FMO janeiro 2020

25/11


2021

O bolsonarismo e Confúcio

Por Ednaldo Émerson*

O brasileiro comum vota mais em pessoas que em ideias. Bolsonaro tem um misto desses dois tipos de eleitores, os que apoiam a pessoa e os que apoiam as idéias e valores do Governo Federal.

Parte apoia e defende Bolsonaro motivados por sua pessoa, independente do que o capitão fizer em seu governo de agora em diante. Outra parte significativa dos apoiadores do capitão existem pelas idéias e valores de seu governo e, alguns destes, tem uma visão mais pragmática e defendem Bolsonaro por ser o único político que na prática pode continuar levando a frente valores e princípios liberal-conservadores.

Mas, independente do tipo de apoio, o Presidente Bolsonaro tem uma característica interessante que atrai a maioria de seus seguidores, essa característica pode ser resumida em uma frase bastante falada dentro das unidades militares brasileiras: "a palavra convence, mas o exemplo arrasta". Bolsonaro tem a caracteristica de um líder que arrasta multidões através do exemplo de enfrentar os problemas "dando a cara a tapas", ou como o capitão já falou diversas vezes: "eu coloco o meu na reta!".

Alguns políticos pernambucanos e apoiadores do Governo Bolsonaro tem se destacado principalmente por esta característica de enfrentamento, são eles: o Ministro do Turismo Gilson Machado, a Deputada Estadual Clarissa Tércio e o militante político e suplente de vereador Abimael Santos.

O Ministro do Turismo, Gilson Machado, em entrevistas complicadas não falta com respostas e verdades ácidas, inclusive colocou ao chão o auditório de reunião de cúpula do G20 esclarecendo, com dados, que o Brasil é o país do G20 que menos polui, ou seja, Gilson se expõe colocando "a cara a tapas" perante parte da grande mídia que mistura jornalismo e militância.

A Deputada Estadual Clarissa Tércio tem feito o mais árduo e díficil trabalho do parlamentar que é fiscalizar pessoalmente, fazendo denúncias pontuais de problemas na administração estadual e tem enfrentado a gigante máquina do Governo do Estado que aprova tudo que quer, sendo uma uma voz quase que solitária na assembléia legislativa que não ficou o mandato trancada no gabinete.

O militante político e suplente de vereador por Toritama Abimael Santos é um ferrenho crítico do governo Paulo Câmara e segue o perfil de "Fiscal do Povo" recebendo denúncias e gravando vídeos apontando a falência da máquina do Governo Paulo Câmara, denunciando rodovias estaduais problemáticas, obras estaduais com problemas, e defendendo o Governo Bolsonaro de forma bastante firme, dando "a cara a tapas".

Muitos políticos ou pretendentes a político surfaram a onda Bolsonaro 2018, mas essa maré parece que está mudando e revelando os "surfistas" da onda Bolsonaro por faltarem com essa caracteristica de seguir o lema: "as palavras convencem, mas o exemplo arrasta", e o público tem dado a resposta.

Em setembro, durante a visita do Ministro do Turismo ao Agreste, o público deu resposta a um aparente "surfista bolsonarista" que fazia parte da comitiva: Silvio Nascimento, diretor de Marketing da Embratur, que apesar de declarar ser um defensor de Bolsonaro, vive escondido, não se expõe em defesa das pautas conservadoras, mesmo em momentos de crise, e por isso sofreu vaias durante uma inauguração no agreste.

O lema: "as palavras convencem, mas o exemplo arrasta" é de autoria desconhecida, alguns dizem ser do filósofo Confúcio, mas uma coisa é certa: quem surfou por aparência na "onda bolsonaro" / "onda conservadora" provavelmente não o fará novamente com tanta facilidade.

*Advogado e observador político


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Queila Garcia

Texto muito inteligente, com narrativas concretas, verdadeiras e atualizadíssimas! Parabéns Ednaldo, hoje em dia está cada vez mais raro encontrar conteúdo confiável para ler. Só encontramos críticas vazias e xingamentos, pois a esquerda não tem conteúdo para escrever no mesmo nível!

Erika Soares

Pode ficar tranquilo, sr Alberto Costa Santos, pois a família fica orgulhosa em ler um artigo válido e argumentativo ao invés ofensas gratuitas, infundadas e infantis.

Ednaldo Émerson

Agradeço a crítica, espero que tenha lido o texto na integra.

Alberto Costa Santos

Rapaz: Já vi todo tipo de puxa saco, mas esse é muito sem noção. Que mané... Acho que a família desse cara ficou corada...


Jaboatão - Família Acolhedora

25/11


2021

General Santos Cruz se filia ao Podemos

O Podemos filiou, hoje, o ex-ministro da Secretaria do Governo e general da reserva do Exército Brasileiro, Carlos Alberto dos Santos Cruz, em uma cerimônia que contou com a presença de Sergio Moro, também recém-chegado ao partido e possível pré-candidato da legenda à Presidência em 2022. As informações são do portal CNN.

Tanto Moro quanto Santos Cruz são ex-ministros do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) e ambos têm feito críticas públicas à gestão. O militar participou do evento de filiação do ex-juiz ao Podemos e defendeu sua candidatura à presidência.

Ao apresentar Santos Cruz, Moro destacou que o general é da reserva e não da ativa do Exército. O general pretende pleitear por uma vaga no Senado Federal.

Moro afirmou que o general demonstrou “desprendimento e caráter” ao se retirar do governo Bolsonaro “quando percebeu que o plano do governo não era construir um País melhor, mas sim seguir planos pessoais do governante”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE - Ações Sociais

25/11


2021

Humberto tem alta após angioplastia

O senador Humberto Costa (PT-PE) recebeu alta, hoje, após se submeter a uma angioplastia. O parlamentar ficou internado por cinco dias no Hospital Esperança, em Olinda.

Ele informou a saída da unidade de saúde pelas redes sociais (assista acima).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

25/11


2021

Antonio Coelho exalta investimento da Petrobras em PE

O deputado estadual Antonio Coelho recebeu com satisfação a notícia, publicada hoje, sobre a retomada de investimentos da Petrobrás em Pernambuco. A estatal brasileira anunciou que vai investir US$ 1 bilhão para concluir a segunda unidade da Refinaria Abreu e Lima (Rnest). O objetivo é aumentar a capacidade da Rnest de 115 mil para 260 mil barris/dia em 2027.

“Isso representa mais investimentos e mais recursos federais que chegam a Pernambuco. Dessa vez, por meio da Petrobras. Esse exemplo só nos prova como uma Petrobras eficiente e internacionalmente competitiva pode contribuir com o desenvolvimento de Pernambuco e do Brasil”, enalteceu o líder da Oposição na Assembleia Legislativa.

O investimento na Refinaria Abreu e Lima é parte do plano de investimentos anunciado ontem pela Petrobras de US$ 68 bilhões para o período 2022-2026. Ainda que o foco continua sendo o pré-sal, a nova proposta da estatal também é marcada pela retomada dos investimentos no aumento da capacidade de refino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/11


2021

Leitor xinga governador por não usar estrada

Na chegada a Altinho, no Agreste Central, hoje, o governador Paulo Câmara (PSB) foi confrontado por um morador, que perguntou por que ele evitou a rodovia e chegou de helicóptero. "Vem pela BR de carro, governador!", disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina outubro 2021

25/11


2021

Geraldo quer gastar R$ 1 milhão para contar árvores

EXCLUSIVO

Mais uma licitação polêmica na gestão de Geraldo Júlio (PSB) na Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco. Agora, o ex-prefeito vai contratar uma ONG para o que está sendo chamado, segundo fonte no próprio Poder Executivo, de "contar as árvores de SUAPE". Geraldo vai gastar R$ 1.167.000,00 (um milhão e cento e sessenta e sete mil reais) para "estimar a biomassa e quantificar o estoque de carbono nas áreas da zona de preservação ecológica de SUAPE". A ONG contratada para a tarefa milionária tem sede na Iputinga, no Recife.

O que espantou os servidores do próprio Poder Executivo é que este gasto da gestão de Geraldo será feito desconsiderando o desemprego de 21,6% do Estado de Pernambuco, recorde nacional histórico anunciado em setembro. O IBGE revelou em setembro que o Estado bateu um recorde histórico nacional proporcional com 21,6% de desemprego em Pernambuco. Geraldo é o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado e sua função seria gerar empregos, mas, pelo visto, só está dando atenção às licitações da sua pasta.

Várias outras licitações polêmicas têm sido realizadas pela gestão de Geraldo a "toque de caixa". No início da gestão de Geraldo, SUAPE tentou comprar R$ 15 milhões em móveis de luxo para os escritórios do órgão público. A licitação dos "móveis de luxo" só foi cancelada após a ampla repercussão da denúncia do Blog nas redes sociais. Neste mês de novembro, a gestão de Geraldo anunciou querer cercar o Porto de Suape com uma cerca de arame farpado. O que causou surpresa nos servidores do próprio Poder Executivo, sob reserva de fonte, foram os números superlativos da nova licitação. Serão 171 quilômetros da cerca com arame farpado e estacas de madeira, maior que a extensão do famoso Muro de Berlim, na Guerra Fria. A gestão de Geraldo fez exigência que todas as estacas sejam individualmente pintadas de branco. O custo de mais esta extravagância da gestão de Geraldo no Estado ficará na “bagatela” de R$ 8 milhões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

25/11


2021

São Bento do Una mostra interesse em aderir ao CONIAPE

O prefeito Alexandre Batité (MDB), do município de São Bento do Una, juntamente com a procuradora jurídica, Ruth Azevedo, e a secretária de Saúde, Dalma Noely, foram recepcionados, ontem, na sede do Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (CONIAPE).

A visita teve como objetivo conhecer a estrutura do CONIAPE, bem como o seu funcionamento. O secretário executivo, Allan Kardec, fez a apresentação dos programas existentes nos núcleos intermunicipais de Saúde, Educação, Meio Ambiente e Iluminação Pública, o que deixou o prefeito bastante interessado em incluir o município no rol dos consorciados.

São Bento do Una localiza-se no Agreste de Pernambuco, se estende por 719,2 km² e conta com 60.567 habitantes (estimativa IBGE/2021).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Novembro

25/11


2021

Privilégios de classe e casta na educação

Por José Nêumanne*

Educação não é privilégio é o título da obra mais importante do fundador do conceito de escola pública em tempo integral no Brasil, o baiano de Caetité Anísio Teixeira, que, não por homenagem vazia, mas por mérito incontestável, completa o nome do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Ou seja, a repartição pública que administra o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no centro das atenções no momento. Aliás, Enem e Inep são os dois piores exemplos de como a teoria no nome é invertida: entre os privilégios de classe e de casta no País destaca-se o elitista vezo histórico, oposto à intenção benemérita do formulador dos Centros Integrados de Educação Pública (Cieps), no Rio, e dos Centros Educacionais Unificados (Ceus), em São Paulo.

Não se trata de imposição da direita ou da esquerda, mas de uma tradição arraigada, que deforma todas as tentativas de corrigir seu rumo. Inspirada em Ruth Cardoso, mulher do então presidente da República Fernando Henrique Cardoso, a pesquisadora de políticas públicas Ana Fonseca criou o programa de Renda Mínima na gestão do tucano José Roberto Magalhães Teixeira, o Grama, em Campinas. À época, o ex-reitor da Universidade de Brasília (UnB) Cristovam Buarque implantou no governo do Distrito Federal o programa Bolsa Escola. A denominação condicionava o desembolso de dinheiro público ao incentivo para lares pobres matricularem a prole.

No primeiro governo Lula, do qual Buarque foi ministro da Educação, a ideia original alterou o enfoque educativo para assistencialista com o Bolsa Família, que manteve, mas não priorizou, a necessidade da matrícula para o recebimento do dinheiro. O desgoverno Bolsonaro deixou o programa social finar por inanição e promete substituí-lo por outro, assumido como apenas assistencialista, o tal Auxílio Brasil.

Essa inversão da prioridade educacional para a assistencial direciona, evidentemente, o objetivo social para o político, assumindo a mendicância militante. Seja à esquerda, seja à direita, como sequência natural dos antigos programas paternalistas das obras contra as secas e condicionando a emergência à compra indireta dos votos num populismo contra o povo, como o pratica o atual desgoverno.

A história contemporânea produziu a adulteração da denominação dos planos de incentivo à educação básica em muletas sociais para a distância abissal entre as migalhas para a instrução pública inicial e o dispêndio insustentável no nível superior. O exemplo de Inep/Enem é de uma clareza absoluta. Criado para avaliar e, em seguida, qualificar o ensino médio, que seria a prioridade evidente de qualquer gestor público bem intencionado, é usado como via de acesso para instituições superiores, substituindo o método tradicional do vestibular. A perenidade dos privilégios de classe e casta é óbvia, cega, muda e surda.

A pretexto de extinguir o inexistente risco da ditadura comunista, o golpe militar de 1964 paralisou as instituições democráticas por 20 anos, mas perdeu, por evidentes limitações intelectuais, a guerra pelo controle ideológico dos câmpus. Quando o regime ruiu sobre os próprios pés de barro, o domínio intelectual do marxismo-leninismo mostrou seu fascínio de corações e mentes e exibiu sua adesão ao elitismo dominante das origens de classe de seus devotos e prosélitos.

O Inep deixou de honrar o nome do pedagogo que o batizara. E o Enem sobreviveu à invasão solitária do policial federal na elaboração secreta da prova. Como a intelligentsia socialista manteve as superstições de cátedras intactas após a invasão do câmpus da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo pelos meganhas comandados pelo coronel reformado do Exército Erasmo Dias, em 1977.

Marx, o papa do “socialismo científico”, não compareceu na prova a que o menor número de inscritos desde 2005 foi submetido. Mas seu arrimo de família e sócio minoritário, Friedrich Engels, manteve acesa a luta de classes num quesito esquisito retirado de sua insignificante obra A situação da classe trabalhadora na Inglaterra.

Esse texto, obsoleto há 176 anos, desde a publicação, desmoraliza os autores da prova, que podiam ter tratado do desemprego do operariado brasileiro a olho nu na calçada de casa. E também os fracassados interventores Jair Bolsonaro, Milton Ribeiro e Danilo Dupas, vítimas da própria ignorância. Eles na certa conhecem Chico Buarque e Henfil, mas dificilmente terão lido Admirável Mundo Novo, do britânico Aldous Huxley, parodiado em canção pelo sertanejo Zé Ramalho, sucesso na trilha sonora de O Rei do Gado, telenovela de Benedito Ruy Barbosa. Dificilmente terão compreendido que o título da canção, que troca mundo por gado, ironiza a alcunha pejorativa de fanáticos bolsonaristas.

Neste momento em que crianças desmaiam de fome nas classes, desafiando sua exclusão da instrução pela desnutrição, a esquerda resistente e a direita demolidora associam-se na manutenção desumana do elitismo impiedoso que expulsa os pobres da escola e a pandemia do exame escolar. São cúmplices da inanição letal e da repartição da ignorância, único bem repartido na república dos desiguais.

*Jornalista, poeta e escritor


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Feira da Sulanca

25/11


2021

Aguinaldo Fenelon torna-se procurador

O promotor Aguinaldo Fenelon de Barros foi promovido para o cargo de procurador de Justiça Criminal. De acordo com uma portaria assinada pelo procurador-geral de Pernambuco, Paulo Augusto de Freitas, e publicada hoje no Diário Oficial do Estado, ele assume o cargo em 1° de dezembro.

Aguinaldo Fenelon foi procurador-geral de Justiça de Pernambuco entre 2011 e 2014.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Arcoverde novembro 2021

25/11


2021

Sem acordo, pilotos e comissários iniciam greve

Pilotos e comissários de bordo associados ao Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) decidiram, em assembleia realizada ontem, realizar greve a partir da próxima segunda-feira (29/11), por tempo indeterminado.

O objetivo da greve é reivindicar a falta de negociações com as companhias aéreas. Os trabalhadores se alternarão durante os dias de paralização, tendo 50% dos tripulantes em serviço em dias alternados.

Os funcionários querem, segundo nota divulgada pelo sindicato, que as empresas façam um reajuste salarial suficiente para contemplar “a reposição das perdas inflacionárias nos últimos dois anos”.

“Desde o início da pandemia, a categoria nunca parou de trabalhar, tendo enfrentado graves riscos de contaminação por covid-19, e deu sua contribuição no combate à doença transportando vacinas, insumos e equipamentos”, pontua a nota.

Além disso, o SNA afirma que pilotos e comissários aceitaram, “de maneira correta, reduções salariais e remuneratórias que perduram até hoje”. Os empregados também pedem a manutenção das cláusulas da convenção coletiva vigente, que as empresas aéreas querem mudar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

25/11


2021

Governo emite nota sobre Bacia Leiteira de PE

Nota oficial

Ao que se refere ao apoio e assistência à Bacia Leiteira de Pernambuco, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, junto ao Governo de Pernambuco, vem trabalhando intensamente em programas para o crescimento e melhoria do setor e de produtores rurais.

O secretário da pasta, Claudiano Filho, está em constante reunião com os produtores rurais, em busca de solucionar eventuais problemas ou impasses com órgãos governamentais, além de criar projetos, leis e programas que beneficiam os produtores e a bacia leiteira em todo o estado.

Está construção o Centro de Coleta e Processamento de Sêmen (CCPS) na Estação Experimental de São Bento do Una, localizado no interior do estado. Com o objetivo de atender a demanda dos produtores rurais das principais bacias leiteiras do estado, o centro, o Centro servirá como local de triagem, avaliação e seleção de tourinhos, principalmente do rebanho da raça holandesa. Para garantir maior produtividade e rentabilidade, o laboratório irá coletar, processar e difundir o material genético da espécie bovina e também de pequenos ruminantes (caprinos e ovinos). Os animais já terão uma genética adaptada às condições climáticas do agreste pernambucano.

Além da técnica de reprodução artificial, a estação experimental ampliará a área de treinamento para inseminadores, com cursos regulares para difundir o uso da tecnologia da inseminação artificial, a partir do sêmen de animais do rebanho do IPA.

Em 2019, foi aprovada a isenção da taxa de licenciamento ambiental para fábricas de laticínios de pequeno e médio porte, projeto de autoria de Claudiano Filho. Foi aprovado também a criação do programa de segurança alimentar para o rebanho leiteiro e a inserção do queijo manteiga, manteiga de garrafa e doce de leite artesanais na Lei nº 13.376, de 20 de dezembro de 2007. A medida fortalece o setor, garante mais qualidade aos produtos e movimenta a economia. Inclusive a fazenda Belo, citada na reportagem, foi uma das beneficiadas com a Lei do queijo artesanal, que hoje é uma grande referência para o estado.

Está em andamento também, o projeto de estruturação hídrica na bacia do Rio Ipanema, que irá beneficiar todos os municípios que cortam o rio. O projeto será estendido e irá beneficiar principalmente a bacia leiteira da região do Agreste Meridional, incluindo Águas Belas.

A respeito do escritório do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) no município de Águas Belas, o mesmo voltará a ter o expediente normal com o objetivo de assistir a todo o público que procurar os serviços do órgão.

Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

25/11


2021

Israel Filho no Sextou

Estrela exportada do País de Caruaru para brilhar na música regional brasileira, o cantor Israel Filho confirmou, há pouco, sua presença no Sextou de amanhã, quadro no Frente a Frente criado para destacar o talento e a carreira de quem faz música de boa qualidade no País.

Primeiro pernambucano a conquistar o Prêmio Sharp de Música em 1990, Israel Filho ganhou projeção nacional com a música Ai que saudade de você, interpretada por grandes astros da MPB. Até Luiz Gonzaga, o rei do baião, deixou um testamento rasgando elogios a Israel.

O Frente a Frente, hoje transmitido para 44 emissoras nos Estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Bahia, vai ao ar às 18 horas pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Nova FM 98,7, no Recife. Se você deseja ouvir pela internet, clique no botão Rádio acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na play store.

Clicando neste link, você ouve “Ai que saudade de você”, um dos maiores sucessos de Israel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes novembro 2021

25/11


2021

A marcha fúnebre do Vassourinhas

Por Antonio Magalhães*

O frevo Vassourinhas assanha multidões, ou melhor, assanhava, pois desde 2021 ele só mexe com  o imaginário dos pernambucanos frequentadores dos festejos de Olinda e Recife. A pandemia da Covid já enterrou o Carnaval de 2021 e possivelmente vai silenciar os frevos em 2022.

O prefeito do Recife, João Campos, prefere não se definir agora sobre o tema. Deixa para mais adiante a decisão sobre a realização ou não do Carnaval na capital. Mas já ouviu do secretário de Saúde do  Estado, André Longo, que não haverá segurança sanitária para a festa.

As mesmas autoridades que pregavam o “fique em casa” na pandemia estão apostando na vacinação completa dos pernambucanos para anunciar a festa. Sabendo que mesmo vacinadas, as pessoas podem se contaminar e contaminar mais gente. Além do mais, o Carnaval atrai turistas de vários lugares, saudáveis ou não.

Na dúvida, não ultrapasse, alerta o sinal de trânsito nas rodovias. Mas João Campos já ultrapassou o bom senso ao abrir licitações para instalar a infraestrutura da festa. E já esteve no Rio de Janeiro conversando com o prefeito Eduardo Paes – um imprevidente que deseja de qualquer forma fazer o carnaval carioca – para conversar sobre a viabilização dos festejos.

Já o prefeito de Olinda, o professor Lupércio, um mestre sem alunos, disse que acompanha de perto o desenrolar da vacinação anti-Covid na sua cidade. E com 100 por cento da população imunizada vai ser possível fazer a festa, alegou. Como se o milhão de foliões que enchem as ladeiras de Olinda fossem todos seus habitantes.

Lupércio, a exemplo de João Campos, vem tomando providências para montar o Carnaval. E disse que vai ajudar financeiramente. Só um pouco diferente do irresponsável prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kail, o Gargamel, como é chamado na cidade, que afirmou que a prefeitura não vai colocar um tostão na festa. Mas não se incomodará se ela tiver patrocínio privado. Um Pilatos momesco.

Na verdade, essa turma do “fique em casa”, agora travestida de “todos no Carnaval”, só está preocupada com o faturamento da festa. Quantos milhões de reais virão com o Momo, um evento que em tempos pré-pandêmicos gerava empregos, renda e impostos. É o que interessa.

Quando este grupo dizia, depois de fechar tudo, que a saúde da população é que interessava porque a economia – emprego e renda – ficaria para depois, conseguiu abalar financeiramente a vida de pessoas, municípios, Estados e País. Agora, ironicamente, a saúde não é mais prioridade. O foco é o Carnaval, que sequer deveria ter acontecido em 2020. Um mês antes já eram notificados os primeiros casos de contaminação pelo vírus chinês.

Mas como os três macaquinhos, o governador de Pernambuco Paulo Câmara, na época, não quis “ouvir” nada sobre os riscos, não “enxergou” a realidade pensando apenas na sua popularidade. E “calou-se” num silêncio mortal, deixando que milhões de pernambucanos e turistas se aglomerassem, transpirassem, tossissem, passando viroses variadas em eventos como o Galo da Madrugada, o carnaval do Recife Antigo, o sobe-e-desce das ladeiras, os Papangus de Bezerros e em todos os  blocos.

As autoridades, se que é podem ser chamadas assim, querem esperar até janeiro de 2022 para dar um veredicto ou uma sentença de morte se vai ter ou não Carnaval. Independentemente do que esses imprevidentes anunciem, é melhor ficar bem distante das multidões carnavalescas, se realmente elas se formarem com tanta coisa no ar, além do frevo. Bem, creio que é melhor aproveitar o Carnaval ficando em casa e com saúde. Dessa vez vale o “fique em casa”. É isso.

*Jornalista  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Sempre foram defensores de tratamentos com drogas ineficazes, aqui se destaca a cloroquina. Disseminadores de fakes, falsas pesquisas sobre covid-19.....

Joao

O jornalista cloroquina, fã do acéfalo , defendendo o fique em casa! Jesus como as coisas mudam. Mas não faz isso por vontade própria, mas sim, por conveniência, assim como todos os bozolóides estão fazendo.


Pousada da Paixão

25/11


2021

Coluna da quinta-feira

Candidato, mas de Bolsonaro

Na conversa que teve, ontem, em Brasília, com o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, saiu convencido de que não lhe faltará apoio da sua atual legenda para qualquer projeto majoritário no Estado em 22, seja o Governo do Estado ou o Senado, mas com uma única condição: estar no palanque de Bolsonaro.

Para entrar no PL, o presidente da República só se submeteu a um capricho do atual comando liberal: não interferir no acordo fechado em São Paulo, reduto eleitoral de Costa Neto. No restante dos Estados, só fica no PL quem estiver no palanque da reeleição de Bolsonaro. Anderson terá que avaliar com prazo chegando ao final em abril, etapa final de filiações.

Sua pré-campanha ao Governo do Estado tem sido centrada num mote só: distanciamento das forças governistas, evitando qualquer ligação com o bolsonarismo. “Ele tem nosso apoio para qualquer candidatura, mas terá que estar do nosso lado, do lado de Bolsonaro”, disse, claramente, Valdemar, segundo uma fonte do diretório nacional do PL.

Se até abril, o cenário estiver mais confortável para Bolsonaro, com vistas à sua reeleição, é bem provável que Anderson passe a ouvir muito mais Costa Neto e a cúpula do PL, que torcem e trabalham pelo seu alinhamento ao Planalto, do que mesmo Raquel Lyra e Armando Monteiro, as estrelas tucanas do Estado, com quem firmou uma espécie de pacto para estarem juntos nas eleições do ano que vem.

Como a política é muito dinâmica e ninguém gosta de perder nada, muito menos um partido com chances de vir a ter, como o PSL na era Bolsonaro, o maior fundo eleitoral entre todos os partidos, com chances de ocupar cadeiras na Esplanada dos Ministérios, o que se sabe, hoje, é que Anderson não tem ainda uma decisão amadurecida. Não sabe se fica no PL e sai candidato a governador abraçado com Bolsonaro ou se permanece fiel às juras de amor que fez a Raquel.

Jogou a toalha – A cúpula do União Brasil, fruto da fusão entre o DEM e o PSL, concluiu, ontem, que a única terceira via possível nas eleições presidenciais de 2022 é a do ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça Sergio Moro. O partido pretendia lançar o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta ao Palácio do Planalto em 2022, mas ele deverá abrir mão da disputa. Filiado ao DEM, o nome de Mandetta havia sido aventado tanto pelo seu atual partido quanto pela legenda futura como opção viável para a disputa eleitoral, mas a entrada de Moro no jogo inviabilizou sua possível candidatura.

Voo de galinha – Quem torce o nariz para o possível apoio de Bolsonaro à candidatura de Anderson Ferreira a governador é a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, que tem um acordo fechado para fazer a campanha de braços dados com o prefeito de Jaboatão, ela na disputa pelo Palácio do Campo das Princesas, ele para o Senado. Sem o PL e, consequentemente, Anderson, a tucana terá que rever a sua postulação, calculando o risco de largar o certo pelo duvidoso, ou seja, mais dois anos na Prefeitura por um voo de galinha.

Segurança zero – Recife continua campeã em violência, sem distinção de cor, sexo, faixa etária e classe social. Ontem, na Rua do Progresso, na Boa Vista, área central do Recife, um homem armado chegou de bicicleta, na frente de um prédio e roubou o celular de uma advogada que esperava um carro de aplicativo de transporte. Após o assaltante apontar a arma para a mulher, de 42 anos, ela correu, jogou o celular no chão e entrou no edifício. Em seguida, o ladrão pegou o aparelho e fugiu na bicicleta, sem que tivesse um só policial nas imediações.

Boa notícia – O governador garantiu, ontem, a ampliação da oferta do ensino integral em escolas de nível fundamental e médio e a criação de novas escolas técnicas. De acordo com a Secretaria de Educação e Esportes, 75% das escolas de ensino médio passam a ser integrais em 2022. Para 2022, estão previstas mais 11 Escolas Técnicas Estaduais, sendo que seis delas são unidades de referência que viram técnicas e cinco que estão em construção. Além disso, 104 escolas estaduais existentes serão transformadas em unidades de referência em Ensino Médio (Erem), Fundamental e Médio (Eremfem) e fundamental (Eref), todas com oferta de aulas em tempo integral.

Felizes para sempre? – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou, ontem, a sua filiação ao PL (Partido Liberal) na próxima terça-feira, às 10h30. Afirmou que está “tudo certo para ser um casamento” e serem “felizes para sempre”. “Marcou para terça. Tudo bem, acertamos São Paulo e o resto do Brasil. Está tudo certo para ser um casamento e sermos felizes para sempre”, disse. Deu declaração no caminho a pé de volta para o Palácio do Planalto depois de participar de solenidade na Câmara dos Deputados em que recebeu a Medalha de Mérito Legislativo.

CURTAS

MUDANÇAS NO TCE – Pernambucano de Orocó, o conselheiro Ranilson Ramos foi eleito e anunciado, ontem, novo presidente do Tribunal de Contas do Estado para o biênio 22/23. Talhado para a vida pública, Ramos é considerado um arraesista histórico, tinha livre trânsito com Eduardo Campos, por quem foi nomeado para o TCE, e deixou como herdeiro na política o deputado Lucas Ramos.

NO CEARÁ – Líder dos trabalhadores em segurança pública do Ceará, o deputado federal Capitão Vagner, do Pros, ingressa no PL e será apoiado pelo presidente Bolsonaro na disputa pelo Governo cearense em 22.  Ele se notabilizou por liderar um motim da Polícia Militar do Ceará em 2011, no qual gerou insegurança a população e trouxe caos para a cidade de Fortaleza com uma quarentena forçada. Na ocasião, trocou insultos com o então governador Cid Gomes e seu irmão Ciro Gomes.

Perguntar não ofende: Não aceitando ser liderado por Bolsonaro, para quais braços Anderson correrá?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/11


2021

Moro é o candidato mais competitivo contra Lula

O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) é o candidato mais competitivo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em um 2º turno nas eleições de 2022, segundo pesquisa PoderData realizada de 22 a 24 de novembro de 2021. Se as eleições fossem hoje, Moro ficaria 17 pontos percentuais atrás do petista, perdendo por 48% a 31% em um confronto direto. É a menor diferença entre todos os pré-candidatos testados contra Lula, que vence todas as simulações de 2º turno testadas pela divisão de pesquisas do Poder360.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) marca 31% contra 54% do petista, uma diferença de 23 pontos percentuais. Há 1 mês, a distância era de 15 pontos percentuais.

Foi a 1ª vez que o PoderData testou um 2º turno com Lula e Sergio Moro depois que o ex-juiz filiou-se ao Podemos e falou como pré-candidato. Neste cenário, 20% dos eleitores escolheriam votar nulo ou em branco e 1% deles não sabem.

No 2º turno com Lula e Jair Bolsonaro, o ex-presidente pontua 54% contra 31% do atual. São 14% os entrevistados que votariam nulo ou em branco e 1% os que disseram não saber. Na rodada anterior, nulos eram 10%.

A Pesquisa PoderData foi realizada por meio de ligações para telefones celulares e fixos. Foram 2.500 entrevistas em 459 municípios nas 27 unidades da Federação de 22 a 24 de novembro de 2021. A divulgação do levantamento é realizada em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Clique aqui e confira a pesquisa completa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros