Lavareda

04/03


2013

Oposição acusa Dilma de antecipar campanha eleitoral

 Líderes do PSDB reagiram ontem ao discurso da presidente Dilma Rousseff durante a convenção nacional do PMDB, no último sábado, e a acusaram novamente de antecipar em mais de um ano a campanha presidencial. Em evento, promovido na capital federal, a presidente referiu-se aos opositores como “mercadores do pessimismo”, que torcem contra e apostam no fracasso do país.

Em nota, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), pré-candidato tucano à Presidência, considerou “curiosa” o que chamou de “obsessão” de Dilma pela oposição e recomendou à petista que seria “prudente” deixar o palanque e enfrentar “os reais desafios” do país”. (Informações de O Globo) 

Clique aí e leia na íntegra PSDB acusa Dilma de antecipar campanha


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

04/03


2013

Papa: cardeais pressionam para ver dossiê secreto

 Cardeais iniciam nesta segunda-feira em Roma a reunião fundamental que vai prepará-los para a escolha do futuro Papa. A atmosfera do encontro - conhecido como congregação geral - é espiritual, segundo os participantes, e em nada lembra o bate-boca de um Parlamento italiano.

Mas desta vez, sob o choque do mais dramático gesto da História recente da Igreja - a renúncia de um Papa -, os cardeais chegam com uma cobrança: querem saber o conteúdo do dossiê secreto entregue ao Papa Bento XVI, pouco antes da renúncia, relatando problemas comprometedores à imagem já desgastada da Igreja. E os nomes dos responsáveis. (Informações de O Globo - Deborah Berlinck e Fernando Eichenberg)

Clique aí e leia na íntegra  Aumenta a pressão por acesso a dossiê secreto durante conclave


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

04/03


2013

DF: empresário ameaça quebrar a cara do governador

 O governador do DF, Agnelo Queiroz-PT, (foto) está na mira de certo tipo de empresários, segundo relata Cláudio Humberto na sua coluna desta segunda-feira.

''''Jurado de morte por Dalmo Amaral -- conta o colunista -- cujas empresas de ônibus estão sob intervenção, também recebeu recado ameaçador de Paulo Eduardo Montenegro, presidente do Sindvest, o sindicato de indústria de vestuário do DF, que prometeu quebrar-lhe a cara, após visitar o galpão onde projeto do governo vai ensinar pessoas pobres a produzir roupas e uniformes, inclusive para a rede pública de ensino.

O presidente do Sindvest-DF ficou exaltado ao se convencer de que a produção de uniformes na Fábrica Social vai arruinar sua atividade. O gestor do projeto Fábrica Social ouviu a ameaça de Montenegro e, preocupado, levou-a ao governador e às autoridades de segurança. Com base no relato do gestor, feito por escrito, o chefe do Gabinete Militar, coronel Rogério Leão, abriu o devido procedimento policial.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

04/03


2013

Dilma e o dragão

MELCHIADES FILHO *

 É curioso e significativo que Dilma Rousseff, logo ela, tenha manuscrito um bilhete mandando sua equipe afirmar o controle da inflação ''como um valor em si''.

Curioso porque a presidente sempre foi uma alma desenvolvimentista. Ministra de Lula, militou na ala anti-Palocci, que defendia relaxar a política monetária para ajudar a expandir a economia. Eleita, permitiu à inflação ascender além (do centro) da meta, enquanto alegava fatores sazonais e minimizava o aquecimento da demanda.

Significativo porque indica uma inflexão. Hoje, a inflação preocupa o Planalto mais do que o PIB.

O resultado da atividade econômica em 2012 (+0,9%) foi, de fato, anêmico. Mas há sinais de retomada. No último trimestre do ano, os investimentos em maquinário para produção e construção civil aumentaram. A indústria parece ter normalizado os estoques. Mantidos o ritmo da virada do ano e os juros baixos, o país crescerá além de 2% em 2013.

Além disso, estão programados para este ano leilões de rodovias, ferrovias, poços de petróleo, aeroportos e mesmo do trem-bala. Depois de levar traulitadas até de aliados, o governo melhorou prazos e taxas de retorno para quem apostar nessas grandes obras de infraestrutura.

O pacote logístico talvez não turbine o PIB de imediato. Mas contribuirá para aliviar o desânimo da iniciativa privada. Isso sem falar da nova lei de portos, que abre perspectiva atraente a investimentos.

Sobre a inflação, porém, não há boa notícia engatilhada. A taxa anualizada deve seguir rodando na casa de 6% nos próximos meses.

Não basta escrever bilhetes e reclamar dos ''mercadores do pessimismo'' para desarmar expectativas inflacionárias. Na ordem do dia estão calibrar as tarifas de importação, ajustar gastos correntes, manejar a supersafra de alimentos e aquietar o ministro da Fazenda, não necessariamente nesta ordem. (* Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/03


2013

Vaias e aplausos

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

Depois do julgamento do mensalão, a terra passou a ser, para os petistas, ligeiramente chata nos pólos. Sobretudo nos lugares em que há grandes aglomerações. Repare, a propósito, na nota que o repórter Elio Gaspari veiculou em sua coluna deste domingo, disponível aqui:

Durante um dos concertos do festival ‘Música em Trancoso’, houve um princípio de vaia quando anunciou-se a presença da ministra da Cultura, Marta Suplicy, que estava no cantinho das autoridades. Até aí, nada demais, pois a plateia daquela praia está fora do Bolsa Família. Logo depois anunciou-se a presença do ministro Joaquim Barbosa, que estava na arquibancada. Foi aplaudido de pé por mais de mil pessoas, durante vários minutos. Ganhou mais palmas que as cinco peças de Tchaikovsky.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

03/03


2013

Te cuida, Lula!

:

Revista Época informa que ex-presidente vem se aconselhando com o advogado Marcio Thomaz Bastos sobre o possível processo relacionado às denúncias de Marcos Valério; segundo a publicação, o ex-ministro da Justiça o tranquilizou e disse que não há base para uma investigação; o problema é que Bastos, que orientou a defesa de vários réus na Ação Penal 470, perdeu todas as apostas ao longo do processo.

DO PORTAL BR247

A revista Época deste fim de semana traz a seguinte nota, publicada pelo colunista Felipe Patury:


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jânio Nunes

falei em comentários anteriormente que isso iria acontecer, e vai ser pior do muitos penssam, pode apostar, essa história de MENSALÃO ainda vai dar muita dor de cabeça, é isso...rsrsrs



03/03


2013

PT vence três, das nove eleições deste domingo

 Dos nove municípios que realizaram eleições para prefeito neste domingo (3), três elegeram candidatos do PT.

Em Novo Hamburgo (RS), o vencedor foi José Luiz Lauermann. Em Balneário Rincão (SC), o eleito foi Décio Góes. Rudimar Borcioni venceu a disputa em Campo Erê (SC).

O partido concorreu ainda em Criciúma (SC) com Fábio Brezola, que foi derrotado por Márcio Burigo (PP).

PSDB e PP elegeram dois prefeitos cada. Além de Criciúma, o PP ganhou a disputa em Camamu (BA), onde foi eleita Emiliana de Zequinha da Mata.

Os tucanos venceram em Eugênio de Castro (RS) com Horst Daltro Steglich e em Sidrolândia (MS) com Ari Basso.

Em Bonito (MS), a disputa foi vencida por Leleco (PT do B).

As chamadas eleições suplementares ocorreram porque, nas eleições de outubro de 2012, candidatos que tiveram o registro de candidatura rejeitado tiveram mais de 50% dos votos válidos. Outras cidades com situação semelhante devem ter eleições ''tardias'' em abril.  (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/03


2013

Cidade muda

CARLOS BRICKMANN

 O apresentador José Luiz Datena e o repórter Agostinho Teixeira, da Rede Bandeirantes, informaram que as unidades básicas de saúde da Prefeitura de São Paulo estão sem o kit glicemia, essencial para diabéticos. Há gente que vai morrer ou sofrer lesões irreversíveis por falta desse kit; mas, com certeza, vão dar um jeito de botar a culpa no ex-prefeito Gilberto Kassab, que embora aliado é de outro partido.

O problema mais sério é que, de acordo com documento escrito enviado à Bandeirantes por servidores públicos indignados, eles estão proibidos de falar sobre o tema ou de admitir que haja falta dos kits. Lembra a época da ditadura militar, em que a Censura proibiu a notícia da epidemia de meningite que atingia São Paulo. O prefeito Fernando Haddad, PT, continua mudo. Mas mudo apenas neste assunto. Com Gabriel Chalita, acusado de receber propina de grupos empresariais quando era secretário da Educação, Haddad tem falado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

André Rafael

O PT não perde a mania de agir com autoritarismo. Mas também esperar o que de quem acha que a Venezuela, Cuba e o Irã são países democráticos??!!! Eita povinho antidemocrático.



03/03


2013

Candidatura de Eduardo no ponto do não retorno

 JOÃO BOSCO RABELLO - O ESTADO DE S.PAULO

Os movimentos mais recentes no xadrez da sucessão presidencial de 2014 indicam, com margem lógica de segurança, que a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, chegou a um ponto de não retorno. A reação hostil ao aliado, junto com o abraço ao PMDB, reflete a percepção do governo de que não tem mais âncora do navio socialista.

A candidatura de Campos foi desde sempre uma aposta no futuro, para o qual precisa construir um recall, o que o torna refratário a raciocínios sobre sua inferioridade eleitoral. Como o lançado pelo governador do Ceará, Cid Gomes, ao acenar com a "pouca estrada" do presidente de seu partido. O governador olha para 2018 e não acredita chegar lá pelas mãos do PT.

A guerra deflagrada pelo Planalto, com o estímulo a dissidências no PSB e retaliações políticas - como a de retirar da órbita do governo estadual o Porto de Suape -, se mexem na zona de conforto do governador aliado, tornam mais confortável a meta do candidato de obter maior visibilidade nacional.

Consolidada, a candidatura de Campos destrói a estratégia do ex-presidente Lula de repetir a polarização eleitoral entre PT e PSDB, criando expectativa concreta de segundo turno, que levaria a uma aliança natural entre PSDB e PSB.

Enquanto o cenário indesejável para o PT se desenha, a presidente Dilma Rousseff, na condição de candidata em campanha, precisará enfrentar a resistência ideológica de seu partido para reconquistar a confiança dos investidores, abalada pela linha intervencionista de seu governo e indispensável para a retomada do crescimento


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

TEM GENTE QUE NÃO GOSTA DE APOSENTADO, MILITAR E POLICIAL

marcos

José Eguinaldo Pereira, tais morrendo de ciúmes né? Melhor Eduardo que qualquer um desses PTralhas

José Egnaldo Pereira

PSDB e PSB juntos no segundo turno seria apenas evidenciar o romence que vivem às escondidas,faz tempo.Pense em duas coisas que desejo ardentemente:Eduardo candidato à presidencia e sua aliança com o PSDB.Traíragem completa.Porém,acho que a candidatura de Dudu não resiste à seca.

Carlos Neves

Quem tem pressa come cru! O espertalhão do coronel Dudu, já derrapou nas suas mentiras. Como dizem, O esperto Eduardo de dia é governo, de noite é oposição.

José Cláudio Soares de Oliveira

É... Eu aprendi que nenhuma inteligência é absoluta. Eduardo vai mostrar que a sua sabedoria é limitada e que a precipitação é a razão da sua vontade. Que pena! Penso que a Marina Silva vai sair melhor do que o governador, e, se isso ocorrer, teremos mais um Mário Covas, ou, um Ulisses Guimaraes.