O Jornal do Poder

26/02


2008

Evaldo Costa: título de cidadão pernambucano

 Parabaino de São João do Cariri, mas vivendo em Pernambuco desde a juventude, o jornalista e atual secretário de Imprensa Evaldo Costa receberá o título de cidadão pernambucano no início da noite desta quarta-feira, no plenário da Assembléia Legislativa de Pernambuco,numa festa que promete reunir a nata da política do Estado, a começar pelo governador Eduardo Campos (PSB), de acordo com informações do repórter do blog André Silva.

Evaldo Costa se formou na Universidade Católica de Pernambuco, foi presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais, professor da mesma Católica, e presidente da Companhia Editora de Pernambuco (CEPE) e depois secretário de Imprensa no terceiro mandado do governador Miguel Arraes de Alencar. Também assessorou o governo de transição para a democracia em Angola. A merecida homenagem que faltava no currículo de Evaldo Costa foi iniciativa do deputado João Fernando Coutinho (PSB).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

A casa de Joaquim Nabuco só têm servido pra isso.


Abreu no Zap

26/02


2008

Geraldo Coelho: elogios ao prefeito João Paulo

 Depois de muitas bordoadas no plenário da Assembléia Legislativa com a repercussão da reportagem da Revista Época apontando irregularidades na aplicação de dinheiro público - no caso do Recife, foram R$ 20,4 milhões) pela Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec), entidade ligada à Universidade de Brasília (UnB), a tarde desta terça-feira foi de espantosa calmaria diante da relevância do tema levantado pela oposição no dia anterior.

Houve espaço até para que deputados usassem a tribuna para debulharem elogios ao prefeito João Paulo e à polêmica obra de requalificação do calçadão da orla de Boa Viagem, como aconteceu com o ex-pefelista e hoje abrigado no PTB, Geraldo Coelho, segundo informações anotadas pelo repórter do blog André Silva. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Kigrer

O que a idade não faz...leva um sujeito a se rastejar como um calango... e isso tudo para se manter deputado mamando nas tetas do governo...violência é isso ai, um debochado como este Coelho tripudiando sobre homens de bem!

milton tenorio pinto junior

A casa de Joaquim Nabuco é uma vergonha!


Banco de Alimentos

26/02


2008

Suplência de senador: Jarbas quer fim do nepotismo

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) apresentou, hoje, proposta de Emenda Constitucional (PEC) que veda a possibilidade do candidato ao Senado colocar como suplente cônjuge, companheiro ou parentes consangüíneos ou afins, até o terceiro grau. A PEC será discutida nesta quarta-feira pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A CCJ vai destinar a maior parte do tempo da sessão para debater as várias propostas existentes no Senado sobre o assunto.

''Norberto Bobbio, no seu ''Dicionário de Política'', define o nepotismo como ''concessão de emprego ou contratos públicos baseada não no mérito, mas nas relações de parentela. Dessa forma, creio que a proibição de escolher parentes para exercer a suplência dos candidatos ao Senado Federal vai ao encontro majoritário da sociedade brasileira de separar, de maneira inquestionável, o público do privado'', disse Jarbas na justificativa da sua PEC.

Para o parlamentar pernambucano, o debate sobre a suplência do senador abriu espaço para que esse instrumento seja aperfeiçoado. ''Corrigindo distorções históricas e assegurando ao suplente a legitimidade necessária para o exercício eventual ou permanente do mandato no Senado Federal''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ricardo de Oliveira Ferreira

Então é essa a grande atuação do senador Jarbas ? Quero ver coerência e coragem para propor o fim da suplência e um mandato de quatro anos ,para senador, nessa casa de ex-governadores desempregados.

FRANCISCO EDUARDO A. M. CAVALCANTI

COM O DEVIDO RESPEITO AO SENADOR JV, NÃO TENHO DÚVIDAS DE QUE A PROPOSTA DO MESMO UNICAMENTE OCORREU PELA AUSÊNCIA DE EVENTUAIS FAMILIARES QUE O MESMO PUDESSE CONTEMPLAR. SOMOS SABEDORES QUE EVENTUAL(IS) ESCOLHIDO(S) NÃO POSSUI(EM) VÍNCULO(S) FAMILIAR(ES). EM SENDO ASSIM,...!!!!!!!!!!!!!!



26/02


2008

João Paulo diz que pagou a Finatec e não teme nada

 O prefeito do Recife, João Paulo (PT), disse, há pouco, em entrevista coletiva, que não vê nenhum tipo de ilegalidade no contrato que assinou com a Finatec no valor de R$ 19,8 milhão. Lembrou que os serviços de consultoria na área de gestão pública foram prestados e devidamente pagos. ''Nós não temos o que temer'', afirmou.

Pela manhã, ele havia afirmado que a denúncia da revista Época era eleitoreira e estava a serviço da oposição, mas na coletiva foi mais comedido. ''Não posso dizer isso ( denúncia eleitoreira), mas há indícios'', assinalou. João Paulo convocou a coletiva para reafirmar o mesmo que já havia dito numa nota oficial tão logo o escândalo explodiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Por que não contratou alguma fundação daqui? Por que varias prefeituras do PT só escolheram a Finatec? Até Kassab entrou nessa. Algo estranho no ar.

Paulo Kigrer

Como João Lindu Paulo temer, se o Inácio anda solto e serelepe por ai!

Layse

Acredite se quizer!!!!!!



26/02


2008

TCE investiga contrato da PCR com a Finatec

 O Tribunal de Contas de Pernambuco investiga desde 2004, através de uma auditoria especial, um contrato celebrado entre a Prefeitura do Recife e a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec), ligada à Universidade de Brasília, para a prestação de consultoria organizacional com vistas à modernização administrativa dos órgãos públicos do município. Segundo a revista "Época" do final de semana, o Ministério Público Federal está suspeitando de que prefeituras ligadas ao Partido dos Trabalhadores teriam usado esta Fundação para celebrar contratos sem licitação, entre elas a do Recife e a de Fortaleza.

De acordo com o procurador geral do Ministério Público de Contas, Cristiano Pimentel, a fase de instrução do processo já foi concluída. O processo é composto por 49 volumes e se encontra no momento no gabinete do procurador Gilmar Severino de Lima à espera de parecer. O procurador garantiu ontem que até o final da primeira quinzena do mês de março concluirá o seu parecer.

"Trata-se de uma matéria de extrema complexidade por envolver a um só tempo a dispensa da licitação, o objeto do contrato, o valor e se os serviços foram  efetivamente prestados à luz da pertinência e da economicidade", disse o procurador geral do Ministério Público de Contas Cristiano Pimentel.

A defesa da Prefeitura foi apresentada pelo vice-prefeito Luciano Siqueira e a secretária de Gestão Estratégica e Relações Internacionais Lygia Maria Veras Falcão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/02


2008

Prefeito fala daqui a pouco sobre escândalo com Finatec

O prefeito do Recife, João Paulo (PT), resolveu falar sobre o escândalo da Finatec em coletiva que convocou para às 16h30m, no seu gabinete. Procurado, ontem, pelo blogueiro, na festa de aniversário do presidente da CNI, Armando Monteiro Neto, o petista se recusou a tratar do assunto, alegando que havia distribuido uma nota oficial. É esperar para saber, agora, qual será a nova linha de defesa do prefeito.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Escreveu pouco, mas disse o suficiente. Valeu Moaci!

Moaci Antonio Rodrigues

A presidência da república é uma fraude. A prefeitura do Recife é uma fraude. O PT é uma fraude. Onde há um petista há um mentiroso contumaz e um ladrão em potencial.

Paulo Kigrer

Só desavergonhados chamam de "administração zelosa" um descalabro administrativo qual este de João Lindu Paulo. João Lindu Paulo é hoje um sujeito-político absolutamente rico às custas das falcatruas festivas promovidas pela PCR. No instante que for auditado não sobra pedra sobre pedra...

Raimundo Eleno dos Santos

Acho que a lei prevê casos q/dispensa licitações.Caso tenha ocorrido desvios,é bom q se apure.A administração pública deve ser transparente.Agora,ñ se deve utilizar expediente de enxovalhar uma administração zelosa,só porque é ano de eleição e vale jogar lama de qualquer jeito contra os adversários.

Vamos ver o que essa cara-de-pau vai dizer.



26/02


2008

TRE deve cassar mais dois vereadores em Pernambuco

O Tribunal Regional Eleitoral julga, hoje, mais dois processos de pedido de cassação de vereadores que mudaram de partido depois do prazo legal permitido. A pauta inclui os vereadores Manoel Moura da Silva, de Paranapama, que trocou o PPS pelo PSB, e Gilmar Freire da Silva, de Itacuruba, que abandonou o PPS e se filiou ao PSB. Se for confirmada a tendência do TRE, que já cassou três, dificilmente os referidos parlamentares escaparão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

A. Delano

E em Ipojuca? Que de carrada todos os dez vereadores e os suplentes, por orientação do sr. Pedro Serafim mudaram de Partidos. É Demais. POr outros atos de peculato, até agora permanece adiada a esperada audiência. Olho neles!

Tem que mandar todos para a planicie. Isso é uma vergonha!



26/02


2008

Serafim é multado por uso de propaganda irregular

O prefeito de Ipojuca, Pedro Serafim, foi condenado pela Justiça Eleitoral a pagar aproximadamente R$ 37,2 mil. O motivo da multa é que o prefeito estaria sendo beneficiado por uma propaganda da prefeitura, divulgadas em outdoors espalhados pela cidade.

As propagandas estariam, implicitamente, promovendo a campanha do prefeito à reeleição. Elas trazem fotos e mensagens mencionando a administração, com destaque para as cores laranja e azul, a mesma utilizada na campanha de 2004, quando Pedro Serafim foi eleito.

Outro condenado foi o vereador suplente Adelmo Alves dos Santos. Um amigo dele, Sílvio José Romero de Oliveira, teria veiculado dez outdoors com uma fotomontagem de Adelmo ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Segundo Sílvio, tudo não passaria de uma homenagem de aniversário. A Justiça entendeu de outra forma.

Para o Ministério Público, o vereador aproveitou-se da imagem de Lula e Eduardo, que são dois políticos amplamente conhecidos , para promover a própria imagem. Os dois amigos foram condenados a pagar R$ 21,2 mil.

Além da propaganda irregular, o vereador suplente responde a outro processo, desta vez por infidelidade partidária. O titular do cargo dele também responde pelo mesmo crime. Do Pe360graus.com.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Kigrer

Larápio gordinho e safadinho esse Serafinzinho, não?

Tajmahal Cruz

O que sobra em Ipojuca de receita orçamentaria, falta na qualidade de seus políticos. Pelo "procedimento" devem se espelhar nos colegas de Jaboatão. Vida curta prá eles...

Esse prefeito está táo gordo de tanto.... Deixe para lá.

A. Delano

Além da propaganda enganosa na beira das estradas, o Prefeito também alaranjou todos os prédios públicos. Doe até nos olhos quando se entra nos cemitérios do município, deve também responder por isso, afora outras irregularidades, principalmente a respeito das licitações irregulares.



26/02


2008

Com a corda no pescoço

Os adversários do presidente do PDT na Bahia, deputado Severiano Alves, aguardam ansiosos o momento em que ele anuncie o retorno para os braços do prefeito de Salvador, João Henrique. Vão promover uma distribuição em massa em faculdades e municípios em que o deputado foi votado, da fita em que Severiano pede desculpas ao povo de Salvador por ter apoiado um traidor para candidato à Prefeitura da capital. A cena foi exibida no programa do PDT no final do ano passado. O deputado está com a corda no pescoço.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/02


2008

Reforma tributária: oposição pede redução de MPs

Os membros dos partidos de oposição ao governo (Democratas, PSDB e PPS) saíram da reunião hoje com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para debater a proposta de reforma tributária dizendo que o governo precisa se comprometer verdadeiramente com a aprovação de uma reforma do sistema tributário no Congresso. Um dos gestos de compromisso pedidos pela oposição é que o governo deixe de emitir medidas provisórias (MP) no volume que emite. Segundo eles, a edicão de MPs atrapalha o Congresso e engessa qualquer análise de outro tipo de matéria.

"O maior problema é que o governo tem que parar de editar tantas medidas provisórias. Com esse excesso de MPs, fica difícil legislar e olhar para o futuro tentando aprovar uma reforma desse tamanho", afirmou o presidente do Democratas, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O líder do partido no Senado, José Agripino (DEM-RN) disse que, se o governo continuar editando medidas provisórias, estará dando um sinal de que não tem vontade política para aprovar uma reforma tributária. Já o líder dos tucanos no Senado, Arthur Virgílio (PSDB-AM), afirmou que a negociação do governo com o Congresso tem que se pautar por "nobreza e honestidade". Do Portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha