15/06


2021

Ex-candidato do Psol em Petrolina volta ao PT

Ex-candidato a prefeito de Petrolina, o médico Marcos Heridijanio, principal liderança do Psol no município, está deixando o partido e voltando ao seu antigo ninho, o PT. A saída ocorre em meio a uma divisão interna no PSOL, entre partidários de uma candidatura própria e defensores do apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Heridijanio disse que preferiu voltar à sigla em vez de se envolver em uma disputa interna.

“Sempre prezei pela liberdade para fazer desde já o que eu acho certo e melhor para o País. Vivemos dias conturbados e difíceis com a pandemia que assola o mundo ferozmente  e os desmando de um governo que se perdeu no nosso País. É preciso olhar com a visão voltada para os mais necessitados”, disse.

Quanto ao Psol, Herdijanio disse que passou dias felizes no partido e viu seu nome crescer, mesmo em meio a muitas perseguições, mas que conseguiu aprender excelentes estratégias dentro da sigla.

“Sou muito grato ao PSOL, que me acolheu com muita honra. Não estou saindo do partido para prejudicar a sigla, onde tem muita gente que eu admiro e respeito. O que eu posso destacar como verdade é que, quando eu fui difamado e ameaçado, recebi a solidariedade que eu esperava de amigos e correligionários dentro do partido. Isso não se paga. Foram dias felizes”, destacou. 

Heridijanio foi candidato pelo PT em em  2018 obtendo 6.437 votos para deputado federal. Ficou conhecido por suas postagens ácidas contra o Governo Bolsonaro e seus ministros. Em 2022, ele promete usar novas técnicas buscando sempre o consenso entre a verdade e o compromisso com o povo.

“Serei o mesmo Marcos que sempre lutou pelas causas justas. Óbvio, que as eleições para prefeito de Petrolina me deram mais clareza do meu objetivo a ser alcançado. Vou em frente com novas armas e mais maduro”, finalizou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jaboatão Habitacional Suassuna

15/06


2021

Aposentados serão contemplados com convênio

O atendimento com excelência aos servidores estaduais, municipais, federais; ao Tribunal de Justiça PE, e aos aposentados e pensionistas do INSS, resultou na assinatura de mais um convênio para o Sicredi Vale do São Francisco.

A cooperativa de crédito firmou uma parceria com o Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (Igeprev) para o atendimento de 1.519 aposentados e pensionistas da prefeitura de Petrolina.

A assinatura do convênio foi no último dia 7, e garante aos servidores atendidos pelo Instituto à condição de associado do Sicredi com os benefícios de mais de 300 produtos e serviços financeiros desta instituição que hoje tem 1800 agências e 5 milhões de associados em 22 Estados e no Distrito Federal.

Segundo o diretor presidente do Igeprev, Williams Barbosa, as tratativas para o convênio começaram em 2019, culminando agora com um modelo de disciplina e educação financeira que muito vai acrescentar à qualidade de vida dos aposentados e pensionistas da prefeitura de Petrolina.

"Além de um atendimento personalizado, taxas de serviço com os menores preços do mercado, inclusive para o empréstimo consignado, os nossos servidores vão participar também dos ganhos da cooperativa, afinal de contas eles serão sócios da instituição no rateamento das sobras", ressaltou.

O diretor executivo do Sicredi Vale do São Francisco, Alberico Pena, também comemorou a assinatura do convênio, lembrando que apesar da pandemia a cooperativa de crédito tem crescido muito em relação ao restante do Sistema Financeiro Nacional (SFN). "O Igeprev é muito bem-vindo e chega para somar, tanto em relação a nossa carteira de crédito como no crescimento do número de associados", concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

15/06


2021

Camilo: Postura de Bolsonaro favorece motins da polícia

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), afirmou, hoje, que o discurso e a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estimulam motins de policiais, como o deflagrado no ano passado em seu estado, e reações violentas como nos protestos anti-governo em Recife, no qual duas pessoas ficaram cegas após serem atingidas por bala de borracha nos olhos.

"Aqui, até pela reação forte que tivemos, será mais difícil, porém o clima liderado pela maior autoridade do país favorece essas ações, como aconteceu aqui no Ceará e em Pernambuco. Acho que o discurso e forma como ele age favorecem isso", declarou Santana em participação no UOL Entrevista, conduzido pela apresentadora Fabíola Cidra e pelos jornalistas Josias de Souza e Tales Faria. Confira!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/06


2021

Fiscalização falha em Boa Viagem

Da coluna de João Alberto / Foto: DP

Nada mais ineficiente do que o esquema de fiscalização que a PM, Guarda Municipal e CTTU usaram para fiscalizar a praia de Boa Viagem, no final de semana. Usando até cavalos, não impediram um grande número de pessoas na areia, algumas usando cadeiras, tomando banho de mar e jogando futebol. No calçadão, muitas pessoas andando. Raríssimos os que usavam máscara. Tudo, é bom lembrar, proibido.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/06


2021

Pernambuco supera marca de 1 milhão de vacinados

Pernambuco superou, ontem, a marca de 1 milhão de imunizados com a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

O balanço da vacinação, com dados oficiais da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), indica um total de 1.001.355 pessoas totalmente protegidos, o que equivale a 10,41% da população do Estado, estimada em 9,6 milhões.

As vacinas atualmente em uso no Brasil - AstraZeneca/Fiocruz, Pfizer/Biontech e Coronavac/Butantan - demandam duas doses para garantir os níveis de proteção anunciados pelos fabricantes. O Estado iniciou a vacinação em 18 de janeiro e está prestes a completar cinco meses de campanha.

Ao todo, Pernambuco aplicou 3.452.131 das vacinas contra a Covid-19. Aqueles que receberam pelo menos a primeira dose somam 2.450.776 - equivalente a 25,48% da população.

O balanço indica a seguinte distribuição de vacinas no Estado:

Primeira dose

- 291.462 trabalhadores de saúde;

- 25.925 povos indígenas aldeados;

- 42.402 em comunidades quilombolas;

- 7.649 idosos em Instituições de Longa Permanência;

- 632.399 idosos de 60 a 69 anos;

- 396.854 idosos de 70 a 79 anos;

- 201.275 idosos de 80 anos e mais;

- 1.429 pessoas com deficiência institucionalizadas;

- 17.699 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; - 358.628 pessoas com comorbidades;

- 24.231 pessoas com deficiência permanente;

- 46.237 gestantes e puérperas;

- 19.102 pessoas de 40 a 49 anos;

- 197.356 pessoas de 50 a 59 anos;

- 710 pessoas em situação de rua,

- 530 pessoas privadas de liberdade;

- 186.888 trabalhadores de serviços essenciais.

Segunda dose

- 216.507 trabalhadores de saúde;

- 25.587 povos indígenas aldeados;

- 1.318 em comunidades quilombolas;

- 5.647 idosos institucionalizados;

- 275.443 idosos de 60 a 69 anos;

- 321.399 idosos de 70 a 79 anos;

- 148.978 idosos de 80 anos e mais;

- 1.181 pessoas com deficiência institucionalizadas;

- 5.295 trabalhadores das forças de segurança e salvamento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

15/06


2021

Governo anuncia fim da cobrança da taxa de laudêmio

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou, na última semana, que proprietários de terrenos de marinha e interiores e ocupantes regulares de imóveis da União que adquirirem o domínio pleno das propriedades ficarão livres da cobrança de taxa de laudêmio e outras taxas patrimoniais. As informações são do Portal CNN.

A medida integra o Programa SPU+ – que visa a ativar a economia por meio da contabilização de R$ 110 bilhões em imóveis da União até 2022 – e impactará cerca de 600 mil imóveis inscritos em regime de aforamento e ocupação em todo o país.

Em julho deste ano, a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU), do Ministério da Economia, lançará a remição de foro digital e regulamentará a Proposta de Manifestação de Aquisição (PMA) até outubro de 2021.

A realização da remição de foro digital será feita pelo aplicativo SPUApp e vai possibilitar a compra do domínio total de cerca de 300 mil imóveis em terrenos de marinha e interiores.

A partir disso, o ocupante – que detém apenas 83% do imóvel – vai adquirir os 17% restantes da União, com desconto de 25% para quem efetuar o pagamento à vista.

Ao aderir à remição, o proprietário ficará livre de pagar as taxas de laudêmio – equivalente a 5% do imóvel e que deve ser quitada por ocasião da transferência da propriedade – e do foro anual, taxa cobrada pela utilização das áreas.

O ato corrigirá problema histórico atrelado ao instituto do terreno de marinha, datado de 1831. “Esse projeto da remição de foro será iniciado no Rio de Janeiro, nos bairros de Copacabana e Leme. A cidade do Rio foi escolhida por fatores históricos, sociais, econômicos, turísticos e culturais. Em todo o Brasil, mais de um milhão de pessoas devem ser beneficiadas”, afirmou o secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Mauro Filho.

Além da remição, os ocupantes regulares de imóveis, que atualmente pagam taxa anual pela utilização do espaço, também poderão adquirir a propriedade.

Nesse caso, o terreno é 100% da União e os ocupantes poderão manifestar o interesse na compra do terreno por meio da Proposta de Manifestação de Aquisição (PMA). A medida será regulamentada pela SPU e impactará cerca de 300 mil ativos em todo o país.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

15/06


2021

14 Estados pretendem vacinar os adultos até outubro

Levantamento realizado pelo Poder360 mostra que 14 Estados brasileiros pretendem aplicar a 1ª dose da vacina contra a covid-19 em toda sua população adulta até o fim de outubro. O mais otimista deles é o Ceará, que prevê a imunização de 100% dos elegíveis até 25 de agosto.

São Paulo e outros 5 Estados projetam o fim da 1ª fase da vacinação em adultos até setembro. Já Minas Gerais tem prazo mais longínquo: até dezembro.

Acre, Amazonas, Bahia, Mato Grosso, Roraima, Tocantins, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal não divulgaram estimativas. Afirmam que o calendário é de responsabilidade dos municípios e que dependem do envio de vacinas pelo Ministério da Saúde.

A Secretaria de Saúde do Paraná disse que ainda não há definição do calendário. Mas que deve divulgar uma data para concluir as aplicações da 1ª dose em adultos nos próximos dias.

Os novos calendários de imunização dependem do aumento da oferta de vacinas. O Ceará, por exemplo, só aplicou a 1ª dose em 30% dos adultos até agora. No ritmo atual, a campanha se estenderia até maio do ano que vem.

Os prazos estabelecidos levam em conta as previsões de doses a serem entregues pelo Ministério da Saúde às unidades da Federação. Em meses anteriores, a pasta revisou essas previsões para baixo mais de uma vez. Clique aqui e confira o levantamento completo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru Campanha São João

15/06


2021

Ex-secretário relata ênfase por tratamento com cloroquina em Manaus

O ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, disse à CPI da Covid, hoje, que a secretária do Ministério da Saúde Mayra Pinheiro, em visita a Manaus dias antes do colapso na cidade, deu ênfase ao tratamento com drogas sem eficácia para a Covid.

"No dia 4 de janeiro recebemos a dra. Mayra Pinheiro, na primeira reunião pela manhã 8 horas no auditório do Hospital Delphina Aziz, onde foi convocada, a sua assessoria convocou [...] e vimos uma ênfase da dra. Mayra Pinheiro, em relação ao tratamento precoce", afirmou Campêlo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

15/06


2021

“Emendão” tenta viabilizar PEC da reforma eleitoral

Em comum acordo, os líderes partidários da Câmara dos Deputados apresentaram, ontem, o chamado "emendão" à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma política. Com mais de 120 páginas, o documento possui propostas de criação de cotas para mulheres e negros dentro do Legislativo, alteração na escolha de deputados, implementação do voto único podendo ser destinado a um candidato ou a? legenda partidária, retorno do financiamento privado e a anulação dos fundos públicos.

Também está presente no “emendão” mudanças na escolha de deputados e vereadores do proporcional em lista aberta. O voto dos partidos deve decidir o número de vagas no pleito. Outra emenda a ser votada é a proibição de troca de sigla no meio do mandato por prefeitos, senadores, governadores e o presidente.

Para seguir ao Senado, a PEC precisa de 308 votos favoráveis dentro da Câmara.  Há previsão de que o texto vá para o plenário já nesta semana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Junho 2021

15/06


2021

Barroso prorroga prazo de investigação da PF contra Renan

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou por 60 dias o prazo para a conclusão de um inquérito que investiga o senador Renan Calheiros (MDB-AL). A Polícia Federal solicitou mais tempo para poder terminar as diligências. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

O inquérito investiga o suposto envolvimento do senador em desvios no Postalis, entre 2010 e 2016. O Postalis é fundo de pensão dos Correios. Barroso considerou o pedido da PF "devidamente justificado". A Procuradoria-Geral da República (PGR) foi informada sobre a ampliação do prazo. Os agentes responsáveis pela investigação devem ouvir mais testemunhas e obter documentos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mesquita

Não esqueçamos do clã Bolsonaro!

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Reunião de um marginal com seu advogado!


Serra Talhada 2021