O Jornal do Poder

27/02


2008

Números manipulados sobre homicídios em PE

Nos últimos meses do ano de 2007 e no início deste ano a mídia vem divulgando, de forma freqüente, os dados da Gerência de Análise Criminal e Estatística da Secretaria de Defesa Social (GACE/SDS) focalizando a redução dos números comparativos mês a mês, entre os anos de 2006 e 2007, bem como o primeiro mês de 2008 com o mesmo mês de 2007. Em matéria altamente tendenciosa em veículo de comunicação impresso, foi cunhada a seguinte chamada: “Taxa de homicídios em Pernambuco cai 17,5% no mês de janeiro. Foram registrados 76 crimes letais intencionais a menos em janeiro de 2008. Este é o quinto mês consecutivo de queda de homicídios no Estado.” Porque chamo esta chamada de altamente tendenciosa? A tendência está, justamente, na falta de esclarecimento desses dados, onde vou procurar dar um outro viés nas linhas que se seguem.

Quem quiser saber o resultado da estatística sobre violência anunciada no parágrafo acima deverá ler o artigo de hoje no blog, do cientista político José Maria Nóbrega Jr, um estudioso no assunto, que tem criticado constantemente os números oficiais sobre homicídios em Pernambuco divulgados ultimamente. Leiam o artigo na íntegra. Boa leitura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fabio Leite Macedo

Eis a republica dos precatórios, onde o que é ruim não é divulgado , maqueiam numeros e iludem a massa, ricupero fez escola, triste de nós que temos a cara de palhaço, nariz de palhaço, transparência nunca existiu, até quando?

Gilberto Carvalho Moura

Nenhuma novidade esse procedimento, é nacional. Aqui em Curitiba, Requião trocou o diretor do IML e este como primeira providência confiscou para si o livro de registro de óbitos.


Abreu no Zap

27/02


2008

Coluna de hoje na Folha

        Em maus lençóis

João Paulo não esperava cair nos seus pés uma bomba de efeito retardado em ano eleitoral. Refiro-me à contratação da Finatec, instituição ligada à Universidade de Brasília. Efeito retardado porque o contrato, no valor de R$ 19,8 milhões, foi assinado no início da sua primeira gestão.

E devia, evidentemente, ter estourado naquela época e não agora. Sob alegação de que necessitava de uma consultoria para um projeto de reforma administrativa, o prefeito, na verdade, se curvou às pressões do diretório nacional do PT, que fez o mesmo com outras prefeituras administradas pelo partido, como São Paulo.

Além de ser acolhida sem uma licitação prévia, a Finatec subcontratou duas outras empresas, entre elas a Intercorp, para executar os tais serviços previstos. Quando João Paulo diz que não tem responsabilidade pelo fato de a Finatec ter envolvido mais duas empresas no mesmo contrato, comete crime de omissão.

Ora, é inadmissível que um gestor público assine um contrato tão volumoso sem acompanhar e fiscalizar a sua execução. Se não tinha conhecimento de que os serviços não foram feitos pela Finatec, mas por duas outras empresas terceirizadas, só posso concluir que ele não leu o que assinou. Ou foi enganado.

PARA INGLÊS VER - É de mentirinha a proposta de reforma tributária que Lula manda ao Congresso amanhã. Mostrando que faz um governo refém das centrais sindicais, o presidente já passou uma borracha no item que tratava da redução da contribuição previdenciária dos patrões. Na verdade, Lula voltou a falar no assunto para tirar o Governo de foco do escândalo dos cartões corporativos, desviando, ao mesmo tempo, a atenção da Imprensa com relação à instalação da CPI dos Cartões. Reforma tributária com esse governo fraco e corrupto não sai do papel.

Na contramão - Especialistas em segurança saíram desapontados, ontem, do seminário promovido pela Amupe. Enquanto o governador fez um discurso centrado, defendendo o engajamento da sociedade no combate à violência, o vice João Lyra jogou a culpa no governo passado. Nem o prefeito de Caruaru, sua terra natal, escapou da metralhadora.

Poder de polícia - O presidente da Amupe, Anchieta Patriota, prevê que 40 prefeitos, inicialmente, se engajarão num programa de combate à violência em parceria com o Governo do Estado. Mas, para que a Guarda Municipal tenha poder de polícia e direito a usar arma, o Congresso precisa votar uma proposta de emenda à Constituição, que ainda não tem o consenso por ser algo de natureza muito polêmica.

Degola geral - Cassado por ter trocado o PPS pelo PSB, o vereador Roberto Sampaio, de São José do Egito, deixou o TRE com a impressão de que nenhum vereador escapará da degola. “Apresentei um documento assinado pelo presidente do PPS no qual ele orientava que deixássemos o partido. Mesmo assim, ninguém considerou”, afirmou.

Xô, corrupção! -  Veja como a corrupção se entranhou no Governo Lula: uma ONG ligada ao PDT recebeu R$ 367 mil do Ministério do Trabalho sem ter criado ainda os cursos de qualificação. O ministro Carlos Lupi, presidente do PDT, aparelhou o Ministério. Desapontado, Marcílio Moreira deixou a presidência da Comissão de Ética da Presidência.

 

Curtas

MEDALHA - O médico Ciro Andrade Lima recebe, amanhã, às 16 horas, em solenidade na Câmara do Recife, a medalha de mérito José Mariano. A proposta, aprovada por unanimidade, foi do vereador João Arraes (PSB), primeiro-secretário. 

AVE RARA - No seminário sobre violência promovido pela Amupe, ontem, no Recife, o prefeito de Petrolina, Odacy Amorim (PSB), foi o único a apresentar resultados concretos de ações que contribuíram para redução da criminalidade.

JOGO - O deputado Ciro Coelho (DEM), que está engajado no movimento pela volta do jogo do bicho, defendeu, ontem, que as pessoas que trabalham em casas de apostas e loterias também sejam incluídas no projeto de regulamentação. 

''A sabedoria está no alto dos morros, na beira da estrada e nas encruzilhadas dos caminhos''. (Provérbios 8-2)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

SR GRANJEIRO ESQUEÇEU DE TOMAR O REMÉDIO... É LOUCO!!!

Paulo Kigrer

Aqueles que são partidários de Miguel Arraes jamais deveriam esquecer que ele esteve três vezes a frente do governo de Pernambuco. João Lira não porta a mínima bagagem moral para falar de ninguém. Seu gestão em Caruaru, se não é a imagem da imoralidade, está perto. Bem perto!!!

EDUARDO HENRIQUE

Esse Granjeiro deve se fazer de doido mesmo, venha a Brasília e venha saber se as notícias são tendenciosas ou não. Até os verdadeiros petistas sairam ou foram expulsos do partido. Se queres defender alguém da ex-linhagem, defenda os do Psol e se possível pare de ofender a inteligência dos outros.

Gisonaldo Grangeiro

Mentira é dizer que fulano "recebe tanto" parara falar isso ou aquilo.

Gisonaldo Grangeiro

É besteira, mas não é mentira.


Banco de Alimentos

27/02


2008

Rir faz bem ao coração!

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA

Só faltou nessa figura o Osama Bin Lade. A cpi que já nasce morta.

Isso é um congresso sem respeito ao povo brasilekiro. Dá nojo.



27/02


2008

Zé da Luz mantém liderança em Garanhuns

O pré-candidato do PSB a prefeito de Garanhuns, Zé da Luz, continua na liderança na enquete deste blog com 45% dos votos, enquanto Audálio Filho, também do PSB, vem em segundo com 21%. Vamos votar, gente! Lembrando que só é possível votar se for cadastrado no blog. Se você não é, faça agora o seu. É muito fácil. Basta clicar em Cadastro no canto esquerdo da página. E bom voto! Lembrando, ainda, que enquete não é pesquisa eleitoral, conforme resolução do TSE.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

manoel ivonaldo de barros

Dr Silvino foi o melhor prefeito da cidade de Garanhuns. Eleito pela revista veja o melhor prefeito do Brasil, por isso voto em Silvino Duarte pois acho o melhor para minha cidade. Alexandro Barros



27/02


2008

Flávio Gadelha lidera com folga em Abreu e Lima

Já em Abreu e Lima, o prefeito Flávio Gadelha(PMDB), que disputa a reeleição, tem 53% dos votos e lidera desde o início da enquete. Em segundo lugar está o candidato do PCdoB, Marcos Siqueira, com 30%. Vamos votar, gente! Mas faça o seu cadastro antes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/02


2008

A lei do retorno é fogo

Entre os advogados inscritos para formação da lista sêxtupla de candidatos que vão disputar a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) pelo Quinto Constitucional, está Izael Nobrega, ex-secretário de Arraes e ex-coordenador da Assessoria Especial de Eduardo Campos.

Mas, ao contrário do que muita gente pode imaginar, o fato de ter sido arraesista e de ter ocupado um cargo de confiança no governo do neto de Arraes não sigifica que Izael seja o preferido do Palácio do Campo das Princesas para ocupar a vaga no TJPE.
 
Quem conhece Eduardo Campos de perto, garante que ele não fará nenhum movimento para ajudar o ex-secretário de Arraes. E que teria dito a assessores mais próximos que só escolherá o nome de Izael Nóbrega se ele passar da lista sêxtupla para a lista tríplice que receberá do Tribunal para escolher o novo desembargador.

Por que o governador não morre de amores por Izael Nóbrega? Por vários motivos. Antigos. Da época dos precatórios. Um deles conta que foi Izael Nóbrega quem sugeriu ao então governador Arraes que demitisse o Secretário da Fazenda para que o caso dos precatórios desaparecesse das páginas dos jornais. E o secretário era exatamente Eduardo Campos.

Arraes não demitiu, mas Eduardo Campos ficou sabendo da história toda. Azar de Izael Nóbrega, que nunca deve ter imaginado que disputaria uma vaga de desembargador exatamente no governo do neto de Arraes. Pois é, a lei do retorno é fogo. ( Do site de Divane Carvalho)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto de pessoa

Se isso realmente aconteceu, então: Quem tem a razão: Quem pediu a demissão ou quem não demitiu???

Essa jornalista escreve com rancor, destilando ódio. Jornalismo não é isso!



27/02


2008

Maciel inicia cruzada contra a figura do suplente

 No meio da gritaria na Praça dos Três Poderes por cargos em estatais, de um lado, e em CPI que sequer começou, de outro, surge uma voz pausada e solitária no 5º andar do Anexo I do Senado, a dissertar sobre o que resta da política numa Casa açoitada pelas denúncias - contra os nobres titulares ou contra alguns das duas dúzias de suplentes que herdaram as vagas.  E é contra o papel de suplente que o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, senador Marco Maciel (DEM-PE), iniciou sua cruzada solitária. "Há um sentimento para eliminar a figura do suplente", esboça o tímido senador, diante da pilha de propostas de reforma política que pretende tocar este ano na CCJ.

A comissão começa a debater hoje as propostas de emenda à Constituição sobre o tema - são nove, até agora, com teores tão distintos quanto os currículos dos suplentes que chegaram à Casa Alta - a serem aglutinadas num só projeto, sob as mãos do relator Demóstenes Torres (DEM-GO). Maciel, que titubeia em cravar ser contra a suplência, reconhece que a batalha será árdua. "Não é fácil um entendimento nesse território". (Jornal do Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilberto Carvalho Moura

DEVERIAM ELIMINAR NÃO APENAS OS SUPLENTES, MAS TAMBÉM OS VICES, OS ADJUNTOS E ASSEMELHADOS, OU QUE SÓ FOSSEM REMUNERADOS QUANDO NO EXERCICIO DO CARGO. EM TODOS OS NÍVEIS.

Finalmente, Marco Maciel deu notícia! Ô homenzinho apagado.

guilherme alves

Por que só agora essa cruzada? O senador da pautado pela mídia, apesar de tanto tempo no senado?



27/02


2008

Mais dois processos contra a Folha são extintos

 Duas novas decisões judiciais proferidas ontem extinguiram ações movidas em nome de fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus contra a Folha. Dessa forma, chega a nove o número de casos em que magistrados decidiram a favor do jornal. Em Aparecida do Taboado (MS), o juiz substituto Marcus Abreu de Magalhães considerou que a "presente demanda não pode prosperar para a decisão de mérito por falta de legitimidade ativa do autor da demanda e falta de interesse processual".

Até a noite de ontem, 63 ações de indenização por danos morais haviam sido ajuizadas contra a Folha e a repórter Elvira Lobato, em Juizados Especiais de vários Estados, inclusive em cidades onde o jornal não circula. Os vários deslocamentos pelo país encarecem e dificultam a defesa.
As ações estão em nome de fiéis da igreja que dizem se sentir ofendidos com reportagem "Universal chega aos 30 anos com império empresarial", publicada em dezembro.Em Caicó (RN), a juíza Janaína Lobo da Silva Maia também extinguiu a ação ontem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/02


2008

Universal destaca defesa de Lula ao jornal da igreja

 A ''Folha Universal'', jornal ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, destacou na edição desta semana a afirmação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para quem as ações movidas em nome de fiéis contra jornais não representam ataque à liberdade de expressão. No texto ''Lula: quem escreve o que quer, ouve o que não quer'', o jornal registrou que o presidente defendeu o direito dos fiéis de recorrerem à Justiça ao se sentirem agredidos em reportagens.

Para a ''Folha Universal'', que é semanal e informa ter 2 milhões de exemplares -o jornal não é auditado pelo Instituto Verificador de Circulação-, a ''imprensa tenta intimidar evangélicos''. A afirmação de Lula foi uma resposta à nota da Associação Brasileira de Imprensa repudiando a estratégia adotada pela Universal. Outras entidades, como a ONG Repórteres sem Fronteiras, também criticaram o uso de ações repetidas para tentar intimidar a imprensa.
A Folha, que publicou reportagem sobre a evolução patrimonial da igreja, responde a 63 ações praticamente idênticas. As nove julgadas foram favoráveis ao jornal -em duas, os autores foram condenados.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Lula é como Pelé, quando abre a boca...



27/02


2008

''''Porrada'''' não educa ninguém, afirma Lula

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou ontem a pedagogia da "porrada", em discurso no qual defendeu que o governo deve investir em serviços básicos e infra-estrutura para evitar que o crime organizado ocupe o lugar do Estado.

"Se porrada educasse as pessoas, bandido saía da cadeia santo. O que educa as pessoas são oportunidades, são gestos de solidariedade, é as pessoas acreditarem que amanhã terão oportunidades", disse Lula a cerca de 13 mil empregados da ThyssenKrupp CSA (Companhia Siderúrgica do Atlântico), na zona oeste do Rio.

"Se o Estado não oferece [oportunidades], se as empresas não oferecem, se as prefeituras não oferecem, o crime organizado oferece, a bandidagem oferece. Então tem que ser uma disputa constante do Estado brasileiro fazendo aquilo que tem que fazer", declarou.

Lula fez referências indiretas ao antecessor: "Qualquer governante deste país pode errar. Se ele errar, depois ele vai sair do governo, vai passar oito meses na Europa estudando, vai dar aula não sei onde e depois entra outro que erra". (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Dizia-se na Grécia há 5 mil anos : "Eduque-se as crianças e não será necessário castigar os adultos". Lula tem razão. Porrada não educa ninguém. ( vide 1 Coríntios 13 , está na bíblia, para quem não sabe.)

O que Lula diz não se escreve.

Cátia Santos

Este é verdadeiro discurso de um DEMAGOGO...


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores