Jaboatão vai conquistar você

15/01


2022

Produtores de leite pedem que Governo ajude o setor

O Sindicato dos Produtores de Leite de Pernambuco (Sinproleite-PE) deve ter a última rodada de negociação com o Governo do Estado na próxima quarta-feira (19). A categoria apresentou um ofício com as reivindicações do setor na quarta passada (12).

A reunião contou com as presenças do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado Eriberto Medeiros (PP); os secretários estaduais da Fazenda, Décio Padilha, e do Desenvolvimento Agrário, Claudiano Martins Filho; além do presidente do Sinproleite-PE, Saulo Malta.

A queda da alíquota de 18% para importação de leites de outros estados resultou em prejuízos à cadeia produtiva pernambucana. "A crise existe, mas nós estamos confiantes de que vamos ser atendidos nas nossas demandas, trazendo ganhos para a nossa categoria", disse Malta ao Blog.

O presidente do Sinproleite-PE elencou que as férias escolares provocam a diminuição no consumo de queijo entre janeiro e fevereiro. Além disso, os grandes mercados conseguem trazer produtos de fora do Estado com valores atrativos, levando vantagem na concorrência com a indústria local.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Jan 2022

15/01


2022

Porto do Recife se pronuncia sobre incêndio em lancha

Nota Oficial

Na manhã deste sábado (15/01), por volta das 11h da manhã, uma lancha que realizava operações no Porto do Recife pegou fogo. A Pilot Boat II, da empresa Praticagem PE, realizou a desatracação do navio maltes Taizhou Pioneer, que estava atracado no ancoradouro, e retornava para o canal do terminal quando começou o incêndio. De acordo com nota da empresa responsável pela embarcação, não houve marinheiros feridos e ainda não se sabe a causa do acidente.

Assim que o fogo se instalou, a Capitania dos Portos, assim como outros órgãos responsáveis, foram imediatamente informados. A Praticagem PE informa também que entrou em contato com a empresa SEG Engenharia para tomar todas as medidas de prevenção, com instalação de sinalização e boias de contenção ao redor da lancha.

Na nota, a empresa também reforça que todos os esforços estão sendo realizados para reflutuar a lancha rapidamente.

A Capitania dos Portos de Pernambuco suspendeu temporariamente as operações de atracação e desatracação, bem como a entrada e saída do canal do Porto do Recife até que se restabeleça a normalidade no local. As embarcações que necessitarem transitar na área,  deverão entrar em contato com o setor de Operações do Porto, através do número (81) 3183-1919.

A atracação do navio African Robin, que estava prevista para às 12h30 deste sábado, também foi suspensa. No cais, as operações seguem normalmente, paralisadas apenas por conta das fortes chuvas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

15/01


2022

Técnicos em Radiologia de PE cobram aumento salarial

Técnicos em Radiologia da rede estadual de saúde cobram ao Governo de Pernambuco aumento salarial. De acordo com a categoria, a gestão estadual paga R$ 744 por mês. Eles afirmam que é o pior valor do país.

O grupo diz que a Justiça determinou a elevação dos salários no ano passado, mas a medida não foi cumprida. Eles atestam que são concursados e recebem menos que os contratados pelas Organizações Sociais, que pagam aproximadamente R$ 3 mil.

"Só um plantão extra de um contrato é de R$ 1.100", diz um dos técnicos em reserva. Nas redes sociais, os efetivos fizeram publicações em protesto (veja imagem acima).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina Dezembro 2021

15/01


2022

Perla vai abrir o coração no próximo Sextou

Bati um longo papo, há pouco, com Perla, cantora paraguaia que bombou entre os anos 70 e 80. Naturalizada brasileira, Perla ficou famosa por seus hits românticos e boleros que ficaram na memória por gerações. Também conhecida por sua lendária versão da música "Fernando", do grupo ABBA, ela está fora da mídia, mas mora em São Paulo.

Ermelinda Pedrozo Rodriguez D'Almeida, a Perla, fez 70 anos, mas continua com a mesma voz maravilhosa que Deus lhe deu. "A música é meu remédio e sei que, através da música, eu curo muita gente. Eu ganhei muitos fãs no Brasil", disse.

Contou que mora em uma chácara na Granja Viana, na região de São Paulo. Leva uma vida simples, longe dos holofotes e ao lado de vários animais. Para ela, a sua maior riqueza é continuar cantando.

"Eu sou muito verdadeira com o meu público. Não posso dizer qual o melhor show, sempre tem uma emoção diferente e não tenho medo também. Eu amo o palco, amo as pessoas e me sinto bem porque elas têm bom gosto, têm boa audição. Eles [fãs] sabem o que é bom e continuam fiéis a você", explicou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/01


2022

Empresário acusa prefeita de Amaraji de perseguição

O empresário Fláucio de Araújo acusa a prefeita de Amaraji, Aline Gouveia (PSB), de perseguição. O proprietário da Araújo’s Conveniência afirma que recebeu com surpresa, ontem (14), uma notificação extrajudicial com um "tom intimidador", em suas palavras. Segundo ele, com justificativa de impedir o avanço da pandemia, o documento o proibia de realizar um suposto “evento no próximo domingo (16)".

Ainda de acordo com Araújo, nenhum tipo de evento está programado para acontecer neste dia. “Na contramão da gestão, temos todas as preocupações com a Covid-19. Seguimos com rigor todos os protocolos sanitários recomendados. O que sabemos é que no final de semana passada, após um evento, desta vez real, promovido pela Prefeitura, muita gente contraiu o vírus. Além disso, Amaraji não disponibiliza o número de médicos suficiente para atender a população, e a vacinação na cidade aconteceu de forma capenga", criticou.

Araújo chegou a se candidatar a vereador nas últimas eleições pelo Avante e foi o mais votado da cidade ao obter 902 votos, mas a Justiça Eleitoral anulou a votação por enquadrá-lo na Lei da Ficha Limpa. O empresário segue acusando a prefeita:

"Somos um comércio que gera emprego e reforça os cofres da Prefeitura com o pagamento de impostos. Aos domingos, pessoas se reúnem ao ar livre nas proximidades da Araújo’s Conveniência. Quem entra na loja é obrigado a respeitar os protocolos sanitários. Além disso, orientamos sobre as formas corretas de prevenção fora da loja. O papel da Prefeitura é educar e fiscalizar, e não ameaçar”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Arcoverde janeiro 2022

15/01


2022

Lancha pega fogo perto do Porto do Recife

Uma lancha pegou fogo nas imediações do Porto do Recife, na manhã de hoje. O Blog teve acesso a um vídeo que mostra a embarcação em chamas e muita fumaça (assista acima).

A comunicação do Porto do Recife informou ao portal g1 que a lancha é de um empresa que trabalha auxiliando as embarcações na entrada e saída, serviço conhecido como praticagem, e que não havia registro de feridos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

15/01


2022

Brasil será julgado por violações de direitos humanos

O Brasil será julgado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos por possíveis violações de direitos humanos contra as comunidades quilombolas de Alcântara, no Maranhão. O caso está relacionado à instalação do Centro de Lançamento de Alcântara, projeto iniciado pelo governo militar brasileiro, ainda na década de 1970. A construção da base de lançamentos de foguetes da FAB envolveu a remoção compulsória de mais de 300 famílias ao longo da década de 1980. Mais recentemente, o governo Bolsonaro chegou a assinar acordo para ceder a utilização da base aos Estados Unidos, o que também é questionado pelos quilombolas. Além disso, o processo de titulação do território não avança há mais de 13 anos.

As organizações que peticionaram a denúncia foram comunicadas do envio do caso à Corte IDH na primeira semana de janeiro de 2022, após mais de 20 anos de tramitação no Sistema Interamericano de Proteção aos Direitos Humanos, ligado à OEA (Organização dos Estados Americanos). Entre os mecanismos do Sistema está a análise de violações de direitos humanos cometidas por Estados-membros da OEA. Em geral, os casos surgem a partir de denúncias feitas por pessoas ou entidades não governamentais.

A petição foi apresentada em agosto de 2001 perante a CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos) por representantes das comunidades afetadas e entidades como a Justiça Global, a Global Exchange e a FETAEMA (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Maranhão), entre outras. O texto apontava “desestruturação sociocultural e violação ao direito de propriedade e ao direito à terra” dos quilombolas de Alcântara.

A denúncia foi considerada admissível – ou seja, entendeu-se que ela atendia aos requisitos básicos para ser analisada – pela CIDH em 2006. Depois disso, foram realizadas duas audiências públicas, em 2008 e em 2019, até que a Comissão emitiu um relatório de mérito, em junho de 2020.

No documento, que atualmente não é público, o órgão considerou que o Estado brasileiro violou direitos das comunidades quilombolas de Alcântara e apresentou uma série de recomendações. Entre elas estão a titulação do território, a consulta prévia em relação ao acordo firmado junto aos Estados Unidos, a reparação financeira dos removidos compulsoriamente e um pedido de desculpas público, segundo as fontes consultadas pela Agência Pública. Por considerar que o Brasil não atendeu às recomendações, a Comissão resolveu encaminhar o caso para a Corte.

Para Danilo Serejo, quilombola e assessor jurídico do Mabe (Movimento dos Atingidos pela Base Espacial de Alcântara), a expectativa é que o Brasil seja condenado pela Corte e “seja compelido a reparar as comunidades de Alcântara”. “A subida do caso para a Corte atesta e comprova que há de fato uma ação deliberada do Estado brasileiro de continuar violando os direitos das nossas comunidades, que há uma perpetuação de violações aos direitos humanos”, afirma. O Mabe, que não estava entre os peticionários iniciais da denúncia, foi posteriormente aceito como uma das partes durante o trâmite na Comissão Interamericana.

De acordo com o advogado Eduardo Baker, da Justiça Global, além da possível reparação aos afetados, a chegada do caso à Corte IDH também tem valor simbólico. “A Corte Interamericana tratou muito pouco sobre comunidades tradicionais no Brasil. Você tem só um caso sobre comunidades indígenas, que é o caso Xucuru, e não tem nenhum caso ainda sobre quilombolas. Há uma importância do ponto de vista de avanço do direito”, aponta. 

REMOÇÃO E FALTA DE TITULAÇÃO ESTÃO ENTRE VIOLAÇÕES ANALISADAS

Principal violação denunciada pelas organizações sociais e representantes locais ao Sistema Interamericano, a remoção de 312 famílias quilombolas para a construção da base de Alcântara ocorreu a partir de 1986, já durante o governo Sarney. Uma das estratégias utilizadas para efetivar a retirada dos moradores foi o treinamento de 30 jovens locais pelas Forças Armadas. Eles foram enviados para São Paulo em 1983 e, posteriormente, voltaram a Alcântara para participar das remoções, segundo uma reportagem da National Geographic.

A matéria completa está no Poder360.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

15/01


2022

Miguel diz que candidatura é “caminho sem volta”

O prefeito de Petrolina e pré-candidato ao Governo, Miguel Coelho (DEM), reiniciou suas andanças por Pernambuco, na última quinta-feira (13), quando foi a Casinhas, no Agreste, para participar da assinatura de ordem de serviços de calçamentos e entrega de veículos para o município. O gestor falou sobre a candidatura e afirmou que o União Brasil – partido que surge da fusão entre Democratas e PSL – está assegurada.

Recentemente, Miguel se reuniu com o presidente nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar, que será o mandatário do União. À Rede Pernambuco de Rádios, através do programa Cidade em Foco, disse que a fusão entre as duas siglas passou justamente por este acerto de ter candidato ao Governo em alguns estados e Pernambuco é um deles.

"Agora é cair na estrada, conhecer a história das pessoas que mais precisam, estar trabalhando para vencer as eleições desse ano, formar uma grande chapa e eleger o maior número de deputados estaduais e federais", pontuou. 

O prefeito de Petrolina aproveitou a entrevista para criticar o PSB, sigla que comanda Pernambuco há 15 anos. "O povo não pode cair na conversa do PSB que diz que o Estado está uma maravilha. Pernambuco é hoje o estado que mais tem desempregados no Brasil, que menos cresceu no Nordeste e o que menos investe. Tem as piores estradas do país, a pior saúde da região com pessoas dormindo em corredores de hospitais públicos, sobre papelão ou dentro de copas", disparou.

"A mesma coisa acontece na segurança, com a família pernambucana com medo de ser sequestrada, perder a vida e ter prejuízo no seu patrimônio. Isso é uma tremenda falta de humanidade, de sensibilidade e coragem para enfrentar as adversidades", emendou.

Na entrevista, Miguel Coelho ratificou que sua candidatura "está posta e sem caminho de volta". Ainda de acordo com ele, houve uma conversa com outros integrantes da oposição do Estado em dezembro e que haverá uma nova reunião no final de janeiro para reavaliar o cenário: "Os movimentos Por Pernambuco e Levanta Pernambuco foram fundamentais para colocar luz nos problemas e adversidade que o Estado está enfrentando, e independente da estratégia, a oposição vai vencer neste ano."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Milto da Silva Santos

Miguel, o \"galeguinho de Petrolina\" é um gênio, Pernambuco não pode deixar de dar oportunidade a esse homem, gestor inteligente, visionário, ser humano espetacular.


Bandeirantes novembro 2021

15/01


2022

O gênio do amor

A poesia sofreu um golpe, ontem. Com a morte de Thiago de Mello, o poeta da Amazônia, do verde, dos bichos e do animal homem também, a floresta emudeceu. Os pássaros amanheceram cantando choro. Era um dos mais celebrados artistas do verso solto, harmonioso, com o dom de embriagar e fazer chorar.

Poesia foi feita para os chorões. Só quem verte lágrimas lendo uma poesia manifesta a fortaleza poética do coração. Thiago brincava com as palavras. Dizia que quem não sonha o azul do voo perde o poder de pássaro. Ele rimava e filosofava ouvindo a natureza ditar as regras do seu improviso. Para ele, sonhar é cavalgar o sonho, inventando o chão para o sonho florescer.

Recorria a decretos poéticos. "Fica decretado que, a partir deste instante, haverá girassóis em todas as janelas, que os girassóis terão direito a abrir-se dentro da sombra; e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro, abertas para o verde onde cresce a esperança".

Também decretou: "Fica decretado que o homem não precisará nunca mais duvidar do homem. Que o homem confiará no homem, como a palmeira confia no vento; como o vento confia no ar; como o ar confia no campo azul do céu".

Os homens não são eternos, mas a poesia deles, quando faz a vida ter sentido, se eterniza. Nunca vou esquecer das tardes de sarau lendo e declamando Thiago de Mello. Como proclamou ao mundo, vale a pena não dormir para esperar a cor do mundo mudar. Antes de morrer, decretou: "Só uma coisa fica proibida: amar sem amor." 

"Fica decretado que a maior dor sempre foi e será sempre não poder dar-se amor a quem se ama e saber que é a água que dá à planta o milagre da flor." 

Que Deus receba com poesia o gênio do amor!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

15/01


2022

Após novas restrições, Procon fiscaliza bares no Recife

Fiscalização conjunta do Procon PE, Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e Polícia Militar visitou, na noite de ontem (14), bares no Recife. A operação "Bares Seguros" teve como objetivo verificar o cumprimento do novo decreto do Governo do Estado com as regras de convivência com a Covid-19. 

Entre os estabelecimentos visitados, os fiscais não encontraram irregularidades, apenas no Vapor 82, no Ipsep, e no Entre Amigos, em Boa Viagem, a equipe solicitou uma adequação no distanciamento das mesas. No Espetinho das Palmeiras e Luciano Bar, no Ipsep; e Vitrine Pub, em Boa Viagem, assim como nos outros dois bares, os fiscais orientaram os comerciantes sobre o passaporte vacinal, que corresponde a duas doses para as pessoas com até 54 anos, e a dose de reforço para as que têm idade igual ou superior a 55 anos.

Também ontem, durante o dia, a equipe do Procon-PE esteve nas praças de alimentação dos shoppings Boa Vista e Tacaruna repassando orientações aos consumidores e donos de restaurantes. Os canais de comunicação para denúncias ao Procon são 0800.282.1512 ou o whatsapp do órgão: 3181-7000.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/01


2022

A reforma da dona Ursula

Por Marcelo Tognozzi*

tempo dirá se foi ignorância ou má fé, quem enganou quem ou quem usou ou se deixou usar. O fato é que a reforma trabalhista espanhola, transformada em bandeira política pelo PT, não surgiu de uma grande negociação entre o governo do socialista Psoe (Partido Socialista Operário Espanhol), trabalhadores e empresários.

Ela foi gestada e parida pela Comissão Europeia e desde 2019 integra a agenda de governo da presidente Ursula von der Leyen, pupila da ex-chanceler alemã Angela Merkel. A reforma trabalhista espanhola só não saiu antes por causa da pandemia e suas emergências. Outras virão.

A Comissão Europeia pagou por ela. A 1ª parcela, que acaba de chegar a Moncloa é de 9 bilhões de euros, alguma coisa como R$ 60 bilhões. Com tanto dinheiro em jogo, não foi difícil o governo convencer empresários e trabalhadores de que as mudanças propostas nas leis trabalhistas trariam estímulos à economia e ajudariam a diminuir o desemprego entre os mais jovens. Mais dinheiro está previsto, elevando o total da ajuda para cerca de 12 bilhões de euros.

Um dos protagonistas das negociações pelas reformas foi o Comissário do Trabalho da Comissão Europeia, Nicolas Schmit, um eurodeputado social-democrata de Luxemburgo, grão-ducado fundado há quase 1.000 anos, encravado entre a Alemanha, França e Bélgica, habitado por 630 mil almas e com metade da área de Brasília. Luxemburgo é paraíso fiscal e um dos lugares mais ricos do planeta. Schmit foi ministro das Relações Exteriores e do Trabalho e Imigração, num país onde a maioria dos habitantes veio de Portugal, França e Itália.

Schmit entende de finanças e de financiamentos. Foi com este conhecimento que anunciou ao parlamento europeu, durante sua sabatina em 2019, a proposta de usar o Fundo Social Europeu (ESF+) para estimular iniciativas de criação de empregos, especialmente para os mais jovens, promover maior segurança e estabilidade social. Ele usou a palavra “resiliente” na sabatina, hoje uma das word-keys dos discursos das autoridades espanholas, empresários e trabalhadores defensores das medidas. A própria presidente Ursula van der Leyen falou tudo isso na carta que escreveu a Schmit com suas recomendações ao seu comissário do Trabalho.

Ele não fez mais do que vocalizar a preocupação de Ursula van der Leyen com a estabilidade política de uma Europa sacudida pelo Brexit, a crise separatista na Catalunha, o crescimento da direita e as pressões vindas da Rússia e da China.

A reforma, portanto, é muito mais uma prioridade da Comissão Europeia do que do governo espanhol. Pedro Sánchez assumiu o governo em junho de 2018, chegou forte e poderia ter feito a reforma trabalhista de olho nas eleições gerais de 2019, na qual teve uma vitória apertada. Se a reforma era uma prioridade para o seu governo, por que preferiu esperar até agora?

O Brexit deu aos espanhóis o posto de 3º sócio mais importante da União Europeia. Antes da Inglaterra abandonar o barco, a Espanha era tratada como um primo pobre, integrava o grupo apelidado pelos primos ricos de Pigs, porcos em inglês, cuja sigla é formada pelas iniciais de Portugal, Itália, Grécia e Espanha (Spanish).

Fora do chiqueirinho, a Espanha agora manda na política externa da Europa, com o competente Josep Borrell, e fala de igual para igual com França e Alemanha. Isso pode explicar por que está sendo a 1ª nação a receber dinheiro da União Europeia para combater o desemprego e investir em políticas de inclusão social.

As conversas entre o governo espanhol e a Comissão Europeia começaram no início de 2021. Em junho, os empresários davam seus pitacos. A Coce (Confederação Espanhola de Organizações Empresariais) já falava dos fundos como suporte para o Plano de Recuperação Europeu tocado pela equipe de Ursula. Entre abril e julho de 2021 foram mais de 2 bilhões de euros distribuídos entre os países membros.

Em linhas gerais, a reforma espanhola turbinou os sindicatos ao acabar com os acordos coletivos por empresa e endureceu em relação aos contratos temporários, criando uma série de obrigações para as empresas, como formação de mão-de-obra jovem, recolocação de trabalhadores e ainda encareceu as demissões. São circunstâncias muito diferentes das do Brasil.

Não precisa ser leigo em geopolítica para perceber que estas eleições brasileiras de 2022 terão influência de atores internacionais importantes. A Espanha é o 2º país em investimentos diretos no Brasil com U$ 79,1 bilhões, perdendo apenas para os Estados Unidos com U$ 145 bilhões. Comandando uma coalisão de esquerda, o Psoe é sonho de consumo do PT. Da mesma forma que o governo Pedro Sánchez fatura politicamente com a reforma paga por dona Ursula, Lula e sua turma vendem este peixe aqui no Brasil falando do efeito, mas omitindo a causa.

Quem olha para a reforma trabalhista sem ler o Real Decreto que a instituiu, pode imaginar que os espanhóis voltaram ao século 20. Mas ao entendermos seu contexto, uma das metas da Comissão Europeia, percebemos não ser esta uma questão de embates políticos de trabalhadores contra empresários e vice-versa, como vemos na versão petista, a qual, dependendo do ponto de vista, tanto pode ser filha da ignorância quanto da má fé. Na real mesmo, é a Europa investindo na sua estabilidade social e política.

Na boca de Lula, esta narrativa nos remete ao século 20 do imposto sindical de triste memória. Ele fala para sua bolha, que deseja ressuscitar os sindicatos como atores políticos relevantes financiados com dinheiro público, furar o teto de gastos e outras estripulias. Quem está querendo enganar quem?

As mudanças trabalhistas feitas no governo Temer podem não ser as melhores do mundo – e não são mesmo – mas neste momento em que a pandemia devastou a economia com lockdowns e demissões em massa, tem muita gente pagando as contas trabalhando como motorista de aplicativo, entregador ou fazendo trabalhos temporários, simplesmente porque ainda não é possível saber o que acontecerá amanhã ou semana que vem.

Mexer nisso sem critério pode criar transtorno semelhante ao da PEC das Empregadas Domésticas de Dilma Rousseff, quando grande parte deixou de ter carteira assinada e passou a trabalhar como diarista.

O Brasil exige mudanças mais profundas, como a rediscussão do pacto federativo e a autonomia dos estados, tanto jurídica quanto econômica. A situação de um trabalhador de Pernambuco não é e não será igual ao de Santa Catarina. Cada um sabe onde aperta seu calo. É preciso discutir nosso futuro, que, certamente, será diferente do da Espanha ou de qualquer outro país desta Europa transformada numa federação de 27 países.

O Lula de hoje lembra o Getúlio Vargas da campanha 1950. Eleito presidente da República aos 68 anos, enfrentou um Congresso hostil e um país radicalmente diferente daquele que conhecera 5 anos antes, quando deixou o Catete deposto pelos militares. No início daquele ano, a foto de Getúlio aparecia em caixas de fósforos, lenços, chaveiros, cartazes e onde mais coubesse com a frase: “Ele voltará”. O jingle de Haroldo Lobo e Marino Pinto, “Bota o retrato do velho outra vez, bota no mesmo lugar, o sorriso do velhinho faz a gente trabalhar”, era a volta ao passado na boca do povo.

Lula, sem dizer, adotou o mesmo slogan. Terá 77 anos se voltar em outubro. Da mesma forma que Getúlio se reconciliou com o paulista Adhemar de Barros, aquele do “rouba, mas faz”, Lula busca a reconciliação com Geraldo Alckmin. Getúlio nomeou uma equipe apelidada de “Ministério da Experiência”, mas um Congresso indomável e a crise política sem fim transformaram seu governo um inferno. Tudo acabou no tiro que o fez sair da vida para entrar para a história.

O congresso que emergirá das urnas em outubro deste ano não será dócil. Empoderado pela independência financeira dos fundos eleitoral e partidário, virá forte, voraz e cheio de vontades.

Não desejo para Lula o mesmo fim de Getúlio, mas numa época em que o Manifesto Comunista de Marx e Engels voltou à moda, nunca é demais lembrar do 18 Brumário de Louis Bonaparte. Ali, logo no 1º capítulo, Marx anota: “Hegel escreveu que todos os grandes acontecimentos e personagens históricos ocorrem, por assim dizer, duas vezes. Esqueceu-se de acrescentar: a 1ª vez como tragédia, a 2ª como farsa”.

*Jornalista. Texto publicado originalmente no Poder360.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/01


2022

Coluna do sabadão

Oposição reinicia movimentações

Por Houldine Nascimento, repórter do Blog

Enquanto a situação ainda discute o candidato que vai para a disputa ao Governo de Pernambuco, o bloco de oposição voltou a se movimentar neste início de ano eleitoral. Na próxima segunda-feira (17), em Gravatá, no Agreste, a prefeita de Caruaru e presidente estadual do PSDB, Raquel Lyra, lidera o primeiro encontro do partido em 2022. Ela será recepcionada pelo ex-prefeito gravataense Joaquim Neto.

Como líder da sigla social-democrata, Raquel faz articulações para a montagem das chapas proporcionais. Pré-candidata ao Governo, a tucana integra o movimento Levanta Pernambuco ao lado do prefeito de Jaboatão dos Guararapes e presidente estadual do PL, Anderson Ferreira.

Na última semana, o gestor foi ao Rio de Janeiro para se reunir com o presidente da Petrobras, Silva e Luna, numa agenda que mais parecia de governador. O encontro tratou do plano de investimentos da estatal para a conclusão da Refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca. Jaboatão é uma das oito cidades que compõem o território estratégico de Suape e a expectativa é que a retomada das obras gere cerca de 10 mil empregos, reaquecendo a economia local.

Assim como Raquel, ele também é pré-candidato e começou a articular a formação das chapas para o PL. Na última quinta-feira (13), Anderson anunciou a filiação da advogada Izabel Urquiza, que é secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Olinda e mira uma vaga na Câmara dos Deputados.

Outro que teve uma agenda fora de Pernambuco foi o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (DEM), ao fazer uma visita técnica ao governador de Alagoas, Renan Filho (MDB). Dos oposicionistas, ele é o único que firmou o nome na disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. Durante a semana, publicou um artigo com críticas à gestão do PSB e defendendo a mudança em Pernambuco, além de subir o tom em uma entrevista: “São mais de mil obras paralisadas pelo Governo incompetente, incapaz, acomodado e preguiçoso do PSB.”

Homem de confiança do presidente Jair Bolsonaro (PL), o ministro Gilson Machado Neto (Turismo) tem participado de diversas ações no Estado. Ontem, ele divulgou a destinação de R$ 4,8 milhões para obras de infraestrutura turística nos municípios de Igarassu, Chã Grande e Quipapá.

Viagens na berlinda – O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília, deu um prazo de cinco dias para que a União explique o decreto do presidente Jair Bolsonaro que libera viagens de ministros e de servidores federais na classe executiva para voos internacionais com duração superior a sete horas. A determinação do juiz Marcos José Brito, da 13ª Vara Federal do DF, também pede que o Ministério Público se pronuncie e ocorre a partir de uma ação popular, que requer a revogação do decreto.

Vacina e livro – Recife iniciou a vacinação infantil contra a Covid-19. A primeira vacinada foi a pequena Maria Antônia de Oliveira, 11, que tem Síndrome de Down. A Associação Afeto, na Encruzilhada, foi o espaço selecionado para começar a campanha. O prefeito João Campos (PSB) esteve presente. Cada criança vacinada receberá um livro como maneira de incentivar a imunização. No Brasil, a primeira criança que tomou vacina contra a Covid foi um indígena de oito anos em SP.

Nada novo – A nova rodada da pesquisa Ipespe apresenta os mesmos números de dezembro entre os principais presidenciáveis: no cenário mais relevante da consulta estimulada, Lula (PT) tem 44%, Jair Bolsonaro (PL) 24%, Sergio Moro (Podemos) 9% e Ciro Gomes (PDT) aparece com 7%. No segundo turno, Lula venceria todos e Bolsonaro perderia para qualquer um. Foram entrevistadas 1 mil pessoas entre 10 e 12 de janeiro. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais. O levantamento está registrado no TSE sob o protocolo BR-09080/2022.

PTB recusa Queiroz – Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), Fabrício Queiroz procurou o PTB para se candidatar a deputado federal, mas o projeto é rejeitado no diretório da sigla no Rio de Janeiro. Presidente do PTB fluminense, o deputado estadual Marcus Vinicius sugeriu que o ex-policial militar tentasse filiação no PL. “Ele quer vir como deputado federal? Acho melhor ele procurar o PL, não?”, aconselhou em entrevista ao portal Metrópoles.

Susto – O vice-prefeito de Ibimirim, Charles do Paulistão (Podemos), prestou queixa, ontem, na Delegacia de Arcoverde depois que seu carro (um Fiat Toro branco) foi atingido por um tiro. De acordo com ele, um dos assessores conduzia o veículo quando um carro preto se aproximou nas imediações do distrito de Lagoa da Areia e um dos ocupantes efetuou o disparo. Charles acredita que há motivação política. Rompido, o prefeito Welliton Siqueira (PCdoB) emitiu uma nota em solidariedade ao vice e rechaçou qualquer envolvimento com o ataque.

CURTAS

PREOCUPAÇÃO – Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), entre 10 e 13 de janeiro, mostra que 93,9% das cidades mapeadas (2 mil) relatam crescimento preocupante de pessoas com sintomas gripais.

SAÍDA – Admirada pelo público e no meio jornalístico, a apresentadora Meiry Lanunce deixou a Rede Globo Nordeste após mais de 20 anos. “Tomei essa decisão de forma muito tranquila, em paz. Estava planejado”, disse ao Blog.

Perguntar não ofende: Quantas candidaturas a oposição vai lançar em Pernambuco?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo luciano da luz alencar ferreira

Miguel, Raquel e Anderson são bons nomes, agora só aquele que ficar mais longe possível de Armando Monteiro tem chance de Vitória, o Eleitor Pernambucano não vota no palanque que Armando sobe.

Joao

Destas, só a do Miguel é competitiva. Os lambe-botas não vão a lugar nenhum, principalmente o péssimo sanfoneiro. Raquel fogo de palha!



14/01


2022

Meiry Lanunce deixa a Globo

A Globo Nordeste perdeu mais um grande talento: a âncora Meiry Lanunce deixou a emissora depois de um longo período. "Tomei decisão de forma muito tranquila, em paz. Estava planejado", disse, ao ser procurada pelo blog. Natural de Taquaritinga do Norte, Meiry atuou por mais de 20 anos na Globo. Foi repórter e apresentadora dos telejornais Bom dia, Pernambuco e NE-TV segunda edição.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha