Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

15/05


2013

Tabosa e presidente da Câmara de Passira no Frente a Frente

O prefeito de Cumaru, Eduardo Tabosa (PSD), e o presidente da Câmara de Passira, Jamilson Pereira (PSD), são os principais entrevistados do Frente a Frente de hoje, programa que apresento pela Rede Nordeste de Rádio, das 18 às 19 horas, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no Recife. Veja abaixo as demais emissoras que integram a rede:

Rádio Folha 96,7 – Recife

Caruaru FM 104,9

Integração FM de Surubim - 88,5

Líder do Vale FM de Serra Talhada – 99,7

Pajeú de Afogados da Ingazeira - AM 1.500

Ponte de Petrolina FM - 91,5

Sertânia FM - 100,1

Rádio Planalto AM do Recife – 950

Educadora AM de Belém de São Francisco - 1.470

Bitury AM de Belo Jardim - 1530

Cardeal Arcoverde AM – 600

Papacaça AM – 1470 – Bom Conselho

Verdejante de Verdejante FM - 104,9

Rádio Calheta FM do Cabo de Santo Agostinho - 98,5

Cidade FM - 88.7 – Tabira

São Bento FM – 104,9

Sanharó FM 104.9

Alternativa FM 104.9 – Agrestina

Nova FM 87.9 – Mirandiba

Alternativa FM 98,5 – Nazaré da Mata

Rádio Beto Som – 104,9 FM Granito

Rádio Beto Som – 104,9 FM Parnamirim

Polo FM – Santa Cruz do Capibaribe – 101,9

Pop Brasil FM – Trindade – 93,7

Terra Nova FM – 104,9

Brígida FM – 104,9 – Orocó

Itacuruba FM – 87,9

Pop Sat Brasil FM Araripina – 93,7

Santa Maria FM – 87.9 FM – Santa Maria da Boa Vista

Vale do Acaí FM – 104,9 – Poção

Nova Rádio Cultura AM – 1.320 – São José do Egito

Salgueiro FM – 102,9 – Salgueiro

Cruzeiro FM – 104,9 – São Caetano

Taquaritinga FM – Taquaritinga do Norte

Maragogi FM – 97.3 – Alagoas

Custódia FM 88,5 – Custódia


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

15/05


2013

STF recebe agravo contra decisão de Joaquim Barbosa













Cristiano de Mello Paz, ex-sócio do publicitário Marcos Valério, interpôs agravo no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa, que negou seguimento a embargos infringentes no mensalão. Com o agravo, a decisão a respeito do cabimento ou não dos infringentes terá de ser tomada pelo plenário do STF.

Barbosa negou, na segunda-feira (13), um pedido de Cristiano de Mello para que ele tivesse prazo em dobro para entrar com os infringentes. Na mesma decisão, o ministro negou seguimento aos infringentes propostos por Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT.

O presidente do STF alegou que esse tipo de recurso não é cabível no STF e que, apesar de os infringentes ainda constarem do Regimento Interno do tribunal, a Lei nº 8.038, que rege o processo penal nos tribunais superiores, não trata desses embargos.

Segundo o advogado Castellar Modesto Guimarães Neto, que defende Cristiano de Mello, a Lei nº 8.038 dispõe que “finda a instrução, o tribunal procederá o julgamento, na forma determinada pelo Regimento Interno”. “Ou seja, a própria lei em comento permitiu fossem conciliadas as regras gerais por ela expostas às normas constantes do Regimento Interno”, continuou o advogado.

O objetivo dos infringentes é anular a sentença. O recurso é utilizado nos casos em que houve pelo menos quatro votos pela absolvição. Para Barbosa, admitir os infringentes seria “eternizar” o julgamento do mensalão. Além dos infringentes, o STF recebeu embargos de declaração contra a sentença do mensalão, que são utilizados para contestar eventuais omissões, obscuridades ou contradições no julgamento.

Ainda não há data prevista para a realização do julgamento dos recursos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

TROCANDO EM MIUDOS: "O CRIME COMPENSA". REVOLTANTE E IMORAL. BANDIDOS QUE ROUBARAM O POVO IRÃO FICAR A SOLTA. SOLTA TAMBÉM FERNANDINHO BEIRA MAR E OS PIORES ASSASSINOS DO PAÍS. PRA VIRAR LOGO ZORRA TOTAL.....


Abreu no Zap

15/05


2013

Prefeitos celebram entendimento com o Governo Federal

















O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota (PSB), saiu de Brasília satisfeito com os encaminhamentos da reunião realizada ontem (14) com representantes do Governo Federal.

A reunião teve início às 18h30, com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB), na sede do Ministério. Segundo Patriota, o Governo Federal reconheceu, de forma enfática, a necessidade dos municípios serem, também, os agentes executores diretos das ações de enfrentamento à seca.

Fernando Bezerra se comprometeu a manter um diálogo permanente com as entidades que representam os municípios, abrindo, inclusive, duas vagas para que as entidades integrem o comitê nacional que define as ações de convivência com a seca.

Sobre o repasse dos recursos federais via Cartão de Defesa Civil e a celebração de convênios para que os municípios possam executar obras de combate à seca, a Amupe e demais associações municipalistas apresentarão ao governo uma proposta conjunta de operacionalização, que será discutida com o Ministério da Integração na próxima terça-feira (21) durante reunião sob a coordenação do Secretário de Desenvolvimento Regional, Sérgio Duarte Castro.

“Houve um avanço significativo por parte do Governo Federal, um reconhecimento de que nossas reivindicações são justas, tendo em vista a crise que afeta a economia dos municípios. Através do diálogo, esperamos construir alternativas conjuntas, União, Estados e Municípios, para superarmos as dificuldades e caminharmos para uma maior descentralização na distribuição dos recursos,” avaliou Patriota.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

meu caro e nobre amigo Gilberto moura, gardo profundo respeito pelo o Sr considero um homem erudito e culto. mas percebo que o digníssimo amigo conhece de figura de linguagem como eu conheço a China.

Gilberto Carvalho Moura

O valor do tal contato é de parcos R$ 150.000,00

Gilberto Carvalho Moura

com registro na OAB/PE para prestar esse tipo de serviço. Se não bastasse, a falta de licitação joga mais lama nessa coisica. Alguém faz algo? Não! Afogados da Ingazeira é um lugar onde defunto sai do tumulo e vai assinar escrituras, então tudo pode!

Gilberto Carvalho Moura

E mais, fez um contrato escuso entre essa AMUPE e a prefeitura afogadense, onde ele assina como contratante e como contratado para essa tal AMUPE prestar assistencia juridica à prefeitura. Só que a prefeitura tem seu corpo de procuradores e essa AMUPE, ao que me consta, não é escritório de advocacia

Gilberto Carvalho Moura

Na verdade ele é apenas cabo eleitoral de Eduardo e para tanto faz uso dessa tal AMUPE. Já a prefeitura de Afogados, segundo consta, nem está com a vice-prefeita, quem lá manda é outra pessoa.



15/05


2013

Os impactos da tecnologia da informação na escola pública

Não se pode negar que o viés da política de resultados de curto prazo,  é pouco compatível com os usos pedagógicos, uma vez que a formação dos professores para a utilização de recursos tecnológicos se dá de forma bastante limitada  e sem nenhum plano de contingência, pois politicamente, o equipamento parece ser mais importante do que o professor. 

Conforme se pode perceber, as novas tecnologias apresentam desafios organizacionais na escola. Afinal, romper com modelos preestabelecidos não é uma coisa fácil e rápida.

Esses  desafios são mais amplos e atingem o sistema educacional em geral, qual seja o de  mudar toda a postura sobre o processo de ensinar e aprender; rever todos os  currículos; e, definir a emergência de seus compromissos para com a sociedade.

Assim, ter acesso à rede de informação e comunicação é o primeiro passo. Todavia, é preciso compreender que todas as camadas da sociedade devem estar devidamente qualificadas para acompanhar o desenvolvimento das novas tecnologias de informação e adaptá-las aos novos processos de ensino e aprendizagem.

Infelizmente, o atual nível da governança tecnológica e a impotência da governabilidade pública ainda são os principais vilões desse processo. A íntegra deste artigo, do professor Carlos Alberto Fernandes, você confere no menu Opinião. Vale a pena!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/05


2013

MP dos Portos ainda esbarra em dificuldades


















A menos de 36 horas do prazo para ser aprovada pelo Congresso Nacional – o que implica a conclusão da votação pela Câmara dos Deputados, para encaminhar a matéria ao Senado – a Medida Provisória 595/2012, conhecida como MP dos Portos, esbarra ainda em algumas dificuldades para ter sua votação concluída.

Entre os pontos mais polêmicos que têm dificultado a tramitação da medida estão os que tratam da renovação dos contratos; da definição das responsabilidades pela delimitação das áreas dos portos organizados; e algumas questões trabalhistas – em especial relativas a aposentadoria especial dos portuários, além da garantia de que as contratações de trabalhadores para os portos privados seja feita por meio do Órgão Gestor de Mão de Obra (Ogmo).

A fim de dar celeridade à tramitação, a Câmara dos Deputados aprovou, no início da noite de ontem (14), em votação simbólica, o texto-base da matéria. Dezenas de emendas e destaques relacionados aos pontos mais polêmicos, apresentados pela oposição e por parte da base aliada, foram derrubados nesta madrugada pelos deputados governistas.

A expectativa é que a medida provisória tenha sua votação concluída nas próximas horas pela Câmara, para, então, ser encaminhada ao Senado. Caso não seja apreciada até quinta-feira (16), a MP que definirá novo marco regulatório para os portos brasileiros perderá a validade.

Com informações da Exame.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

nesse cenário aí não sei quem é a mais ardilosa das raposas.


Banco de Alimentos

15/05


2013

Prefeito de Taquaritinga sai em defesa de Patriota

“NOTA DE REPÚDIO ÀS CRITICAS FEITAS A AÇÃO DA AMUPE

Diante das criticas às ações da Amupe (Associação Municipalista do Estado de Pernambuco), o prefeito  de Taquaritinga do Norte e presidente do Coniape (Consórcio Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras), Evilásio Araújo, aliança  que integra 16 prefeitos de Pernambuco e fronteiras, manifesta sua posição nos seguintes termos.

O prefeito Evilásio declara que a manifestação denominada “Grito do Nordeste” não foi um ato fraco, nem sem emoção, tampouco com cheiro artificial. Pelo contrário, foi um movimento muito importante para os municípios do Estado de Pernambuco, pois chamou atenção do Governo Federal sobre a real situação sofrida pelas pessoas que moram nas cidades atingidas pela seca e pela redução do IPI, que culminou com a queda do Fundo de Participação dos Municípios.

A bem da verdade, quando vivemos em um mundo cuja tecnologia avançada eliminou as distâncias, e em tempo real se sabe o que acontece em qualquer canto do país, ou mundo, cai por terra o entendimento que só indo a Brasília, poderia surtir efeito.

Ora, se por um pouco estas pessoas parassem e refletissem, deveriam analisar que lá no plenário da Assembleia Legislativa estavam presentes o senador da República, Sr. Humberto Costa, e o deputado federal Sr. Pedro Eugênio, Coordenador da Bancada Federal do Nordeste brasileiro, homens que sem dúvida tem todas as credenciais e qualificações para levarem a Brasília às ações discutidas e que de público assim se comprometeram e que de forma sensibilizada o farão.

Além de contar com a ação do governador Eduardo Campos que recebendo os prefeitos fará chegar a Brasília o documento de reivindicações.

O que não dá para entender é que quando surge um homem com a determinação de Patriota, que há pouco tempo à frente da AMUPE já diz para que veio, possam tentar se levantar, de forma isolada, pessoas que deveriam estar somando e não criticando quem esta fazendo acontecer. Parece até que existe município ou municípios que estão sem sentirem a queda do FPM ou mesmo as consequências da seca.

Aqui, respeitamos as posições. Agora é lamentável que colegas possam tratar aqueles que se levantaram para “gritar” de pessoas que estavam “berrando”. No mínimo considero uma falta de respeito. Na verdade estas pessoas devem saber que: o bode “berra” quando sente alguma coisa, mas os prefeitos e o povo precisam “gritar” porque estão sofrendo.

Fazemos valer o provérbio: Quem grita é quem sente a dor. Talvez quem não está gritando não está sentido dor.

Apenas um número precisa ser avaliado e respeitado: Foram mais de cem municípios com participação maciça e acompanhados de seus munícipes. Fora disto, manifestações contrárias representam minoria que continua no comodismo, talvez nos carros de luxo, quem sabe?

Porém, os que não participaram podem ficar tranquilos, pois nenhuma manifestação é inútil, pelo contrário as conquistas virão e eles também serão beneficiados. Como diz o próprio governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos, quem viver verá.
Reafirmo que José Patriota representa a força que os municípios precisavam na Amupe e que com certeza não medirá esforços para o fortalecimento dos municípios pernambucanos no avanço das nossas conquistas.

José Evilásio
Prefeito de Taquaritinga do Norte.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o estado democratico de direito burocratizado não é nada a mais do que homens governando homens.

Pedro Marculino Homeron

Tem gente que nasce pra mandar. outros pra ser moleque de recado do donatario.

Gilberto Carvalho Moura

Pode não ter criado a "coisa" mas dela tiram proveito.

a culpa disso amigo não é de Patriota nem muito menos de Eduardo Campos. é culpa de um sistema construido desde das capitanias hereditárias.

José Patriota é presidente de uma instituição, ele não tem culpa de ser presidente da AMUPE e amigo do governador. como disse Nelson Rodriguês:'''' Deus criou as coincidências.''''



15/05


2013

Geraldo cria Fórum Municipal das Microempresas

















Os micro e pequenos empreendedores recifenses ganharam um novo aliado para o fortalecimento da lei federal que rege o segmento. A Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) instituiu nesta terça-feira (15) o Fórum Municipal das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e do Empreendedor Individual do Recife. O decreto que criou o colegiado foi assinado pelo prefeito Geraldo Julio (PSB) em ato realizado na sede da PCR, com a presença de representantes do setor produtivo da cidade.

A proposta central do fórum é dialogar com diversos setores e alargar a participação desses profissionais no mercado por meio da redução da burocracia existente. As atividades do colegiado serão presididas pela Secretaria de Desenvolvimento e Planejamento Urbano do Recife.

“Existe um fórum nacional, outro estadual e agora um no âmbito municipal. O decreto cria institucionalidade de uma forma sistemática, que nos permite trabalhar juntos e de maneira integrada para melhorar a condição de trabalho da micro e pequena empresa”, explicou Geraldo.

O setor de micro e pequenos negócios é responsável, hoje, por 52% dos empregos formais gerados no país, o que corresponde a 25% do PIB nacional e representa 99% do total das empresas nacionais, segundo dados do Sebrae.

Também caberá ao fórum, dentre outros pontos, estimular e promover a regulamentação necessária ao cumprimento do Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, bem como acompanhar a implementação das políticas governamentais municipais de apoio e fomento e promover a articulação e a integração entre os diversos órgãos governamentais e as entidades de apoio, de representação e da sociedade civil organizada.

Com a assinatura do decreto, passam a ter lugar no fórum as secretarias municipais de Mobilidade e Controle Urbano, de Administração e Gestão de Pessoas, e de Finanças e de Assuntos Jurídicos.

A Federação das Associações de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Femicro), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Recife (CDL), Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Pernambuco (Sebrae/PE) e a Associação Comercial de Pernambuco também compõem o colegiado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

...COM A PALAVRA O SENHOR PREFEITO DO RECIFE. A ABERTURA DESSA RUA FACILITARÁ SOBREMANEIRA O FLUXO DE VEICULOS NA JOAQUIM NABUCO. O QUE FALTA ? SERÁ QUE ESSA RUA NÃO PERTENCE AO POVO? OS MORADORES DAS GRAÇAS ESPERA UMA RESPOSTA DO PREFEITO.

o povo da de olho

GOSTARIA DE SABER SE A RUA JUNTO A PONTE DA CAPUNGA NAS GRAÇAS E QUE POSSUI 2 PORTÕES NO MEIO DA RUA PERTENCE A FACULDADE MAURICIO DE NASSAU, QUE JA CONSTRUIU UMA LANCHONETE. OS PORTÕES SÃO FECHADOS NOS FINAIS DE SEMANA IMPEDINDO A PASSAGEM DE PEDESTRE E VEICULO.....


Jornao O Poder

15/05


2013

Petrolândia nega cidadania a Fernando Bezerra
















Por nove votos a dois, a Câmara de Vereadores de Petrolândia, no Sertão de Itaparica, rejeitou, na noite de ontem (14), a proposta de um título de cidadania ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB).

Os motivos que levaram os parlamentares a negar a homenagem ainda são desconhecidos, mas o que se sabe é que há muita reclamação no município devido a não liberação de verbas para o combate à seca na região.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jorge modesto

Título dado não é notícia...mas título negado repercute !! Tanto é, que a Câmara de Petrolina ao negar um título como esse ao Vice Marco Maciel no governo FHC, quando FBC Prefeito, gerou grande polêmica...

josival Coelho de Amorim

Poucos em PE. têm a competência o preparo e a garra dele. Este título deixaria mais à vontade para servir, cada vez mais, ao município. Neste caso a negativa deve ser represália de um grupo com interesses pessoais contrariados. Isto já é manjado. Uma maldade orquestrada. Eu a abomino.

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Esse cara é um nojento, puxa saco e não tem cropomissso com o nordeste , vive bajulando dilma e lula, vai cair do cavalo e logo, seu bestão, babaão

Tajmahal Cruz

O pior de tudo é o constrangimento a que o ministro FBC foi exposto à sua revelia.

Jair Lima Lopes de Vasconcelos

Gilberto, vc esqueceu também de Recife, de Petrolina, de Olinda, de Caruaru, de Jaboatão etc...



15/05


2013

Mantega conversa com canavieiros após veto de Dilma

















O Governo Federal sinalizou e confirmou o interesse em dialogar com a União Nordestina dos Produtores de Cana e incluir entre os assuntos em pauta as ações públicas a favor da cultura regional. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, ficou encarregado de conduzir a reunião com os produtores, a ser realizada amanhã (16), às 11 horas, em Brasília.

O setor está insatisfeito com o veto presidencial ao subsídio econômico, destinado a 21 mil produtores nordestinos de cana atingidos pela seca. Os canavieiros preparam manifestação de repúdio à presidente Dilma Rousseff (PT) na inauguração da Arena Pernambuco, no próximo dia 20, na cidade de São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife.

A expectativa da organização do protesto é de reunir três mil fornecedores de toda região. O presidente da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco, Alexandre Andrade Lima, informa que já estão confirmados 70 ônibus vindos da Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte e do interior pernambucano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

macarrao

Veta Dilma!!!

Rui Almeida

injustamente pois os fornecedores acima de 10mil, talves sejam os que mais precisam de ajuda, uma vez que não praticam a agricultura familiar e por isso tem um custo de produção muito mais alto

Rui Almeida

só em PE existem 11 mil fornecedores de cana, antes da desapropiação de mais de 10 usinas de PE nos ultimos 15 anos, não existiam nem 3 mil fornecedores, isso prova que a cana-de-açúcar é infelizmente a única opção para zona de mata sul e norte.essa ajuda é para quem produz até 10mil toneladas

enoque viana de oliveira filho

E a inflação lá en cima , e você conversando merda.

enoque viana de oliveira filho

E a inflação lá en cima , e você conversando merda.