Jaboatão

09/10


2006

Imprensa internacional destaca debate na Band

Jornais da Argentina, Espanha e França destacaram a dureza e a agressividade no primeiro debate entre os candidatos à Presidência do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, que disputa a reeleição pelo PT, e Geraldo Alckmin, concorrente tucano.

Segundo o argentino ''Clarín'', foi um debate duríssimo que não poupou envolvidos em escândalos de corrupção tanto do lado de Lula como de Alckmin. O jornal destacou que Alckmin começou o debate perguntando a Lula sobre a origem dos R$ 1,7 milhões apreendidos pela Polícia Federal com membros do PT em um hotel paulistano no mês passado que seriam usados na suposta compra de um dossiê contra candidatos tucanos.

O ''Clarín'' também destacou a resposta de Lula; de que o importante da ética é castigar os corruptos e não ocultá-los como fez o PSDB. Para o jornal, o tom do debate foi de ataques por parte dos dois candidatos. Para o jornal, Alckmin adotou um tom agressivo ''muito pouco freqüente na sociedade brasileira ao colocar-se no limite do respeito ao presidente ao tratar Lula como mentiroso por várias vezes.'' Segundo o ''Clarín'', Alckmin errou ao não perceber que seria atacado por onde menos esperava, os escândalos de corrupção e o programa de privatizações ocorridos durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e perdeu forças ao colocar-se na defensiva enquanto Lula crescia ao se mostrar mais tranqüilo.

O também argentino ''La Nacion'' afirma que o debate foi tenso e carregado de acusações mútuas. Segundo o ''La Nacion'', Alckmin adotou um tom duro e explorou os escândalos de corrupção no governo de seu adversário, principalmente o do dossiê. O jornal também destacou as acusações de Lula que, em um eventual novo governo do PSDB, haverá novas privatizações.

Para o espanhol ''El País'', Lula e Alckmin lavaram a roupa suja da política brasileira dos últimos anos no debate de ontem, que foi marcado por acusações dos dois lados. O periódico espanhol disse que Lula foi encurralado por Alckmin em relação aos escândalos de corrupção ocorridos desde o ano passado. O jornal espanhol também destacou o endurecimento do tom adotado pelo dois candidatos ao longo do debate e a troca de acusações de corrupção tanto pelo tucano como pelo petista.

O também espanhol ''El Mundo'' destacou o tom de embate adotado pelos presidenciáveis brasileiros no debate de ontem. Para o jornal, a troca de acusações entre Lula e Alckmin foi a tônica geral e a exploração dos escândalos de corrupção, principalmente da crise do dossiê.

O jornal destacou as questões abordadas por Alckmin sobre o dossiê contra candidatos tucanos e as acusações de Lula de que alguns dos escândalos de corrupção ocorridos em seu governo teriam começado durante a gestão de seu antecessor, FHC.

Para o jornal francês ''Le Monde'', o tom da campanha eleitoral para o segundo turno foi definido pelo debate de ontem e será bastante agressivo. De acordo com o jornal francês, o debate foi dominado pelos ataques aos escândalos de corrupção ocorridos durante o governo de Lula e pelo tom agressivo de Alckmin, que, para o jornal, surpreendeu o presidente. O jornal também destacou que a defesa de Lula foi dizer que foi traído, não sabia ou que a ética consiste em punir. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Lula continuará mais quatro anos no governo por um motivo muito simplles: a sua oposição não empolga e nem inspira confiança a ninguém. E isso joga a favor do petista.

Francisco Filho

INDEPENDENTEMENTE DO QUE ACHA A IMPRENSA INTERNACIONAL, DEBATER PROPOSTAS COM LULA SEM COMENTAR SEUS MUITOS DESLIZES, SE É QUE PODEMOS CHAMAR ASSIM O MAR DE LAMA, É PERDA DE TEMPO. PROBLEMAS NOSSOS, NÓS RESOLVEMOS. SE ERRAMOS EM COLOCAR LULA NO PLANALTO, CHEGOU A HORA DE NOS REDIMIRMOS.


PREF DE OLINDA DESAFIOS DA PANDEMIA 21

09/10


2006

O adeus a dom Francisco, o Profeta do Sertão

Uma multidão emocionada, que entoava uma canção cujo refrão dizia ''Quanta a saudade ele deixou entre nós'', deu, hoje, em Afogados da Ingazeira, a 386 km do Recife, o último adeus ao bispo emérito do Pajeú, dom Francisco Mesquita, conhecido como ''O profeta do Sertão''. O sepultamento do religioso atraiu também políticos de todas as tendências, entre eles o governador Mendonça Filho (PFL) e o ex-ministro Eduardo Campos, candidato do PSB a governador de Pernambuco.

“Dom Francisco/quanta saudade/o senhor deixou entre nós/ hoje vivo em nossa luta/ /dá mais força  à nossa voz/ defendeste o pobre sem voz/fosse a voz de todo o sertão / somos gratos ao teu amor/pelo povo do nosso torrão/Pajeú chorando saudoso/em silêncio de oração/obrigado velho querido/pai aguerrido de bom coração”, cantavam milhares de admiradores do bispo. Em meio a forte emoção, o senhor José Florentino Correia, mais conhecido como Tota Flor, de 91 anos, morreu durante o enterro, vítima de um infarto fulminante.

Cada sertanejo homenageou dom Francisco no seu estilo.“Era uma pessoa boa. Defendeu muito a gente. É o pai da gente”, definiu a sertaneja Francisca Marques da Silva, da comunidade de Saco da Serra, zona rural de Afogados da Ingazeira. Bispos da Regional Nordeste 2 da CNBB estiveram presentes. A concelebração foi presidida pelo Bispo Diocesano Dom Frei Luis Gonzaga Silva Pepeu, sucessor de Dom Francisco, a quem sempre tratou como “pai e conselheiro”.

Dom Luis revelou parte do texto deixado por Dom Francisco em testamento. “Digo, humildemente, como São Paulo : Combati o bom combate. Terminei a minha carreira. Guardei a fé. Peço a Deus por intercessão de Maria o perdão dos meus pecados. Seja feita em tudo a vontade de Deus em cujas mãos me entrego”.

O governador Mendonça Filho veio acompanhado de lideranças políticas locais e participou da celebração. Seu adversário, Eduardo Campos, também veio e ficou o tempo todo em companhia do prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares, aliado político. As informações estão no site do comunicador Nill Júnior, da Rádio Pajeú.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Hélio noronha

Convivi com Dom Francisco, conversei com ele, ouvi suas opiniões. Não era visionário: era homem de ação, de luta, de enfrentamento em defesa dos oprimidos. Foi a voz ativa do Sertão na luta contra os males do "sistema" que privilegia o capital em detrimento do homem. O mesmo que quer voltar agora...


Ipojuca 2021

09/10


2006

Homem morre durante enterro de Dom Francisco

No último adeus a dom Francisco de Mesquita, sepultado hoje à tarde em Afogados da Ingazeira, o sr. José Florentino Correia, conhecido por Tota Flor, de 91 anos, não resistiu à forte emoção e morreu em pleno enterro, vítima de um infarto fulminante. A informação está no site do comunicador Nill Júnior, da Rádio Pajéu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

09/10


2006

Mendonça declara apoio a Alckmin e parceria com Lula

Depois de um primeiro turno sem se referir, no programa eleitoral do rádio e televisão, ao aliado candidato a presidente, Geraldo Alckmin (PSDB), o governador e candidato à reeleição Mendonça Filho (PFL), disse hoje que o tucano é o seu candidato à presidência. Mas fez questão de frisar que o governo de Pernambuco mantém parcerias com o governo Lula. ''Acima das cores partidárias está o povo pernambucano'', arrematou.

A declaração de voto foi repetida em uma das inserções da televisão, enquanto o seu opositor, o ex-ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos (PSB), destacou sua intimidade e entendimento com o presidente, que tem larga e expressiva preferência do eleitorado nordestino.

''Vou ter a felicidade de trabalhar com meu amigo presidente da República que quer tanto bem a Pernambuco''. Eduardo afirmou que o presidente o conhece, sabe da sua capacidade de trabalho, de disciplina, de sua condição de reunir pessoas eficientes para traduzir o discurso em ação concreta.

E realçou ''ser este o momento de Pernambuco afirmar sua tradição guerreira, de preocupação com o Brasil''. Avaliou que ''será muito bom'' para Pernambuco ter dirigentes comprometidos - em todos os âmbitos - com uma mesma forma de trabalhar e com os mesmos compromissos com os mais pobres: Lula no Palácio do Planalto, ele no Palácio do Campo das Princesas e o prefeito do Recife, João Paulo (PT), um dos coordenadores da campanha de Lula. Informações do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

MENDONCÍNICO, esse é o meu nome. COVARDE E OPORTUNISTA são outros nomes que me identificam. E aí Mão-de-oncinha, tá ligado?

LandRover

Essa atitude de mendonça Filho me faz lembrar "Dona Flor e seus Dois Maridos". Mendoncinha, não se serve a dois senhores ao mesmo tempo. Ou seja: Alckmim ou Lula. Decida-se, antes de borrar as calças.

Deweler

Oque foi que teve que os pseudo-socialistas estão tão quietos será que foi o Guia? sera que foi o Fantasma dos precarotios? ou será que ja sabem a nova bomba que está chegando? pois podem se juntar toda oposisão que o povo sabe oque vcs fizeram aqui e em brasilia!!

milton tenorio pinto junior

E Joaquim Francisco? Se eu fosse ele,pela amizade que tem com a familia Arraes,iria apoiar Eduardo. Ainda mais pelo tratamento que foi dispensado pela Pseudo-Aliança!!!!!!!!!!!



09/10


2006

Debate termina com notícias importantes

Terminou o debate político na Melodia FM, e um dos mais produtivos e informativos da série. Participação do repórter Adriano Roberto e muito noticiário. Voltará amanhã.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Fernando Lyra,conhece bem o Brasil.Foi um lutador na época da ditadura,para que voçê José fale com toda a liberdade que queira.Pelo que Fernando Lyra fez pela democracia nesse Pais,merece mais respeito!!

José Rodrigues da Silva

Existem melhores "comentaristas" que Fernando Lira, Magno. Não use nossos complacentes ouvidos para aturar bobagens!


ALEPE

09/10


2006

Ex-ministro está no debate e defende Lula

O blog entra agora com o ex-ministro Fernando Lyra, com Magno Martins, signatário deste blog, questionando sobre o debate de ontem, achando o ex-minisro que Lula se saiu bem. Leiam. O assunto rende e é quente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

09/10


2006

Brasília entra no debate da Melodia FM

Entra Brasília no debatge da Melodia FM, com o repórter José Maria Trindade. São notícias quentes que valem à pena ouvir. Se liguem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

09/10


2006

Câmara não consegue votar MPs que trancam a pauta

Como já era esperado, os corredores da Câmara dos Deputados ficaram completamente vazios nesta segunda-feira. A tentativa de ''esforço concentrado'' proposta pelo presidente da Casa, Aldo Rebelo (PC do B-SP), foi em vão. Não houve quorum para a votação das oito Medidas Provisórias que trancam a pauta de votações da Câmara.

Segundo a repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, o próprio presidente da Câmara admitiu que vai ser difícil realizar votações esta semana. Com o feriado na quinta-feira e as campanhas ao segundo turno em pleno vapor, os deputados ficaram em suas bases eleitorais nos estados.

Se a Câmara seguir o exemplo dos três meses de recesso branco que antecederam o primeiro turno, quando poucas votações foram realizadas, as medidas provisórias devem esperar até o final do segundo turno para serem apreciadas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

09/10


2006

Debate da Melodia ouve mais um publicitário

No debate político da Melodia FM, o publicitário Tonico Araujo também elogia o debate de ontem entre os presidenciáveis. Magno passa a informação de que mais de 60% por cento das pessoas votaram favoravelmente à vitória de Alckmin no debate, em pesquisa realizada pelo blogueiro Ricardo Noblat. Tonico concorda com a pesquisa. Sintonize a Melodia 106.9 FM e fique em dia com a atualidade política do momento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

09/10


2006

No debate da Melodia publicitário dá sua opinião

Está no ar o debate da Melodia FM, com Magno Martins questionando o publicitário José Nivaldo Júnior, que discorda da opinião de alguns marqueteiros de que o debate presidencial de ontem não foi bom. Para ele, foi dos melhores. Ainda há tempo, o debate começou agora, se ligue. Melodia 106.9 FM.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha