Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes

26/10


2006

TSE recua e autoriza mais gastos para Alckmin

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), José Delgado, autorizou aumento de R$ 10 milhões nos gastos da campanha do candidato à Presidência, Geraldo Alckmin (PSDB). O valor, que antes era de R$ 85 milhões, passou para R$ 95 milhões. Nesta terça, o TSE havia negado o pedido do tucano, mas voltou atrás e reconsiderou a decisão.

O presidente e candidato à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), também foi autorizado pelo TSE na noite desta terça a gastar mais em sua campanha. O petista pediu Lula para aumentar os limites de gastos de R$ 89 milhões para R$ 115 milhões.

A legislação eleitoral determina que, ao registrar as candidaturas, os políticos informem quanto pretendem gastar com a campanha. Mas eles podem pedir a revisão dos valores. No caso de Lula e de Alckmin, o aumento do limite de gastos foi pedido porque a eleição presidencial terá segundo turno.(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

26/10


2006

Lula tenta resgatar imagem de ética no governo

Certo de uma vitória nas urnas neste domingo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se esforça agora em recuperar parte da imagem ética do mandato. A três dias das eleições, ele mandou nesta quinta-feira, 26, tirar da gaveta projeto de combate ao uso de informações de governo no setor privado e orientou assessores a marcar entrevista coletiva, possivelmente na segunda-feira ou na terça-feira, para mostrar transparência e sinal de diálogo.

As orientações de Lula contrastaram, no entanto, com a postura de ministros próximos dele, que não esconderam a irritação com perguntas sobre o trabalho da Polícia Federal (PF) de rastrear a origem do dinheiro usado por petistas para compra do dossiê contra o PSDB. Em uma entrevista à tarde no Palácio do Planalto, o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, disse que não era possível comentar a suspeita da PF de que petistas usaram caixa dois para comprar o dossiê. Ele alegou que o caso está sob segredo de Justiça, encerrando a entrevista.

Quem também demonstrou irritação com perguntas sobre o dossiê foi o ministro de Relações Institucionais, Tarso Genro. Uma repórter perguntou se a hipótese de uso de caixa dois não o preocupava. "Não vou me manifestar sobre isso", respondeu. "Me perdoe, sei que é uma boa matéria para você, mas não posso fazer isso", acrescentou. Diante da insistência de uma outra repórter ele completou: "Já respondi." (Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

26/10


2006

Eleições custam R$ 600 milhões

 O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou que serão gastos nas eleições deste ano R$ 600 milhões. Do total, a maior parte, R$ 500 milhões, foram gastos na realização do primeiro turno. O custo médio de cada voto varia conforme o Estado.

No primeiro turno, cada voto no Estado de São Paulo, que tem mais de 40 milhões de habitantes, custou R$ 1,16, em média. Já no Amazonas, com cerca de 3,2 milhões de habitantes, cada voto ficou em R$ 7. A média nacional no primeiro turno foi de R$ 4,70 por voto.

Para o cálculo, o TSE divide o valor investido em cada Estado pelo número de eleitores. Os recursos são destinados ao pagamento de funcionários, transporte de mesários e urnas, entre outros serviços e/ou material.

Em algumas regiões do país o voto chegou a custar R$ 4.400. É o caso da aldeia Metuktirê, no Parque Nacional do Xingu (MT). O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Estado pagou R$ 17,9 mil fazer chegar urna e mesários até os índios residentes no local. Como só apenas quatro compareceram ao colégio eleitoral, cada voto custou R$ 4,4 mil.

Também no Parque do Xingu, 17 índios da aldeia Capoto Alto compareceram a uma seção que tem 60 eleitores registrados. Cada voto custou à Justiça Eleitoral R$ 1.000.

Nas duas aldeias, tem sido grande o número de eleitores registrados nas seções que comparecem para votar. No entanto, o alto índice de abstenção no primeiro turno teve um motivo. É que boa parte dos índios estavam ajudando na localização dos destroços do avião da Gol, que caiu naquela área dois dias antes das eleições.

No Mato Grosso, 30 seções eleitorais atendem às aldeias indígenas, nas quais votam quase 6.000 eleitores. No primeiro turno, o comparecimento dos índios às urnas foi de quase 80%.

O alto custo do voto nestas localidades, segundo o TSE, é por conta de o transporte ser feito exclusivamente por meio aéreo, devido ao difícil acesso.(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru

26/10


2006

Enfim, reaparece o "vermelho PT"

 Carros e cruzamentos em Fortaleza foram tomados por adesivos e bandeiras vermelhas, com estrelas brancas, o nome do PT e o número 13 nesta reta final do segundo turno, numa retomada da simbologia petista para alavancar a votação de Lula à Presidência.

A reviravolta vermelha é exatamente o inverso do aconteceu no primeiro turno, mesmo em Fortaleza, cidade administrada por uma petista, quando quase não eram vistos nem sequer adesivos em favor de Lula nos carros, e os que existiam eram apenas os produzidos pela campanha nacional, com um fundo azul e uma discreta menção ao partido.

O material cearense pró-Lula de agora foi baseado na campanha vitoriosa à Prefeitura de Fortaleza de Luizianne Lins, em 2004, que, mesmo sem o apoio da cúpula nacional do partido, insistiu no vermelho e na estrela para reforçar seus vínculos partidários.

Com a volta dos símbolos petista, voltaram às ruas também os militantes espontâneos, que no primeiro turno não se mobilizaram tanto.

"A intenção foi realmente retomar o caráter simbólico do PT, que estava muito diluído, depois de tantas denúncias" disse Francisco Pinheiro, eleito vice-governador do Estado na chapa de Cid Gomes (PSB). "O partido sairá mais fortalecido depois dessa campanha."

A iniciativa do vermelho foi da própria Luizianne, que costuma usar roupas dessa cor e bijuterias em formato de estrela, inclusive um piercing no nariz. Antes rejeitada pelo partido, agora a prefeita é a coordenadora da campanha de Lula no Nordeste e tem percorrido o país como puxadora de votos para ele.

Mais do que conseguir uma grande votação para Lula --que, no Ceará, chegou a 71,22% dos votos, e em Fortaleza, a 67,54%--, a idéia de fortalecer a imagem do partido é também com vistas a 2008, quando Luizianne deverá tentar a reeleição.(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/10


2006

Sites de candidatos funcionam só até amanhã

 O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) permitiu que os candidatos que disputam o segundo turno das eleições poderão manter até as 24h de amanhã suas páginas de propaganda eleitoral na internet.

De acordo com o TSE, a permissão foi decidida no julgamento de um requerimento encaminhado pela coligação do PT, PC do B e PRB sobre o assunto. Segundo o TSE, a definição anterior era que a propaganda eleitoral na internet terminaria 48 horas antes da eleição do segundo turno, que será realizada neste domingo, e deveria ser encerrada na meia noite desta quinta-feira.

Na nova decisão, o TSE considerou que a propaganda eleitoral na internet deve manter simetria com a determinação que autoriza a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV até a meia noite desta sexta-feira.(Folha Online)



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

26/10


2006

TSE manda tropas federais para 13 municípios

 O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou nesta quinta-feira o envio de tropas federais para reforçar a segurança em mais 13 municípios nas eleições do segundo turno, que acontecerão neste domingo.

Segundo o tribunal eleitoral, serão enviados reforços para dez cidades do Rio Grande do Norte, uma no Pará, uma na Paraíba e uma em Tocantins.

O envio de tropas para reforço nas eleições foi solicitado pelos TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) dos Estados.(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

25/10


2006

Alckmin ganha a eleição, garantem os videntes

As pesquisas não estão do lado de Geraldo Alckmin (PSDB), mas astros e divindades estão. Contra todas as "previsões" das sondagens eleitorais, gurus trazem um recado diferente do plano espiritual: "o tucano será o novo presidente do Brasil".

"Tive essa premonição em 2003. Foi um sonho premonitório tridimensional. Recebi informações através de um mentor de voz grave: ''Geraldo Alckmin será o novo presidente do Brasil"'', relatou à Reuters Jucelino Luz, vidente conhecido pelo hábito de registrar em cartórios suas premonições.

Os oráculos contrariam o que mostram os levantamentos eleitorais do mundo real. A quatro dias da eleição, o oposicionista tem de conviver com o carma de estar muito atrás de seu adversário. Segundo sondagem do Instituto Datafolha, Luiz Inácio Lula da Silva seria reeleito com 61 por cento dos votos válidos, contra 39 por cento dos votos dados a Alckmin.

"Sei que ele vai vencer, mesmo porque ele é a pessoa mais preparada. Neste governo, a corrupção aumentou e a pobreza cresceu", disse o vidente, sem separar a porção médium da porção eleitor.

O colega Paulo Fuentes segue a mesma linha premonitória.

"Ainda no primeiro turno, vi que Geraldo Alckmin chegaria ao segundo turno e daria uma virada. Ele vencerá por dois ou três milhões de votos", declarou.

"Ao contrário do Lula, eu não sou cego, vejo as coisas. Vou votar no Geraldo porque sou contra a corrupção. Se fosse o Enéias, contra Lula, eu votaria no Enéias", acrescentou o vidente, também deixando clara a sua preferência política.

Mas Lula não foi abandonado pelo cosmo por completo. Alguns mentores, ainda que em minoria entre os clarividentes geralmente consultados por famosos da política e das artes, fazem cruzamentos planetários, analisam datas e as conjunções e atestam: a vaga no Palácio do Planalto está mesmo reservada ao petista.

"Nos meus prognósticos, nesta data, o presidente aniversaria. A situação astrológica favorece muito o mapa do presidente-candidato. Ele só não vai ganhar com essa margem que as pesquisas dos institutos mostram, mas a vitória é do presidente-candidato", antevê José Acleildo, conhecido como o "guru das estrelas".


"Visão embaçada"
Mas os astros e as divindades também pregam peças nos seus porta-vozes. No caso de Jucelino da Luz, figuram em seu documento autenticado alguns políticos que, ao contrário do que havia previsto, foram derrotados nas urnas. Na carta, endereçada ao presidente Lula, datada de 2003, o vidente alerta para a vitória de Alckmin e dos tucanos Aécio Neves, em Minas Gerais, e de José Serra, em São Paulo, mas erra em cheio quando concentra a mente na Bahia e no Rio Grande do Sul.

Se suas premonições tivessem se realizado nesses dois últimos casos, Jaques Wagner (PT) não teria sido escolhido governador do maior Estado do Nordeste, para surpresa também das pesquisas eleitorais, e Germano Rigotto (PMDB) não teria chorado diante das câmeras por ter ficado de fora da disputa no segundo turno.

"Fico num lugar escuro, onde a energia se capitaliza melhor. A premonição passa na minha mente como se fosse um filme. Quando a imagem é nítida, ocorre imediatamente. Às vezes, vem embaçada", explicou, dizendo ter "cantado" o resultado de todas as eleições, "desde Collor".

A cada conversa, os conhecidos gurus abrem uma lista de acertos na história. Uns previram o Tsunami quatro dias antes, outros, disseram ter previsto, e alertado, para os atentados de 11 de setembro.

Na política, no entanto, alguns repetem sem querer a máxima que os experimentados do Congresso e do Executivo já sabem de cor.

"Política é aquela coisa, você não consegue explicar", resumiu Fuentes. (Da Reuters)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Caro Magno, as vezes você me surpreende com informações que até respeito, pelo mistério que existe entre o céu a e terra, porém esse comentários são tão idiotas, que não podemos fazer outra coisa se sorrir. AHAHAAHAHAH

Fabio Henrique Cavalcanti Pedrosa

Pergunte de quanto Mendoça vai perder. Estou curioso.

Fabio Henrique Cavalcanti Pedrosa

Magno, que videntes borocoxôs são esses? Sem comentários. Por citar o assunto, sugiro que você consulte algum vidente daqui pra vê o que ele fala a respeito de Mendonça Filho.

José Manoel de Souza

EU ACREDITO, EM BOI DA CARA PRETA, EM CUMADE FULOZINHA, EM SACI PERERE, NA CUCA.......AGORA ACREDITAR EM VIDENTE É DOSE. Ô TURMA PRÁ APELAR. ATÉ TÚ MÁGNO?

caca di serrat

sabe quem foi o vidente professor sarturno


Serra Talhada 2021

25/10


2006

Novo presidente será conhecido domingo às 22 horas

Os brasileiros vão conhecer o novo presidente da República no próximo domingo às 22 horas. Segundo a repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) espera ter concluído a apuração de 90% dos votos nesse horário. Às 23 horas, o presidente do TSE, ministro Marco Aurélio Mello, deve anunciar oficialmente quem governará o Brasil nos próximos quatro anos: Geraldo Alckmin (PSDB) ou Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O TSE já retomou os preparativos para a apuraçã dos votos, que serão semelhantes ao primeiro turno. Cada sessão eleitoral, assim que encerrar a votação, encaminha os votos para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que repassa a totalização dos votos ao TSE.

A novidade é que, no segundo turno, as filas devem diminuir nas sessões eleitorais. O TSE estima que cada eleitor vai gastar 20 segundos para votar, contra os 50 segundos em média registrados no primeiro turno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

tudo isso é muito bom para que as elites saibam que o POVO do BRASIL e de PERNAMBUCO é livre. adeus PEFELANÇA e TUCANATO DESVAIRADO!!! Adeus !! (Dr. Jarbas pode acreditar. Tu não é dono de Pernambuco não!!!)

milton tenorio pinto junior

Voto Lula 13 ! Voto Eduardo 40 !

renata lima

VOTO GERALDO 45 e MENDONÇA 25.

Paulin de Caruaru.

Só vai ser conhecido domingo às 22:00 horas?Oh dúvida cruel...

José Manoel de Souza

Nosso governador tambem. E a Conde da Boa Vista? tá linda, toda amarela, tem prá mais de 100 mil pessoa, todas gritando É Eduardo É o nosso governador.


Anuncie Aqui - Blog do Magno

25/10


2006

A pergunta que não quer calar: de onde veio o dinheiro?

O candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, deve insistir na cobrança ao presidente Lula quanto à origem dos R$ 1,7 milhão pagos num dossiê encomendado pelo PT, para desestabilizar a então candidatura de José Serra ao Governo de São Paulo e, consequentemente, a de Alckmin.

 

Como Lula nada diz, Alckmin deve explicar ao eleitor, porque é importante que o dinheiro apareça. Não é uma mera peça de propaganda. Não é um slogan de campanha. É o símbolo da ética e dos valores morais que deve cercar um presidente da República do Brasil. O presidente é um símbolo que deve guiar o Brasil.

 

Nele, devem estar depositados os valores cívicos e morais da sociedade. O presidente é o reflexo do País, seu espelho e seu exemplo em todos os níveis. Lamentavelmente, Lula não está representando mais estes valores. Perdeu-os entre a sua eleição e as denúncias de corrupção em que se deixou envolver. Está corroído e maculado pelos escândalos protagonizados por seus amigos do peito, pessoas da sua estrita confiança, companheiros de sua jornada pessoal, gente da sua intimidade.

 

Não e crível que um homem com a inteligência do Lula, sua esperteza, sua liderança centralizada e sua história possa se dizer ignorante daquilo que seus mais leais subordinados faziam e ainda fazem. O noticiário está mostrando todos os dias que a turma continua viva e vai continuar dando as cartas se ele se eleger.

 

Ao elegê-lo, o eleitor estará elegendo a todos. É por isso, que o dinheiro tem que ter sua origem conhecida, até para uma possível reeleição de Lula ficar inquestionável. Isso mostrará a verdade que o Lula quer esconder, escudado pela lentidão da justiça e das investigações, claramente acobertadas pelo poder e tráfico  de influência do Ministério da Justiça. Em tempo: a CPI dos Sanguessugas já identificou 800 ligações do Palácio do Planalto para a quadrilha do dossiê.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

UMA PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR(Repeteco de muitos.)PARA ONDE VAI A DINHEIRAMA:1.7 MILHÕES DE REAIS?. GOSTARIA MUITO QUE FOSSE PARA A MINHA CONTA. TENHO MUITOS PLANOS PARA SEU USO.Daria para construir cerca de 100 casas populares.Seria 100 famílias assistidas.E eu faria.

irania Olivia Benicio

E desde quando espécime da qualidade de vocês são pessoas? Pessoas, cretino, são individuos civilizados, cumpridores de todas as obrigações cidadãs, acrescida de respeito próprio e mais ainda ao próximo. Só que você Tenório não é "proximo", você "mora" longe, muitíssimo longe!!!

fernando gordinho

da casa da mãe

irania Olivia Benicio

Macielista é sua mãe, ignorante Tenório!

guilherme alves

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: Onde está o Saulo Batista?


Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

25/10


2006

Multidões tomam conta de Olinda e Recife

O ex-ministro Fernando Lyra está no debate da Melodia FM e se diz impressionado com a multidão que encontrou no centro da cidade participando da caminhada do candidato Eduardo Campos(PSB), com prognósticos de 100 mil pessoas no evento. Notícias procedentes de Olinda dão conta também de uma grande acorrência de participantes no evento ali promovido pela militância do candidato Mendonça Filho. O Recife muito movimentado politicamente neste final de tarde e início da noite.  Continuem ouvindo o debate.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

Ô Soraya mentirosa, todo mundo sabe e a Polícia Militar confirmou, em Olinda não tinha mais que 35 mil pessoa. Agora na Conde da Boa Vista, na "ONDA AMARELA"são mais de 100 mil pessoas referendando o nosso governador É EDUARDO 40 E LULA 13.

Carlos Eduardo Vilar

O povo parece que está escolhendo candidato pela mídia, por quem está faz mais barulho, quem aparece melhor na TV. Parece cinema torcendo pelo mocinho ou pelo bandido, só que diferente do cinema quem leva essa parece não ser o mocinho.

Carlos Eduardo Vilar

Tudo muito bonitinho, Eduardo na mídia levado por uma onda vai ser eleito governador. Ninguém ta pensando na gravidade que é ter esse cara no comando de PE novamente! Impressionante como o povo tem memória curta!

fernando gordinho

em olinda tinha cento e dez mil

Soraya da Cruz Plácido

Eu estava em OLINDA, reduto que antes era tido como ESQUERDA, as ruas foram invadidas, uma militância linda, multidão gritando em coro: Ô , Ô ,Ô,Ô É JARBAS NO SENADO, MENDONÇA GOVERNADOR... Lindo demais de se ver, Olinda vestiu Azul. Parabéns POVO OLINDENSE, vcs sabem quem tem mãos limpas.