06/11


2006

Conchamblanças, jeitinho e reformas

Neste País das reformas inacabadas, a cantiga agora é a reforma política, reforma eleitoral, reforma fiscal e previdenciária, reforma das leis de comunicação. Em meio à delinquência e à violência de uma guerra civil não declarada, numa sociedade sangrenta e conflitada, estranhamente não se fala em reforma do Código Penal ou das tais leis de execução penal.

A lei do jeitinho e das conchamblanças não está escrita, mas funciona a todo vapor e são os vapores da  indústria da impunidade. Os grandes corruptos e os delinqüentes que têm dinheiro da caixinha driblam as leis e tripudiam sobre a dignidade nacional'', escreve o jornalista José Adalberto Ribeiro , em artigo que acabo de postar em Opinião. Boa leitura!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo 2021

06/11


2006

SP: captação do PT cresce em 2006

Os deputados federais eleitos pelo PT de São Paulo que haviam concorrido a uma vaga em 2002 apresentaram aumento médio de 229% na arrecadação de recursos para a campanha da primeira eleição depois do escândalo de caixa dois --já descontada uma inflação de 35% no período.

No Estado, o PT ficou à frente dos grandes partidos da oposição. O PSDB teve aumento médio de 84,39%, e o PFL, de 188,34%. Outros partidos da base aliada tiveram crescimento superior, caso do PSB, que registrou 246%.

O deputado que teve o maior aumento na arrecadação entre as principais siglas foi Ricardo Berzoini (PT), presidente licenciado do partido, que saiu de uma receita de R$ 271 mil em 2002 (valor corrigido) para R$ 2,06 milhões em 2006, um aumento de 660,5%. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/11


2006

Coordenador da transição quer pressa nas informações

O vice-governador eleito e coordenador da equipe de transição de Eduardo Campos (PSB), João Lyra Neto,  demonstrou ontem ter pressa para começar as trocas de informações com o atual Governo do Estado. Segundo ele, as reuniões entre os dois blocos devem ter início imediato.

“Assim que o governador anunciar a equipe, nós marcaremos um encontro. Se ele (Mendonça) anunciar amanhã (hoje), na terça-feira tentaremos marcar um encontro. Vamos nos informar sobre tudo que está sendo executado, sobre parcerias, convênios em início de execução, para que o Estado não tenha prejuízo”, argumentou Lyra Neto.

A expectativa do pedetista é que o governador Mendonça Filho (PFL) cumpra o prazo dado para anunciar a sua equipe de transição do Governo do Estado, o que deve acontecer hoje.  Os projetos do Executivo que estão na pauta de votação da Assembléia Legislativa também estarão na pauta do levantamento. Desde a semana passada o pedetista informou que pretende até mesmo agendar um encontro com o líder do Governo na Casa, deputado estadual Pedro Eurico (PSDB), a fim de conhecer o teor e as possibilidades de aprovação de cada medida. As informações são da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner Jaboatao 2021

06/11


2006

A CPI do ACM na Bahia

Da coluna de Cláudio Humberto: "Após a inesperada vitória do petista Jaques Wagner na Bahia, a turma de ACM tenta se livrar, às pressas, dos muitos esqueletos escondidos em seus armários. Há uma corrida para tentar dar aparência de legalidade, sobretudo, a contratos sem licitação. O PT monitora o movimento, reunindo elementos para criar a CPI do ACM, na Assembléia Legislativa".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

...E a casa caiu.ACM e seus ebós,s/amuletos e seus bonecos de vudu. eis q um dia a casa haveria de cair.A arrogância e a empáfia desse elemento está ruindo.A capa de moral e honestidade está derretendo.A vergonha,se é q tem,vai matá-lo.Seus colaboradores estão em linha de tiro ao alvo.cairão todos.

guilherme alves

E o vestal PFL procede dessa maneira. Administra sem observar os preceitos da Lei 8666/93? O que tem de buraco é uma festa. A fotografia do ACM desolado no gabinete do Paulo Souto era um prenúncio da brona que vai ser exposta.



06/11


2006

Infraero comemora sucesso da operação nos aeroportos

O presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, considerou um sucesso as medidas emergenciais tomadas para conter a crise gerada pela operação-padrão dos controladores de vôo, mas alerta para a necessidade de tomar ações definitivas.

Para resolver o problema que gerou um caos nos aeroportos de todo o País nos últimos dez dias, é preciso, segundo ele, investir em contratação de pessoal, compra e modernização de equipamentos e aumento de recursos destinados ao setor.

O brigadeiro não soube prever até quando as medidas de reforço da operação de controle aéreo surtirão efeito. "Até quando essas medidas emergenciais vão manter o ritmo normal nos aeroportos, se duas semanas, três semanas, até o Natal ou Ano Novo, nós não sabemos", afirmou.

Ele fez um balanço positivo do movimento dos aeroportos em todo o Brasil no fim do feriado prolongado. Segundo Pereira, só houve um atraso significativo, de uma hora e dez minutos, em um vôo que partiu de Salvador com destino a São Paulo.

Durante todo o domingo foram cerca de 1.740 decolagens em todo o País, com aproximadamente 209 mil passageiros, considerando uma média de 120 pessoas por vôo. O balanço do presidente da Infraero foi feito por volta das 20 horas deste domingo, ainda durante o movimento de pico. A estatal vai continuar acompanhando os vôos até o fim da noite, mas o brigadeiro adiantou que a empresa estava preparada para atender uma demanda maior de passageiros do que a que foi registrada neste domingo. As informações são da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina 2021

06/11


2006

Dossiê: telefonemas ligam Berzoini a Freud

A quebra dos sigilos telefônicos da empresa Caso Sistemas de Segurança Ltda., pertencente ao ex-guarda-costas do presidente Lula Freud Godoy e sua mulher, Simone Godoy, registra intensa comunicação com o escritório do presidente licenciado do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP). Em agosto e setembro há pelo menos 32 ligações dos telefones do comitê de campanha de Berzoini, em São Paulo, para a Caso.

Apesar de se dizer inocente no caso do dossiê Vedoin, Berzoini foi afastado da coordenação da campanha de Lula quando estourou o escândalo da compra do dossiê. Freud foi apontado por Gedimar Passos, ex-integrante do núcleo de inteligência da campanha, como a pessoa no PT que mandou pagar pelo dossiê. Depois, Gedimar mudou seu depoimento, passando a isentar Freud e a afirmar que citou-o por pressão do delegado da Polícia Federal Edmilson Bruno, primeiro a interrogá-lo.

Algumas das ligações coincidem com um momento crucial do processo de negociação do dossiê. Há uma seqüência de seis telefonemas nos dias 11, 12 e 13 de setembro. No dia 14, conforme as investigações da PF, Hamilton Lacerda, ex-assessor do senador Aloizio Mercadante (PT-SP), levou ao Hotel Ibis o dinheiro destinado à compra do dossiê.

A mais longa delas, com cinco minutos de duração, foi realizada às 11h08 do dia 13 de setembro. Outra seqüência de 13 telefonemas do comitê de Berzoini para a Caso é identificada entre os dias 21 e 29 de setembro, às vésperas do primeiro turno das eleições. No dia 29, quando Freud Godoy prestou depoimento na superintendência da Polícia Federal em São Paulo, há o registro de duas chamadas entre os dois escritórios: uma de apenas sete segundos e outra de 3 minutos e 17 segundos. As informações são da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

06/11


2006

Justiça bloqueia bens de Círceo Lucena na Paraíba

 A Justiça Federal bloqueou parte dos bens do ex-prefeito de João Pessoa e senador eleito pela Paraíba, Cícero Lucena (PSDB), e de outros suspeitos de participação em um suposto superfaturamento e em outras irregularidades na construção de um viaduto sobre a BR-230, na capital paraibana.

A decisão é da juíza Wanessa Figueiredo dos Santos Lima, da 1ª Vara da Justiça Federal em João Pessoa, em resposta à ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal contra o ex-prefeito, que administrou a cidade de 1997 a 2004.

Segundo a assessoria da Justiça Federal, o bloqueio foi feito para garantir bens caso a decisão final seja a devolução de R$ 1,6 milhão, valor que corresponde à estimativa de superfaturamento feito pela Controladoria Geral da União (CGU).

O advogado de defesa de Lucena, Walter Agra, afirmou que a liminar retém R$ 300 mil do réu. Agra disse ter tomado conhecimento da decisão pela imprensa e que ainda não foi notificado pela Justiça. "Falei com a juíza, e ela me disse que irá pedir um inquérito para apurar quem vazou a notícia de um processo que corre sob segredo de Justiça."

Agra disse ainda que não vai se pronunciar sobre o processo, mas afirmou que os direitos políticos de Lucena estão resguardados e que a decisão judicial não ameaça a posse do tucano. Ele disse que irá recorrer da decisão assim que seu cliente for notificado.(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

06/11


2006

TREs tem até o dia 14 para proclamar os eleitos

 O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e os TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) têm até terça-feira da próxima semana (14) para proclamarem os candidatos eleitos no pleito de 2006. No caso do TSE, será proclamada a recondução do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à chefia do Executivo.

Já os TREs vão proclamar os eleitos aos cargos de governador, senador, deputados federais, estaduais e distritais. Os prazos estão fixados na Resolução 22.249 do TSE.

O calendário eleitoral prevê ainda que todos os candidatos que concorreram ao segundo turno, bem como os comitês de partidos políticos ou coligações, têm prazo até o dia 28 para prestar contas dos gastos de campanha à Justiça Eleitoral.

A partir daí, o TSE e os TREs terão duas semanas para julgar as contas apresentadas pelos candidatos eleitos --o que deverá ser feito até 11 de dezembro.

Os Tribunais podem proceder às diplomações dos eleitos até o dia 19 de dezembro. O candidato eleito precisa, impreterivelmente, ter as contas julgadas até 11 de dezembro, sob pena de não ser diplomado. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

06/11


2006

Clô quer transformar Brasília em "cidade amada"

 O deputado eleito Clodovil Hernandez (PTC-SP) afirmou hoje que quer transformar a capital federal em uma cidade "amada" e não "temida", em sua interpretação.

"Eu prometo a vocês que Brasília não será mais a mesma da seguinte maneira: eu vou fazer Brasília ser uma cidade amada porque [hoje] é uma cidade temida. Quem tem medo do poder, não ama, como quem tem medo de Deus, não ama Deus", afirmou o parlamentar recém-eleito, que participou hoje de um encontro com representantes da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), na capital paulista.

"Eu não vou me meter a fazer leis, porque eu não sei fazer leis. Eu sei avaliar se ela é boa ou ruim, mas não é a minha proposta. A minha proposta, realmente, é transformar o poder numa coisa boa e útil para todos nós", acrescentou.

Questionado sobre o que poderia fazer pela indústria paulista, ele respondeu que, há 40 anos, tentou fazer da moda "alguma coisa", mas não teve sucesso. Sem citar nomes, disse que uma fábrica brasileira vendeu sapatos em Nova York, criados por ele, sem reconhecer sua autoria. "Não dá para confiar em indústria que trabalha assim".

O ex-apresentador de televisão também não poupou a imprensa de suas críticas. "A mídia anda desrespeitosa, só quer sensacionalismo, igual à televisão, que virou um celeiro de gente duvidosa, porque atrás de Ibope, a qualidade foi para o brejo", afirmou. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

06/11


2006

TSE: Sete mil não entragaram prestação de contas

 O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou que foram entregues 12.621 prestações de candidatos e comitês de campanha até o início da tarde desta segunda-feira, de um total de 19.959 candidaturas registradas pela Justiça eleitoral neste ano.

O prazo máximo para os candidatos que disputaram o segundo turno (dois à Presidência e 20 para governos estaduais) repassarem os documentos necessários sobre as contas de campanha esgota no próximo dia 28. No primeiro turno, somente 61,09% das 19.959 candidaturas entregaram suas prestações de contas ao TSE, em um balanço feito no dia seguinte ao prazo final (31 de outubro).

Segundo o TSE, as candidaturas de Estados do Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina estão entre os mais "pontuais" , com a entrega superior a 70% das prestações de contas esperadas. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha