FMO janeiro 2020

08/10


2011

Tirulipa, filho de Tiririca: "revolucionar" na política

 
Os palhaços Tirulipa e Tiririca: filho segue os caminhos do pai também na política

Os palhaços Tirulipa e Tiririca: filho segue os caminhos do pai também na política (Divulgação)

Everson Silva, filho do deputado federal Tiririca (PR-SP), pode ser o mais novo humorista a integrar os quadros da política brasileira. Aos 26 anos, o chamado palhaço Tirulipa filiou-se ao PSB e será candidato a vereador em Fortaleza nas eleições de 2012. Para quem não lembra, Tirulipa é o cantor da música “Jurubira”, comparada à canção “Florentina”, que fez sucesso na voz de seu pai. Diz o refrão: “Ai Jurubira como é grande a emoção, toda vez que eu te vejo faz tum-tum meu coração”.

O deputado federal Domingos Neto (PSB-CE), amigo de Tirulipa, foi quem o convenceu a se candidatar. “Acho que ele tem plenas condições de ser um dos vereadores mais votados de Fortaleza, com a publicidade que tem do pai e dele próprio”, acredita Neto. Everson Silva concedeu uma entrevista ao site de VEJA durante o intervalo da gravação do programa "Show do Tom", da TV Record. O palhaço disse que levará o humor “a sério” e que pretende “revolucionar” a política.

Caso o senhor seja eleito, quais projetos pretende apresentar? Vou brigar pela cultura. Tenho o circo do Tirulipa e faço trabalhos culturais e sociais há três anos em Fortaleza. Estou aí para brigar, sou de família circense, nasci e fui criado dentro de uma barraca de circo. Estou entrando nessa briga para revolucionar.

Acha que será um fenômeno de votos, como seu pai? Não estou pensando nesse sentido, quero poder brigar pela cultura e pelo humor. Quero levar o humor a sério, no bom sentido, entreter as crianças com teatro, com dança. Quero levar a juventude para um caminho legal. Mas vou começar devagarinho.

O que o Tiririca achou da sua decisão? Meu pai falou: “A decisão é sua, você faz o que achar melhor. Quero deixá-lo à vontade para escolher o que achar melhor. Se você quer, beleza, estou aqui e boa sorte. Vou te apoiar independentemente do partido que você escolheu. Vá em frente”.

Por que decidiu se filiar ao PSB, que é oposição do PR, legenda de seu pai, no Ceará? Me identifiquei muito com o partido, com o trabalho do governador Cid Gomes. Recebi proposta de outros partidos, como o PR, mas me identifiquei mais com o PSB.

O Tiririca já lhe passou alguma dica de como se portar como político? Não conversei com ele ainda, porque foi tudo muito rápido. A gente esperou até a última hora para se filiar, porque era para ser uma surpresa.  (Do site de VEJA)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

08/10


2011

O novo mapa político de Pernambuco

O DIARIO DE PERNAMBUCO traz hoje, como matéria de capa, reportagem de Rosália Rangel na qual está fielmente retratado o quadro em que ficou a cena partidária no Estado, após o pode-se dizer estressante dia político de ontem, último prazo para o controvertido troca-troca de partido. Dada a importância da matéria para entendimento dos novos caminhos que o leitor deve percorrer na busca de informações sobre o tema, reproduzimos aqui o trabalho da repórter do conceituado jornal pernambucano:
 
Diario de Pernambuco

 ''''A entrada do PSD no cenário da política local antecipou uma eleição que ainda vai acontecer em 2012. O partido criou um clima de disputa eleitoral ao promover filiações que acabaram provocando uma rearrumação do poder no estado. A legenda saiu na frente e conseguiu arrematar para os seus quadros 19 prefeitos e um número de vereadores que pode passar de 200, segundo cálculos do presidente estadual da sigla, André de Paula. Com a investida, o recém-criado PSD reduziu a força de partidos tradicionais da oposição em Pernambuco. O DEM foi a maior vítima. O Democratas perdeu 12 dos seus 19 prefeitos, restando, portanto, apenas sete no “portifólio” do partido.

Apesar de atingidos em menor proporção, o PMDB e o PSDB também perderam gestores para o PSD. O partido, na realidade, funcionou como uma válvula de escape para receber políticos que nas eleições de 2006 e 2010 apoiaram o governador Eduardo Campos (PSB), mesmo estando em partidos adversários. Na base aliada, as mudanças foram poucas. Quem mudou de legenda optou por outro partido governista, mantendo o quadro favorável à gestão socialista.

 Em alguns casos, a troca provocou um certo atrito na Frente Popular de Pernambuco. Um exemplo é caso do prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado, que deixou o PDT e migrou para o PSB para disputar a eleição em Garanhuns. Nesse caso, o neo-socialista vai bater de frente com outro pré-candidato, o deputado petebista Izaías Régis, ligado ao senador Armando Monteiro Neto (PTB).

Ontem, quando terminou o prazo para filiação e desfiliação para quem pretende disputar a eleição de 2012, alguns partidos divulgaram um balanço do trabalho realizado nos últimos dias. Os petistas fecharam a conta com cerca de 800 novas filiações. Além disso, estimam disputar a campanha majoritária com 57 candidatos e estão representados em 175 municípios.

O presidente estadual do PR, Inocêncio Oliveira, apesar de perder um prefeito para o PT (Azoka Gouveia, Aliança) passou de 31 para 32 gestores, uma vez que conquistou outras duas prefeituras: Pesqueira e Lagoa Grande. “A expectativa é de crescer em 2012, inclusive na Região Metropolitana do Recife, onde iremos disputar em cidades importantes como Itamaracá e Camaragibe”, destacou Inocêncio. Já André de Paula não quis falar sobre mudanças no cenário político do estado. “Acho cedo para avaliar. Não tenho em mãos dados dos outros partidos. O que tenho a dizer é que nos últimos 20 dias avançamos para dar capilaridade ao PSD”, observou.

No Recife, o PSB aumentou sua bancada na Câmara Municipal, passando de dois para seis vereadores. O partido arregimentou para os seus quadros: Vicente André Gomes (ex-PCdoB), Estefáno Menudo (ex-PHS), Inácio Neto (ex-PT) e Amaro Cipriano (ex-PDT). Os socialistas contavam apenas com João Arraes e Marília Arraes.

Reflexo do troca-troca de partidos

Prefeitos anterior novo

Carlos Cecílio (Serrita) PMDB PSD
Rose Garzieira (Lagoa Grande) PMDB PR
Ronaldo Sampaio (Granito) PMDB PSB
Amadeu Henrique (Jaqueira) DEM PSD
Beto de Tôta (Cachoerinha) DEM PSD
Eduardo Tabosa (Cumaru) DEM PSD
Galego de Ibirajuba (Ibirajuba) DEM PSD
José Adauto (Tacaratu) DEM PSD
José Barbosa (São José da Coroa Grande) DEM PSD
Lula da Capivara (Frei Miguelinho) DEM PSD
Marcos Calado (Angelim) DEM PSD
Elias Lira (Vitória de Santo Antão) DEM PSD
Roberivan de Melo (Poção) DEM PSD
Pedro Guedes (São Vicente Férrer) DEM PSD
Flávio Lima (Toritama) DEM PSD
Ozano Brito (Gravatá) PSDB PSD
Jonas Camelo (Buíque) PSDB PSD
Ferdinando Carvalho (Parnamirim) PRB PSD
Gel de Marcos (Xexéu) PSB PSD
Gesimário Baracho (Igarassu) PSB PT
Antonio Dourado (Lajedo) PDT PSB
Azoka Gouveia (Aliança) PR PT
Carlos Fernandes (Afranio) PTB PSD
Eugênia Araújo (Betânia) PR PSD
Cleide Oliveira (Pesqueira) PRB PR

* Os dados do quadro refletem o cenário até o fechamento desta edição ''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jefferson

Uma pergunta que não quer calar: será que a atual prefeita de Agrestina permanecerá no PT? É uma pergunta muito contraditória que causa dúvida em muita gente, por um lado vemos uma mulher que não tem partido fixo, não tem fidelidade partidária, já por outro, o PT tem dinheiro pra bancá-la.

roberto lima

É curioso "essa gente " que dorme no partido A e acorda no partido B. Nos lugares CIVILIZADOS várias gerações ficam no mesmo partido. Quem é Democrata nos estados unidos por exemplo teve certamente o avó e o pai tb democratas. Aqui são oportunitas que se valem da ignorância do eleitorado.Pobre povo

José Carlos da Silva

Ipojuca terá uma grande disputa eleitoral com o candidato Miguel Sales lederando as pesquisas de intensões de votos. Até porque Carlos e Romero, representam juntos DECADAS de ATRASOS recheado de subdesenvolvimento no quesito IDH e CORUPÇÃO. Não queremos mais o DESMANDO, queremos avançar!

José Carlos da Silva

Ao ler a matéria, observei na parte em que fala do PR, não vi colocada a disputa da prefeitura de Ipojuca. Lamento que a cidade mais rica do estado não está colocada como uma das mais importantes. Perguntar não ofende: Isso foi proposital ou esquecomento?

Joao Paulo Ferreira

III - Vá, garunhenses, saculegem mais e mais os ovos do seu reizinho, aceitem cabisbaixo os candidatos indicados por ele, e sintam o gosto de Garanhuns tornar-se um vilazinha de Caruaru, que tem dinamismo, independência política e altivez. Garunhenses, crias de Arraes, vocês são uns bostas...


Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

08/10


2011

Ouça o programa Frente a Frente de ontem

 Se você perdeu o Frente a Frente de ontem, programa que apresento em companhia de Adriano Roberto pela Rede Pernambucana de Rádio, formada por 30 emissoras, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no horário das 18 às 19 horas, clique aqui e ouça agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

08/10


2011

Coluna do sábado

        Gulodice sem limites!

O troca-troca partidário, encerrado ontem à meia noite, só fez confirmar a tese de que o PSB, gerido em nível nacional pelo governador Eduardo Campos, anda com muita sede de poder em Pernambuco. A ponto de tratorar até partidos aliados, como o PTB. O maior exemplo disso vem da cidade de Garanhuns, a Suíça pernambucana.

Ali, por ordem expressa do governador, o prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado, aterrissou, ontem, sem a menor identidade com a localidade e os problemas do município, na condição de mero oportunista, apenas com a intenção de tomar o poder usando a força, a influência e o prestígio do cacique socialista.

Mas, felizmente, como a cidade tem tradição em expulsar forasteiros, reagiu e deu um pontapé em Dourado, que, mesmo assim, manteve o seu domicílio lá. Perderá seu tempo! Ninguém é bobo! Em Garanhuns, ao invés de provocar igual vexame e trapalhada, o PSB deveria respeitar os aliados da ampla frente que dá sustentação ao Governo Eduardo e apoiar a candidatura do deputado Izaías Régis, lançada, ontem mesmo, com a benção do senador Armando Monteiro Neto.

Antes de ser detentor de tanto poder, o governador dizia que obedeceria aos acertos fechados com seus aliados quanto a 2012. Pelo jeito, são palavras levados pelo vento. O que pode provocar, certamente, a cisão da sua base de sustentação mais cedo do que imaginava. Pernambuco nunca viveu nada igual. Mas a política, como diria Agamenon, gira como a roda.

NA RESISTÊNCIA – O presidente do DEM em Pernambuco, Mendonça Filho, diz que nem ele nem qualquer político que estivesse à frente do partido no Estado seriam capazes de evitar a debandada de aliados para outras legendas, principalmente as que integram a base governista. “Estamos na oposição há oito doze anos no Recife, já nove no plano federal e há cinco no Estado. Só resiste às tentações quem, realmente, tem espírito público e não é carreirista”, afirmou.

Cego em tiroteio - Dos males, o menor. No susto da queda do palanque, anteontem, em Lagoa Grande, por ocasião da abertura da Festa da Uva e do Vinho, o jornalista Rubem Júnior, assessor de Imprensa do governador João Lyra Neto, não se lamuriou ao quebrar os óculos no corre-corre para evitar o pior. Difícil foi achar o governador depois no meio da multidão.

Prefeito bate em Eduardo - Em Serra Talhada, um dos argumentos usados pelo prefeito Carlos Evandro (PR) para derrotar Sebastião Oliveira, escolhido pelo governador Eduardo Campos, é de gestão. Não diz em público, mas em reservas estufa o peito queimando o socialista pelo fato de não ter feito grandes obras no município. “Não há uma obra que dignifique o seu governo em Serra”, repete à exaustão.

Obras em Serra - Mas, o pré-candidato do PR em Serra Talhada, Sebastião Oliveira, afirma que em sua campanha vai desmascarar o prefeito com um grande elenco de obras levadas para o município pelo governador. Pelo jeito, a terra de Lampião assistirá a campanha mais acirrada e quente no sertão pernambucano. Porque a intenção do prefeito é derrotar o governador.

Qual palanque? - Em Petrolina, o ex-prefeito Guilherme Coelho aterrissou no PSDB quando era aguardada a sua filiação ao PSD. O que se comenta é que a opção pela legenda tucana se deu após um entendimento entre o presidente nacional, Sérgio Guerra, com o governador. Herdeiro político do ex-deputado Osvaldo Coelho, resta saber de que lado Guilherme ficará: no palanque do PSB ou do prefeito Lóssio (PMDB)?

CURTAS -

PLANO B – O ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, não tinha razão para transferir seu domicílio eleitoral para Recife, porque seu projeto de disputar eleição está centrado em 2014, de olho no Palácio das Princesas. Deixou a impressão de ser o plano B do PSB na capital.

NO PÁREO – Ex-prefeito de Serra Talhada e principal liderança do PSB no município, Geni Pereira deve ser o candidato a vice na chapa de Sebastião Oliveira, que concorre à Prefeitura do município com o apoio do governador Eduardo Campos. Só não será se não quiser.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – A ampla frente que dá apoio ao governador Eduardo Campos resiste às eleições de 2012?

''Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará''. (Provérbios 27:1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Bino de Souza

Eduardo Campos está querendo dá uma rasteira nos aliados ou ele quer rever os acordos para 2014.

Bartolomeu Lopes

A torcida contra do blogueiro é tão grande, que ele faz a pergunta, observe, se a ampla frente que dá apoio ao governador Eduardo Campos resiste às eleições de 2012? e o provérbios logo embaixo dá-lhe a resposta,''Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará''. É isso.

Flavio

É isso aí Senador Humberto Costa, já era tempo de dar um basta nessa moderna ditadura aqui de Pernambuco.

Arnaldo Amaral

Antonio João Dourado integra digna família de políticos com secular e forte inserção política em Garanhuns e no Agreste Meridional. Luis Souto Dourado foi excelente prefeito nos meados dos anos 60 do século passado. O governador Eduardo Campos foi muito feliz na escolha.E o João é ficha limpíssima..

milton tenorio

..Recife é o próprio contra senso...



08/10


2011

Eduardo impõe Bezerra Coelho no palco da PCR

Sob o título de Lenha na Fogueira, Marisa Gibson, em sua coluna hoje no DP comenta e atiça o quadro sucessório no Recife, ante a novidade da carta na manga  lançada pelo governador Eduardo Campos, impondo um recado inquestionável a possíveis aliados com o olho maior do que ele gostaria que fosse. Eis o comentário:

''''O que era uma possibilidade, se transformou numa ameaça assustadora para o PT. A transferência do domicílio eleitoral do ministro Fernando Bezerra Coelho para o Recife significa que o PSB está no páreo para a Prefeitura do Recife. Mas, se entrar de fato nesta disputa, o governador Eduardo Campos (PSB) estará jogando para o alto a aliança com o PT.

O discurso do PSB para justificar a presença de Bezerra Coelho no processo sucessório no Recife é escorregadio e deixa em aberto todas as alternativas. Registre-se que o recado socialista também é endereçado ao PTB, que vem ensaiando uma candidatura própria a prefeito do Recife. Ainda se condiciona uma candidatura de Bezerra Coelho a uma quebra da unidade das forças que integram a Frente Popular, mas o fato é que o PSB tomou a dianteira do processo sucessório na capital pernambucana, onde o principal ator era o PT, com dois possíveis candidatos – o prefeito João da Costa ou o deputado João Paulo.

A rigor, o PSB nem precisava de Bezerra Coelho para demonstrar que não vai deixar correr solta a disputa pela Prefeitura do Recife. Sempre se soube que o candidato dos sonhos para prefeito de Eduardo é Danilo Cabral, secretário das Cidades. Mas, é óbvio, que o impacto da transferência do domicílio eleitoral de Bezerra Coelho é muito maior, na medida em que partiu do ministro a advertência de que se o PT não estava disposto a apoiar o PSB em Petrolina, os socialistas poderiam muito bem lançar candidato no Recife.

E, cinco dias depois de ter feito essa ameaça, Bezerra Coelho subiu no palco da sucessão na Prefeitura do Recife e com a anuência de Eduardo.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

risonhos (de que?) e bem cevados....

João Bosco Nogueira de Lima

Tá começando a cuspir no prano que come.

LUCIANA ALVES

Fazendo uma reflexão sobre esse fato chegamos a uma conclusão: de fato, quem deve botar as barbas de molho é a oposição DEM/PSDB/PMDB/PPS a famosa mesa. Não vai sobrar espaço para oposição.

Adilson

Eduardo adquiriu muito poder,nem Lula que é muito mais preparado,correu solto desse jeito.Está praticamente sem oposição,nem os jornalistas fazem reflexão madura sobre as políticas desenvolvidas no estado.Mas,foi p/ isso que Humberto entrou de cheio no apoio a Eduardo.Agora,vamos em frente.É polític

Flavio

Será que o PT vai ter que engolir mas essa de Dudu?


O Jornal do Poder

08/10


2011

MP quer cassação de TV que exibiu cena de estupro

 O Ministério Público Federal está pedindo que a União casse a concessão de um canal de TV da Paraíba que exibiu em uma reportagem imagens de uma menina de 13 anos sendo estuprada, informa a Folha de S.Paulo deste sábado. A Procuradoria diz que o material, exibido na tarde do dia 30 de setembro pela TV Correio, afiliada da rede Record, se assemelhava a um ''snuff movie'' (filme com cenas reais de tortura e morte). O crime foi registrado por um adolescente de 15 anos com uma câmera de celular. A vítima é uma aluna de escola pública da região metropolitana de João Pessoa. A polícia diz que ela foi estuprada por um inspetor da escola, de 20 anos. O material, apresentado desfocado, não identifica a vítima. O apresentador Samuel Henrique também foi denunciado. Ele apresentou a reportagem no ''Correio Urgente'', programa policial diário da TV. ''Olha o cara tirando a roupa dela aí, ó. Só um trechinho. Depois a gente vai mostrar tudo'', diz Duarte, segundo a Procuradoria.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

carlos leonardo de melo

Lendo esta matéria, procurei pela reportagem e encontrei esse vídeo no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=YsfdS8byww0

João Bosco Nogueira de Lima

Quando o PT trás pro debate público o Marco Regulário pra imprensa os que torce contra o Brasil diz que o PT quer amordaçar a imprensa. Olhe aí o resultado canais de TV e seus informantes desqualificados.



08/10


2011

Rio: presidente do TRE, acusado, tem cargo em risco

 Em meio à discussão sobre os poderes do CNJ, um caso cabeludo está previsto para ser retomado na terça-feira. Trata-se da acusação, que pesa contra o presidente do TRE do Rio, Luiz Zveiter, de que ele teria beneficiado a construtora Cyrella, cliente do escritório de sua família. O placar está três a zero desfavorável a Zveiter, mas desde março não vai a julgamento no plenário por uma série de contratempos: um pedido de suspeição de um ex-conselheiro e sucessivas retiradas do caso de pauta. Caso o processo seja aberto, Zveiter poderá ser afastado de suas funções.(Lauro Jardim - Veja)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/10


2011

Serra volta a bater em Dilma: até a viagem

 O ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) criticou, nesta sexta-feira, durante palestra na Sede da Força Sindical, em São Paulo, a postura do governo Dilma Rousseff diante da crise econômica mundial. “Acho que o governo exagera no impacto da crise para ganhar solidariedade interna e justificar os trancos da economia brasileira”, afirmou. Serra foi convidado a falar sobre as eleições municipais de 2012, mas tratou somente de economia.

 Durante a palestra, o tucano censurou a gestão do PT no governo federal e exaltou ações de seu período à frente do Ministério da Saúde e do governo de São Paulo. Recriminou até a visita de Dilma à Europa. “A presidente ainda vai dar conselho e palpite sobre uma situação que está por fora”, ironizou. No entanto, o próprio ex-candidato à Presidência destacou um ponto negativo do modelo econômico europeu. “O maior erro de política econômica do mundo foi a criação e uma moeda única sem fazer ajuste fiscal único”, comentou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

Duas malas sem alça, Serra e Paulinho da força, que um grande corrupto.

LUCIANA ALVES

Parodiando Romário: Serra calado é um sábio, falando é uma catastrofe.



08/10


2011

Brasil TX: do que o turista mais gosta

 A Embratur vai divulgar na semana que vem uma pesquisa sobre a impressão dos turistas estrangeiros que passaram pelo Brasil em 2010. O estudo mostra uma surpreendente  novidade na lista das maravilhas nacionais: o táxi. Isso mesmo, o sempre tão mal falado táxi. No quesito infraestrutura, 90,2% dos turistas elogiaram o serviço. O  levantamento também aponta que a hospitalidade brasileira continua sendo  nosso forte na área de serviços: avaliação positiva de 97,8%.

A pesquisa foi feita  pela Fipe com 39 000 estrangeiros ouvidos em 27 pontos de pesquisa em  aeroportos e fronteiras terrestres. A precariedade da sinalização  turística e o estado das rodovias brasileiras continuam no centro das  reclamações.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/10


2011

Escanteio de Dilma fez Meirelles trocar PMDB por PSD

A decisão de trocar o PMDB pelo PSD foi fruto, em grande parte, da irritação do ex-presidente do BC com Dilma Rousseff. Ele tem dito que se sente desprestigiado pela atual presidente, status em tudo diferente do que tinha no governo Lula. Por isso, voltar ao centro da política por uma sigla ''independente'' foi visto como uma chance de dar a volta por cima depois dos desencontros recentes, como a ida frustrada para o comando da Autoridade Olímpica. Meirelles já transferiu o domicílio eleitoral de Goiás para São Paulo, onde vai morar. A ficha de filiação ainda não tinha sido entregue à direção do PSD até o início da tarde.

O ex-titular do BC não se filia com a garantia de ser candidato a prefeito. Interlocutores do prefeito dizem que, se evoluir a aliança que ele costura com o PSDB, noticiada pela Folha na edição de quinta-feira, o candidato natural é o vice-governador Guilherme Afif --algo que Kassab teria deixado claro a Meirelles.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha