O Jornal do Poder

08/02


2008

PT dá o troco em SP: quer CPI do cartão estadual

 O líder do Partido dos Trabalhadores na Assembléia Legislativa paulista, deputado Simão Pedro, anunciou nesta sexta-feira a decisão de colher assinaturas para pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os gastos realizados por funcionários públicos estaduais por meio de cartões de débito em 2007.

A decisão do PT, que é o maior partido da oposição na assembléia paulista, ocorre depois de movimentação semelhante no Congresso Nacional para instaurar uma CPI que apure os gastos de servidores federais. Estes gastos totalizaram R$ 177,5 milhões no ano passado - R$ 78 milhões efetuados por cartões de crédito e R$ 99,5 milhões por meio de contas correntes. No governo federal, são usados cartões de crédito corporativos, abertos a pagamentos em estabelecimentos ou saques bancários.

De acordo com o deputado Simão Pedro, no Sistema de Informações Gerenciais da Execução Orçamentária do estado (Sigeo), os gastos com cartões de débito por funcionários públicos estaduais totalizaram, em 2007, R$ 108,3 milhões. Desse valor, 44,58% (R$ 48 milhões) foram gastos com pagamento em dinheiro vivo, após saque bancário, por cerca de 20 mil servidores que utilizam mais de 42 mil cartões de débito. No Sigeo, os valores sacados na boca do caixa aparecem apenas como saques e a aferição do gasto não é divulgada pelo governo, segundo o parlamentar. (Informações do JB Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto de pessoa

Porque o PT não moraliza sua casa em vez de está procurando os defeitos alheios? Dessa forma o que se entende é que o PT está afirmando: - "Tá vendo, eles também fizeram, então eu posso também." Corja de LADRÕES.


Potencial Pesquisa & Informação

08/02


2008

Limites de velocidade

Eduardo Campos retornou ao Palácio do Campo das Princesas, aparentemente, em ritmo mais moderado. Pelo menos é o que se pode deduzir da agenda divulgada pela assessoria do governador, onde consta um único compromisso para esta sexta-feira: despachos internos.

Será que é um indício de que em 2008 ele passará a administrar sem correr tanto, obedecendo os limites de velocidade ? E assim ficará bem atento às placas indicativas da estrada política, cheia de curvas perigosas, ultrapassagens proibidas, declives, trechos sem acostamentos, observando os motoristas que andam por perto, alguns inclusive na contramão?

Se for isso mesmo, é uma boa notícia. Afinal, se no primeiro ano de governo Eduardo Campos conseguiu trabalhar aceleradamente, quase sem descanso, passando uma imagem de administrador eficiente e político bem articulado, neste segundo ano terá que reduzir a marcha, ou, a continuar na correria de sempre, vai terminar caindo em algum buraco. E ainda por cima perderá a oportunidade de observar de perto e com mais calma o que ainda precisa ser feito e também consertado no seu governo. ( Do site de Divane Carvalho)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

08/02


2008

Chinaglia: "Nessa corrida o governo saiu na frente"

  presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), afirmou ontem que, politicamente, não há como viabilizar uma CPI Mista para investigar o uso dos cartões corporativos do governo depois que o governo se antecipou e recolheu as assinaturas para uma CPI apenas no Senado. "Nessa corrida, o governo saiu na frente", afirmou Chinaglia.

"A instalação da CPI no Senado só depende agora dos procedimentos regimentais. Do ponto de vista de fazer uma CPI Mista, tecnicamente haveria espaço, mas politicamente é um tanto difícil. Na CPI Mista, o Senado participaria ao mesmo tempo de duas CPIs tratando do mesmo tema. Estabeleceria uma disputa política", afirmou Chinaglia.

E acrescentou: "O governo teve a iniciativa, acabou saindo na frente e fazendo a CPI só no Senado, a não ser que a oposição trabalhe para instalar uma CPI exclusiva da Câmara". Chinaglia ressaltou que a experiência já demonstrou que o funcionamento de CPIs não atrapalham os trabalhos da Câmara.(Tribuna da Imprensa)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2008

Mendonça Filho lança candidatura no dia 10 de março

A data do lançamento oficial da candidatura do ex-governador de Pernambuco, Mendonça Filho, a prefeito do Recife pelo DEM, já tem data definida. Será no próximo dia 10 de março, no Clube Português, com a presença de líderes nacionais da legenda, entre eles o presidente Rodrigo Maia (RJ).

Líder em todas as pesquisas, Mendonça Filho passou a assumir uma postura mais agressiva nos últimos dias, com críticas à gestão do prefeito petista João Paulo. Chegou a dizer, ao longo do Carnaval, que estava preparado para, se eleito, fazer um reinado do momo melhor do que o chamado ''Carnaval Multicultural de João Paulo''.

Embora tenha decidido colocar a candidatura nas ruas, Mendonça não conseguiu ainda fechar uma aliança partidária. Já abriu conversações para um entendimento com Cadoca, que disputa pelo PSC, mas sem sucesso. Também está investindo numa aliança com o PV. E sonha em ter como vice o ex-deputado João Braga, que já foi o homem forte nas duas gestões de Jarbas na Prefeitura do Recife.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

paulo roberto dos santos

Sem contar que as contas de Jarbas/Mendoncinha foram aprovadas por unanimidade. Isso mostra a integridade de ambos. Pra frente Mendoncinha!

Cátia Santos

Um pouco dele(Mendonçça Filho) para vcs. Presidente do Democratas. Governou Pernαmbuco. Formou-se em Administração na UPE. E em Gestão Públicα nα Kennedy School, α Escolα de Governo dα Universidαde de Hαrvαrd. Jovem, ético, empreendedor e simples. Gente igual a você.

jose carlos da silva

Das duas uma : participam da safadesa ou são idiotas de carteirinha. Acorda pessoal!

Wagner Peixoto

Não só Magno, como 30% dos que vivem em Recife, têm candidato. à vitória, MF

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

QUANTA FALCATRUAS, SERÃO RETIRADAS DE DEBAIXO DO TAPETE,MENDONÇA VAI PASSAR 6 MESES PARA DESCOBRIR AS FRAUDES.



08/02


2008

Cartões: Dias quer investigação na Presidência

O vice-líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), disse que a Presidência da República não pode ficar de fora das investigações da CPI dos cartões corporativos. Alvaro, que empunhava uma lista de “apoiamento” com seis assinaturas de senadores, disse que a Presidência é o maior foco de dispêndio dos chamados “gastos funcionais”.

“Há que se responsabilizar judicialmente os envolvidos nesse escândalo, em todos os Ministérios, mas não podemos excluir a Presidência da República. Na Presidência há o maior volume de recursos utilizados através do cartão corporativo, e o maior sigilo. Não há por que não investigar os cartões utilizados pelos órgãos ligados à Presidência”, argumentou o tucano.

Segundo Alvaro, que se opõe à “CPI do governo” – a ser instalada na próxima segunda-feira (11) por iniciativa do líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR) – por considerar que ela seria favorável ao Planalto, a oposição vai fazer de tudo para que seja instalada uma CPI mista (deputados e senadores) para investigar os gastos com os cartões corporativos do governo federal. Não por acaso, as declarações foram feitas no Salão Verde da Câmara. Do Congresso em Foco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Está na hora dos cara-pintadas e o povão ocupar todos os setores públicos deste país. É uma vergonha nacional. Por onde anda o judiciário? Tribunal Superior Eleitoral e o Supremo?

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

NÃO ACREDITO QUE FHC PERCA /O lula O ÉTICO ;POIS O pt ERA UMA VIGILÂNCIA FERRENHA; SE HOUVESSE CORRUPÇÃO COMO ESTA NESTE GOV.NÃO TINHA QUEM NÃO SOUBESSE.O N° DE CARTÕES MENOR; O DE HOJE É 16.754; É UM ESCÂNDALO.SABER SE OS GASTOS DO lula ESTÁ CORRETO NÃO AFETA A SUA SEG. E SIM SE ESTÁ SENDO ÉTICO.

Marco Aurelio Arruda Coelho

MOSTRAREM-SE.

Marco Aurelio Arruda Coelho

Essa deve ser a oportunidade que os Polítcos esperavam, mostra-se integros e a favor da CPI, mas, como só há ladrão PSDB, PT, uma vergonha. FHC é o primeiro. MICHEL DA MATTA .

milton tenorio pinto junior

Se a turma de FHC eram punguistas ( batedores de carteiras), a de Lula são verdadeiros arrombadores, tamanha a sede.



08/02


2008

Prefeito é acusado de desviar R$ 325 mil no Ceará

Enquanto o Tribunal de Contas da União (TCU), Congresso Nacional e Controladoria-Geral da União (CGU) investigam gastos indevidos com o cartão corporativo, um prefeito e um secretário cearenses são acusados de "sangrar" recursos municipais em proveito próprio, utilizando cheques liberados indevidamente.

O caso acontece em Icapuí, a 210 quilômetros de Fortaleza. É uma cidade praiana, que faz fronteira com o Rio Grande do Norte, onde o prefeito José Edilson da Silva (PSDB) e o secretário municipal de Finanças e Administração, Gilvan Ares, são acusados de desvio de recursos e improbidade administrativa. Eles assinariam e, depois, sacavam os cheques, através de endosso.

O rombo já passaria dos R$ 325 mil, segundo o Ministério Público Cearense (MPC). O juiz substituto de Icapuí, Francisco Eduardo Fontenele Batista, já deferiu, em caráter liminar, uma Ação Civil Pública impetrada pelo MPC, representado pelo promotor de Justiça Marcelo Gomes Maia Pires, contra o prefeito e o secretário.

Por meio da ação judicial, a Prefeitura foi intimada a apresentar a comprovação das despesas contraídas. Mas, apesar de ter recebido a requisição em 19 de dezembro de 2007, ainda não apresentou qualquer documento que comprove a destinação lícita e pública dos recursos sacados das oito contas que possui na agência do Banco do Brasil de Icapuí. Os acusados ainda não se pronunciaram sobre as denúncias do promotor Marcelo Pires. Da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Para que não haja aumento da população carcerária, porque não pena de morte sumária? Para bandido e fora-da-lei, melhor dizendo.

Raimundo Eleno dos Santos

Quando os auditores dos TCEs fizerem as contas das Prefeituras(executivo e legislativo) de forma sistêmica e não aleatória como é, vai precisar de contratar mais funcionários e fazer horas extras e adicional noturno.São quase três centenas de cidades.A população carcerária vai aumentar.



08/02


2008

A Mangueira entrando. E haja milhões!

As pessoas estão redondamente enganadas, como diriam os cervejeiros da Skol,  ao imaginar que a Prefeitura do Recife gastou 3 milhões de reais com dinheiro do  contribuinte para ver a Mangueira entrando na avenida e ser classificada como  lanterninha no décimo lugar.

Além dos R$ 3 milhões, os contribuintes do IPTU e do ISS pagaram mais as passagens, hospedagens e mordomias de uma penca de  convidados do prefeito e despesas com a ala dos frevistas juvenis levados para  o Rio de Janeiro para treinar os desfiles durante mais de um mês.

Feitas as contas, o patrocínio dos contribuintes recifenses deve ficar na casa dos R$ 4 a 5 milhões. Justiça seja feita: a primeira-dama Luzia Jeane prometeu viajar por conta própria  sem ser  convidada da Prefeitura para assistir ao desfile de camarote e ver o consorte João Paulo frevando ao lado da dama de honra Lygia Falcão e nobres convidados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cátia Santos

cartões corporativos, vampiragens, ETC??? Ele (Luis Inácio Lula da Silva) era tão COMBATEDOR DE CORRUPTOS e hoje está AGINDO PIOR DOS QUE SE FORAM. E que se lasquem NÓS , POVO BRASILEIROS E ASSALARIADOS... Vocês não cansaram? EU CANSEI!!!

Cátia Santos

É inacreditável: AINDA EXISTEM OS DEFENSORES DE TODA ESSA PODRIDÃO E PULHA CHAMADA PT??? O que devemos dizer aos nossos filhos, que ROUBAR É UM DEVER DO BRASILEIRO? Devemos tb dizer que nós, POVO, devemos AJUDAR OS TRAFICANTES DO RIO, fazendo a simbólica DOAÇÃO de 3 milhões? E os cartões corporativ

stefano

Esta elite nao sabe esculhambar os gastos ainda maiores do governo Serra

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

NÃO ACREDITO QUE FHC PERCA /O lula O ÉTICO ;POIS O pt ERA UMA VIGILÂNCIA FERRENHA; SE HOUVESSE CORRUPÇÃO COMO ESTA NESTE GOV.NÃO TINHA QUEM NÃO SOUBESSE.O N° DE CARTÕES MENOR; O DE HOJE É 16.754; É UM ESCÂNDALO.SABER SE OS GASTOS DO lula ESTÁ CORRETO NÃO AFETA A SUA SEG. E SIM SE ESTÁ SENDO ÉTICO.

Antonio de Pádua

O s maiores inimigos do PT são os ALOPRADOS ,e a grande COMPANHEIRADA de LULA da Silva, que continua sem saber de nada...



08/02


2008

TCU: nota fria justifica uso de cartão da Presidência

 Uma despesa de R$ 206 mil paga com cartão corporativo usado pela Secretaria de Administração da Presidência da República foi justificada com notas frias de uma locadora de veículos de Ponta Porã, a 335 quilômetros de Campo Grande, no sul de Mato Grosso do Sul. A fraude foi constatada por auditores do Tribunal de Contas da União (TCU).

A despesa foi paga pela segurança da Presidência. Os nomes do funcionário que usou o cartão e da empresa contratada, assim como o período do gasto, estão sob sigilo e foram omitidos pelo relatório do TCU referente ao processo nº 7512/06-0. Sem esses dados, a assessoria de imprensa da Presidência da República informou que não poderia se pronunciar.

O gasto de R$ 206.640,07 foi justificado com 25 notas fiscais. A fraude foi descoberta após uma consulta à secretaria municipal de receita de Ponta Porã. As notas não tinham autorização para impressão de documento fiscal (AIDF), ou seja, foram emitidas sem conhecimento da autoridade fiscal. Diante do indício de irregularidade, o TCU enviou em 2006 uma equipe de auditores de sua Secretaria de Controle Externo a Ponta Porã. Na cidade, os analistas descobriram que o endereço era falso. Do Portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2008

Lula e Sarkozy debaterão situação de reféns das Farc

A situação dos reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) está na pauta de temas que serão abordados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o chefe de Estados francês, Nicolas Sarkozy, no encontro que manterão na terça-feira na Guiana Francesa, informaram hoje fontes oficiais. Lula também falará sobre as negociações da Organização Mundial do Comércio (OMS) e discutirá formas de facilitá-las, assim como oportunidades de cooperação bilateral nas áreas ambiental, militar, nuclear e de infra-estrutura, afirmou o porta-voz da Presidência brasileira, Marcelo Baumbach.

Na entrevista coletiva concedida hoje no Palácio do Planalto para divulgar detalhes da viagem de trabalho de Lula à Guiana Francesa, o porta-voz disse que a questão dos reféns das Farc é de interesse do Brasil e da França. Recentemente, o assessor de Lula para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, disse que o Brasil está negociando a criação de um grupo de países, do qual faria parte a França, que possa fazer a mediação na libertação de outros seqüestrados nas mãos da guerrilha. Do JB Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/02


2008

SP: PT pede CPI para investigar cartão do governo

O líder do PT na Assembléia Legislativa de São Paulo, deputado Simão Pedro, decidiu nesta sexta-feira que a bancada petista vai colher assinaturas para um apresentar um pedido de CPI para investigar o uso de cartões de pagamentos de despesas pelo governo de São Paulo --uma espécie de cartão de débito que abrange 47 modalidades de gasto.

Segundo reportagem da Folha publicada nesta sexta-feira informa que o governo paulista gastou em 2007 R$ 108.384.268,26 com cartões de débito. Desse total, cerca de R$ 48 milhões (44,58%) foram saques em dinheiro. Os dados constam no Sigeo (Sistema de Informações Gerenciais da Execução Orçamentária).

Diferentemente do governo federal, que lançou um portal para registro dos gastos, o Estado não oferece um sistema aberto com essa descrição. No mesmo período, os gastos do governo federal com os chamados cartões corporativos somaram R$ 75,6 milhões.

Os dados, obtidos via Assembléia Legislativa, mostram compras de R$ 6.500,00 numa churrascaria, R$ 977 em uma loja de presentes, R$ 597 com acessórios para casa e R$ 48,3 milhões em saques (44,58% do total). Segundo o governo, o dados não descrevem, necessariamente, o objeto da compra realizada com o cartão de débito.

Em nota, o governo paulista disse que seus cartões não são corporativos e que nenhum servidor pode usá-lo para gastos pessoais. A forma de pagamento serve para despesas feitas pelo Estado no dia-a-dia e para gastos específicos. Por exemplo, o cartão de combustível só pode ser usado para esse fim. Da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ricardo Guerra

Podemos admitir que qualquer outro partido de oposição(são vários) critiquem o abuso do cartões. Agora, os DEMOS e os Tucanalhas deveriam ficar com os rabinhos entre as pernas. O que tem de podre neste país , ou eles já praticaram ou estão morrendo de vontade de praticar. " Dá licença Mundiça.

guilherme alves

O governo de São Paulo, como bom tucano, usa de sofisma para explicar seu cartão corporativo. Essa prática para pagamento de "pequenas despesas" saõ utilizadas por todos que pssam pelo executivo - nos três níveis - municipal, estadual e federal. Independentemente de ideologia ou partido.