Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

31/05


2008

PT quer acuar PSDB sobre propina de empresa francesa

 A bancada do PT na Assembléia Legislativa de São Paulo decidiu se valer de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) já instalada -a CPI da Eletropaulo- para investigar o possível envolvimento de tucanos em um esquema de pagamento de propinas pela multinacional francesa Alstom. Como documentos enviados ao governo brasileiro pelo Ministério Público da Suíça indicam que um contrato realizado pela Eletropaulo, entre 1997 e 1998, está sob investigação, o PT vai aproveitar a existência dessa CPI para apurar possíveis irregularidades no processo de privatização da empresa. A Eletropaulo foi privatizada em 1998, na gestão de Mario Covas.

Segundo os documentos enviados ao Brasil, empresas "offshore" teriam sido utilizadas para repassar, entre 1998 e 2001, até R$ 13,5 milhões em propinas para políticos e autoridades de SP, em valores atualizados.

A obra seria de instalação de subestações para fornecimento de energia ao metrô. No período, foram secretários de Energia três nomes ligados ao PSDB. David Zylberstajn, que era genro do então presidente Fernando Henrique Cardoso, deixou a pasta em janeiro para assumir a Agência Nacional de Petróleo.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

30/05


2008

Lula bate em países que dizem não ser nossa a Amazônia

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que não vai admitir que países que não têm "uma árvore em pé" dêem palpites á política ambiental brasileira. Lula cobrou respeito e afirmou que o Brasil não tem que aprender mas sim ensinar ao mundo como é que se preserva.

"De vez em quando, eu vejo presidentes de países, vejo cientistas de países darem palpite, e aí você olha os países deles, está careca, não tem nada. E ficam dando palpite no país dos outros. Então, o seguinte: respeito é uma coisa que a gente gosta de dar e gosta de receber", afirmou Lula, em entrevista após cerimônia do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) em Belém.

Lula disse que aqueles que estão dando palpite sobre o Brasil não tem mais uma árvore em pé. Ele também pediu para deixarem o "Brasil cuidar do que é seu".

"O que nós não admitimos é que, quem não cuidou das suas florestas, quem não preservou e desmatou tudo e é responsável pela maioria dos gases de efeito estufa emitidos no ar, não dê palpites no Brasil. Pelo amor de Deus, deixe que nós cuidamos das nossas coisas aqui", afirmou Lula.

Amazônia

Reportagem publicada no jornal americano "The New York Times" no último dia 18 afirmou que a sugestão feita por líderes globais de que a Amazônia não é patrimônio exclusivo de nenhum país está causando preocupação no Brasil.

No texto intitulado "De quem é esta floresta amazônica, afinal?", assinado pelo correspondente do jornal no Rio de Janeiro Alexei Barrionuevo, o jornal diz que "um coro de líderes internacionais está declarando mais abertamente a Amazônia como parte de um patrimônio muito maior do que apenas das nações que dividem o seu território".

O jornal cita o ex-vice-presidente americano Al Gore, que em 1989 disse que "ao contrário do que os brasileiros acreditam, a Amazônia não é propriedade deles, ela pertence a todos nós".
Reação

"É muito engraçado que países que são responsáveis por 70% da poluição do planeta agora ficam de olho na Amazônia, como se fosse apenas nossa a responsabilidade de fazer o que eles não fizeram todos os anos passados. O mundo precisa entender que a Amazônia brasileira tem dono. É o povo brasileiro, que são os índios, os seringueiros, os pescadores, mas também somos nós, que temos consciência que é preciso diminuir o desmatamento e as queimadas." (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Normando Leite Cavalcante

Esses governantes europeus e até da américa que, destruiram o meio ambiente em seus países, hoje, querem dar uma de gostosos queremdo impor o que fazer da nossa amazônia. Temos, no Rio, um exemplo de replante de árvores q


Abreu no Zap

30/05


2008

Detran não cobra mais taxa tapa-buraco no Recife

O Detran recebeu, nesta sexta (30), notificação do Tribunal de Justiça de Pernambuco que suspende a cobrança da taxa Tapa Buraco no Recife. Desta forma, veículos cujas placas terminam em 0 ou 9, com vencimento do licenciamento para o dia 17 de junho, receberão boleto descontado da taxa.

 

Apenas os carros com placa do Recife ficarão isentos da taxa de R$ 23,52. Para quem já pagou a quantia, será julgado o mérito para saber se o Detran deverá ou não devolver o dinheiro.

 

O Tribunal de Justiça tomou a decisão de suspender a taxa em 28 de abril por considerá-la indevida. Afinal, esse tipo de taxa só pode ser cobrada caso o benefício possa ser medido pelo usuário.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

suricato

isso,isso,isso, é desonerando os tributos que este governo corrupto deixa de nos roubar mesmo quando estamos dormindo.



30/05


2008

Giro pelo Interior: Bringel se articula em Araripina

Acompanhado do ex-governador José Ramos, o deputado Bringel (foto), do PSDB, foi até a casa do ex-prefeito e atual vice-prefeito de Araripina, Valmir Lacerda (PR), para hipotecar-lhe apoio nas eleições que se avizinham.

 

Bringel abre mão da candidatura, desde que o candidato do grupo seja Valmir Lacerda, aliado de primeira hora do governador Eduardo Campos (PSB). Valmir, no entanto, abriga na sua legenda o prefeito de Araripina, Valdeir Batista.

 

Valdeir se acha desfavorecido nas pesquisas, amargando um terceiro lugar, bem atrás dos primeiros colocados (Bringel e Lula Sampaio). Valmir Lacerda e José Ramos conversaram com Valdeir Batista sobre o assunto. O prefeito disse que gostaria de ouvir do próprio Bringel a proposta e os dois acertaram de se encontrar no Recife.

 

Em Araripina, Valdeir já confessou para um grupo de vereadores que desiste da própria candidatura, caso Bringel realmente assegurar apoio a Valmir Lacerda, mas não se envolverá na campanha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/05


2008

Lula só anunciará obras nas capitais depois da eleição

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse em Belém (PA), nesta sexta-feira (30), que não subirá mais em palanques nas capitais, para anunciar obras até o fim das eleições. "Esta (Belém) é a última grande capital que visito. A partir de agora vou esperar passar o processo eleitoral", afirmou o presidente.

 

Lula disse que sua preocupação é com as informações que serão divulgadas sobre suas visitas. "Qual é a minha preocupação? E eu não seria honesto se não disser o que vou dizer. A minha preocupação é de amanhã a imprensa retratar que em vez dos recursos para o estado (...), retratar que o pessoal do PT vaiou o prefeito [em referência a Duciomar Costa, do PTB] e o pessoal do prefeito vaiou a governadora [Ana Júlia Carepa, do PT]."

 

O presidente esteve no Pará para lançamento de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e a posse do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Fórum de Governadores da Amazônia Legal. (Do portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

30/05


2008

Assassinado presidente da Câmara de Capoeiras

Com um tiro no coração foi assassinado, há pouco, no distrito de Manissoba, em Capoeiras, o presidente da Câmara de Vereadores daquele município, Luciano Manoel de Pontes. Ele tentou ajudar um comerciante que estava tendo o seu supermercado assaltado e foi alvejado pelos bandidos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

E olha que esse governo propaga que a violência está sendo reduzida. Aonde? Só se for na China.



30/05


2008

Parentes de Lula voam para Roma em avião da FAB

De carona numa aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), a primeira-dama, Marisa Letícia, dois filhos, uma nora e um neto dela viajaram à Itália cinco dias antes de Lula. A viagem do presidente a Roma ocorrerá por conta de uma conferência da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Ele chega amanhã cedo, passa o final de semana de folga e, segunda e terça, vai a eventos oficiais.

 

Marisa e seus parentes, entre os quais o empresário Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, embarcaram na noite de segunda num Boeing presidencial, com funcionários do Planalto encarregados da preparação da visita de Lula à Itália.

 

No dia seguinte, acompanhados de seguranças, Marisa, os filhos, o neto e a nora foram de carro para Bérgamo. Segundo a Presidência, a primeira-dama, que tem cidadania italiana, recebeu homenagem da prefeitura.

 

A Presidência disse que a viagem não acarretará gasto extra ao governo. Em Roma, se hospedarão na residência da embaixada brasileira. Conforme a Presidência, a carona a familiares de Lula não tirou a vaga de servidores escalados para a viagem. (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cátia Santos

E ISSO DE QUE NÃO SE TERÁ GASTOS EXTRAS, LOGICAMENTE QUE ELES NÃO DIRIAM, NÉ?

Cátia Santos

QUE LEGAL ESSA NOTICIA, CADÊ OS LULISTAS DE PLANTÃO? (carinha espantada!!!) E tudo pago com NOSSOS BOLSOS... Eita povinho esquecido do que ele (LULA) FALAVA EM ÉPOCA DE CAMPANHA...


Jornao O Poder

30/05


2008

Giro pelo Interior: Fundarpe interioriza Funcultura

Dinamizar a cultura do Sertão pernambucano e democratizar o acesso aos financiamentos governamentais para a população do interior. Essas são as principais metas do 1º Fórum Regional de Cultura do Sertão do Pajeú, realizado nesta sexta-feira (30), em Triunfo.

 

O evento, organizado pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), reuniu mais de 120 artistas, produtores, gestores e profissionais da área de patrimônio de 17 municípios para debater propostas que atendam às demandas do segmento artístico da região.

 

Conhecido pela tradição na poesia e cantoria, o Sertão do Pajeú tem agora a oportunidade de ser inserida nas ações desenvolvidas pela Fundarpe, além de ter um canal permanente de diálogo junto ao Estado. "Vamos criar, a partir deste fórum, uma comissão regional que vai subsidiar o governo para traçar um plano específico para a área" explicou a presidente da Fundarpe, Luciana Azevedo (foto).

 

De acordo com ela, a maioria das ações da Fundação ficava restrita à Região Metropolitana do Recife RMR), deixando o interior com apenas algumas ações pontuais. "O Estado não produz cultura. Quem produz cultura é a população. Nós, enquanto Poder Público, temos a obrigação de oferecer ao povo do campo os mecanismos para produção cultural", defendeu.

 

Para impulsionar a interiorização em Pernambuco, a Fundarpe distribuiu, durante o fórum, DVDs explicando o funcionamento do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), que este ano destinará R$ 12 milhões para a execução de projetos independentes, dando ênfase nas 12 Regiões de Desenvolvimento e no arquipélago de Fernando de Noronha. A partir do dia 2 de junho, também haverá uma oficina explicativa sobre o fundo por todo o Estado.

 

"A região do Pajeú vive hoje um momento de efervescência cultural que beneficia toda a população, pois quanto mais se investe no setor, também é incentivada a geração de emprego e renda", declarou o prefeito de Triunfo, José Hermano Alves de Lima (Dr. Maninho).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


30/05


2008

Capitão da PM agride jornalista em protesto no Cabo

O diretor do Jornal Tribuna Popular, jornalista Wilson Firmo, foi vítima da truculência do capitão Vieira, da Polícia Militar, durante ato de protesto de manifestantes, no Cabo de Santo Agostinho. Desde 8h a rua que dá acesso à Câmara de Vereadores foi fechada por manifestantes formados por agentes de saúde, servidores públicos, profissionais do sexo (da Rua das Florentinas) e ambulantes.

 

O impasse foi tanto que o ministro José Múcio, que foi ao Cabo para receber o título de cidadão cabense, só conseguiu chegar à Câmara a pé, porque o carro não passou. A idéia dos manifestantes era tentar uma conversa com o prefeito Lula Cabral, que não compareceu à solenidade. Uma comissão chegou a ser formada para conversar tanto com Lula e o ministro.

 

"Fui empurrado pelo capitão Vieira, que depois usou o cassetete forçando minha garganta e por último veio para cima atingindo o meu celular que se abriu no chão", relata o jornalista. "Na primeira vez que me empurrou tentei explicar pra ele que era jornalista, não manifestante, e que só estava cobrindo a manifestação". (Do jornal Tribuna Popular)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha