FMO janeiro 2020

19/09


2006

Falta surgir o "Lacerda" na atual crise do dossiê

O ''escandalo do dossiê Serra'' parece ter sido o antepenúltimo desse governo. 

Um governo onde o PT se esmera em criar problemas e fabricar crises para a candidatura Lula.

Falamos em antepenúltimo, porque ainda restam exatos 14 dias para as eleições.

E o PT, ou seus amigos - falsos ou verdadeiros - têm mantido a média de um ''escândalo'' por semana, conforme bem lembrou o candidato Geraldo Alckmin.

Parecem ignorar a obviedade ululante de que ''produzir'' crises nessa altura do campeonato só prejudica a tranquila liderança de Lula nas pesquisas.

Já que é assim, o PT teria tempo hábil para mais duas ações.

Como se diz, mais duas pisadas no tomate.

Usamos a expressão ''tomate'' para não ofender espiritos mais delicados, almas mais sensíveis. Já que, numa linguagem mais crua, teriamos que chamar tais episódios, simplesmente, de ''cagadas''.

Preocupados com os ''esclarecimentos'' ao distinto público feitos por personagens envolvidos no ''caso Serra'' - todos eles de nomes estranhos, a começar pelo tal Freud Godoy - alguns senadores da oposição resolveram abandonar as lides eleitoreiras e reapareceram em Brasilia nesta segunda-feira.

Outros, preferiram um encontro com o presidente do Tribunal Superior Eletoral no Rio.

Encaminharam suas queixas e reclamações a viva voz.

Pelo menos têm a certeza de que assim evitariam os ''arapongas'' cuja presença foi detectada no final de semana exatamente no telefone do ministro Mello, o presidente do mencionado tribunal.

Mas, tirando uma indignação quase convincente do senador Tasso Jeiressati, a oposição insiste num blá-blá-bla ineficaz, já que não produz resultados práticos.

Que seriam ou dinamitar a candidatura Lula, ou pelo menos levar o pleito para um segundo turno.

Talvez seja pedir demais de um senador José Jorge, o vice de Alckmin, ou mesmo do proprio Alckmin, algum tipo de indignaçao capaz de mobilizar o eleitor.

José Jorge, por exemplo, ocupou a tribuna do Senado. Falou dos últimos escândalos - lembrou inclusive o da semana anterior, o das ''cartilhas''. Mas num tom monocórdio, distanciado.

José Jorge faz suas denúncias, algumas de fatos gravissimos, com o mesmo vigor com que costuma saudar a nomeação de um novo membro de agência reguladora ou a indicação do novo embaixador brasileiro na Eslovênia.

Falta vida nessa oposição. Falta capacidade de incendiar o auditório, que boceja diante das palavras gordas, flácidas.

Discursos de profissionais da política que falam como monges saciados.

Pela primeira vez, desde que iniciei este blog, sou obrigado a concordar com o que disse o ex-sociólogo das multidões, Fernando Henrique Cardoso: está faltando um Lacerda.

Não para articular um golpe. Mas para trazer um pouco de animação para o público sonolento, como que anestesiado.(Do blog de Tão Gomes Pinto.) 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

O problema é que os mais pobres infelizmente são alienados e os movimentos sociais que poderiam liderar uma movimentação estão comprados.Dinheiro não só compra coisas materiais,compra também conciências meu caro...

LandRover

A oposição tem que acabar com essa coisa de passar maquiagem no rosto do presidente Lula e de trocar as fraldas dele. A hora é de derrubá-lo, pois não se pode esperar nada da nossa justiça. Se para Marco Aurélio isso levaria um ano para ser apurado, então a derrubada é mais rápido.


IPTU Cabo

19/09


2006

Ausência de Mendonça de debate repercute no País

 O candidato à reeleição do governo de Pernambuco, Mendonça Filho (PFL), ainda não confirmou sua presença no debate a ser realizado no próximo dia 26, na TV Globo, segundo o Jornal do Commercio de Pernambuco.

Mendonça diz desconhecer o formato do programa. ''As regras estão com minha assessoria, mas ainda não as avaliei'', afirmou.

A assessoria do governador está avaliando o impacto eleitoral de uma eventual ausência. A participação de Mendonça no debate da TV Clube foi considerada negativa. No programa, o pefelista, líder da disputa, foi atacado por todos os adversários. As informações são do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcelo Mota Gomes

O problema é que Mendonça não pode sair debaixo do suvaco de Jarbas que ele fica perdido. Não vai ao debate porque é despreparado.

O LULA COMPARECEU EM QUANTOS DEBATES?

prudencio godoy de melo galvao

Não existe, a menor possibilidade desse rapaz, comparecer a esse debate, poís se no primeiro, até o EDILSON SILVA, o encuralou,é um despreparado, um medroso,sem PERFÍL, pra governar, um estado como PE,no dia do debate, ele da um desculpa de amarelo, e vai se ESCONDER EM BAIXO DA CAMA.

josildo campos da silva

SUGIRO AO GOV. MENDONÇA QUE ANUNCIE PUBLICAMENTE QUE SÓ COMPARECERÁ AO DEBATE NUM EVENTUAL SEGUNDO TURNO. PORQUE AÍ SERÃO APENAS DOIS CANDIDATOS E FICA MAIS JUSTO O EMBATE PRA QUE O ELEITOR TENHA MELHOR CONDIÇÃO DE VER QUEM É O MAIS PREPARADO E MAIS COMPETENTE PARA GOVERNAR O ESTADO.

josildo campos da silva

MENDONÇA SÓ DEVE IR AO DEBATE SE O LULA TAMBÉM FOR. JÁ QUE O LULA NÃO VAI, PORQUE É QUE O MENDONÇA DEVE IR TAMBÉM. O DEBATE NÃO VAI ACRESCENTAR NADA PRA QUEM É LÍDER NAS PESQUISAS. MUITO PELO CONTRÁRIO, PODE ATRAPALHAR E ATÉ DERROTAR O CANDIDATO. PORTANTO, NÃO VALE A PENA IR AO DEBATE.


Governo de PE - Decimo Terceiro

19/09


2006

MP adia manifestação sobre indiciamento de Humberto

O procurador Gustavo Pessanha, do Ministério Público Federal, comunicou, há pouco, que só vai se pronunciar sobre o indiciamento do ex-ministro Humberto Costa, na máfia dos vampiros, na próxima quinta-feira. Ele não deu justificativas para o adiamento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Rodrigues da Silva

Que zoada, que barulho? ô Raimundo tu é muito babaca, meu!

Raimundo Eleno dos Santos

Para virar processo o juiz deve aceitar a denúncia . Do jeito que está,o MP tem que ter certeza absoluta qo q se propala é verdadeiro.Corre o risco de fazer tolice.Na dúvida,juiz nenhum, de sã consciência,receberá o inquérito.A zoada será muito grande.O grito das ruas será ouvido além do horizonte.


acolher

19/09


2006

Operação Alvará prende juiz e mais três pessoas em PE

 

Policiais federais de Pernambuco deflagraram na manhã de hoje a Operação Alvará, prendendo temporariamente o advogado José Carlos Robalinho, a doméstica Marilene Tenório da Silva, seu irmão Mauro Davino Tenório, de profissão não revelada pela PF, além do juiz André Rui Cavalcanti de Albuquerque, cujo mandado foi cumprido pela Polícia Militar, conforme entendimento entre o Tribunal de Justiça pernambucano, Ministério Público e a Polícia Federal. Os envolvidos estão sendo acusados dos crimes de estelionato, formação de quadrilha, falsificação de documento público e alteração artificial em processo civil ou administrativo, com intuito de induzir a erro juiz ou perito. As penas variam de um a seis anos de reclusão e de detenção de três meses a dois anos.

 

A Operação foi deflagrada com base nos autos do Inquérito Policial nº 610/2004, da Superintendência da PF no Maranhão, com objetivo de cumprir mandados de prisão temporária expedidos pelo juiz federal da 6ª Vara Federal daquele Estado.

 

A prisão temporária será de cinco dias corridos e, após interrogados, os presos deverão ser submetidos a exame de corpo de delito, devendo permanecer recolhidos no Núcleo de Custódia da Superintendência da PF ou no Centro de Observação Criminal e Triagem Prof. Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/09


2006

Morre esposa do deputado Salatiel Carvalho

Morreu, hoje, ao final da manhã, de infarto fulminante, dona Noêmia Costa Rodrigues de Carvalho, 55 anos, esposa do deputado federal Salatiel Carvalho (PFL).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nossos sentimentos pelo falecimento da esposa do nobre Deputado Salatiel Carvalho.

fernando gordinho

meus sentimentos a familia inlutada


Cúpula Hemisférica

19/09


2006

Campanha de Lula quer reduzir impactos do dossiê

Até o final da semana, o conselho político da campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição deve fazer uma reunião de emergência para discutir uma reação à denúncia de que o PT estaria envolvido na compra de um dossiê contra tucanos. O objetivo é reduzir o impacto das denúncias na campanha à reeleição de Lula. A data do encontro vem sendo mantida em sigilo para que a conversa seja reservada.

Integrantes da coordenação política da campanha e do próprio PT cobram do partido uma reação mais enfática ao episódio sob o risco de o escândalo atingir a campanha do presidente à reeleição.

O coordenador da campanha do presidente na região Norte, o governador do Acre, Jorge Viana, disse que o PT não pode ser ingênuo a ponto de abrigar pessoas que podem se envolver em irregularidades. "O PT tem que tomar uma atitude radical, imediatamente, assim que tivermos qualquer definição [das investigações]. O partido é formado por seres humanos, mas tem que cair na real de que com 800 mil filiados é preciso estar vigilante para que pessoas que se envolvem nisso estejam bem longe do partido", afirmou.

O presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, disse que apenas uma resposta firme da campanha e do PT pode evitar que a denúncia resvale na campanha do presidente. "Se tivermos uma resposta firme à altura do ataque que está sendo feito, acho que não abala a campanha. Mas o PT tem que ser mais contundente, mais firme", disse.

Em conversas reservadas, integrantes da campanha apontam o episódio do dossiê como fruto do interesse provinciano. A avaliação é que se alguém tentou comprar o material não foi para ajudar a campanha de Lula, que está bem nas pesquisas, mas a de Aloizio Mercadante (PT) ao governo de São Paulo. Segundo um integrante da coordenação da campanha, colocaram em risco uma campanha vitoriosa em função de uma campanha derrotada.

Em entrevista ontem, o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, disse que ainda não tinha conseguido localizar Lorenzetti, subordinado a ele, para buscar explicações e afirmou que só teve conhecimento no sábado de que Gedimar trabalhava na campanha. Com informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

19/09


2006

Lula cancela viagem ao Piauí

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou a agenda que teria no Piauí. O governador Wellington Dias revelou hoje, durante o lançamento do seu programa de governo, no Centro de Teresina, que a agenda do presidente teve que ser alterada e que por isso a viagem ao Piauí foi cancelada. “Nós mantivemos um contato com a coordenação da campanha do presidente e, infelizmente, ele não tem como manter a agenda para cá. Ele pediu desculpas, mas não poderá comparecer no Piauí nesta campanha”, informou Wellington Dias.

O governador frisou que o presidente Lula está cumprindo agenda de presidente e de candidato e, portanto, tem alguns atropelos. “Ele teve que ir aos Estados Unidos e ainda tem que resolver a questão do gás com a Bolívia. Temos que reconhecer que não é fácil e que exigem muito do presidente. Compreendemos a situação e vamos explicar isso também para o povo do Piauí”, assinalou.

 

Wellington considera que isso não altera em nada o desempenho da campanha do presidente e dele próprio no Estado. “A população entende bem como funciona isso. Eu mesmo já tive que cancelar várias vezes algumas agendas. Ninguém gosta disso, mas é justificável”, adiantou.

 

O governador disse que a agenda cancelada não é apenas do Piauí, mas também de outros estados nordestinos, porque não tem tempo suficiente para o candidato vir fazer campanha, devido a problemas que precisa resolver como presidente. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LandRover

A oposição tem que acabar com essa coisa de passar maquiagem no rosto do presidente Lula e de trocar as fraldas dele. A hora é de derrubá-lo, pois não se pode esperar nada da nossa justiça. Se para Marco Aurélio isso levaria um ano para ser apurado, então a derrubada é mais rápido.


Prefeitura de Limoeiro

19/09


2006

PSDB não explora dossiê no horário eleitoral

O PSDB ainda está cauteloso em explorar na propaganda eleitoral na TV o escândalo da compra de dossiê contra José Serra e Geraldo Alckmin - que envolveu o PT e um assessor direto da Presidência da República - para não vitimizar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e não dar motivos para que a justiça eleitoral aceite eventual pedido de direito de resposta do adversário. "Isso seria muito ruim", disse um estrategista da campanha.

Apesar da prudência, os principais líderes do PSDB consideraram tímido o tratamento do assunto no programa que foi ao ar nesta terça-feira, 19, no horário do almoço. Só nos minutos finais é que o apresentador fez comentários sobre o escândalo e perguntou de onde vem o dinheiro, numa referência aos R$ 1,7 milhão encontrados com pessoas ligadas ao PT.

Uma delas, Gedimar Passos, acusou o assessor Freud Godoy como o responsável pela compra do dossiê contra os tucanos. A oposição avalia, portanto, que a denúncia envolvendo um assessor direto e pessoal de Lula poderá ter repercussão positiva para Alckmin, consolidando, assim, a tendência de a disputa ser definida no segundo turno.

As pesquisas telefônicas disponíveis no comitê da campanha apontaram 43% parta Lula e 35% para Alckmin. Ou seja, pela primeira vez, o candidato tucano chega a 35%. O coordenador geral da campanha, senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), admitiu hoje, em entrevista, que os escândalos geram um novo estímulo à campanha.

"Esse fato novo cria um novo estímulo pois desestrutura o PT e o presidente Lula naquilo que eles têm de mais precário: a questão ética". Segundo ele, ainda não dá para especular os reflexos eleitorais desse escândalo. "Mas seguramente só pode ser negativo para Lula e o PT", concluiu. Com informações da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

É mendaz. Alck é mendaz.

Antonio Pereira

Pesquisas telefônica são realizadas nos grande centros e junto a pessoas de pode aquisitivo mais alto. Este é o motivo de Alckmin dizer que esta na frente de Lula. Mande fazer no sertão, nos igarapes da amazonia que o resultado será outro. Deixe êle ficarem bincando com telelfone.

LandRover

A oposição tem que acabar com essa coisa de passar maquiagem no rosto do presidente Lula e de trocar as fraldas dele. A hora é de derrubá-lo, pois não se pode esperar nada da nossa justiça. Se para Marco Aurélio isso levaria um ano para ser apurado, então a derrubada é mais rápido.


Banner de Arcoverde

19/09


2006

Senador diz que crise chegou em Lula

O senador Jefferson Peres (PDT-AM) disse hoje que a compra do dossiê contra candidatos tucanos por filiados ao PT aproximou em definitivo a crise política do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Nunca se chegou tão próximo do presidente como agora. Se o governo do presidente Lula não tiver a lucidez de analisar a gravidade dos fatos, vamos ter um clima de não-governabilidade no próximo ano", alertou.

Peres considerou "preocupante" a postura do presidente Lula no episódio. "Ele tem mostrado apenas indignação verbal. O que há hoje é quase cumplicidade. Ele trata criminosos com cordialidade. Ou ele sabe de tudo, ou minimizou as coisas", criticou.

O senador comparou o episódio da compra do dossiê com a crise que resultou no suicídio de Getúlio Vargas em 1954 --quando o chefe da guarda pessoal de Getúlio Vargas, Gregório Fortunato, organizou um atentado na rua Tonelero, no Rio, contra o líder da oposição, Carlos Lacerda, no qual morreu o major que o acompanhava. Após a prisão do atirador (um segurança de Getúlio), Gregório confessou ter ordenado o crime.

"Ele [Getúlio] também dizia que não sabia de nada, mas na madrugada acabou se matando", disse Peres.

Ao contrário de parlamentares da oposição, que aproveitaram o esvaziamento do Congresso nesta terça-feira para criticar a compra do dossiê, nenhum senador governista compareceu ao Senado Federal até o início da tarde de hoje. Com informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Nobre senador fique caladinho,senão aqueles que têm como paradigma ético o "nosso guia" vão logo logo tá lhe chamando pejorativamente de "vestal".

LandRover

A oposição tem que acabar com essa coisa de passar maquiagem no rosto do presidente Lula e de trocar as fraldas dele. A hora é de derrubá-lo, pois não se pode esperar nada da nossa justiça. Se para Marco Aurélio isso levaria um ano para ser apurado, então a derrubada é mais rápido.



19/09


2006

Diga-me com quem andas...

Com o título acima, Cláudio Humberto deu, há pouco, no seu site: "A imagem ao lado, de 2002, lembra um jogo dos sete erros, onde muita coisa está fora do lugar. Um Lula gordo, barriga explosiva exposta à custa dos churrascos do amigo Lorenzetti. O pau-para-toda-obra e segurança Freud Godoy alentando o ritmo para acompanhar o chefe na “sessão-saúde” na Granja do Torto. Parecem discutir a previsão do tempo, o filme que será exibido logo mais no cineminha particular, amenidades típicas de amigos de longa data, que fofocam sobre outros amigos e combinam o chope do final da noite. Mas o tempo, esse modulador de faces e fatos, se encarregou de jogar luz sobre tal jogo de sombras: Lula emagreceu e não mora mais no Torto, Freud caiu, as fofocas sobre os amigos viraram fatos pesados e o presidente, como se sabe, não gosta de chope. Manhãs como a da foto deixaram de ser radiosas e “saudáveis” como pareciam então. Tratava-se de um jogo apenas, não um jogging ao estilo de George Bush Filho e seu segurança. Tudo que começa como farsa, assim termina.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

A esposa do Freud Gódoy é sócia do"Sombra" aquele petista envolvido na morte do Celso Daniel. É mole!

Nathália Hozzi

Pois é, "diz-me com quem andas que te direi quem és". Aqui em Pernambuco esse ditado atinge muita gente... Por exemplo: quem anda com dono de empresa laranja que dá calote de quase meio BILHÃO de reais, é o que mesmo???

LandRover

A oposição tem que acabar com essa coisa de passar maquiagem no rosto do presidente Lula e de trocar as fraldas dele. A hora é de derrubá-lo, pois não se pode esperar nada da nossa justiça. Se para Marco Aurélio isso levaria um ano para ser apurado, então a derrubada é mais rápido.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores