O Jornal do Poder

27/08


2012

Coluna da segunda-feira

    A briga Daniel X Mendonça

Na próxima quarta-feira sai mais uma pesquisa sobre a corrida eleitoral no Recife, desta feita do Datafolha. Há uma expectativa enorme em relação aos números, principalmente entre os aliados do candidato do PSB, Geraldo Júlio.

Não há dúvida de que o levantamento deve confirmar a tendência de crescimento do socialista como os demais institutos que acompanham a eleição no Recife. Como também não há dúvida de que a polarização entre Humberto Costa, do PT, e Geraldo Júlio, do PSB, já se estabeleceu.

A expectativa se volta para a briga pelo terceiro lugar entre o democrata Mendonça Filho e o tucano Daniel Coelho. Por muito tempo, Mendonça apareceu em segundo, mas agora está em terceiro com 15%, enquanto Daniel em uma das pesquisas aparece com 10% e em outra em 8%.

Mendonça leva a desvantagem de vir em curva descendente enquanto Daniel faz exatamente o movimento contrário. Os guias de Mendonça e Daniel estão equilibrados. O que fará o diferencial? Quem inovar, criar e conseguir repassar para a população que representa de fato uma alternativa de oposição.

Ambos estão convencidos disso. Daniel parece mais agressivo e é uma cara nova. Mendonça tem pela frente o grande desafio de mostrar que entre os quatro candidatos é o que tem mais experiência, porque já foi governador. A briga Mendonça e Daniel importa muito, porque se eles ficarem abaixo de 10% a eleição pode ser decidida no primeiro turno.

ENTROU DE VEZ- O governador fez a sua estreia, ontem, em campanhas de aliados na Região Metropolitana participando de uma grande caminhada no Cabo com o aliado socialista Vado da Farmácia e o prefeito Lula Cabral. Saiu impressionado com a multidão presente ao evento. De lá, seguiu para Caruaru, onde reforçou numa carreata a campanha do prefeito José Queiroz (PDT). O vice-governador João Lyra, rompido com Queiroz, ficou de fora.

Na telinha - Em todos os eventos do candidato do PSB a prefeito do Recife, o governador traz a sua mensagem num vídeo de quatro minutos, destacando as qualidades do aliado. A fala de Eduardo é antecipada do discurso de Geraldo. A estratégia deu certo. “É como se o governador estivesse aqui entre nós”, comemorou o líder comunitário Márcio do Carburador, que comemorou o seu aniversário, ontem, em Jardim São Paulo, com o socialista ao seu lado.

Luto em Afogados - José Patriota (PSB)  e Giza Simões (PSDSB), candidatos a prefeito em Afogados da Ingazeira, cancelaram todos os compromissos de campanha neste fim de semana comovidos com a morte da advogada Érica Torres Simões, filha do presidente da Câmara, Erickson Torres. A jovem, de apenas 31 anos, perdeu a vida num acidente de carro em Sertânia, sexta-feira à noite, no qual morreram mais três pessoas.

Comício gigante  - Animado com a confirmação da sua candidatura pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral, o candidato do PSD a prefeito de Belo Jardim, João Mendonça, fez, ontem, o maior comício da campanha, mobilizando milhares de aliados e simpatizantes. Entre os que ali foram reforçar o seu palanque o presidente da Assembleia, Guilherme Uchôa.

ABIN de olho - A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) está avaliando os ricos no quesito segurança nos estádios construídos ou reformados para a Copa do Mundo em 2014. Os de Brasília não passaram no teste. As próximas etapas serão Belo Horizonte e Fortaleza no mês que vem. São Lourenço da Mata, sede da Copa em Pernambuco, ficou para dezembro.

 

CURTAS

EM ALTA– O candidato do PT, Humberto Costa, fez uma grande carreata, ontem, pelas ruas da Zona Norte saindo do Ibura. No percurso o que chamou a atenção foi a forma como o candidato a vice, João Paulo, foi festejado pela população. Continua com o Ibope em alta.

PESQUISAS– Na sequência da parceria com o Instituto Opinião, de Campina Grande, este blog divulga esta semana pesquisas de intenção de voto para prefeito no Cabo de Santo Agostinho e Camaragibe. No Cabo, aliás, é a segunda. Ali, a polarização é travada entre Betinho Gomes (PSDB) e Vado da Farmácia (PSB).

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quando Lula, enfim, virá ao Recife para animar a campanha de Humberto Costa?

''Não te glories na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes''. (Provérbios 25:6)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Bota teu nome ..deixa de ser besta..

Republicano

Dizer que falou com "ironia", após escrito, é fácil. Melhor quando no curso do escrito, ser assinalado com aspas, assim: """""""""" sabe? E quanto a "ofender", neste país de cretinos e analfabetos, ninguém há de se sentir magoado por tão pouco... e mais, sendo verdade!!!

milton tenorio

Vocês não sabem o que foi e o que é Jaboatão hoje..Se quiser marcar um sábado farei tour com os amigos..

milton tenorio

Candidato de Deus Ramos?! KKKKKKK..Me faz rir não amigo.

milton tenorio

Republicano, vc não perde a mania de ofender..falei com ironia..Já que vc não entendeu,lamento!


Potencial Pesquisa & Informação

27/08


2012

Eduardo diz a Dilma que não quer briga com o governo

Em guerra com o PT do Recife, o governador e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, está em campanha pelo Brasil, mas Belo Horizonte ficará fora do seu roteiro nas eleições municipais. Depois de comprar uma briga pessoal com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que decidiu enfrentá-lo na capital e não esconde a mágoa pelo rompimento da aliança pernambucana, ele não quer confronto com o governo. Ele já avisou à presidente Dilma Rousseff que não vai se meter na disputa mineira. Ela, por sua vez, também não fará campanha no Recife, onde o governador lançou Geraldo Julio (PSB) contra Humberto Costa (PT).

Sabendo que em Belo Horizonte se dará o grande embate nacional, com Dilma patrocinando a candidatura petista(Patrus Ananias), Eduardo lembrou ter advertido o prefeito Marcio Lacerda (PSB) sobre o impacto e as consequências do fim da aliança com o PT na capital mineira. E deixou claro que BH é responsabilidade do senador Aécio Neves (PSDB), o mais forte cabo eleitoral do prefeito contra Patrus, candidato da presidente. “O Eduardo não quer confronto com o governo, nem com a presidente Dilma, nem com o PT”, destaca o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF).(Informações da Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

EM CAMPANHA PELO BRASIL? E O TABALHO PARA O QUAL FOI ELEITO ESTÁ NAS MÃO DE QUEM? SERÁ QUE VÃO CORTA-LHE O PONTO POR FALTA COM FAZEM COM OS GREVISTAS?


Banco de Alimentos

27/08


2012

Petistas prometem maior ato político de Lula no Recife

FOTO:SERGIO FIGUEIREDO - DIVULGAÇÃO

Disposto a partir para a briga, saindo do mutismo em que estava nos últimos dias, o deputado federal João Paulo(PT), candidato a vice na chapa do senador Humberto Costa, anunciou  ontem  que o presidente Lula virá ao Recife fazer ‘’o maior ato político da história do Recife’’ em favor da chapa petista. “Agora, Humberto, eu acho que chegou o momento. Nós temos que deixar muito claro quem é o candidato de Lula”. A declaração foi durante carreata ontem na Zona Norte do Recife, da qual João Paulo saiu empolgado com a receptividade de seu nome junto aos moradores da área. A determinação de João Paulo foi reforçada pelo próprio Humberto Costa, que, do mesmo modo como vem fazendo questão de deixar claro nos últimos dias, não se cansava de afirmar que  Lula e a presidente Dilma pertencem ao palanque petista. ‘’Ele(Lula) está conosco, ela(Dilma)  nos apoia’’, repete Humberto.

“Nós queremos, com a nossa militância, junto com o (ex-) presidente Lula, que virá aqui logo, se possível na primeira quinzena de setembro, que a gente possa fazer talvez o maior ato político da história do Recife. Para o ex-presidente ver, com o apoio dele, a nossa militância trabalhar para eleger Humberto e João Paulo”, disse o ex-prefeito João Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

NESTA ELEIÇÃO MUNICIPAL VAI COMEÇAR O INFERNO ASTRAL PARA NÃO DIZER DESMORALIZAÇÃO DE LULA. VAI APOIAR E ¨PERDER¨ NAS CIDADES DE RECIFE, FORTALEZA, BELO HORIZONTE E SÃO PAULO. DIGAM A LULA QUE O TEMPO DELE JÁ PASSOU, VÁ PRÁ CASA GASTAR O MENSALÃO!!!

LUIZ MAIA

Eu pergunto: vem fazer o quê? Traga as velas... Ridículos!

Republicano

O Liz Ináçu foi formado na UPS, Universidade dos Pelegos Sabidos! É pouquíssimo ilustrado o pelego cachaceiro do Liz Ináçu? É sim, todos sabemos! Mas, mas não é doido, sabe ele que doidos são àqueles que votaram nele. Então, nisso confiando, vive se fazendo de doido o tempo todo, igual aos eleitores

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

LULA vem aí com Maluf,José lalau Dirceu,Rui jumento Falcão, poderiam desfilar de camburão.O povo de Pernambuco não vota em traíra que se junta a desafeto para eganar o eleitor, apoiados por mensaleiros, quadrilheiros e tudo que não presta na política do Brasil. Outubro vai dar resposta a essa corja.

adalberto ribeiro

Os candidatos Humberto e Joao Paulo serão derrotados opelo sentimento anti-PT disseminado em toda a sociedade. O ex-prefeito Joao do bigode é um demagogo despreparado que já deu o que tinha de dar



27/08


2012

Rejeição ameaça eleição de Serra em São Paulo

 Com uma rejeição de 38% na capital paulista, especialmente entre os jovens, o ex-prefeito e ex-governador de São Paulo radicalizou as posições do PSDB, empurrou o partido social-democrata mais à direita e está sendo abandonado pelos próprios companheiros. No PSDB, sabe-se que, enquanto Serra for a voz principal, o partido não será uma alternativa real de poder. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já lançou o projeto “Aécio 2014”. Alckmin também se colocou como alternativa e lembrou ainda dos nomes de Beto Richa e Antonio Anastasia. Serra pode estar disputando agora em outubro sua última eleição.

No caso de Serra, o processo de cristianização parte, sobretudo, do seu próprio partido, o PSDB, onde já há até um diretório, o do bairro do Jabaquara, fazendo campanha para Gabriel Chalita, candidato dos sonhos do governador Geraldo Alckmin. Neste fim de semana, Alckmin enviou uma carta ao Painel da Folha de S. Paulo informando que desautoriza o uso de suas imagens pela campanha de Chalita em São Paulo. Mais pro forma impossível. E há até tucanos ligados a Alckmin, como José Aníbal, criticando abertamente a campanha de Serra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/08


2012

Cidades campeãs de miséria falidas, prefeitos ricos

 Nas 30 cidades com maior queda na nota do Ideb, o patrimônio dos chefes de Executivos se multiplicou. Houve caso em que o crescimento foi de 1.200%. Ena Vilma (PP) declarou à Justiça Eleitoral possuir R$ 8 mil em 2008. Hoje tem R$ 281 mil. Mulher do ex-ministro das Cidades Mário Negromonte, ela comanda o município de Glória (BA), reprovado pelo MEC na avaliação da qualidade do ensino básico oferecido aos alunos. O mesmo aconteceu com Ilso Parochi (PSDB), prefeito da pequena Neves Paulista (SP). O patrimônio dele pulou de R$ 4,5 mil para R$ 70,1 mil em quatro anos. “Eu era padre e não tinha nada. Agora, guardo dinheiro”, tenta se justificar. Para piorar, em 20 das 30 cidades onde houve maior queda na nota do Ideb, os prefeitos ou vices buscam reeleição. A valorização do professor é outro tema deixado de lado no país.(Do Correio Braziliense)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Em Ipojuca o ex-prefeito Carlos Santana e o Atual Pedro Serafim, bem como o Dep. Serafim Neto, engordaram as suas contas bancárias muito além do imaginável. Começaram puxando uma cachorrinha por um cordão de barbante, hoje puxam esses mesmos cachorrinhos com cordão de ouro.



27/08


2012

Mensalão: ministros duelam hoje na réplica e tréplica

CHARGE DO PAIXÃO - O POVO

A quinta semana de julgamento da ação penal do mensalão promete colocar mais fogo no crescente atrito entre os ministros Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski. A sessão desta segunda-feira terá logo no início a resposta do relator ao voto de Lewandowski, que absolveu o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) dos crimes de peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.  Eles divergiram sobre o ponto da acusação que trata do deputado. No capítulo que aborda uma suposta propina paga a João Paulo, Barbosa votou pela condenação do deputado, do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza e de dois sócios pelos crimes de corrupção e peculato. Lewandowski decidiu pela absolvição. Hoje Barbosa faz sua ''réplica'' e Lewandowski, sua ''tréplica'', expressões típicas de debate eleitoral, mas que têm sido usadas pelos próprios ministros. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josival Coelho de Amorim

Não entendo o papel do Supremo. Termina um sendo advogado de defesa e o outro promotor. Um acusa e o outro defende. Na minha concepção todos cometeram crime e deveriam ser condenados e ponto final!



27/08


2012

Campanha: já arrecadados R$ 466 milhões em doações

 A eleição de 2012 arrecadou até agora em todo o país R$ 466 milhões. Do total doado, R$ 53 milhões foram para as direções nacionais, estaduais e municipais dos partidos. São as chamadas doações ocultas, em que a verba é destinada à sigla, que transfere o dinheiro aos candidatos. O grosso do dinheiro destinado às cúpulas nacionais dos partidos partiu das empreiteiras. De R$ 6,5 milhões recebidos pelo PMDB, R$ 4,5 milhões vieram das construtoras. Dos R$ 3,2 milhões obtidos pelo PT nacional, R$ 2 milhões vieram das empresas do setor. A informação é de Vera Magalhães, na coluna política da Folha de S.Paulo desta segunda-feira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/08


2012

PT preocupado com posição dos seus candidatos no NE

 O baixo desempenho dos candidatos petistas em pesquisas eleitorais feitas no Nordeste acendeu o sinal de alerta na cúpula da sigla. Os levantamentos indicam que, apesar de ter candidato próprio em 7 das 9 capitais da região, em só uma, Recife, o partido lidera, com Humberto Costa, que no entanto caiu oito pontos percentuais desde o início da disputa.  Se as posições das pesquisas forem corroboradas nas urnas, o resultado deste ano será ainda pior que o do pleito municipal anterior, em 2008, quando o PT lançou nomes em sete capitais e venceu em duas (Recife e Fortaleza).

No Recife, o efeito do racha entre PT e PSB, do governador Eduardo Campos, é tido como um dos elementos da queda de Humberto Costa. A importância estratégica do Nordeste se evidenciou na eleição presidencial, na qual Dilma venceu em todos os Estados da região e conquistou 18 milhões de votos, mais que o dobro do tucano José Serra. (Folha de S.Paulo - Erich Decat e Cátia Seabra)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/08


2012

PT privilegia SP e MG em dinheiro para campanha

 Os números da primeira prestação de contas parcial das campanhas em todo o país dão dimensão da importância que PT está dando para suas candidaturas em São Paulo e Minas Gerais. Dos 7 maiores repasses de verbas feitos pela direção nacional petista no primeiro mês de campanha, 6 foram para candidatos a prefeito dos dois Estados, ambos governados pelo PSDB. Com a injeção de recursos no Sudeste -- a direção estadual do Rio levou outros R$ 475 mil --, quem ficou à míngua foram os candidatos do partido no Nordeste. Fernando Haddad  foi quem mais recebeu recursos da direção nacional do PT: R$ 950 mil --  além de outros R$ 500 mil doados pelo diretório municipal.

No PSB, quem mais recebeu da própria sigla foi Luciano Ducci (R$ 2,15 milhões), que concorre em Curitiba. Os candidatos do partido em Belo Horizonte, Marcio Lacerda, e no Recife, Geraldo Julio, ambos em disputa acirrada com o PT, receberam o mesmo valor: R$ 1 milhão cada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/08


2012

Marta dirá hoje a Lula que não quer Maluf a seu lado

 A senadora Marta Suplicy (PT-SP) concordará em gravar mensagem de apoio ao candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, no horário eleitoral, mas não quer aparecer em nenhum ato ao lado do deputado Paulo Maluf (PP), que aderiu à campanha petista. A decisão de Marta será comunicada nesta segunda-feira ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem ela vai almoçar.

Marte cederá aos apelos de Lula e Dilma, mas com algumas condições. Não quer, por exemplo, ver Maluf por perto, embora o deputado também tenha apoiado sua frustrada tentativa de reeleição, no segundo turno da campanha de 2004, quando ela perdeu a Prefeitura para José Serra, do PSDB. Além de se recusar a aparecer junto com Maluf, Marta não pretende gastar sola de sapato por Haddad. Ela irá a um ou outro compromisso da campanha e subirá no palanque do ex-ministro, mas não com a frequência que desejam os petistas.(Informações de O Estado de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Republicano

Depois de tantos e tantos anos dormindo com o Eduardo Suplicy, "dorme" agora com o Maluf... isso é que é escolher mal, os machos!