Lavareda

04/03


2008

Fade, da UFPE, ligada a Rands, na mira da CPI

 Classificada como morna nos últimos meses, a CPI das ONGs tem pela frente um tema espinhoso: o elo de organizações não-governamentais com políticos. Levantamento feito pela Folha mostra pelo menos quatro entidades na mira da CPI que receberam dinheiro público e têm ligações políticas. Requerimentos ainda não aprovados de senadores da CPI pedem investigações e quebras de sigilos dessas entidades.
Em um dos documentos, o senador Raimundo Colombo (DEM-SC), presidente da CPI, pediu a quebra dos sigilos da Fade (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco).
A fundação, sediada no Recife (PE), manteve contratos de consultoria com o economista Alexandre Rands, irmão do líder do PT na Câmara, Maurício Rands (PE). No seu currículo, Alexandre diz ter "vínculo institucional" com a instituição.
Os convênios feitos com a Fade são alvo de inquérito do Ministério Público de Pernambuco.

"Há convênios e contratos celebrados ao arrepio da lei. As atividades da fundação vêm sendo monitoradas minuciosamente e os dados coletados até agora no inquérito civil instaurado depõem, e muito, contra a Fade", afirmou o promotor Ulisses de Araújo e Sá Jr.

(Informações da Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto de pessoa

Vai achar.


ALEPE

04/03


2008

Visitas de pré: papéis, números, gráficos e belas frases

Do site de Divane Carvalho

 Não dá pra entender por que os pré-candidatos a prefeito do Recife insistem nessa conversa fiada de que estão colhendo informações sobre os problemas da cidade para, a partir daí, fazer um plano de governo.


Ninguém acredita mais nesse discurso não, gente! Os eleitores cansaram dessa lenga-lenga que, a bem da verdade, não leva a lugar algum. Ou melhor, leva. A um monte de papéis cheio de números, gráficos e belas frases que recheiam as promessas de campanha e que nunca conseguem ser cumpridas.


Os problemas do Recife são os mesmos faz tempo. É verdade que alguns se agravaram com o crescimento desordenado da cidade. Como o trânsito que ficou caótico e passou a ser ruim dia e noite em qualquer bairro da cidade.


Tem também a questão da segurança, que sempre foi considerada responsabilidade do Estado e, com isso, os prefeitos passaram anos e anos se eximindo da responsabilidade de contribuir para reduzir os índices da violência, mas agora vão ter que encarar.


Ou ainda o saneamento, que se complicou muito com uma construção atrás da outra sem que o governo do município tivesse condições de acompanhar, ou ao menos ordenar a correria da mercado imobiliário.


Afora isso, a miséria do Recife é a mesma. Bastante conhecida de todos que passaram pela cadeira de prefeito. E dos pré-candidatos que estão se preparando para a eleição de outubro.  As favelas se multiplicam a cada dia, o desemprego assusta jovens e adultos e os menores que perambulam nas ruas continuam desafiando políticos de todos os partidos que não mexem uma palha para encontrar uma solução.


Todos que sonham ocupar o lugar de João Paulo, pelo que sabem e conhecem do Recife, teriam condições de montar um plano de governo enxuto, prático e viável. Fugindo dessa  encenação que está aí como se estivessem preparando o maior espetáculo da terra.


Quem conseguir sair dessa mesmice de ouvir especialistas e ex-prefeitos para depois dizer o que vai fazer, com certeza entrará na corrida municipal com mais chances de ganhar. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

04/03


2008

Visitas: agora é Mendonça que vai a João Paulo

 Sob o argumento de obter informações sobre a administração municipal do Recife para “subsidiar na elaboração do seu programa de governo” o ex-governador Mendonça Filho pediu uma audiência com o prefeito João Paulo (PT). O encontro ocorrerá na próxima segunda-feira, no gabinete do prefeito, às 16h30. De acordo com o democrata, o gesto significa que sua campanha será “elevada e sem críticas de ordem pessoal”. “Os meus questionamentos serão sempre no campo político e administrativo e nunca no pessoal”, garante o democrata.

A equipe técnica de Mendonça está elaborando o pedido de informações que será feito a João Paulo, contendo uma lista das informações que serão solicitadas. A iniciativa do democrata se dá três dias antes do lançamento de seu nome para o pleito e após o prefeiturável Raul Henry (PMDB) ter se reunido com o governador Eduardo Campos.(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

04/03


2008

Governador elogia gesto de Raul mas defende João Paulo

 O governador Eduardo Campos considerou “louvável” a atitude do oposicionista Raul Henry, que o visitou ontem à tarde, mas partiu em defesa, ainda que tímida, do prefeito João Paulo, que recebeu críticas do pre-candidato peemedebista. “Esse gesto de Raul ajuda as pessoas a compreenderem que nessa matéria (segurança) não pode haver disputa política, como existe em outros campos. Trata-se de um gesto político que merece reconhecimento, que é sensato. Mas discordo dele no que se refere à Prefeitura. O prefeito tem trabalhando conosco na questão do Pacto pela Vida. A Prefeitura tem feito esforço para colaborar”, defendeu o governador.

De acordo com o socialista, o sociólogo colombiano, com quem esteve em fevereiro do ano passado, ficou impressionado com a diplomacia entre os oposicionistas. “Acho que Acero ficou impressionado com o nível de diálogo entre quadros políticos diferentes. Trata-se de um esforço conjunto com ele como testemunha. Nessa matéria, é fundamental a construção da paz política”, lembrou.(Com informações da Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

Conquistar a presidência do Brasil com Pernambuco unido era o sonho de Arraes. Eduardo Campos tem capacidade para realizá-lo...E o Mulá adoraria...



04/03


2008

Antes da visita a Eduardo Raul consulta Jarbas

 Antes de visitar o governador Eduardo Campos, Raul Henry esteve com seu guru político, o senador Jarbas Vasconcelos. Após a conversa a portas fechadas, o cacique afirmou que está disposto a começar as caminhadas de pré-campanha com o prefeiturável. “A pré-campanha iniciou-se muito cedo no Recife, pelo fato de não haver candidato natural. Já me coloquei à disposição de Raul para começar as andanças”, afirmou.

O senador mostrou-se sensível à questão da violência. De acordo com Jarbas, o tema será foco dos debates eleitorais em 2008. “Acho que essa será uma campanha longa e que o tema da violência será uma constante, por isso acho importante que ele (Raul) se aprofunde no assunto”, analisou. (Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

04/03


2008

Raul visita Eduardo, a quem critica João Paulo

 Na tentativa de mostrar que as rixas entre representantes do Governo e da oposição podem ser postas de lado, o governador Eduardo Campos (PSB) recebeu ontem o deputado federal e afilhado político do ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB), Raul Henry, no Palácio do Campo das Princesas. O pré-candidato peemedebista à Prefeitura do Recife e o sociólogo colombiano Hugo Acero foram ao encontro de Eduardo para falar sobre segurança pública. Raul voltou a fazer críticas à gestão do prefeito João Paulo, que classificou como ausente nessa área.

“Disse ao governador que essa minha vinda aqui (no Palácio do Campo das Princesas) expressa que quero trabalhar em conjunto com ele. Acredito que a Prefeitura tem um papel imprescindível no debate da segurança pública e essa gestão está omissa”, criticou.(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

Eduardo Campos contaria com o apoio de Jarbas Vasconcelos para presidente da República ? O Mulá adoraria...



04/03


2008

Pesquisa: Cadoca lidera, com Mendonça em segundo

 A Folha de Pernambuco  teve acesso à pesquisa de intenção de votos, feita pelo Instituto Plural, e nela o pré-candidato a prefeito do Recife pelo PSC, deputado Carlos Eduardo Cadoca, aparece liderando com 27%. O segundo colocado é o ex-governador Mendonça Filho (DEM), com 20%. O representante do PT, secretário João da Costa, fica em terceiro (11%), à frente dos deputados federais Raul Henry/PMDB (7%) e Raul Jungmann/PPS (7%). O vice-prefeito Luciano Siqueira (PCdoB), o deputado Eriberto Medeiros (PTC) e o ex-vereador Clóvis Corrêa (PSDC) empatam na casa dos 3%. Em último, fica Edilson Silva (P-Sol), com 1%.

A pesquisa foi registrada no Cartório da 9ª Zona Eleitoral, sob o número 003/2008, tendo sido realizada entre os dias 22 e 25 de fevereiro. Foram ouvidos 800 eleitores e a margem de erro é de 3,46 pontos percentuais para mais ou para menos, com grau de confiança de 95%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fabio Leite Macedo

pesquisa encomedada, a unica que diz que cadoca ta na frente, essa empresa é plural de que mesmo/ me engana que gosto, agora com aval da folha.

roberto de pessoa

Lordes? Bayron era um homem simples e educado. Não obstante, toda ausencia é atrevida. Além disso, apesar de muito próximo a Roberto Freire ele tinha idéias muito diferente do que é política.

josé arnaldo amaral

Recife e ele se merecem. E Cadoca possui identidade com a juventude, seja a festiva ou cdf, além de compor a digna geração de Bayron Sarinho e Luciano Siqueira, os lordes ditos comunistas...



03/03


2008

Funcionária do Ibama confessa desvio nos cartões

 A servidora do Ibama de Goiás suspeita de desviar R$ 836 mil do órgão durante oito anos confessou nesta segunda-feira em depoimento à Polícia Federal as irregularidades. A advogada de Marina Piau Ferreira, que foi afastada do cargo de responsável pelo departamento financeiro da instituição no Estado há duas semanas, confirmou a informação.

Segundo a advogada Nelinês Lagares, a funcionária disse que encontrou "uma brecha" no sistema financeiro do Ibama de Goiás e fazia pagamentos a pessoas conhecidas, que não participaram da fraude e não sabiam a origem do dinheiro. Entre os gastos, estão R$ 23 mil a uma clínica de estética. Um filho da funcionária também recebeu pagamentos.

A advogada de Piau Ferreira, no entanto, diz que a servidora não sabe o valor total do desvio, mas estima que tenha sido menor do que os R$ 836 mil divulgados pelo Ibama e pelo Ministério Público Federal. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Airton Correia da Silva

Nunca na minha vida assisti tanto roubo como nesses últimos anos. Se esse governo Lula/PT fosse tão honesto e ético como dizia, cortaria toda essa safadeza desde o ano de 2003 quando iniciou.

Marcelo Araújo

BRASIL - Um pais de todos. Esse Bolsa Família eu quero.



03/03


2008

Exército atento à crise Venezuela, Colômbia e Equador

 As Forças Armadas brasileiras estão acompanhando com atenção o desmembramento da crise diplomática envolvendo Colômbia, Venezuela e Equador, países com os quais o país mantém relações amistosas e estáveis. A tensão foi desencadeada pela morte de Raúl Reyes, um dos principais líderes das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), assassinado junto a outros 17 guerrilheiros no último sábado (1º), em ataque colombiano em território do Equador.

O comando do Exército na Amazônia admite que a escalada dos acontecimentos causa preocupação, devido à extensa fronteira que o Brasil possui com a Venezuela -- são 2.200 quilômetros, a maioria de mata fechada e de difícil acesso. Oficiais apontam que a questão ainda está na esfera diplomática e que ainda não receberam ordens para deslocar soldados ou colocar em alerta os batalhões localizados na fronteira.

O Exército não comenta oficialmente o assunto, mas sabe que, mesmo que a tensão esteja na divisa entre Venezuela e Colômbia, fatalmente, qualquer ato de violência terá reflexos nas fronteiras brasileiras. A principal preocupação está em Cucuí, na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Colômbia. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Kigrer

Avante, bravo Inácio! És o sumo comandante, é indubitávelmente o nosso novo Caxias! Veste o iniforme da glória e avance com o peito desnudo sobre a primeira baioneta que avistar! Vai Inácio, vai, vai prá...

Raimundo Eleno dos Santos

Essa arenga é produzida pelos Estadunidenses. Sempre que eles querem petróleo, fazem uma cizânia entre irmãos, e tomam partido.Emprestam suas forças e fazem o "inimigo" sucumbir. Ao depois escravizam o "amigo".A história se repete. A região é rica em petróleo.

Gilberto Carvalho Moura

É bom ficar só observando e se abster de dar palpite. Já sabemos a capacidade do nosso glorioso em produzir trapalhadas. Deixem o assunto com o Itamarati.



03/03


2008

Aumenta a crise: Equador rompe relações com a Colômbia

 O governo do Equador anunciou nesta segunda-feira o rompimento das relações diplomáticas do país com a Colômbia. ''Esta decisão foi adotada diante da evidente violação da soberania nacional e da integridade territorial do Equador'', afirma comunicado oficial divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores equatoriano.

A crise entre os dois teve início no fim de semana, depois que helicópteros colombianos invadiram o território equatoriano para realizar um ataque contra membros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

A nota equatoriana também atribui o rompimento às ''acusações muito graves contidas no comunicado divulgado pela Presidência da Colômbia, que insinua acordos entre as Farc e o governo do Equador''.

O comunicado cita ainda as declarações do general Oscar Naranjo, diretor da Polícia Nacional da Colômbia, que afirmou ter indícios da ligação de autoridades equatorianas com guerrilheiros das Farc. O texto descreve as afirmações de Naranjo como ''cínicas e temerárias''. (BBC Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilberto Carvalho Moura

Se o Equador admitiu acampamento de guerrilheiros estrangeiros em seu território mereceu ser invadido.