandemia

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, hoje, que o Senado instale uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar eventuais omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid-19. As informações são do Portal G1.

Senadores querem apurar as ações e omissões do governo do presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello é alvo de um inquérito autorizado pelo Supremo Tribunal Federal com o mesmo fundamento.

Barroso analisou uma ação apresentada pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO) para que o Senado instale a CPI. Ao todo, 31 senadores assinaram o pedido de criação da protocolado em fevereiro – quatro a mais que os 27 exigidos pelo regimento.

"Defiro o pedido liminar para determinar ao Presidente do Senado Federal a adoção das providências necessárias à criação e instalação de comissão parlamentar de inquérito", escreveu Barroso na decisão.

O requerimento da CPI afirma que tem o objetivo de “apurar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas com a ausência de oxigênio para os pacientes internados” nos primeiros meses de 2021.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

08/04


2021

Estados e municípios podem restringir cultos e missas

Por 9 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, hoje, que estados e municípios podem impor restrições a celebrações religiosas presenciais, como cultos e missas, em templos e igrejas durante a pandemia de Covid-19 – divergiram os ministros Nunes Marques e Dias Toffoli.

Os ministros do Supremo julgaram uma ação do PSD. O partido pedia a derrubada de decreto estadual de São Paulo que proibiu cultos e missas presenciais em templos e igrejas.

O julgamento foi marcado para esta semana pelo presidente do STF, Luiz Fux, após decisões conflitantes sobre o mesmo tema dos ministros Nunes Marques e Gilmar Mendes.

No sábado (3), ao julgar pedido da Associação Nacional dos Juristas Evangélicos (Anajure), o ministro Nunes Marques aceitou o argumento da liberdade religiosa e proibiu que celebrações em templos e igrejas fossem vetadas por estados, municípios e Distrito Federal em razão da pandemia.

Na segunda (5), o ministro Gilmar Mendes tomou decisão divergente. Ele rejeitou liminarmente (provisoriamente) a ação do PSD – que pedia a derrubada do decreto estadual que proibiu cultos e missas em São Paulo devido à pandemia – e enviou o caso ao plenário do STF.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/04


2021

Editorial analisa possível aliança entre PT e PSB

No Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, o meu editorial foi sobre a possível aliança que o PT e o PSB irão formar para as eleições presidenciais de 2022. Vale a pena conferir!

O Frente a Frente tem como cabeça de rede a Rádio Hits 103,1 FM, em Jaboatão dos Guararapes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/04


2021

Governo de PE acomoda Jailson Correia, alvo da PF

Alvo da Polícia Federal na operação Apneia, o ex-secretário de Saúde do Recife Jailson Correia vai atuar na Secretaria Estadual de Saúde. Sua nomeação no gabinete de André Longo, titular da SES-PE, foi publicada no Diário Oficial de Pernambuco, hoje.

De acordo com portaria que traz a assinatura da secretária executiva de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde de Pernambuco, Fernanda Tavares Costa de Sousa, a nomeação é retroativa a 1º de fevereiro. Correia atuou como titular da Secretaria de Saúde da Prefeitura do Recife entre 2013 e 2020, durante a gestão do prefeito Geraldo Julio (PSB).

No ano passado, a PF investigou o então secretário por irregularidades na compra de 500 respiradores, que não tinham a aprovação da Anvisa, ao custo de R$ 11,5 milhões. A contratação à época foi feita com a MEI Juvanete Freire, que trabalhava no segmento veterinário.

O Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) também fez denúncias a respeito do manejo dos recursos destinados pelo Governo Federal no combate à Covid-19.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Um cala a boca pro assaltante!