15/10


2012

Coluna da segunda-feira

       Virou estrela nacional

Não há um político que tenha saído das eleições municipais mais cacifados pela mídia nacional do que o governador Eduardo Campos. As revistas Veja e IstoÉ o trataram como candidato a presidente da República, já em 2014. Considerada a maior publicação semanal, a Veja trouxe duas páginas com o governador.

Com o título “O dilema do vencedor”, a revista destacou que o PSB de Eduardo ganhou o primeiro turno e que agora precisa decidir se continua com Dilma ou disputa a Presidência.

Apontou, ainda, o PSB como o grande vitorioso por ter emplacado o maior número de prefeitos, com um crescimento de 40%, saindo em 2008 de 310 para 433 gestores municipais em 2012.

A revista destacou ainda o fato de o governador ter quebrado uma velha polarização no plano nacional entre PT e PSDB. Ainda segundo a revista, as movimentações de Eduardo acenderam um alerta no Palácio do Planalto.

Na terça-feira pós-eleição, em reunião com ministros no tradicional balanço das eleições municipais, a presidente Dilma avaliou que já é mais provável ter o governador como adversário do que aliado em seu palanque em 2014.

Por isso, ela decidiu ter uma conversa franca com ele após o resultado das eleições em segundo turno em 17 capitais.

NA PAREDE– Na conversa que terá com Eduardo, Dilma perguntará se o PSB pretende apoiar sua reeleição. Se a resposta for positiva, ela oferecerá ao partido dois ministérios – um deles deverá ser o dos Transportes. Se Eduardo hesitar ou disser não, a presidente entenderá isso como um sinal de rompimento e exigirá que entregue os ministérios da Integração e dos Portos, que ocupa.

Perda nas apostas - Em Itapetim, o prefeito Adelmo Moura (PSB) emplacou o sucessor, mas fez muitos aliados perderem apostas quando prometeu uma derrota acima de quatro mil votos de Arquimedes Machado, seu candidato, ante o oposicionista Olavo Batista. Como a diferença foi de 2.171 votos, os perdedores nas urnas ganharam muito dinheiro nas apostas e festejaram com um desfile de carros e motos.

O fim do DEM - O DEM, que virou um nanico em Pernambuco, está envolto num grande conflito interno envolvendo três tendências. Uma parte do partido, até por uma questão de conveniência regional, quer se unir ao PMDB. Outra, onde os tucanos são fracos, quer assumir o PSDB. E há os que preferem ficar no DEM, mesmo tendo virado um partido médio.

Só pela Câmara - Uma notícia que interessa a todo candidato ficha suja que depende de julgamento no Tribunal Superior Eleitoral: o TSE só aceita no julgamento dos processos as condenações quando forem de órgão competente. No caso das atuais eleições, se a punição for aprovada na Câmara de Vereadores. Só no Tribunal de Contas, órgão auxiliar, não vale.

De volta  - O presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, já está em casa depois de passar seis dias no hospital recuperando-se de uma infecção intestinal. Ontem, em seu apartamento no bairro de Piedade, Jaboatão, o tucano recebeu visitas de amigos e correligionários. E deve retomar suas atividades em Brasília esta semana.

 

 

CURTAS

COMEMORAÇÃO– O deputado Inocêncio Oliveira participou neste fim de semana das comemorações de vitória dos prefeitos aliados Severino Otávio, o Branquinho, em Bezerros, e Fernando Pergentino, em Sairé. O PR de Inocêncio elegeu 17 prefeitos e mais 10 aliados como vice em coligações.

VITORIOSOS– A revista ISTOÉ também dedicou duas páginas ao governador Eduardo Campos, mas ao seu lado o senador mineiro Aécio Neves, que reelegeu em primeiro turno o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB). A revista destacou que o resultado da eleição credenciou Eduardo e Aécio como nomes decisivos para a eleição de 2014.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quantos anos José Dirceu pegará de xadrez?

''No coração dos que maquinam o mal há engano, mas os que aconselham a paz têm alegria''. (Provérbios 12:20)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luiz carlos da silva

é so cutucar que o peteista imbecilista do welington antunes aparece. sou ignorante iso sei. mais nao sou petista baba ovista. e tu que é tao estudado e vota num analfabeto como eu que é o dr. lula.

Wellington Antunes

Um idiota ou um banana o analfabeto luiz carlos da silva? Trata-se de um analfabeto que escreve o próprio nome em letras minúsculas, que por coincidência se encaixa perfeitamente no minúsculo conhecimento que o mesmo leva consigo. Que falta faz o MOBRAL" Hhehehehe

Wellington Antunes

"....para nos saber" Depois um idiota desse chama Lula de analfabeto. Deixa de ser preguiçoso e vai estudar imbecil

JORGE GUERREIRO

Boa pergunta LUIZ CARLOS. hehehehehe...

luiz carlos da silva

alguem soube qunatos votos teve os candidatos do petista imbecilista do welingto antunres. quem souber que publique para nos saber.


O Jornal do Poder

15/10


2012

Vantagem de Haddad não muito festejada nas Princesas

 Mais Eduardo Campos na imprensa do Sul, dessa vez nota venenosa na coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo de hoje:

''''O governador Eduardo Campos, de Pernambuco, não reagiu com a alegria que se espera de um aliado ao tomar conhecimento dos números das pesquisas Datafolha e Ibope que, em São Paulo, dão vantagem ao PT, com quem seu partido, o PSB, está coligado. Em mais de uma conversa, chegou a semear dúvida em relação à margem de dez pontos que Fernando Haddad (PT-SP) tem sobre José Serra (PSDB-SP).

DIVIDIR E GOVERNAR

Interlocutor do governador diz que Campos não ficaria exatamente chateado se o partido de Lula saísse enfraquecido com uma derrota na cidade -- quando ele despontaria definitivamente como maior vitorioso das eleições. Ao mesmo tempo, Campos veria o PSDB seguir dividido em relação a dois candidatos à Presidência: Serra e Aécio Neves (PSDB-MG).''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Depois dos RESULTADOS das pesquisas de RECIFE e em OLINDA, que diziam mentirosamente que haveria 2º turno, não ACREDITO mais nesses INSTITUTOS de PESQUISAS. hehehehe...

S. C. B. M.

DIANTE DE TANTAS ROUBALHEIRAS PELA QUADRILHA DO PT Q ESTA CONDENADA PELA MIS ALTA CORTE DO PAIS,AINDA TEM QUEM DEFENDA ESTE corruPTos Q USOU O TRABALHADOR PARA CHEGAR NO PODER E DEPOIS TRAIU,MANDANDO CONSIDERAR A GREVE ILEGAL E CORTAR O PONTO.O PT O GOV.PERVERSO PARA COM OS APOSENTADOS.

DIOGENES HOVSEPIAN

Eduardo precisa VESTIR uma camisa. Está com o PT ou não? Vai ser oposição ou não? Devolve os 2 ministérios e até logo pro PT em queda livre!!! Lula já é café frio... METE A CARA GOVERNADOR... o PT jamais lhe dará a indicação à presidência... e o senhor não tem nada a perder! Tenta 2014, 2018...

S. C. B. M.

ESTA VANTAGEM DITA QUE O PT ESTÁ NA FRENTE COM 10 PONTOS, TENHO CERTEZA Q Ñ É VERDADEIRA. É ENGANADORA PARA POR VANTAGENS NA CABEÇA DO ELEITOR,POIS MUITOS IGNORANTES DIZEM QUE VOTA EM QUEM ESTA NA FRENTE.ETA VANTAGEM É UM PURA MENTIRA DOS PTralhas.

Wellington Antunes

Em caso de vitória de Hadadd será esta a mosca na sopa de Dudu?


Abreu no Zap

15/10


2012

Lula e Dilma analisam desempenho do ''Eduardo 2014''

 A nota a seguir trata também do governador pernambucano e seu desejo presidencial, dessa vez na coluna de Vera Magalhães, na Folha de S.Paulo desta segunda-feira:
 
''''Em conversa com Dilma Rousseff, Lula analisou o desempenho de Eduardo Campos projetando 2014. Avaliou que o governador, se quiser pleitear a Presidência, precisará amarrar o PSB, já que em cidades como Belo Horizonte e Campinas o partido seria ''sublegenda'''' do PSDB, que lançará Aécio Neves. Já interlocutores de Dilma se mostram surpresos com o PSB, que ainda não reivindicou mais espaço no governo após o bom resultado nas urnas. Acreditam que a sigla prepara desembarque da base aliada, já que os atuais ministérios -Portos e Integração Nacional- são periféricos.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Da-lhe DUDU!!! Presidente 2014!!! Fora PTralhas!!! Fora CorruPTos!!!



15/10


2012

A esfinge do Nordeste

 O governador Eduardo Campos ocupou largo espaço nos jornais do sul e do sudeste neste feriadão, citado por grande número de comentaristas e mesmo em matérias das editorias de política dos jornalões. Tudo em torno de sua suposta articulação para sair candidato a presidente da República, já em 2014, enfrentando Dilma Rousseff. O colunista Luiz Carlos Azedo, do Correio Braziliense, postou o seguinte a respeito do governador pernambucano:

''''O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), movimenta-se nas eleições municipais como futuro candidato à Presidência da República. A presidente Dilma Rousseff já chegou a essa conclusão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também. O senador Aécio Neves (PSDB), idem. O neto do ex-governador Miguel Arraes, porém, faz cara de paisagem. Ou melhor, de esfinge. O comportamento do governador de Pernambuco é cada vez mais ambíguo. E aponta na direção da candidatura já em 2014. Simplesmente porque não tem nada a perder, somente a ganhar. Se quiser suceder Dilma Rousseff em 2018, não pode sonhar com apoio do PT. Não é da natureza do animal. Precisa se cacifar agora, projetando-se do ponto de vista eleitoral.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Da-lhe DUDU!!! Presidente 2014!!! Fora PTralhas!!! Fora CorruPTos!!!

João Helio Beserra Guerra

Hoje o Governador Eduardo Campos é o maior articulador que já conheci, superando até o avô levando-se em conta a proporcionalidade da idade, com certeza vai ser presidente do nosso Brasil.



15/10


2012

PMDB suspeita que PSB quer tomar lugar de Temer

 Apesar de presidir o PSB, partido que mais cresceu até agora nas eleições, o governador Eduardo Campos nega que suas articulações sejam para enfrentar a presidente Dilma Rousseff (PT) em 2014. Enciumado, o PMDB avalia que o governador quer desbancar Michel Temer (PMDB) da vice, em 2014, para se lançar ao Planalto, em 2018. Nos bastidores, o comentário é que Eduardo Campos “joga com fichas terceirizadas”. É uma provocação à aliança do prefeito reeleito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), com o senador Aécio Neves (PSDB). Na capital de Minas Gerais, o PMDB desistiu da candidatura própria, a pedido de Dilma, para patrocinar Patrus Ananias (PT), que perdeu a disputa.(Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Da-lhe DUDU!!! Presidente 2014!!! Fora PTralhas!!! Fora CorruPTos!!!


Banco de Alimentos

15/10


2012

Tucanos querem Lula no julgamento do mensalão

CARLOS BRICKMANN

O alto-comando do PSDB estuda como representar à Procuradoria-Geral da República contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por participação no caso do Mensalão. Se José Dirceu foi considerado culpado pelo Supremo Tribunal Federal, por que Lula estaria fora do processo?

''Dirceu e Lula agiram em conjunto e não há como isolar as ações de ambos'', diz o líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias. ''Lula sabia do esquema, participou de toda a farsa e, no mínimo, cometeu crime de responsabilidade''.  DEM e PPS concordam com a representação, mas acham melhor esperar o fim do atual julgamento.

Há uma entrevista de José Dirceu à revista Playboy, em 2006, guardada como preciosidade pelos adversários de Lula. Nela, em destaque, está uma frase de Dirceu: ''O Lula não dá cheque em branco pra ninguém. Ele delega, mas controla, cobra. Sabe de tudo o que acontece. Quem acha o contrário nos subestima''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Todos nos BRASILEIROS, sabemos que o LULA da SILVA participou do MENSALÃO. Só os IMBECIS militantes(ou MALOQUEIROS???) PTralhas que não aceitam essa VERDADE. Fora PTralhas!!! Prisão ao LULA!!! hehehehehe...



15/10


2012

Dilma, Lula e Temer: PT-PMDB vigiam Eduardo e Aécio

 A presidente Dilma Rousseff quer reeditar a aliança com o PMDB em 2014, quando pretende concorrer a um segundo mandato. Com o radar voltado para a montagem de um palanque nacional pró-Dilma, a meta dos dois partidos é isolar o PSDB e dar um sinal de alerta ao PSB do governador, Eduardo Campos, que se movimenta para assumir posição de destaque no jogo de 2014.

Na prática, Dilma, Temer e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) trabalham para a construção de parcerias mais amplas com a base aliada, de olho nas disputas aos governos estaduais e ao Palácio do Planalto, daqui a dois anos. A ofensiva pretende avançar sobre os domínios do senador Aécio Neves (PSDB-MG), provável adversário de Dilma em 2014, derrotar o tucano José Serra em São Paulo e impedir Eduardo Campos de alçar voo próprio.

Embora setores do PT defendam reservadamente a volta de Lula, a tendência é a candidatura de Dilma. “A única possibilidade de eu voltar ao governo seria se Dilma não quisesse se reeleger. Não posso permitir que um tucano volte a governar”, disse o ex-presidente, em maio, no Programa do Ratinho, transmitido pelo SBT. Lula não mudou de ideia desde então. Até hoje, repete o mantra a dirigentes de partidos.(Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Da-lhe DUDU!!! Presidente 2014!!! Fora PTralhas!!! Fora CorruPTos!!!


Jornao O Poder

15/10


2012

Nova briga de Barbosa e Lewandowiski em outra rinha

Além dos desentendimentos que protagonizam, Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski devem travar discussões também no âmbito do CNJ, do qual agora são presidente e vice-presidente, respectivamente, segundo a expectativa de ministros da corte. Enquanto o relator do mensalão defende um desempenho mais ativo do órgão, Lewandowski tende a adotar uma visão mais corporativista. A informação é de Vera Magalhães, na Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Esse BANDIDO(LEWANDOWSKI), deveria está como RÉU, no escândalo do MENSALÃO, ou como os PTralhas quer que chame, AÇÃO PENAL-470. hehehehehe...



15/10


2012

STF descarta prisão imediata de mensaleiro condenado

 Ministros do STF corroboram entendimento de que não haverá prisões imediatas ao fim do julgamento do mensalão. A informação é de Vera Magalhães, na colunma política da Folha de S.Paulo desta segunda-feira. ''''Ainda que o relator Joaquim Barbosa -- diz Vera -- endosse esse pedido, feito pelo Ministério Público, a maioria da corte considera que as penas só devem ser cumpridas após a publicação do acórdão.''''

''''O que o Supremo pode fazer é decretar, na sentença, a suspensão de todo os prazos de prescrição. Com isso, quando os réus finalmente forem cumprir penas, não haveria risco de elas se tornarem inócuas.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha