Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

21/03


2013

Eduardo discute dificuldades da Zona Rural do Estado

















Durante reunião com os bispos de Pernambuco, realizada na manhã desta quinta-feira (21), no auditório da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o governador Eduardo Campos (PSB) afirmou que “não é só a chuva que vai resolver o desequilíbrio social das áreas atingidas pela estiagem”.

Para Eduardo, o desafio é vencer as antigas e novas dificuldades vividas pela população do mundo rural, entraves que, segundo ele, são frutos de desigualdades acumuladas durante várias décadas e que impedem o desenvolvimento do país.

Em seguida, o governador frisou a importância de investir na educação como forma de manter os jovens no campo. “Temos cerca de 1.200 jovens que foram capacitados pelo Governo do Estado e que, neste momento, estão disseminando o debate sobre a convivência com a seca e, principalmente, ajudando a encontrar novas alternativas para desenvolver a região”, informou.

Na ocasião, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, entregou um documento com mais de 100 reivindicações e também sugestões de ações para minimizar os efeitos da seca nas regiões do Agreste e do Sertão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

21/03


2013

Prefeito de Araripina explica débito com casa de apoio no Recife

“Caro jornalista Magno Martins,

Em resposta à nota publicada em sua coluna na manhã de hoje sobre a Casa de Apoio  que a Prefeitura de Araripina mantêm em Recife esclareço a você e seus leitores:

1 – Não existem débitos referentes à nossa gestão como prefeito de Araripina, pois os  alugueis referentes aos meses de janeiro e fevereiro de 2013 estão devidamente quitados.

2 – Os cinco meses que estão em atraso são débitos referentes do ano de 2012, ainda  assim estamos envidando os maiores esforços financeiros para quitá-los. Prova desta  preocupação é que a Prefeitura quitou um mês referente a este débito.

3 – Com relação ao pagamento do IPTU o contrato de locação do imóvel está sendo  avaliado a fim de verificar a obrigatoriedade deste pagamento. Caso conste no contrato a Prefeitura envidará esforços financeiros para saldar este débito.

4 – Em dois meses de nossa administração já realizamos uma série de investimentos na Casa de Apoio como a reforma dos banheiros, a aquisição de novos ventiladores e todo  o material de cama, mesa e banho visando ofertar mais conforto e bem estar para aqueles se deslocam aproximadamente 700km para realizar seus tratamentos médicos.

5 – Como gestor da Prefeitura de Araripina tenho toda a preocupação e respeito pelos Araripinenses que se vão até Recife e utilizam a hospedagem ofertada pela Prefeitura,  desta maneira estamos efetuando uma ampla pesquisa imobiliária com o objetivo de encontrar um novo imóvel com melhores condições para abrigar diariamente nosso povo.

6 – Coloco-me sempre à sua disposição e de seus leitores para quaisquer esclarecimentos, pois nossa gestão é pautada na transparência e participação popular.

Obrigado.

Alexandre José de Alencar Arraes
Prefeito de Araripina.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lacerdinha

Cala a boca tu também, VIADÃO! Quem é que não te conhece em Araripina? Boca imunda é a tua que vive colocando nos... Deixa pra lá. Vc sabe onde...

Aline Kelly dias Silva

Magno por esses comentarios com a minha pessoa vc tira como a oposição está com os nervos abalados, kkk só tenho a agradeçer os elogios. e sentir muito por aqueles que queria ver Araripina no fundo do poço mais não vão ver NÃO VIU !!!!

Gustavo Fontes

Povo ridículo da Boca sebosa, Perderam A MAMATA e vivem a falar da vida alheia, vão procurar um emprego que coisa horrível tão igual o deputado de vocês é ?? Falta de Vergonha.

Lacerdinha

dia 20 aconteceu uma manifestação dos servidores na frente da Prefeitura para cobrar isso. Agora vem essa puta querendo defender. Um jornalista com a credibilidade do Magno não merece ser tratado assim por essa rameira. PUTA!!!!!!!

Lacerdinha

Fica quieta, putinha safada... Tu é suspeita em falar isso. Tu vive mamando nas tetas da prefeitura.Só pulando de prefeito em prefeito. Liga não Magno! Quem é que não sabe que a prefeitura tá devendo, inclusive aos funcionários. E lá se vão 3 meses. É tanto que dia (continua)


Abreu no Zap

21/03


2013

Lewandowski intima Marco Feliciano a depor
















O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, pastor Marco Feliciano (PSC-SP), foi intimado ontem (20) pelo Supremo Tribunal Federal para prestar depoimento no próximo dia cinco de abril sobre uma acusação de estelionato. O documento foi assinado pelo ministro Ricardo Lewandowski.

A ação penal em curso investiga a suposta prática de estelionato e o recebimento indevido de R$ 13,3 mil pelo parlamentar. Segundo a denúncia, o pastor foi contratado para um evento evangélico em São Gabriel (RS), em 2009, recebeu o pagamento e não compareceu.

Feliciano também é acusado de estelionato, juntamente com o seu assessor e atual secretário parlamentar do deputado André Luís de Oliveira. André é investigado na instância comum da Justiça.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Edilza Cruz

Sem comentários,basta olhar a expressão de descaso deste cidadão,representante do povo brasileiro...

Jovelina Maria de Brito

mais desqualificado, brega e canalha, impossível!

JOSE PINTO DA SILVA

elemento nao mal elemento quem faqz o que ele faz na igreja dele tirando dinheiro do ppovo descaradamente nao merece nem ser chamado de elemento isto amigos e castigo de deus tu vas pagar caro por usar o nome de deus em vao.

o povo da de olho

OLHEM A CARA DESSE ELEMENTO.....



21/03


2013

Araripina sedia seminário da Secretaria Estadual das Cidades

O município de Araripina sediou, na tarde de ontem (20), o seminário municipal de preparação para a 5ª Conferência Estadual das Cidades. O objetivo do encontro, segundo a assessoria da prefeitura, foi debater temas fundamentais para a administração pública e elaborar propostas para serem enviadas à Secretaria Estadual das Cidades e que servirão para fomentar os debates da conferência marcada para o mês de setembro.

Além de questões relativas às áreas de habitação e mobilidade urbana, também foram abordados a assuntos como a regularização fundiária e a delimitação do perímetro urbano localizado nos distritos de Araripina.

Como resultado do seminário ficou sugerido a criação do Conselho Municipal, órgão voltado para a discussão e implementação das políticas públicas e de desenvolvimento urbano do município e também a realização de conferências municipais nas cidades do Araripe.

Seminários como este também estão em andamento nas cidades de Floresta, Petrolina e Salgueiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Aline Kelly dias Silva

Parabéns pela matéria ! é isso ai que queremos....



21/03


2013

Ministro da Justiça tem reunião emergencial com Dilma















Uma reunião de última hora convocada pela presidente Dilma Rousseff (PT) na noite de ontem (20) fez com que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, cancelasse sua audiência na Assembleia Legislativa de São Paulo na tarde desta quinta-feira (21).

Dilma chamou Cardozo para discutir detalhes do envio da Força Nacional de Segurança Pública ao Estado de Mato Grosso.

Há cerca de um mês, líderes indígenas das comunidades mundurukus de Mato Grosso e do Pará foram a Brasília para exigir a apuração da morte do índio Adenilson Mundukuru, ocorrida em novembro de 2012, durante a Operação Eldorado da Polícia Federal.

A audiência de Cardozo na Assembleia ainda não foi remarcada. Ele apresentaria ações federais de combate à criminalidade e os Programas Nacionais na Segurança Pública para os deputados paulistas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

21/03


2013

Vítimas da ditadura receberão apoio psicológico do Governo

O Governo Federal começará no mês que vem a oferecer assistência psicológica gratuita aos perseguidos pela ditadura militar (1964-1985) e seus familiares. Há anos reivindicada pela esquerda, a ajuda, chamada de ''Clínicas do Testemunho'', será oferecida para 702 pessoas em quatro cidades: São Paulo, Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

O prazo inicial para a política é de dois anos. Durante esse período, ela será avaliada e eventualmente expandida. O custo será de R$ 2,4 milhões - uma média individual mensal de R$ 142,4.

Destinada a quem foi considerado oficialmente anistiado político pelo governo, a assistência exclui, portanto, integrantes da repressão - ou parentes seus - que se sentem psicologicamente prejudicados pelo o que ocorreu durante o regime autoritário.

O processo de inscrições começou anteontem e se estende até o próximo dia 6. Os interessados terão que enviar, por e-mail, uma ficha à Comissão de Anistia, órgão do Ministério da Justiça que julga pedidos de reparação econômica.

Caso haja mais inscritos do que vagas, a comissão usará como critério em sua escolha a natureza da violação sofrida durante a ditadura (mortes, torturas, desaparecimentos e prisões arbitrárias). Para desempatar pedidos, serão usadas a idade, condição econômica e, em último caso, a ordem de inscrição.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

Ainda bem que eles não conseguiram transformar O BRASIL em uma Cuba.

andre regidwitz

Os que realmente foram torturados morreram. Então vão ter de dar assistencia psicologica no cemitério. Os que estão aí, a maioria não sofreu nada. Muitos passaram umas férias no exterior , na conta exilados.

Pádua

Mais um golpe dos PTralhas na praça ! Kkkkkkkk

o povo da de olho

MUITO ESTRANHO DEPOIS DESSE TEMPO TODO. PALHAÇADA.



21/03


2013

Ex-prefeito de Campo Alegre (AL) é preso pela PF

 Uma operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual (MPE) de Alagoas e da Polícia Federal cumpriu nove mandados de prisão expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, na manhã desta quinta-feira (21). Pelo menos quatro pessoas já foram presas, entre elas, o ex-prefeito do município de Campo Alegre, José Maurício Tenório.

De acordo com o MPE, há pouco menos de uma semana, o ex-prefeito e outras dez pessoas, foram denunciados por uma série de práticas ilícitas, a exemplo de fraude à licitação, apropriação de bens públicos, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

Depois de investigar vários processos licitatórios dos últimos quatro anos, foram descobertas irregularidades em pagamentos de serviços e produtos na ordem de aproximadamente R$ 787 mil.

Com base nos depoimentos prestados por parte dos envolvidos no esquema e após análise de farto material apreendido durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão em dezembro passado, o Gecoc pediu a prisão preventiva dos acusados, que se encontram detidos em uma delegacia no bairro do Jaraguá.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

21/03


2013

Tourinho Neto cria mal estar no CNJ

Na posse de Carlos Alberto Reis de Paula na presidência do Tribunal Superior do Trabalho, no último dia, o polêmico desembargador Tourinho Neto encontrou-se com o colega de CNJ, Jorge Hélio, e lhe pediu para julgar uma liminar enviada ao conselho por sua filha, Lilian.

Ela, que também é juíza do TRF, queria alterar as regras para a transferência de magistrados – Lilian, ressalte-se, seria beneficiada pela liminar. No dia seguinte, Hélio, que entrou no CNJ na vaga cativa dos advogados, concedeu a Lilian a liminar.

Ao saber da decisão, Neto enviou um e-mail comemorativo para a filha. Ou melhor, achou que estava enviando para a filha. Mas, ao digitar as inicias ”Li” acabou selecionando não o e-mail de Lilian - mas da lista de juízes da Ajufe, com centenas de magistrados.

Quando o e-mail chegou aos juízes, alguns quiseram saber se houve favorecimento a Lilian por ela ser filha de Neto e por seu pai ter pedido, pessoalmente, para Hélio julgar o caso. Por isso, um representante da Ajufe foi até o gabinete de Hélio no CNJ.

O conselheiro garantiu que julgou o processo de acordo com os argumentos apresentado no pedido de liminar, que não foi influenciado por Tourinho Neto e, imediatamente, seguiu para o gabinete do colega para tomar uma satisfação sobre o e-mail.

Como ele não estava lá, Hélio ligou para Neto e ouviu o seguinte:

- Me desculpe, fiz uma m… e te coloquei no meio da m…

Entendendo que a decisão de Hélio iria beneficiar somente três juízes – entre eles a filha de Neto – e prejudicar outros 80, a própria Ajufe pediu para entrar como parte no processo. A entidade enviou um parecer para Hélio, que se convenceu com os argumentos e horas depois cassou sua própria liminar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

É por conta de fatos corriqueiros como este, nem sempre divulgados, que Joaquim Barbosa fala a verdade, ele sabe o que diz, o resto é carinha feia de Juíz bandido.

andre regidwitz

ta mais pra ratinho (ratão) do que para tourinho

jorge modesto

Como nossa Répública aguenta mazelas... Executivo, legislativo e Judiciário ! Não sobra um poder para exemplo. A fala do Joaquim Barbosa pondo o dedo na ferida n''algumas relações promíscuas existentes entre advogado e juiz está perfeita. O problema é que o Judiciário intimida a a maioria dos cidadão

ERILIO LIMA SANTOS

Esse Tourinho é mesmo um "Touro". Nós "povo", estamos entregues à essa podridão de justiça. Justiça, enquanto órgão: "PODRE".



21/03


2013

Decisão do STF impõe rombo bilionário ao Governo Federal

Decisão tomada ontem (20 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a tributação de produtos e serviços importados vai causar um rombo bilionário nas contas do Governo Federal.

O tribunal declarou inconstitucional a inclusão do estadual ICMS no cálculo dos tributos federais PIS/Pasep e Cofins pagos nas operações de importação. O imposto era incluído nessa base de cálculo desde 2004 e rendia bilhões aos cofres públicos.

Entre 2006 e 2010, o impacto foi de R$ 34 bilhões, segundo dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Isso dá uma média de R$ 6,8 bilhões ao ano -um pouco menos do que o governo deixará de arrecadar com a desoneração da cesta básica (R$ 7,3 bilhões ao ano).

O STF ainda não definiu, contudo, a partir de quando a decisão passará a ter efeito. O governo defende que só seja aplicada para futuras operações. Não há ainda uma data para que o plenário tome essa decisão. Dependendo da resposta do Supremo, o governo poderá ser obrigado a ressarcir quem questionou a taxação na Justiça.

A inclusão do ICMS na base de cálculo dos impostos incidentes sobre as importações era questionada em cerca de 2.200 ações movidas por importadores em 22 tribunais do país. As instâncias vinham tendo entendimentos diversos sobre o assunto, mas a maioria era a favor da União.

Os ministros do STF entenderam que a utilização do ICMS na base de cálculo das contribuições sociais fere o artigo 149 da Constituição por extrapolar a previsão de cobrança de impostos para importação.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

caique silveira

Cada vez mais o judiciário manda no país! Ainda não descobri se isto é bom ou ruim!