03/04


2007

Governador: benefícios chegam ao Agreste do Estado

Nesta terça-feira, o governador Eduardo Campos cumpre agenda no Agreste Meridional do Estado. A visita inclui os municípios de Garanhuns, Palmeirina, Brejão e Caetés.

A programação começa em Garanhuns, e lá ele lança a primeira etapa da Campanha Contra Febre Aftosa. Este ano serão distribuídas, gratuitamente, 500 mil doses de vacinas - 100 mil a mais do que no ano passado. Está previsto um investimento total, na campanha deste ano, R$ 2,5 milhões.

Na ocasião, o governador também vai lançar a programação de distribuição de sementes para o Agreste. Na região serão entregues 531,8 toneladas de sementes que beneficiará 25 mil famílias.


Ainda em Garanhuns, Eduardo assina o projeto de abastecimento d’água do Sítio Belomonte, beneficiando 75 famílias residentes na comunidade. O projeto, com recursos do Prorural, prevê a construção de uma rede de distribuição de água de quatro quilômetros, reservatório com capacidade de 20 metros cúbicos, além de estação elevatória, casa de bomba e aquisição de equipamento para tratamento de água.

O segundo município a ser visitado é Palmeirina. Na cidade o governador lança o Distrito Industrial Miguel Arraes e assina convênio entre a Prefeitura e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

À tarde, Eduardo chega a Brejão, onde assina projeto para abastecimento da zona rural, no sítio Timóteo. A medida prevê a construção de poço amazonas, reservatório em concreto, casa de bomba e estação de tratamento de água, além do sistema de distribuição. O projeto está orçado em R$ 175 mil e conta com recursos do Prorural.

A última etapa da visita ao Agreste Meridional acontece na cidade de Caetés. Lá o governador assina, às 16h30, o projeto para construção de quatro galpões e instalação de quatro resfriadores de leite com capacidade para dois mil litros cada, beneficiando 95 famílias vinculadas à Associação dos Pequenos Agricultores Rurais do Sítio Laginha.

 

(Do Pernambuco.com)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jaboatão Habitacional Suassuna

03/04


2007

Bastidores da política e do poder

 

       Segundo escalão: quem leva mais?

Depois de abocanhar cinco ministérios, o PMDB está de olho no segundo escalão. Lula já mandou um recado, ontem, ao afirmar que não existe Ministério com porteira fechada. O partido que estiver controlando determinada pasta não terá, necessariamente, autonomia para indicar dirigentes de estatais a ela atrelados.

Das estatais, uma das galinhas dos ovos de ouro é o BNDES, integrante da estrutura do Ministério do Desenvolvimento. Nenhum ministro teve poder para indicar o seu presidente. Que o diga o ex-ministro Luiz Fernando Furlan, que deixou o Governo bem avaliado, mas decepcionado por nunca ter interferido na política do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

O partido detém, hoje, o controle de mais de 30% das estatais, entre elas o Banco do Nordeste. Amanhã, o ministro das Relações Institucionais, Walfrido Mares Guia, tem uma reunião agendada para tratar de segundo escalão com o líder na Câmara, José Múcio Monteiro. Juntos, traçarão um quadro preliminar de quem é quem hoje no segundo escalão. São mais de 1,5 mil cargos. Certamente, está se avizinhando por aí uma briga que promete muitas emoções.

Bola toda – Comandada, hoje, pela CUT, a Delegacia Regional do Trabalho em Pernambuco será entregue a um técnico indicado pelo presidente do PDT, deputado José Queiroz. Que, aliás, é amicíssimo do novo ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Queiroz deve emplacar, ainda, o diretor-presidente da Fundacentro.

Sem o aval – A reconciliação do deputado Inocêncio Oliveira com o prefeito de Serra Talhada, Carlos Evandro, não agrada ao senador Sérgio Guerra nem ao senador Jarbas Vasconcelos. Na campanha passada, Evandro, que é considerado um tremendo pavio curto, rompeu com Inocêncio no momento em que o deputado, velho aliado, fechou um acordo em apoio à candidatura de Eduardo Campos (PSB).

O alvo – O que se diz em Serra Talhada é que Inocêncio está prestes a fumar o cachimbo da paz com o prefeito com um único objetivo: fortalecer o seu grupo para enfrentar a candidatura do ex-deputado Augusto César (PTB), igualmente aliado do governador Eduardo Campos.

Tema central – Em meio ao desgaste gerado pela crise aérea, o presidente Lula fez, ontem, a primeira reunião do seu Ministério. Ao longo do encontro, uma preocupação: deslanchar as obras consideradas prioritárias dentro do Plano de Aceleramento da Economia – PAC. Na quinta-feira passada, o Governo aprovou a primeira medida provisória do PAC. A que extingue a Rede Ferroviária Federal.

Abandonada O ex-secretário de Defesa, João Braga, fez o seu nome no sertão do Pajeú com uma obra faraônica: a construção de uma cadeia pública, no valor de R$ 1,5 milhão, que nunca enjaulou um só detento em Afogados da Ingazeira. Os presos que cumpriam pena na antiga cadeia da cidade, que desabou, estão espalhados em detenções de municípios vizinhos, como Carnaíba e Tabira.

Vapt-Vupt

* Dos 20 mil cargos comissionados no Governo Lula, o PT abocanhará 11,5 mil, com salários de até R$ 7,5 mil. Já o PMDB ficará com 3.773, segundo levantamento feito pelo Datafolha.

* Na verdade, a montagem do Ministério do segundo mandato de Lula concluiu um processo de distanciamento do PT iniciado nas crises do primeiro mandato, especialmente após o mensalão.

* Um dado curioso: a Controladoria Geral da União e a Receita Federal investigam patrimônio superior a R$ 100 milhões declarado por 86 servidores federais em postos com alto potencial de corrupção.

* A deputada tucana Terezinha Nunes deve esquentar o debate, hoje, na Assembléia Legislativa, denunciando uma nova mancada do Governo na área social.

* Aos ouvintes do meu programa na Rádio Melodia: ele saiu do ar, ontem, por força maior. É que a emissora foi vendida e o novo grupo ainda não resolveu se terá programação local. Mas já estamos em negociação com outro canal.

* A frase do dia: “Não há porteira fechada para cargos”. (Presidente Lula, ao mandar um aviso aos partidos famintos por cargos na reunião de ontem do seu ministério.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Serratalhadense

Janise, és uma Babona sem recuperação

Janise Carvalho

Inocêncio deve tá é orgulhoso de dar tanto ibope nesse blog e na certa rindo da cara de todos. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Carlos Filho de Serra Talhada

tudo bem serratalhadense, se dividir os grupos ñ`é fantajoso tanto para Augusto ou Inocêncio é prejuizo pra eles por conta que abre acesso para uma terceira via, ai eles perdem o poder e ñ é vantagem tanto pra um ou pra outro.

Serratalhadense

Camila, pode ser até com o proprio Sebastião, tanto Sebastião como Carlos e Gení, são homens dignos e merecem respeito, só que acredito que é muito difícil se ganhar para prefeito aqui em Serra Talhada, sem o apoio de Carlos ou Geni. Inocencio é Carta fora do Baralho.

Camilla Brito

Concordo com Serratalhadense, acho que Serra Talhada merece novas alianças e uma união entre Geni e Carlos Evandro seria perfeita.


Pousada da Paixão

03/04


2007

Intimados, prefeito, filha e advogada depõem hoje

 O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Nilton Carneiro(PSB), sua filha Solange Carneiro e a advogada Maria Tenório serão ouvidos, nesta terça-feira (3), na Promotoria de Defesa do Patrimônio Público do município, às 14h, sobre a indenização trabalhista de quase R$ 1 milhão acertada entre a filha do prefeito e Fundação Yapoatan, referente a um acidente que Solange teria sofrido enquanto era funcionária da ONG.

Newton Carneiro não compareceu à audiência que havia sido marcada para o último dia 28 de março, na qual iria depor como informante na investigação. Desta vez, por causa da ausência, o prefeito foi intimado pelo Ministério Público a comparecer a essa nova audiência. Solange Carneiro e Maria Tenório serão interrogadas pelos promotores. (Informações do portal pe360graus)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Antonio Dantas

Esse tal de Newton Carneiro e o seu grupo (ou será bando?) é o rei das falcatruas. Além de criar uma oligarquia na prefeitura, onde todos se locupletam abertamente, ainda quer transmitir a figura de um bom velhinho e, assim, enganar os incautos. O pior de tudo é que o povo ainda aceita ser enganado

Paulin de Caruaru.

Essa triangulação tem gente que faz com as ONGs e não dá em nada.Tudo é Brasil.



03/04


2007

Comando teme onda de indisciplina nas Forças Armadas

(Do blog de Josias de Souza)

 O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), reuniu os líderes partidários em sua casa, na noite desta segunda-feira (2), para discutir a CPI do Apagão Aéreo e a crise militar desencadeada pela decisão do governo de negociar com sargentos amotinados. Ele fez aos líderes um resumo de uma conversa que teve com o brigadeiro Juniti Saito, comandante da Aeronáutica.

De acordo com o informe que Chinaglia fez aos líderes, Saito teme que a negociação com os sargentos amotinados gere um movimento de indisciplina nas Forças Armadas. Saito disse que, a exemplo dos controladores de vôo- cerca de 2.400, dos quais 80% são militares— há nas Forças Armadas (Aeronáutica, Exército e Marinha) algo entre 12.000 e 13.000 “sargentos especialistas”.

Para Saito, a concessão de gratificações aos sargentos que cuidam do controle de vôo  pode disseminar nesse naco da tropa, que não se restringe à Aeronáutica e cujos contracheques encontram-se igualmente reprimidos, um movimento por melhorias salariais que os comandos militares terão dificuldades para conter. Mencionou, por exemplo, o caso de operadores de rádio, alguns deles trabalhando em condições adversas na região Amazônica.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Descontentamento de militar é barba de molho para população. XÔ...

Falta Presidente nesse país. Nesses últimos 3 anos o país assistiu a todo tipo de corrupção sem que o Presidente demitisse nenhum envolvido.

Ricardo José Amorim Campos

Isso é fundamento de impeachment do presidente. Ele acoitou criminosos. o seu ato descabido compara-se a fzazer acordo com fernandinho beira-mar para que este entregue seus comparsas e, em troca, lula daria a garantia pessoal q ele nao seria punido. Lula defeca e se limpa com a constituicao!

francisco lucena

Por muito menos tivemos que aturar o período negro da ditadura dos militares.É preciso muito cuidado pois o Cabo Anselmo pode estar de volta apunhalando a hierarquia militar enquanto Lula estava voando para os EUA encontrar-se com o "poderoso chefão"BUSH. chico lucena

NIVALDO MELO

Estava eu aqui pensando... se fosse a gestão do FHC essa crise aérea seria simples de ser resolvida: faria mais uma privatização... terceirizava a INFRAERO para algum grupo estrangeiro, treinaria civis ou iria buscar também fora do país e pronto... "Todos sairiam ganhando, até mesmo o presidente!



03/04


2007

O que não fariam sob um comando civil?, indaga Lula

(Da coluna Painel - Folha de S.Paulo)

 ''Se enquanto militares eles já fazem isso, imagine o que farão subordinados a um comando civil.’ A frase, dita por Lula em reunião ontem, resume o tom adotado pelo presidente três dias depois do acordo fechado pelo governo para suspender a greve dos controladores de vôo. Além da necessidade de alisar o comando da Aeronáutica, machucado no episódio, Lula se diz incomodado com a escalada de ameaças dos controladores, que no sábado, mal haviam arrancado uma série de concessões, puseram-se a acenar com a possibilidade de outro apagão na Páscoa (ontem recuaram). O novo estado de espírito no Planalto, onde agora se fala que é preciso decidir ‘com calma’, pode atrasar em alguns dias a edição da MP da desmilitarização.

Cara de paisagem - Na reunião ministerial de ontem, chamou a atenção dos presentes a impassibilidade de Waldir Pires. Quando Lula puxou o assunto da encrenca nos aeroportos, já na parte final do encontro, o titular da Defesa fez que não era com ele.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ricardo José Amorim Campos

Mas, afinal, eles estavam sob o cmando de um civil, do presidente da naçao. Afinal, quem foi que desautorizou as prisoes? quem foi que intrometeu-se nos problemas da aeronautica? Lula precisa perder a mania de transferir a respnsabvildade dos seus atos p outros.

NIVALDO MELO

O presidente precisa entender que as três forças militares foi criado para proteger o Nação contra ataques inimigos. Se ele acha que sem o militarismo haverá mais indisciplina, então presidente copie o modelo do companheiro HUGO CHAVES e torne-se um general.


Petrolina abril 2021

03/04


2007

Projeto transforma o Recife num grande Big Brother

 Uma senhora de 78 anos caminha pelo Parque 13 de Maio, no Centro do Recife, e tem a bolsa arracanda por um assaltante. Em cinco minutos, um policial localiza o ladrão e o prende, recuperando todos os pertences da vítima. A cena descrita pode se tornar realidade, caso o projeto de lei nº 47, do vereador Antônio Oliveira, seja colocado em prática no Recife. Oliveira, que também é major-dentista da Polícia Militar, sugeriu a instalação de um sistema de monitoramento eletrônico 24 horas em vias e praças da cidade, onde há registro de violência.

O Big Brother Recife, como já foi batizado o projeto pelos colegas de trabalho, deve passar nos próximos 60 dias pela análise das comissões, antes de ser submetido a plenário. Consultada, a Prefeitura do Recife afirmou que não iria se pronunciar sobre o projeto porque ele ainda não foi aprovado pela Câmara de Vereadores.

A polêmica em torno do assunto é grande. Muitos acreditam que o monitoramento 24 horas das ruas, avenidas e praças pouco vai adiantar para reduzir a criminalidade no Recife. Mas o vereador Antônio Oliveira defende o projeto com unhas e dentes. ''O problema da segurança no Recife não deve ser resolvido de forma isolada. A ação tem que envolver não só as polícias, mas as prefeituras'', alegou.

(Diario de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

tÁ CERTO... VAMOS CRIAR O MÉXIMO DE BARREIRAS CONTRA ESSES MELIANTES QUE ESTÃO PELAS RUAS. E, CLARO, COMEÇAR A EDUCAR O POVO HOJE PARA QUE POSSAMOS RETIRAR AS CÂMARAS NO FUTURO.

Zorineide Soares de Araujo

Permita Magno... Mas, quem assistiu o programa exibido toda sexta-feira por uma tv..... sobre trabalho na madrugada , mostrou exatamente a cena aqui narrada, aconteceu em São Paulo. Nada se cria, tudo se copia.

José Rodrigues da Silva

...todos os dias ao raiar do sol, um cretino acorda e levanta e sai às ruas para dizer e tentar fazer asneiras...


Ipojuca 2021

03/04


2007

Estado investe na recuperação de rodovias

 Depois da duplicação da BR-232 (no trecho que liga o Recife a São Caetano) e do início das obras na BR-101, chegou a vez das rodovias BRs 408 e 104 receberem atenção dos governos do estado e federal. Ontem, o governador Eduardo Campos (PSB) participou de duas audiências públicas promovidas pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transportes (Dnit) nas quais foi discutido o encaminhamento das obras. Na primeira, realizada no município São Lourenço da Mata, Eduardo Campos confirmou que quase R$ 40 milhões já estão garantidos no Orçamento Geral da União (OGU) para execução dos serviços na 408. Segundo ele, a BR será um importante elo entre os municípios da Zona da Mata Norte de Pernambuco e das cidades situadas ao Sul da Paraíba. O valor total da obra é de R$ 200 milhões.


A BR-408 tem uma extensão de 41,8 km e atravessa os municípios de Carpina, Paudalho, São Lourenço da Mata e Jaboatão dos Guararapes, áreas onde predominam as atividades econômicas do pólo de cerâmica para construção civil e cultura canavieira da Zona da Mata Norte.
À noite, na Câmara Municipal de Caruaru, o governador participou da audiência pública sobre as obras de duplicação da BR 104, fundamental para o escoamento do pólo produtivo de confecções de Toritama e Santa Cruz do Capibaribe a Caruaru e, conseqüentemente, para todo o país.

(Diario de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Obra de fachada para quem quer eleger seus prefeitos.

NIVALDO MELO

Milhões vai... milhões vém... aí eu pergunto? onde e como fica o funcionário público que depositou toda sua esperança nesse governo e já estamos no quarto mês e nada, nem promessa... Governador ainda aguardamos as suas promessas de campanha. Precisamos resgatar nossa alto estima que nos fora tirada.


Caruaru Campanha São João

03/04


2007

Lula: ''''País não pode ficar refém de irresponsáveis''''

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (2) que o ''país não pode ficar refém dos movimentos irresponsáveis'', em referência à greve feita por controladores de vôo na sexta-feira (30), que paralisou os aeroportos de todo o Brasil. Nesta terça, o governo vai negociar com os controladores.

A afirmação de Lula, divulgada na noite desta segunda pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, foi feita em reunião iniciada à tarde com os ministros Waldir Pires (Defesa) e Dilma Rousseff (Casa Civil), além do comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, e outros integrantes da cúpula da Força Aérea. Na reunião, Lula cobrou medidas para garantir a normalidade no setor aéreo. (Informações do portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

02/04


2007

Lula anuncia que falará à Nação e dirá que foi traído

 Apesar de ter se comprometido, na última sexta-feira à noite, a atender às reivindicações dos controladores de vôo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira, 2, durante a reunião ministerial, no Planalto, que vai fazer um pronunciamento à Nação sobre a crise aérea e dizer que foi traído.

Na mesma reunião, o presidente manifestou a intenção de se pronunciar entre esta segunda-feira e esta terça-feira. Ainda na reunião, Lula disse aos ministros que os controladores de vôo traíram o governo porque não entenderam que havia disposição para resolver os problemas do setor aéreo e, ainda por cima, esperaram ele viajar para os EUA, em missão oficial, para deflagrar o movimento.


Segundo relato de um ministro ao Estado, Lula afirmou ainda que diante da forma ''traiçoeira'' como foi deflagrado o movimento dos controladores de vôo, ele não teve outra saída a não ser negociar com as lideranças dos sargentos para evitar o caos completo nos aeroportos  (Informações da Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Lula estava bem sentado assistindo a Paixão de Cristo e os aeroportos já estavam uma zona. Que negócio é esses??? CARA DE PAU.

Ricardo José Amorim Campos

Pelo amor de Deus!! Não aguento mais tanto cinismo. Quando lula será homem e assumirá suas respnsabilidades?

Paulin de Caruaru.

De novo? Ningué aguenta mais tanta cara de pau.

Emanoel Bernardino Chá,Niel

PERNAMBUCO EM PRIMEIRO LUGAR. numca em toda minha vida,vi tantos assassinos,sindicalizados, Hojé mais do que numca mim pego filosofando, a quem atribuir a morte de centenas de vidas, como fica, as Familias do Mortos. no voo da Tam, não existe pespeito pela vida...............!

Passaram 185 dias do choque de 2 jatos em pleno ar e o Governo Lula não tomou nenhuma medida coerente. Sabado passado um senhor morreu no aeroporto após ficar esperando mais de 12 horas seu voo. Agora Lula atropela o alto comando da Aeronáutica e faz acordo com os controladores. Até quando?


Bandeirantes Junho 2021

02/04


2007

Desmilitarização de controladores já começou no Recife

 O processo de desmilitarização dos controladores de vôo já é uma realidade no Cindacta-3, que controla o tráfego aéreo da Bahia ao Ceará, com sede no Recife. Uma nota com as novas orientações, assinada pelo coronel-aviador José Alves Candez Neto, divulgada domingo (1º) em reunião dos controladores, determina restrição de circulação dos profissionais nas unidades militares. Eles estão proibidos de acessar internet ou intranet durante o trabalho, passaram a usar banheiro exclusivo e a utilizar estacionamento separado dos militares.


Ainda de acordo com as novas determinações, os profissionais só podem entrar no local de trabalho a partir de meia hora antes do início do turno e devem deixar a unidade até no máximo meia hora após o término. Também só entram no local de trabalho os controladores escalados para os turnos. Seus nomes constam em listas entregues à guarda do Cindacta-3.

Para diferenciar os controladores do restante dos militares do Cindacta, eles usam, desde a manhã desta segunda-feira (2), trajes civis ou o uniforme de passeio - camisa azul clara e calça azul escura, chamado de sétimo uniforme - enquanto o restante dos militares foi orientado a usar o uniforme décimo, que é o camuflado. No Recife, os controladores usaram o uniforme de passeio. Já em Salvador os profissionais trabalharam em trajes civis.

Os controladores também foram obrigados a entregar as chaves dos armários do vestiário, em uma forma clara de mostrar que eles não pertencem mais à frota. Eles não sabem se a determinação foi uma decisão válida para todo o país, ou se cada Cindacta agiu isoladamente antes das resoluções que devem ser tomadas em Brasília.  (Informações do portal pe360graus)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Emanoel Bernardino Chá,Niel

PERNAMBUCO EM PRIMEIRO LUGAR. desmilitarizar ou não,nada faz há vida voltar,porém hojé fica claro e evidente qué todos perderam sua vida por falta de organização e a cima de tudo falta de profissionalistas militar, ordem já, PERDEMOS NOSSOS IMÃOS PARA CHAMAR ATENÇÃO POR DINHEIRO.!?!?!?

Paulin de Caruaru.

Correto, a maioria dos controladores solicitou a desmilitarização.


Serra Talhada 2021